Frequência de alunos da rede municipal chega a 85% em aulas transmitidas pela TV

 

Foto: Ascom Semec

Cerca de 85% dos alunos do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino de Teresina estão assistindo as aulas transmitidas pela televisão e cumprem as atividades pedagógicas. Os dados são da Secretaria Municipal da Educação (Semec), que contabiliza mais de 55 mil alunos, dos 65 mil matriculados, acessando os canais de TV todos os dias.

“Pelo nosso monitoramento, conseguimos alcançar um excelente resultado. Temos muitos desafios, muitas particularidades em cada família, mas fomos desenvolvendo estratégias que ampliaram esse acesso e vão minimizar os prejuízos educacionais causados pela pandemia”, avaliou a secretária executiva de Ensino, Irene Lustosa.

A transmissão do conteúdo acontece por diferentes ferramentas. Muitos alunos estão recebendo as tarefas impressas ou por canais virtuais como o WhatsApp e aplicativos de videochamada, além da plataforma virtual “Em casa eu aprendo”. O formato preferido do Heber Carlos, 13 anos, que faz o 8º ano na Escola Municipal Jornalista João Emílio Falcão, é a transmissão pela TV. São cinco canais locais exibindo diariamente as aulas estruturantes. Cada turma tem seu horário para assistir e anotar as explicações dos professores, depois a escola pede um retorno do que foi aprendido. Todo o conteúdo também fica disponível na plataforma online hospedada no site da Semec.

Heber sempre acorda cedo e cumpre as obrigações de casa a tempo de não atrasar para a aula, no período da tarde. Sua família continua respeitando as medidas de isolamento social e ele assiste as aulas no quarto, com o computador e a televisão. Essa é a nova rotina dos milhares de estudantes que tiveram que se adaptar ao regime de atividades não presenciais.

“Tenho horário certo para todas as atividades. Hora marcada com o professor pela internet, envio dos exercícios e, o meu momento preferido, aula na TV. É mais prático, fácil de acessar e dinâmico. Basta ter concentração e você aprende fácil”, disse o estudante.

Para a diretora da Escola Municipal Thereza Noronha, Simone Barbosa, a transmissão pela TV foi a melhor alternativa para seus alunos. “Tem maior alcance e oportuniza o aprendizado daqueles que não possuem nem computador e nem celular. Pelo que escuto dos pais, foi o melhor caminho. Vamos encontrando formas de dar certo, logo estaremos juntos de novo”, comentou a gestora.

Lagoas do Norte suspende atendimento presencial e solicita que população acesse canais virtuais

Seguindo as orientações do decreto de situação de emergência assinado pelo prefeito Firmino Filho, e da Organização Mundial da Saúde, o Programa Lagoas do Norte solicita que a população procure os canais de atendimento virtual e telefônico, caso necessite entrar em contato com o programa.

Essa medida tem como objetivo minimizar o impacto da disseminação da COVID-19, protegendo a população e os servidores da Prefeitura. O atendimento presencial pelos próximos 15 dias será suspenso na UPS (Unidade de Projeto Socioambiental), no Parque Lagoas do Norte, e também na UGP (Unidade de Gerenciamento do Programa), escritório localizado no bairro Vila Operária.

Porém, o programa reitera que os canais virtuais – Colab, Facebook, Instagram – e o atendimento por telefone estão mantidos. O Colab é o aplicativo disponibilizado pela Prefeitura de Teresina para que o cidadão possa fazer reclamações e dar informações sobre problemas com os serviços prestados pelo município. Ele pode ser encontrado nas lojas de apps tanto de IOS como Android. O contato por telefone pode ser feito através dos números (86) 3213-8640, da UPS, e (86) 3215-7525, da UGP.