Outubro Rosa: Doar é um ato de amor

O mês de Outubro já é conhecido mundialmente como um mês marcado por ações afirmativas relacionadas à prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama. O movimento, conhecido como Outubro Rosa, é celebrado anualmente desde os anos 90.

A campanha tem por objetivo compartilhar informações sobre o câncer de mama e, mais recentemente, câncer do colo do útero, promovendo a conscientização sobre as doenças, proporcionando maior acesso aos serviços de diagnóstico e contribuindo para a redução da mortalidade.

O câncer de mama é o segundo com maior diagnóstico nas mulheres, a doença é causada a partir de uma mutação genética nas células mamárias, com isso, a evolução para um tumor, podendo ter crescimento rápido ou lento. Isso pode variar de acordo com a causa, mas quando tratado em um período oportuno, o câncer apresenta bom prognóstico.

Pesquisas estimam que para cada ano do triênio 2020/2022, sejam diagnosticados no Brasil 66.280 novos casos de câncer de mama, com um risco estimado de 61,61 casos a cada 100 mil mulheres.

Enfrentar o diagnóstico de câncer não é mesmo tarefa fácil, mas algumas preocupações da paciente podem ser amenizadas com ações simples. Entre tantas inquietações que passam pela cabeça a partir da confirmação do diagnóstico e definição do tratamento, uma delas é encarar a perda dos cabelos que costuma acompanhar a quimioterapia.

Ao enfrentar esse processo é natural que a mulher se sinta desanimada, mas o tratamento não precisa interferir na sua vontade de explorar o seu novo visual, no prazer de se arrumar e se sentir bonita. É possível tratar o câncer e continuar se preocupando com a aparência. Existem alternativas para lidar com a queda dos fios, afinal, perder o cabelo não significa perder a vaidade. É neste momento que lenços, chapéus e perucas entram em cena. Uma peruca pode ser um importante passo para o resgate da autoestima e consequentemente da força para lutar contra a doença.

Sensível a este problema, a jornalista e assessora de comunicação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Ilziane Virgínia, decidiu que deixaria seu cabelo crescer e que faria a doação de cabelos em apoio a mulheres que estão passando por tratamentos oncológicos por conta da doença.

“Esse era um desejo antigo, então deixei meu cabelo crescer bastante e aproveitei que o mês de outubro é direcionado a ações de enfrentamento ao câncer, cortei o meu cabelo e fiz a doação para a Rede Feminina de Combate ao Câncer-PI. O Cabelo é a moldura do rosto. Quando eles caem com a quimioterapia, mulheres e crianças deixam de ir à escola, ao trabalho, ou de ter convívio social. A peruca é um fator importante nesse processo de cura, indo muito além da vaidade. Saber que vou contribuir no fortalecimento da autoestima dessas mulheres me deixa muito feliz”, esclarece a jornalista.

Segundo a coordenadora de voluntários da Rede Feminina de Combate ao Câncer- PI, Lenôra Campelo, a entidade vem trabalhando para mostrar para sociedade a importância do diagnóstico precoce, daí a importância do Outubro Rosa. O câncer quando diagnosticado precocemente apresenta maiores chances de cura.

“As mulheres amam cabelo e nada mais fortalecedor do que trabalhar a autoestima desgastada pelo tratamento do câncer. A rede feminina recebe os cabelos e envia para São Paulo para que sejam confeccionadas as perucas, que trazem para a paciente com câncer uma imagem positiva e restauram a beleza e confiança na vida”, enfatiza a coordenadora.

Para doar o cabelo a pessoa precisa ter alguns cuidados:

A mecha deve ter no mínimo 25 cm;

O cabelo precisa estar seco;

A mecha deve estar presa com elástico, na base, no meio e na extremidade;

Deve ser cortado de uma única vez;

O cabelo pode ter química desde que esteja em bom estado.

Local de coleta:

Casa de Maria: Avenida São Raimundo, Nº 1000, bairro Piçarra, (86) 3215-9650;

Sala de recreação da Rede Feminina: localizada no Hospital São Marcos, próxima a radiologia, (86) 3226-2325.

Ação “Conciliar para Comemorar” altera metodologia de distribuição de senhas

Devido a grande demanda de atendimento na campanha “Conciliar para Comemorar”, do Procon Municipal em parceria com as empresas Águas de Teresina e Equatorial Energia, desde a quarta-feira (10), foi alterada a metodologia de distribuição de senhas.

Segundo a coordenadora do Procon, Nara Cronemberger, a princípio as senhas estavam sendo distribuídas até o horário de 11h30mim, mas com a grande procura dos serviços foi necessária a alteração da metodologia desse atendimento.

