SDU implanta Varanda Urbana no Polo de Saúde de Teresina

Ascom/Sdu Centro Norte

A SDU Centro/Norte está finalizando a implantação de mais uma Varanda Urbana em Teresina. Desta vez o mobiliário será implantado na Rua 1º de Maio, em frente ao Centro e Hematologia e Hemoterapia do Estado do Piauí (Hemopi). O local foi escolhido por ser uma área com grande fluxo de pessoas.

O espaço será composto por uma ilha de descanso, com cadeiras de madeira, arborização e wi-fi gratuito. A ideia é que as pessoas que passam pelo local possam relaxar, conversar, aproveitar da melhor maneira esse espaço que tem por objetivo proporcionar mais conforto para quem anda pela área do Polo de Saúde.

“Buscamos dar mais conforto para as pessoas que vêm à cidade em busca de atendimento médico. Por isso implantamos a Varanda Urbana, desta vez para proporcionar um ambiente agradável para aquele público em meio a correria do dia a dia na área do Polo de Saúde”, enfatiza o arquiteto e urbanista Rômulo Marques.

Ele reforça que o objetivo é tornar cada vez mais o centro um espaço com qualidade de vida. “Queremos que essa área da cidade seja não só um espaço para compras e negócios, mas que as pessoas vivam o Centro. Estamos trabalhando em várias frentes para melhorar a estrutura dessa região da cidade”, acrescenta.

Além dessa iniciativa, a obra de acessibilidade e requalificação do Centro, que está em execução, também inclui a melhoria das calçadas e ruas para pedestres e ciclistas e ampliação da arborização. O objetivo é fazer com que a área central da cidade seja um local mais agradável e atraente e que no futuro possa ser uma opção para moradia.

Strans revitaliza semáforos em cruzamentos do Centro

Ascom/Strans

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) está revitalizando os semáforos do Centro de Teresina. Já foram substituídos os sinais nos cruzamentos das ruas Rui Barbosa com Coelho Rodrigues e Areolino de Abreu com Barroso. As estruturas estão sendo equipadas com recursos mais modernos, através da instalação de colunas de aço galvanizado com maior altura e focos semafóricos com leds, que permitem uma melhor visualização para os condutores.

Os serviços são executados pela Diretoria de Trânsito e Sistema Viário (DTSV), que vem intensificando os trabalhos de sinalização durante a Semana Nacional do Trânsito, que ocorre anualmente, entre 18 e 25 de setembro.

A engenheira da Strans, Ananda Patrícia, informa que outros cruzamentos do Centro terão substituição dos semáforos. “O Centro da cidade ainda possui equipamentos públicos em um formato mais antigo, portanto estamos listando os pontos que necessitam de substituições mais urgentes. Contemplaremos outros cruzamentos com necessidade de revitalização”, completa.

A Strans também vem reforçando as sinalizações verticais e horizontais das vias da capital, melhorando a visibilidade e atenção de condutores e pedestres. Avenidas como Maranhão e Campos Sales já receberam novos serviços de pintura.

Cruzamentos que terão semáforos revitalizados:

Rua Areolino de Abreu x Rui Barbosa

Rui Barbosa x Rua Félix Pacheco

Rui Barbosa x Rua Paissandu

Rua Barroso x Rua Coelho Rodrigues

Rua Paissandu x Rua 24 de Janeiro

Rua Paissandu x Rua Barroso

SDU Centro/Norte revitaliza canteiro da Avenida Frei Serafim

A SDU Centro/Norte iniciou o trabalho de revitalização do canteiro central da Avenida Frei Serafim. O objetivo é melhorar o paisagismo e o mobiliário urbano no local. A ação foi iniciada com o reconhecimento da situação atual do canteiro, análise da infraestrutura existente e da arborização ao longo da via.

“Estamos analisando a situação da infraestrutura de água, mobiliário urbano e iluminação no local. Somente após essa avaliação iniciaremos a recuperação do que for necessário”, explicou a gerente de Obras da SDU, Patrícia Santos.

A gerente afirma também que foram identificadas as espécies de plantas e a situação ambiental das áreas verdes existentes ao longo do canteiro. “Nossa ideia é fazer um trabalho de paisagismo no canteiro preservando as espécies já existentes e introduzir outras plantas que sejam adequadas ao nosso clima”, disse.

