Terminais de integração da zona norte devem receber um total de 38 mil passageiros

Ascom/Strans

Nesta segunda-feira (02), a operação do Sistema Inthegra está completando o primeiro dia útil de funcionamento na zona norte da capital. Os terminais Rui Barbosa e Buenos Aires devem receber, em média, 20.700 e 17.300 passageiros, respectivamente.

De acordo com o gerente de Planejamento da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Denilson Guerra, a operação está em fase de adaptação, e também os usuários estão se adaptando ao novo sistema na região.

“Estamos observando onde estão ocorrendo as falhas, para que a gente possa melhorar a operação. Os usuários também vão se adaptando com o tempo, até se acostumarem com a nova forma de utilizar o transporte público na zona norte. Sabemos que no início pode gerar um desconforto, mas vamos trabalhar para solucionar todos os problemas”, declara.

O gerente também orienta aos usuários em como proceder nesse início de funcionamento. “Pedimos que as pessoas se programem, cheguem mais cedo aos terminais, tirem suas dúvidas com as equipes do Posso Ajudar e com os fiscais e respeitem a fila para entrar nos veículos. Ao perceber que o ônibus lotou, é só esperar poucos minutos para que outro chegue”, orienta o gestor.

O Terminal de Integração Rui Barbosa está localizado na Rua Anísio Pires com a Rui Barbosa, e possui área de quase 8.200 m² e plataforma de embarque e desembarque com extensão de 90m. O investimento total foi de mais de R$ 3 milhões.

Já o Terminal de Integração Buenos Aires está localizado na Avenida União com Avenida Jerumenha e contou com investimento total de mais de R$ 3,5 milhões. Tem área total de mais de 7 mil m² e plataforma de embarque e desembarque de 120 m.

Terminais Rui Barbosa e Buenos Aires iniciam funcionamento no final deste mês

A partir do dia 29 de fevereiro, os usuários do transporte coletivo da capital que moram ou têm a zona Norte como parte do seu itinerário poderão utilizar o Sistema Inthegra na região. As estações localizadas nos corredores Norte e os terminais Rui Barbosa e Buenos Aires estarão disponíveis para a população.

O Terminal de Integração Rui Barbosa está localizado na Rua Anísio Pires com a Rua Rui Barbosa com área de 8.196,40 m² e extensão da plataforma de embarque e desembarque de 90m, sendo o investimento total de R$ 3.198.040,76. Já o Terminal de Integração Buenos Aires está localizado na Avenida União com Avenida Jerumenha, com área de 7.325,27 m² e plataforma de embarque e desembarque de 120 m, sendo o investimento total de R$ 3.522.010,01. Com mais esta implantação, serão oito terminais disponíveis nas quatro zonas de Teresina: Terminal Rui Barbosa, Buenos Aires, Itararé, Livramento, Santa Lia, Zoobotânico, Parque Piauí e Bela Vista.

O superintendente municipal de Transportes e Trânsito, Weldon Bandeira, enfatiza que os terminais estão sendo feitos para proporcionar conforto aos usuários do transporte público. “Com a operação dos terminais, vamos adquirir uma mobilidade mais segura e eficaz na região Norte. Nesta fase inicial contaremos com o apoio das equipes do “Posso Ajudar”, que estarão nas estações para tirar as principais dúvidas dos usuários do sistema”, explica.

Weldon reforça, ainda, que todos os terminais possuem bicicletário para atender as necessidades das pessoas que têm a bicicleta como meio de locomoção. “A zona Norte é a região da cidade com mais pessoas que têm a bicicleta como meio de locomoção e esse público será bem atendido com a disponibilidade dos bicicletários nos dois terminais”, acrescenta o superintendente.

O gerente de Planejamento da Superintendência Municipal  de Transportes e trânsito (Strans), Denilson Guerra, esclarece que além tornar o transporte coletivo na região mais ágil, o Sistema Inthegra também preza pela acessibilidade. “Com o início do Sistema Inthegra na região Norte, o tempo de locomoção será reduzido. Além disso, é importante reforçar que os terminais foram construídos respeitando a Lei da Acessibilidade, que atenderá bem as pessoas com deficiência”, reforça.