“Pelos resultados positivos e exitosos das negociações, a campanha vem tomando um vulto acima do esperado. Desde a quarta-feira (10), frente ao elevado número de consumidores, a Equatorial Energia, empresa mais solicitada, já aumentou o número de colaboradores para otimizar as negociações. Por um critério de logística e metodologia de trabalho, divulgamos que as senhas seriam distribuídas até o horário das 11h30mim, porém estão se esgotando bem antes desse horário, e a solução que encontramos foi aumentar o número de colaboradores por parte da Equatorial Energia para atender um maior número de consumidores”, esclarece a coordenadora.

A ação que tem por objetivo oferecer um maior acesso aos consumidores para negociar e renegociar seus débitos, além da prestação de outros serviços, a exemplo do Cadastro de Tarifa Social, está sendo realizada na sede do Procon Municipal, localizado na Rua Manoel Nogueira Lima, 1347, Jóquei (no mesmo prédio onde funcionava a vice-prefeitura), no horário de 8h às 14h.

Para atendimento junto às empresas é necessário que o consumidor deve levar, além da documentação pessoal, como RG, CPF e comprovante de residência, o histórico das três últimas faturas (para provar o fato relatado).

“Pelo sucesso que vem sendo a campanha, que já se encerra amanhã, dia 12 de agosto, garantimos que promoveremos outra ação juntamente com as empresas de serviços essenciais em uma data ainda a ser definida. Divulgaremos a data da ação na rede social do Procon @procon.the e da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), @semdec”, afirma a coordenadora.

O Servidor Público, Jeneilson Pereira, relata que chegou bem cedo na sede do órgão que promove a ação e que conseguiu garantir o seu desconto junto à empresa Águas de Teresina. “Cheguei bem cedo e logo fui muito bem atendido pelos colaboradores da empresa. Saio com o meu boleto do acordo em mãos e já sigo para efetuar o pagamento dessa dívida”, pontua o consumidor.

Encerramento do Maio Amarelo tem passeio ciclístico e atividades educativas na Ponte Estaiada

A Prefeitura de Teresina, por meio da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), e os parceiros do Programa Vida no Trânsito (PVT) no Piauí, realizará, neste sábado (28), o encerramento da Programação das atividades da Campanha Maio Amarelo 2022 – Juntos Salvamos Vidas, no Complexo Turístico da Ponte Estaiada, a partir das 16h.

O evento aberto e gratuito a população e ciclistas terá início com um Passeio Ciclístico com largada prevista para acontecer às 17h, as inscrições dos participantes iniciam às 16h, com a saída na Avenida Raul Lopes na Ponte Estaiada, com o trajeto do percurso do Passeio Ciclístico passando pela Avenida Cajuína, Ponte Wall Ferraz, Avenida Padre Florêncio Lecchi, Avenida marechal Castelo Branco, Ponte Juscelino Kubitscheck e chegada na Avenida Raul Lopes, retornando ao Complexo Turístico da Ponte Estaiada. Ao fim do Passeio Ciclístico terá sorteio de brindes aos participantes inscritos no Passeio. O encerramento do evento está previsto para às 20h.

O Gerente de Educação no Trânsito da Strans, Reginaldo Canuto, explica que a programação das ações que serão desenvolvidas no encerramento da Campanha Maio Amarelo 2022 estão previstas atividades educativas de intervenção no trânsito.

“Com apresentação de portfólio nos stands de cada parceiro e apoiador da Campanha Maio Amarelo e dos órgãos que compõe o Programa Vida no Trânsito (PVT) e com distribuição de material educativo de trânsito com a comunidade presente no local do evento e apresentações culturais local”, explicou o gerente.

O evento é realizado com a coordenação da STRANS, juntamente aos órgãos parceiros do Programa Vida no Trânsito (PVT) no Piauí: a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (SESAPI); a Polícia Militar do Piauí (PMPI); Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (CIPTRAN), Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE); Polícia Rodoviária Federal (PRF/PI), Secretaria de Estado dos Transportes (SETRANS), Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/PI), Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST/SENAT), Secretaria de Estado da Educação do Piauí (SEDUC), Fundação Municipal de Saúde (FMS), Ordem dos Advogados do Brasil – Secção Piauí (OAB/PI), Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU).

A STRANS conta com o apoio das empresas e instituições: Águas de Teresina, Equatorial Piauí, BRISANET, MAVELU, a Federação Piauiense de Ciclismo (FPC), a Guarda Civil Municipal, Filhos do Sol, Departamento Municipal de Trânsito e Transportes de Timon (DMTRANS/Timon/MA).