Além da preservação das áreas verdes, está sendo feita a recuperação de todo o mobiliário urbano, que estava precisando de manutenção. “Esse é um passeio no qual as pessoas costumam sentar para contemplar a cidade, por isso é importante que o mobiliário urbano seja conservado, mas precisamos contar com a parceria de todos no sentido de preservar esses espaços”, enfatizou a gerente.

 

FMS registra 333 casos e duas mortes por Covid-19 na última quinta (17)

O Boletim do Centro de Operações em Emergência (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina registrou na última quinta-feira (17) mais 333 casos de Covid-19, além de duas mortes em decorrência da doença.

Agora, a capital contabiliza 29.533 casos, 974 óbitos e 13.031 pessoas recuperadas desde o início da pandemia, em março deste ano. Os dois óbitos ocorreram 16 de setembro e foram de dois homens com 74 e 83 anos. Eles tinham doenças crônicas como cardiopatia, doença pulmonar e hipertensão arterial.

Após a capital registrar queda nos números de mortes e internações por Covid-19, Teresina terá uma nova fase de flexibilização das atividades econômicas, onde bares, restaurantes, postos de combustível e supermercados passarão a funcionar também aos domingos.

O Centro de Operações em Emergência (COE) vai continuar o monitoramento para avaliar o impacto da reabertura na evolução da Covid-19 na cidade. O avanço ou retrocesso da flexibilização vai depender dos números da doença nos próximos dias.

Centros de Atenção Psicossocial já realizaram mais de 35 mil atendimentos em 2020

Mesmo durante a pandemia de Covid-19 os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) mantiveram seu atendimento às pessoas com transtornos mentais. Somente em Teresina, no primeiro semestre de 2020, já foram realizados 35.348 atendimentos nestes Centros, que são gerenciados pela Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Até julho deste ano, foram realizados 25.161 atendimentos individuais e 10.187 atendimentos familiares. As equipes realizaram ainda 372 visitas domiciliares a pacientes que necessitaram um acompanhamento junto à família.

A gerente de Saúde Mental da FMS, Isabel Karine, avalia o período como de grande demanda em função da reorganização do serviço durante o período mais crítico da pandemia, em que os ambulatórios estiveram fechados. “Os CAPS fizeram uma readaptação das atividades para atender pacientes em crise e fazer triagem e acolhimento a todos que venham a precisar dos serviços de saúde mental da capital”, comenta.

“Mesmo com todo transtorno que essa pandemia nos trouxe, o CAPS não parou de funcionar, pelo contrário, o atendimento ficou mais rápido. Isso prova o comprometimento de sua equipe com a saúde de seus usuários”, relata Lourdes Almeida, que cuida de seu irmão Nilson, usuário do CAPS II Norte. Ela conta que o atendimento da equipe foi importante para superar um período muito difícil para a família, quando seu irmão passou por várias internações sem apresentar melhora. “Foi no CAPS que encontramos apoio, pessoas solidárias e preocupadas com o bem-estar de seus usuários. Meu irmão teve uma melhora significativa e sinto que esse acompanhamento fez a diferença. Hoje em dia costumo dizer que o CAPS é a segunda casa do meu irmão”, afirmou.

A Rede de Atenção Psicossocial conta também com sete CAPS, voltados ao acolhimento de usuários com transtornos mentais severos e persistentes, oferecendo atendimento médico e psicossocial, além de desenvolver outras atividades em grupo. Os Centros são divididos em CAPS infanto-juvenil, CAPS II, CAPS III (com acolhimento noturno) e CAPS Álcool e Drogas.

Os sete CAPS funcionam em dias úteis, das 8h às 11h e das 14h às 17h. Para ter acesso, o usuário pode ir diretamente sozinho ou acompanhado devendo, preferencialmente, procurar o CAPS que atende na região onde mora. “Qualquer cidadão, pessoas com transtornos mentais, têm o direito fundamental à liberdade, o direito a viver em sociedade, além do direito a receber cuidado e tratamento, sem que para isto tenham que abrir mão de seu lugar de cidadão. Por isso, nossos serviços estão de portas abertas”, disse Isabel Karine.

 

Trechos das ruas Simplício Mendes e Rui Barbosa são interditados para obras de acessibilidade

As ruas Simplício Mendes, no trecho entre a Senador Teodoro Pacheco e Paissandu, e Rui Barbosa, entre as ruas Coelho Rodrigues e Senador Teodoro Pacheco, foram interditadas para a continuidade das obras de acessibilidade no Centro. A interdição terá duração de 30 dias e está sendo coordenada pela Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro Norte, com apoio da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans).