Denilson ressalta que para utilizar o benefício da integração as pessoas precisam ter o cartão eletrônico. “Os usuários devem utilizar o cartão eletrônico para conseguir integrar e assim se deslocarem até outros bairros pagando apenas uma passagem”, informa o gerente.

Com o início da operação, devem passar, diariamente, cerca de 20.700 mil passageiros no Terminal Rui Barbosa e 17.300 mil passageiros no Terminal Buenos Aires. Sendo quatro linhas alimentadoras e três troncais no Rui Barbosa e quatro linhas alimentadores e quatro troncais no Buenos Aires. Além da linha interterminal, que conectará os dois terminais, totalizando aproximadamente 80 veículos.

Confira  aqui as adaptações nas linhas.

Hospital e Maternidade do Buenos Aires desligam energia para manutenção de subestação

A direção do Hospital e da Maternidade do Buenos Aires, localizados na zona Norte de Teresina, comunica que amanhã (18), por volta de 9horas, irá desligar a energia elétrica para realizar manutenção preventiva da subestação, localizada nas dependências das unidades. A previsão é de que até uma hora o procedimento seja realizado e a energia restabelecida.

“Como a manutenção é programada, os pacientes não serão prejudicados pela interrupção temporária de energia”, explica Rosélia Sena, diretora geral do Hospital do Buenos Aires.

Durante o desligamento, os atendimentos de urgência continuarão sendo realizados. A área da Unidade de Cuidados Intermediários também estará funcionando, já que os leitos contam com equipamentos que dispõem de baterias.

Devido à manutenção, as enfermarias e a área administrativa do Hospital e da Maternidade do Buenos Aires irão permanecer sem energia.

 

Vias no entorno do Terminal do Buenos Aires são vistoriadas por técnicos da Strans

Com o objetivo de avaliar a situação das vias públicas que ficam no entorno do Terminal do Buenos Aires, na zona Norte da cidade, o diretor de Trânsito e Sistema Viário da Strans, José Falcão, juntamente com o vereador R.Silva, fizeram uma vistoria no local.

De acordo com o diretor de Trânsito e Sistema Viário da Strans, José Falcão, a  visita às vias tinha o intuito de avaliar as condições da trafegabilidade de algumas ruas. “Fizemos a vistoria nas vias e identificamos as que precisam de sinalização, asfaltamento e as que necessitam de outros tipos de reparos.  Agora vamos fazer essas solicitações à SDU Centro Norte e à SEMDUH”, explicou.

Falcão ressalta que as melhorias nas principais vias serão feitas a fim de proporcionar um trânsito melhor para todos. “Estamos fazendo algumas intervenções no trânsito no entorno do Terminal do Buenos Aires para que a zona Norte receba o novo sistema de integração. Vamos procurar dar a algumas vias uma maior importância no trânsito, de forma que venham a ser rotas alternativas para o escoamento do fluxo de veículos”, disse.

O diretor reforça que foram identificadas algumas ruas que são pouco utilizadas, mas com as melhorias eu deverão ser feitas pela Prefeitura de Teresina,  elas passarão a ser mais movimentadas. “No início as pessoas vão estranhar, mas com o passar o tempo haverá uma redistribuição no tráfego e melhoria no trânsito da região”, enfatizou.

O vereador R. Silva considerou a visita muito importante, pois foi uma oportunidade de mostrar ao diretor todas as melhorias que precisam ser feitas para que as mudanças tenha um bom resultado. “Apresentamos as nossas sugestões ao diretor e agora vamos aguardar os resultados. Iremos também conversar com os gestores da SDU e da SEMDUH para nos ajudar nas melhorias para as ruas. Estamos juntos para que tudo aconteça da melhor forma possível”, finalizou.