A Campanha Maio Amarelo – No mês de maio é trabalhada a educação no trânsito e a prevenção aos acidentes, denominado Maio Amarelo. O movimento nasceu com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil.

A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

Maio Amarelo: atividades promovem conscientização no trânsito para reduzir acidentes

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), por meio da Gerência de Educação no Trânsito da Strans, vem realizando uma série de ações de intervenção educativa no trânsito, nas vias da cidade, nas escolas, instituições, órgãos públicos e privados, como parte da programação do Movimento Maio Amarelo 2022, que este ano tem como tema: “Juntos Salvamos Vidas”. O Maio Amarelo, é o mês dedicado à conscientização para uma mobilidade saudável e segura.

O gerente de Educação no Trânsito da Strans, Reginaldo Canuto, explica que as intervenções educativas no trânsito estão ocorrendo juntamente com os órgãos parceiros que compõe o Programa Vida no Trânsito (PVT) no Piauí e o Sistema Nacional de Trânsito (SNT), PRF, Sesapi, Detran/PI, Polícia Militar, Seduc, Uninassau, entre outros órgãos.

“Essa mobilização da Campanha do Maio Amarelo tem o foco na educação para o trânsito que busca conscientizar o cidadão, os condutores, pedestres, ciclistas da responsabilidade de todos no trânsito que é determinante para a redução dos índices de acidentes que ocorrem todos os dias nas vias em nossa cidade e no país”, ressaltou o gerente de Educação no Trânsito da Strans.

Dentro da programação do Maio Amarelo 2022 a Strans irá realizar nesta sexta-feira, 20, à partir das 7h30, uma intervenção educativa no trânsito com os condutores, motociclistas, ciclistas e pedestres na Avenida Joaquim Nelson, em frente ao Teatro Paulo II, no bairro Dirceu, na zona Sudeste de Teresina, junto com os parceiros do Programa Vida no Trânsito e entidades que estão engajadas nesse importante Movimento que é o Maio Amarelo. A ação é uma forma de alertar e conscientizar a população e aqueles que compõe o trânsito para o alto índice de mortes e feridos no trânsito não só no Brasil, mas em todo o mundo.

Durante a intervenção educativa no trânsito está previsto a abordagem aos condutores com informações e questões relativas a segurança, falando dos cuidados indispensáveis ao trânsito, da importância dos equipamentos de segurança e respeito a sinalização de trânsito, com distribuição de entrega de kits educativos do Maio Amarelo 2022 pela Strans, entrega de folders, panfletos sobre as regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e orientação do novo sistema de gestão de trânsito da Strans, Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) e o App Carteira Digital de Trânsito (CDT).

O encerramento do Movimento Maio Amarelo 2022 está previsto para acontecer no próximo dia 28/05, sábado, a partir das 16h, no Complexo Turístico da Ponte Estaiada, zona Leste, com um evento com atividades educativas de trânsito e um Passeio Ciclístico, que tem o objetivo de incentivar a prática do ciclismo e a conscientização da importância de um Trânsito mais Seguro para Todos.

De volta ao presencial, alunos do CMEI Noé Cerqueira Fortes participam de ação contra a dengue

As crianças, pais e equipe escolar do Centro Municipal de Educação Infantil Noé Cerqueira Fortes, no Portal da Alegria, estão animados desde o retorno das aulas presenciais. Além da sala de aula, os alunos aproveitam o parquinho e os outros espaços escolares especialmente preparados para eles.

Esta semana, a turminha realizou uma ação de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya. Com placas e cartazes de conscientização, as crianças compartilharam entre si dicas de como combater os mosquitos, alertando também para os perigos dessas doenças.

“Temos muitas ações planejadas para esse ano escolar, sempre aproveitando as campanhas da cidade e datas comemorativas para envolver nossos alunos em atividades de cidadania. Mesmo os bem pequenos participam das ações e eles se divertem muito enquanto aprendem”, afirma a diretora do CMEI, Lívia Furtado.

Foto: Divulgação (Semec)

 

 

Gerência de Educação no Trânsito da Strans se reúne com órgãos de trânsito para planejamento do Maio Amarelo

Nesta quarta-feira (9), a Gerência de Educação no Trânsito da Strans esteve reunida para planejamento das ações e atividades que serão desenvolvidas durante o Movimento Maio Amarelo, que visa a prevenção de acidentes e a redução da mortalidade no trânsito. As Campanhas Educativas de Trânsito de 2022 têm como mensagem “Juntos Salvamos Vidas”. O Trânsito deve ser seguro para todos em qualquer situação.