O gerente de operação e fiscalização da Strans, Denis Lima, esclarece que os agentes de trânsito da Strans estão nos trechos interditados para coordenar o fluxo de veículos e orientar pedestres e condutores. “Pedimos a colaboração da população para que evite trafegar nas áreas próximas à obra de carro e que opte pelos percursos a pé. Estamos no local prestando toda a assistência necessária”, pontua o gerente.

O projeto completo prevê uma série de intervenções na área, como implantação de ciclofaixas e calçadas com piso tátil, facilitando a mobilidade das pessoas com deficiência visual. Ao todo, somando os dois contratos de serviços, serão investidos mais de R$ 14 milhões, oriundos do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

A engenheira da SDU, Adélia de Melo, explica que a interdição foi necessária para que seja feita a remoção do pavimento e, em seguida, a implantação do novo piso. “Estamos trabalhando para que a obra seja concluída o mais rápido possível, mas precisamos fazer a interdição para que os operários possam trabalhar com segurança”, disse.

 

CAP Centro retoma atendimento presencial a partir desta segunda-feira 

Ascom

A Central de Atendimento ao Público (CAP), localizada no Centro de Teresina, reabre a partir desta segunda-feira (24). Para atender as orientações de prevenção e combate à disseminação do novo coronavírus, uma série de medidas foi adotada com o intuito de oferecer maior segurança tanto para a população quanto para o munícipe.

Alexandre Castelo Branco, coordenador especial da Receita do Município, informa que os atendimentos serão realizados preferencialmente mediante agendamento por telefone (86 3215-7561) e com hora marcada, mas que, havendo horários disponíveis, também poderá ser realizado na porta da CAP Centro (Rua Álvaro Mendes, 884, por trás do Palácio da Cidade). A orientação é que o interessado chegue, no máximo, 20 minutos antes de seu horário para evitar aglomeração. Atrasos devem ser evitados para não ocorrer perda da senha e as pessoas devem comparecer preferencialmente desacompanhadas.

Apenas 20 contribuintes poderão permanecer dentro da unidade ao mesmo tempo. Aqueles que estiverem aguardando seu horário, no que exceder ao limite de 20 pessoas em atendimento dentro da CAP, ficarão na área externa, em fila, conforme demarcação de distanciamento entre as pessoas. Quando excedida a capacidade de atendimento do dia, começarão a ser realizados agendamentos apenas para os dias seguintes.

“A CAP foi reestruturada para retomar os atendimentos presenciais com segurança. Nossos servidores utilizarão máscaras e protetores faciais. Haverá aferição de temperatura na entrada da unidade, bem como lavatório para as mãos e disponibilização de álcool em gel. O distanciamento entre as pessoas dentro da unidade também foi demarcado. Todavia, pedimos que a população continue priorizando nossos canais on-line”, reforça Castelo Branco.

Através do Teresinense Digital é possível resolver todas as demandas relativas à Secretaria Municipal de Finanças sem sair de casa. Alguns serviços estão disponíveis na página da Secretaria de Finanças (https://semf.pmt.pi.gov.br/), não havendo necessidade sequer da abertura de processos eletrônicos via Teresinense Digital para estas demandas.

A CAP Leste, localizada no Espaço da Cidadania no Show AutoMall, reabre apenas na terça-feira (25). O telefone para agendamento nessa unidade é (86) 99406-9821.

Dúvidas e canais digitais 

Devido às restrições impostas pela pandemia, não haverá plantão presencial para esclarecer dúvidas nas Centrais de Atendimento. Neste caso, a população deve entrar em contato com o setor responsável por sua demanda através dos seguintes e-mails:

– IPTU, inclusive cadastro imobiliário: iptu.semf@pmt.pi.gov.br

– CND, Certidão positiva, restituições, compensações, baixas de pagamento, parcelamentos: arrecada.semf@pmt.pi.gov.br

– ITBI: itbi.semf@pmt.pi.gov.br

– Assuntos gerais relativos à Secretaria de Finanças, inclusive demandas relativas aos demais e-mails de contato desta lista: cap.semf@pmt.pi.gov.br

– Transferências constitucionais: getc.semf@pmt.pi.gov.br

– Nota fiscal eletrônica (acesso e retificação cadastral): notafiscaleletronica.semf@pmt.pi.gov.br

– ISS, cadastro mercantil, estimativa e fiscalizações; expedição de Alvará de Funcionamento: iss.semf@pmt.pi.gov.br

– Taxas, COSIP e SLIC (sistema de renovação de licenças e Alvarás de funcionamento): taxas.semf@pmt.pi.gov.br

– Simples Nacional (retificação cadastral): simplesnacional.semf@pmt.pi.gov.br

Vale lembrar que os atendimentos através do Teresinense Digital (https://pmt.pi.gov.br/teresinensedigital/financas/) devem ser priorizados pela população, pois se trata de uma ferramenta segura, que detalha todo o passo a passo para o peticionamento eletrônico e evita deslocamentos desnecessários nesse cenário de risco à saúde.

