Boa procura marca a reabertura das bibliotecas públicas de Teresina

Após mais de um ano fechadas por conta da pandemia do coronavírus, reabriram, nesta segunda-feira (12), cinco das nove bibliotecas mantidas pelo poder público municipal em diversas zonas da capital. Para essa reabertura, a Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, instalou nesses espaços alguns instrumentos sanitários, bem como foram feitas adequações para manter o distanciamento social a fim de evitar a propagação da covid-19.

O jovem Francisco Nascimento, de 21 anos, que reside no bairro Matadouro, foi um dos beneficiados com a reabertura das bibliotecas, ele conta que mora em uma casa com mais oito familiares e que, por conta disso, vinha tendo dificuldades para estudar com tranquilidade.

“Estou sempre estudando para ficar apto a participar de concursos públicos e com as medidas tomadas para evitar o contágio do coronavírus, tive muita dificuldade para continuar estudando, pois por conta da movimentação na minha residência, era difícil manter o foco”, relata Francisco Nascimento, que agora passa a ter esse apoio físico para pôr em prática seus estudos.

Para Lúcia Ferraz, coordenadora da biblioteca do bairro São João, na zona Leste de Teresina, os impactos sociais causados pelas medidas restritivas atingiram em cheio as bibliotecas e os consulentes. Ela relata que a biblioteca do São João atendia uma média mensal de 500 moradores da comunidade e que a reabertura já vinha sendo cobrada por essas pessoas.

“Estávamos abertos apenas para serviços interno, fazendo a catalogação e manutenção do nosso acervo e sempre éramos cobrados sobre a abertura. Os jovens eram os que mais cobravam, eles alegavam a ausência de um local apropriado para leitura, já que antes eles utilizavam as bibliotecas”, comenta Lúcia de Fátima, que está otimista com a reabertura consciente.

Para fazerem uso das bibliotecas os consulentes deverão fazer o uso de máscara protetiva, higienização das mãos e manter o distanciamento físico. Nesta primeira etapa, esses espaços funcionarão apenas das 08hs às 13hs, podendo o interessado fazer agendamento prévio através dos números descritos abaixo ou presencialmente.

Veja a lista das bibliotecas reabertas

ABDIAS NEVES – Centro
Tel. 3215 7824
FONTES IBIAPINA – Bairro Matadouro
Tel. 3215 7823
DA COSTA E SILVA – Bairro Parque Alvorada
Tel. 3215 9230
H. DOBAL – Bairro Satélite
Tel. 3215 7910
SÃO JOÃO – Bairro São João
Tel. 3215 7871

Bibliotecas Municipais levam arte e leitura para escolas de Teresina

Em homenagem ao Dia da Leitura, Dia do Livro e Dia das Crianças, comemorados em outubro, as bibliotecas municipais criaram uma iniciativa para estimular a interação da sociedade com a produção literária nacional e cultivar a importância da leitura desde a infância. Por isso, neste mês, as bibliotecas se programam para levar arte e leitura às escolas públicas da cidade.

Essa ação foi criada em 2017 com o intuito de apresentar as atividades das bibliotecas para os estudantes da capital de forma que estimule as visitas e desenvolva o interesse pela leitura. De acordo com Etevaldo Oliveira, coordenador das bibliotecas da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), a proposta é expandir o alcance das bibliotecas fazendo com que elas estejam em contato direto com o público. “Essa iniciativa possibilita que as escolas e os alunos vejam que as bibliotecas são também locais de aprendizagem. Dessa forma, elas funcionarão como parceiras das escolas, pois, além de desenvolverem a leitura, elas levam cultura para as crianças”, diz.

Mantidas pela Prefeitura de Teresina, por meio da FMC, as bibliotecas municipais estão espalhadas por todas as regiões da cidade. Ao todo, são oito bibliotecas que recebem, em média, mais de 30 mil visitantes ao ano. Funcionando como espaços de integração de leitura e aprendizagem, as bibliotecas, além de possibilitarem o empréstimo de livros, são locais para que crianças, jovens e adultos tenham contato com a leitura e o universo da informação, ampliando sua percepção de mundo e visão crítica.

Com grandiosos acervos, elas permitem aos visitantes um mergulho na literatura internacional, nacional e local, com obras de autores renomados e de importantíssimo papel na valorização da cultura do estado.

 

Programação

 

Dia 09/10

Local: Centro de Convivência Saber Viver

Horário: 9h

Apresentação artística: Banda de música, contação de história e teatro de bonecos

 

Dia 11/10

Local: Unidade Escolar Francisco Prado

Horário: 9h

Apresentação artística: Banda de música, contação de história e teatro de bonecos

 

Dia 17/10

Local: Unidade Escolar Melvin Jones

Horário: 9h

Apresentação Artística: Banda de música, contação de história e teatro de bonecos e bonecos da Disney

 

Dia 19/10

Local: Centro de Esporte e Lazer Unificado (CEU) Norte

Horário: 15h

Apresentação Artística: Contação de história, teatro de boneco e banda de violão

 

Mapa das Bibliotecas é lançado para divulgar espaços de leitura

O Mapa das Bibliotecas é um catálogo que pretende apresentar e facilitar a procura por esses espaços em Teresina e teve lançamento no último sábado (08). A estreia, que contou com a participação dos idealizadores do projeto, fez parte da programação do 17º Salão do Livro do Piauí – Salipi.

Muitas pessoas ainda enfrentam dificuldades para localizar bibliotecas na capital, mesmo elas existindo em todas as zonas. Pensando nisso, a bibliotecária Bruna Dayane e a professora Maria Aparecida tiveram a brilhante ideia de criar um mapa com endereços. “A iniciativa surgiu a partir da experiência que tenho como bibliotecária e por ter frequentado todas, então tivemos a iniciativa de criar o mapa para propagar esse projeto de modo que beneficie toda a população”, conta Bruna.

Durante o lançamento, os idealizadores responderam perguntas a respeito do Mapa das Bibliotecas e, aproveitando a visibilidade, falaram sobre sua importância. “O mapa traz a consciência de que existem esses espaços públicos na cidade que são de acesso a todos. Nós temos o nosso patrimônio público, o livro, e temos o direito ao acesso a esses lugares”, diz Bruna.

Alguns serviços GPS ainda não disponibilizam a localização de todos os acervos  da cidade e, segundo o coordenador de bibliotecas da Fundação Monsenhor Chaves Etevaldo Oliveira, o mapa chegou com o propósito de somar com esse e outras ferramentas. “Na internet, nós temos endereços e tudo mais. Agora, com o mapa, vejo que ele vai facilitar o acesso aos consulentes e aos visitantes de fora da cidade”, enfatiza.

O Mapa das Bibliotecas estará disponível no Instagram (instagram.com/brunasilvalibrarian), nas bibliotecas públicas, na FMC, na UFPI, na Uespi, nos Sistemas da Empresa S e será relançado no aniversário de 2 anos do clube de leitura Leia Mulheres Teresina. Entre os espaços de estudo municipais estão: Biblioteca Abdias Neves, Biblioteca Municipal da Costa e Silva, Biblioteca Municipal Fontes Ibiapina, Biblioteca Municipal H. Dobal, Biblioteca São João, Biblioteca Municipal de Artes Professor Raimundo Wall Ferraz e Carlos Castelo Branco, Biblioteca Zilma Gomes Ferreira de Moraes e Biblioteca Francisca das Chagas de Carvalho Costas – CEU – Norte.