Segundo o gerente de Educação no Trânsito, Reginaldo Canuto, a reunião tratou sobre o planejamento estratégico sobre Educação de Trânsito que é o Maio Amarelo com o objetivo da prevenção de acidentes no trânsito. A Strans é responsável pela coordenação municipal do Programa Vida no Trânsito (PVT).

“Nós traçamos algumas diretrizes e objetivos para que o evento tenha o maior sucesso, inclusive vendo os possíveis parceiros, as datas, o cronograma e os temas que iremos abordar, principalmente relacionados aos motociclistas e ciclistas”, destaca o gerente, Reginaldo Canuto.

Reunião tratou sobre programação da campanha educativa Maio Amarelo. Foto: Ascom Strans

O encontro contou com a presença de representantes dos órgãos parceiros que compõe o Sistema Nacional de Trânsito (SNT) e o Programa Vida no Trânsito (PVT): Strans, Sesapi, Polícia Rodoviária Federal.

A Strans segue a determinação da Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), Nº. 871, de 13 de setembro de 2021, que estabelece o cronograma das Campanhas Educativas de Trânsito a serem realizadas de janeiro à dezembro de 2022.

Representantes de vários órgãos participaram da reunião. Foto; Ascom Strans

 

FMS realiza campanha Janeiro Roxo para alertar sobre a hanseníase

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) realiza atividades de capacitação, controle e divulgação da hanseníase neste mês, em que é realizada a campanha Janeiro Roxo. O objetivo da campanha nacional é conscientizar as pessoas sobre a prevenção à hanseníase, identificação de casos e o tratamento.

Desde o último dia 4 até esta sexta (14) acontece o treinamento e mobilização de agentes comunitários de saúde nas ações de controle da hanseníase na Zona Norte: UBS Memorare, zona Sul: UBS Francílio Almeida (Angelim) e Irmã Dulce, zona Sudeste: UBS Parque Poty e zona Leste:  UBS Vila Bandeirante. De 19 a 27 terá a Avaliação de Contatos Domiciliares de Hanseníase nessas mesmas UBS.

Dia 28 acontece na avenida Frei Serafim, a Blitz H, com distribuição de panfletos com o tema Cuide da pele. Não esqueça da hanseníase. Também como parte da programação a ponte Estaiada estará iluminada na cor roxa, no período de 17 a 22 de janeiro e no último final de semana nos dias 29 e 30

Sobre o atendimento a pacientes diagnosticados com hanseníase, o presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, explica que é disponibilizada a medicação. “Quando uma pessoa é diagnosticada com hanseníase é feita a distribuição da medicação nas UBS e tem acompanhamento até o fim do tratamento”, diz.

 

Sobre a hanseníase
A hanseníase é uma doença infectocontagiosa causada por uma bactéria, o bacilo de Hansen, com o aparecimento de manchas brancas ou avermelhadas, geralmente com perda da sensibilidade ao calor, frio, dor e tato que atinge a pele e os nervos, principalmente dos braços, mãos, pernas e pés.

O contágio ocorre de uma pessoa doente, que ainda não recebeu tratamento, para outra sadia por meio das vias respiratórias, através da fala, tosse ou espirros. Não se pega Hanseníase por saudações sociais como abraço e aperto de mão e a partir do início do tratamento medicamentoso, a pessoa não transmite mais a doença.

Secretaria da Mulher de Teresina realiza campanha para arrecadar roupas, alimentos e absorventes para mulheres em vulnerabilidade

A Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM), em parceria com o Outlet Diamond Center, vai realizar entre os dias 10, 11 e 12 a arrecadação de roupas, alimentos e absorventes para o projeto da SMPM. A atividade faz parte do projeto Invista-se, a ação foi intitulada Outlet Diamond Solidário, que acontece nos três dias, das 9h às 21h, no Diamond Center, localizado na Avenida Universitária, 750, Fátima.

O projeto, além de serviços sobre conscientização sobre a violência contra a mulher, autoestima e empoderamento, proporciona às mulheres atendidas a experiência de um momento de “compras” das peças doadas. No ambiente, será montada uma loja na comunidade que receberá a doação, através da entrega de vouchers para aquisição de um look completo por elas.

A secretária da SMPM, Karla Berger, a ação tem o objetivo de proporcionar às mulheres, a oportunidade de ressignificar as marcas que a vulnerabilidade social acaba deixando nelas. Para a secretária, é uma forma de reafirmar o compromisso com as mulheres teresinenses, respeitando particularidades e que projetos como o Invista-se vêm para impactar na mudança da realidade de cada uma. “

É incrível poder olhar no rosto de cada mulher que sai do projeto, perceber o brilho no olhar, o sorriso de satisfação e sentir que estamos seguindo no caminho certo. Principalmente, que estamos ouvindo e enxergando cada uma nas suas singularidades”, disse a secretária.

