Strans discute com entidades Plano de Mobilidade Urbana Sustentável de Teresina

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), participou, nesta sexta-feira (19), de uma reunião técnica, com representantes de entidades da área de urbanismo da capital, com representantes de órgãos da Prefeitura de Teresina, das SAADs, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Piauí, Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU/PI) e do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA/PI), entidades que são diretamente envolvidos com o Urbanismo de nossa cidade.

A arquiteta da Strans, Lívia Macêdo, explica que o encontro foi para que eles pudessem analisar as propostas e fazer as suas contribuições, em uma reunião que aconteceu previamente em virtude da Audiência Pública que vai acontecer na próxima terça-feira (23), na Câmara Municipal de Teresina, das 10h às 12h.

“O encontro teve como objetivo onde os envolvidos puderam alinhar o debate e o discurso sobre as propostas de Mobilidade Urbana contidas no Plano Diretor de Mobilidade Urbana. O Consórcio Concremat apresentou as propostas para os representantes das entidades, onde foram feitas algumas considerações, e o CAU/PI pretende fazer uma carta oficial com essas contribuições, para compartilhar com o Plano Diretor e a Prefeitura para ser analisado e apreciado pelo órgão, e incluídos no Plano Diretor de Mobilidade Urbana”, declara a Arquiteta da Strans, Lívia Macêdo.

Na próxima terça-feira (23), das 10h às 12h, acontecerá Audiência Pública sobre Propostas para Mobilidade Urbana de Teresina na Câmara Municipal de Teresina, com transmissão via Yotube. Para construção do Plano Diretor de Mobilidade Urbana Sustentável de Teresina (PDMUS).

SAAD Leste celebra parceria com CAU-PI para promover concurso de projetos urbanos

Os espaços públicos têm papel determinante na sociedade urbana e estão diretamente relacionados à dignidade e à cidadania. Tendo ciência disso, a Superintendência das Ações Descentralizadas Leste (SAAD-Leste), realizou nesta terça-feira (26), uma reunião para celebrar a parceria com o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Piauí – CAU/PI. Foi firmado um termo de cooperação que lançará um concurso público para a escolha de projetos arquitetônicos das praças da zona Leste. O encontro contou com a participação de autoridades da SAAD-Leste, como também de Gerardo Fonseca, conselheiro Federal da CAU/BR, Wellington Camarço, presidente do CAU/PI e demais representantes da área.

“Essa parceria é muito importante, pois estamos inaugurando a modalidade de um concurso público para projetos arquitetônicos de nossa cidade, inicialmente, com as praças da zona Leste. Vamos pensar Teresina da melhor forma possível. Depois de firmado esse termo de cooperação, será montado um cronograma de atividades, ainda este mês de novembro”, comemorou Ernani Freitas, secretário executivo da SAAD-Leste.

(Foto: Ascom/SAAD Leste)

De acordo com Wellignton Camarço, presidente Federal do CAU/PI, o conselho pode contribuir com o pensar da cidade, através do urbanismo, e não somente em praças, como em diversas outras áreas.

“Ficamos empolgadíssimos e isso para nós é fantástico! Neste momento, estamos pensando em trabalhar as praças, torná-las mais acessíveis, mais seguras, mais humanas. Devolver a praça para quem é de direito: o cidadão. A praça já foi utilizada por muito tempo, fazendo parte da nossa cultura, e nos dias atuais, sua importância se perdeu para a insegurança, para a ausência de equipamentos públicos, para uma iluminação adequada, dentre outros percalços.

Então, a Prefeitura está com essa ideia fantástica de desenvolver premiações e o CAU tem essa expertise, de convocar os colegas arquitetos e fazermos um concurso público para projetos de praças. Os arquitetos vão concorrer ao melhor projeto para o aval de uma comissão coordenada pela Prefeitura de Teresina”, enfatizou Camarço.

Lagoas do Norte busca parceria com CAU do Piauí e Pernambuco para garantir saneamento a famílias em situação de vulnerabilidade 

Os arquitetos do Programa Lagoas do Norte, Nélcia Beatriz e Sebastião Ferraz, apresentaram à diretoria dos Conselhos de Arquitetura e Urbanismo do Piauí e Pernambuco a região em que o programa está realizando obras e também os locais onde serão implementados os novos projetos. A ideia é estabelecer uma parceria para a ampliação do atendimento à população no acesso à moradia digna.

Segundo a arquiteta do PLN, Nélcia Beatriz, “a iniciativa tem como motivação principal a garantia de saneamento às famílias, principalmente com a construção de banheiros nas residências, considerando a situação de vulnerabilidade delas”.

Em visita à região, o presidente do CAU-PI, Wellington Camarço, o vice Anderson Mourão, e o presidente do CAU-PE, Rafael Amaral, conheceram a realidade das construções, a situação das lagoas e do sistema de drenagem, que tem a função primordial de evitar enchentes. Foram apresentados os projetos para as lagoas do São Joaquim, Mazerine, Piçarreira e Oleiros, as estruturas já existentes que contribuem para a drenagem das águas da chuva e o que está sendo projetado para esta segunda fase do programa.

“O conselho faz questão de participar, agora de maneira proativa com esse novo modo de ver porque para nós o cidadão vem em primeiro lugar”, afirmou Wellington Camarço.

O presidente do CAU-PE, Rafael Amaral, destacou a importância da experiência. “Hoje foi uma missão no sentido de conhecer boas práticas que se fazem no Piauí e foi muito gratificante. Acho que essa aproximação que o Wellington vem fazendo com a Prefeitura e os órgãos de controle trazem bons frutos para as pessoas. Estamos aqui para agregar e trazer bons resultados para quem mais precisa”, disse.

Os arquitetos do Programa Lagoas do Norte apresentaram à diretoria dos Conselhos de Arquitetura e Urbanismo do Piauí e Pernambuco a região em que o programa está realizando obras Fotos (Ascom/Lagoas do Norte)