Ruas do Centro de Teresina serão liberadas a partir de segunda-feira

A partir de segunda-feira (24) as ruas do Centro de Teresina, que estavam bloqueadas para tráfego de veículos, voltarão a ser liberadas. Nesta sexta-feira, o prefeito Firmino Filho assinou decreto revogando o documento anterior, que previa a interdição das vias.

O isolamento de uma parte do Centro foi definido no começo do mês de julho como uma medida para reduzir a circulação de carros e diminuir a presença de pessoas na região. Na época, mesmo com poucos estabelecimentos autorizados a funcionar, havia uma grande movimentação de pessoas nesta zona da cidade.

 Com a retomada das atividades do serviço público, a Prefeitura reduziu a área interditada e, agora, decidiu suspender a interdição por completo. Assim, o trânsito de veículos na região estará totalmente liberado na segunda-feira.

Santa Maria da Codipi vai ganhar campo de futebol

Com o objetivo de criar mais áreas de esporte e lazer para as comunidades, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro/Norte está construindo um campo de futebol com alambrado na Rua 3, próximo à Escola Marista, na Santa Maria da Codipi. O investimento é de R$ 161.917,01, com recursos próprios do município, contemplando a construção de mureta, alambrado em volta de toda a extensão do campo, arquibancadas e rampas de acessibilidade.  A previsão de conclusão é de 180 dias.

A gerente de obras da SDU Centro/Norte, Patrícia Santos, explica que o campo era uma reivindicação antiga dos moradores. “Os moradores jogavam bola no terreno sem a mínima condição para a prática de esportes. Com essa obra a comunidade vai ganhar um campo com alambrado e arquibancadas”, disse.

Patrícia também afirma que, além de atender às necessidades dos moradores da região, a construção do campo é importante para os bairros vizinhos. “Essa é uma demanda, principalmente, da comunidade jovem. Estamos satisfeitos em iniciar mais uma obra na área do esporte e lazer. Acreditamos que será um espaço que integrará a comunidade da Grande Santa Maria e bairros próximos de um modo geral”, disse.

 

SDU Centro/Norte faz podas de árvores nas Avenidas Maranhão e Miguel Rosa

A Gerência de Serviços Urbanos da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro Norte está realizando a poda de árvores nas Avenidas Maranhão e Miguel Rosa. O serviço vai acontecer ao longo dessa semana e tem o objetivo de prevenir possíveis problemas em decorrência dos ventos comuns nesta época do ano.

O gerente de Serviços Urbanos da SDU, José Neto, explica que quando a poda é em via pública a Prefeitura providencia a licença ambiental, mas em caso de área particular a pessoa deve ir à Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam). “Caso a árvore que necessite ser podada esteja próxima à rede elétrica, a Superintendência faz um ofício para que a Equatorial  Energia faça o serviço, mas as demais podas são feitas pelo pessoal da SDU”, explicou.

As equipes trabalham diariamente fazendo podas em árvores em toda a zona norte afim de evitar transtornos para a população. “Nosso pessoal é treinado para fazer esse tipo de poda em espaços públicos, tanto as podas baixas como as podas altas, mas para fazer as podas altas contamos com auxílio do caminhão munck, pois é preciso um alcance maior”, disse José Neto.

Para ajudar no trabalho da SDU, com reclamações, sugestões e informações, a população pode usar o número (86) 3215- 7451 ou o aplicativo Colab. O horário de funcionamento do órgão é de 7h30 às 13h30, de segunda a sexta-feira.

Outros serviços

Mais pontos da região estão recebendo nesta quarta-feira (12) serviços de capina e limpeza: Centro, Mocambinho, Parque Brasil, São Francisco, Santa Sofia, Primavera, Loteamento Mocambinho, Santa Maria da Codipi, Matadouro e Buenos Aires. Está sendo feito ainda a limpeza nas seguintes praças: Rio Branco, João Luís Ferreira, Bandeira, Pedro II, Saraiva, Liceu e ainda o canteiro central da Avenida Frei Serafim.