Segundo Socorro Silva, uma das organizadoras do evento, ela sempre quis fazer uma ação social como essa. “Sempre quis fazer algo nos meus eventos. Trabalho há mais de dez anos em feiras como essa e poder ajudar quem precisa deveria ser uma conscientização de todos”, comentou Socorro.

Para Diana Ponte, também organizadora do evento, é uma satisfação fazer parcerias assim. Em uma reunião com nosso marketing e a Karla Berger tivemos essa ideia e ficamos felizes de poder fazer algo que impacte tantas pessoas. Quem doa, se sente bem e que recebe também fica, é bom para todos!”, finaliza Diana.

Atividades da Secretaria da Mulher de Teresina. Fotos: Ascom SMPM

Dezembro Vermelho: FMS promove capacitação contra Aids e infecções sexualmente transmissíveis

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) realiza capacitação no dia 2 de dezembro sobre o Dia D de luta e orientação contra a Aids e infecções sexualmente transmissíveis, das 8h às 12h, no auditório da FMS, com a participação de servidores dos hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

A atividade faz parte do Dezembro Vermelho, que é uma campanha de conscientização para o tratamento precoce da síndrome da imunodeficiência adquirida e de outras infecções sexualmente transmissíveis. A capacitação é coordenada pela Diretoria de Assistência Especializada (DAE/FMS) em parceria com os Núcleos Hospitalares de Epidemiologia (NHE).

A programação consta de mesa redonda sobre Manifestações Clínicas, Diagnóstico e Tratamento das principais Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST’s). A capacitação é destinada aos profissionais de saúde, que serão, posteriormente, os multiplicadores das orientações recebidas em seus locais de trabalho.

O objetivo das ações é qualificar a conduta dos profissionais de saúde a partir da atualização de evidências científicas que contribuam para melhorar a assistência ao paciente e a notificação de casos.

Sobre a data

O Dia Mundial de Luta Contra a Aids é celebrado em 1º de dezembro. A data foi estabelecida internacionalmente em 1987 por decisão da Assembleia Mundial de Saúde com apoio da Organização das Nações Unidas (ONU).

No Brasil, o Ministério da Saúde oficializou o “Dezembro Vermelho”, a partir da Lei 13.504, de 7 de novembro de 2017, que instituiu a campanha nacional de prevenção ao HIV/AIDS e outras infecções sexualmente transmissíveis, denominada Dezembro Vermelho.

Maternidade Wall Ferraz promove ação para conscientizar sobre a prematuridade

Novembro Roxo é o nome dado à campanha de sensibilização sobre o tema da prematuridade. Em alusão ao mês temático, a maternidade Wall Ferraz promove amanhã (26), a partir das 10h, uma ação para alertar sobre os índices de prematuridade e as consequências do nascimento em tempo ideal.

A atividade consiste em uma palestra, que abordará o método canguru, modelo de assistência ao recém-nascido prematuro, que é colocado em contato pele a pele com sua mãe ou com seu pai. Ela será ministrada por Sidney Oliveira e Silva, enfermeiro que atua na UCINCo – também conhecida como Unidade Semi-Intensiva – da Maternidade Wall Ferraz.

A atividade encerra uma série de mobilizações realizadas na maternidade, com palestras, distribuição de folders e reuniões para conscientização sobre o método canguru e prematuridade. “Nós continuaremos chamando a atenção de todos os presentes para o conceito de ‘Separação Zero’ entre mãe e bebê, o que muitas vezes se mostra um verdadeiro desafio durante a pandemia, porém se faz indispensável, além de tentar englobar o acesso do pai durante a estadia do bebê na internação desta maternidade”, conta a diretora geral Remédios Gregório.

A Maternidade Municipal Wall Ferraz funciona 24 horas para atendimento em urgências obstétricas e neonatal. Possui uma Unidade de Terapia Intensiva Neonatal – UTIN com 10 leitos e uma Unidade de Cuidados Intermediários Convencional – UCINco com oito leitos. “Nós dispomos de uma eficaz estrutura e equipe profissional de excelência para atender os casos de prematuridade e nos disponibilizamos a repassar conhecimento sobre o assunto, conscientizando acerca da prevenção, particularidades e tratamento”, finaliza a diretora.

Foto: Divulgação (Semcom)