Alunos do CMEI Vila Bandeirantes recebem certificados de conclusão do PROERD

Alunos do CMEI Vila Bandeirantes recebendo certificados (Foto: Ascom)

Durante todo o mês de dezembro, os alunos do Centro Municipal de Educação Infantil Vila Bandeirantes participaram de atividades educativas desenvolvidas pela Polícia Militar dentro da escola. A ação faz parte do Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (PROERD).

Durante a intervenção, as crianças do II Período aprenderam de forma lúdica como evitar más companhias e identificar situações de violência em casa ou na escola, entendendo como acionar os responsáveis quando necessário. As atividades propuseram especialmente reflexões sobre seus projetos de vida, somando com a construção de um mundo melhor.

Na solenidade de encerramento do PROERD no CMEI Vila Bandeirantes, 37 crianças receberam certificados de conclusão, aplaudidas pela equipe escolar e os pais. Também fizeram um juramento onde prometem ser bons cidadãos, praticar a segurança pessoal e fazer boas escolhas.

“Só temos a agradecer toda a equipe do PROERD por nos privilegiar com essa ação no espaço escolar. Nossas crianças receberam orientações para vida e concluem esse ciclo da Educação Infantil mais espertas, preparadas para as mais diversas situações. Essa é uma parceria extremamente importante para a educação”, destaca a diretora Nordely Noronha.

Arte e educação: alunos assistem espetáculo de teatro

Atividades culturais enriquecem o repertório e são de fundamental importância no processo de aprendizagem dos pequenos. Estímulos sensoriais e visuais, como música, dança e atuação contribuem com a imaginação e fazem parte do desenvolvimento cultural das crianças.

Os alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Chico Xavier foram assistir ao espetáculo do grupo Changrillá, no teatro Paulo II, no Dirceu. O CMEI que atende alunos de 3 a 5 anos, levou 130 estudantes para assistir à peça “Comunidade Changrilá”, apresentação exclusiva para os alunos.

A diversão começou no percurso, transportados pelo ônibus da Secretaria Municipal de Educação (Semec), os alunos seguiram da unidade escolar ao teatro, acompanhados pela equipe pedagógica e de alguns pais que se sentiram à vontade a participar do momento.

“A peça se passa em mundo encantado em que não existiam prédios ou modernidades, mas sim natureza, paz e amor O enredo da apresentação deu se em torno de temas como o perdão e a igualdade”, explica Cristiane Vieira, diretora do CMEI.

Com personagens conhecidos do imaginário infantil como o quebra-nozes, soldadinho de chumbo e algumas releituras como a bruxa bia, o roque, a sereia Black Power, o macaco e o mágico, as crianças e toda a comunidade escolar se divertiram com espetáculo.

“Foi uma atividade diferenciada e divertida. Sabemos que nossos alunos precisam desenvolver o conhecimento cultural e o teatro faz parte da nossa cultura”, finaliza a diretora.

Centros municipais de educação de Teresina tem dia de diversão 

Os Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) são referência não só em ensino, mas em acolhimento e em criatividade nas atividades com as crianças. Na semana mais lúdica do ano não poderia ser diferente.

Brincadeiras, exibição de filmes e concursos de desenhos têm sido realizados.

“Foi um dia muito especial com massinha caseira e diversão para todos. Com direito a pula-pula e lanche saboroso”, pontua a gestora do CMEI Maria Amado, Socorro do Vale.

Já no CMEI Nossa Senhora Maria Auxiliadora a programação foi de banho de mangueira e distribuição de lanche para toda a garota se refrescarem do calor.

O CMEI Noelia Maranhão organizou a exibição de filmes e distribuição de pipocas para seus alunos, fazendo um verdadeiro cinema na escola. Diversão garantida para os pequenos.

A diversão correu solta no CMEI Planalto Uruguai que levou as crianças para brincarem no playground da escola. Já o Cmei Lindalma Soares iniciou a semana no clima da fantasia e de muita animação! A semana está recheada de atrações e a rotina escolar é tempo de ser criança.

A programação dos Centros Municipais de Ensino de Infantil e Escolas Municipais seguem até o final desta sexta-feira (11/10).

CMEI convida famílias para conversar sobre parceria pelo desenvolvimento das crianças

Em busca de integrar cada vez mais os pais no processo de ensino aprendizagem dos alunos, o Centro Municipal de Educação Infantil Parque Firmino Filho, situado na zona Norte de Teresina, realizou o 1º Encontro de Famílias. A iniciativa da unidade de ensino tem o objetivo de sensibilizar os pais para a importância de participar de toda a jornada escolar dos filhos, fortalecendo em casa as estratégias educativas desenvolvidas pela escola. O encontro destacou a temática “O papel da escola e da família na formação da criança”, consolidando essa parceria como essencial para um bom desempenho do aluno.

O CMEI Parque Firmino Filho contou com o apoio da formadora de Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação (Semec), professora Francisca Santos. “Para que as famílias se envolvam, elas precisam entender como funciona a rotina escolar, como são pensadas as ações e as intencionalidades de cada etapa. Assim percebem que é um caminho de mão de dupla, onde um ajuda o outro para chegarmos ao objetivo final, que é o aprendizado dessas crianças”, explica Francisca.

O diálogo percorreu temas pertinentes, desde o nascimento dos pequenos, passando pela criação, desenvolvimento motor e cognitivo, até a identificação de transtornos. Para a diretora do CMEI, Ingryd de Araújo, a ação foi bastante positiva e os pais já perguntam sobre a data do próximo encontro.

“As famílias gostaram bastante, porque tratamos assuntos de interesse para o dia a dia em casa, inclusive sobre a diferença entre birra ou algum transtorno que precisa ser avaliado. Analisamos juntos os cartões de vacina e passamos orientações para garantir melhor qualidade de vida às nossas crianças, levando, consequentemente, ao melhor desempenho escolar”, conclui a gestora.

SEMEC fará reforma estrutural no CMEI Parque Anita Ferraz

O CMEI Parque Anita Ferraz, localizado no bairro Pedra Mole, zona Leste da cidade, recebeu a visita do secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso e equipe técnica. O motivo da visita foi analisar a estrutura da unidade que atende turmas do Maternal, I e II Períodos.

 

Recepcionado pela gestora Ana Paula de Araújo Moura, o secretário avaliou necessidades estruturais como a revitalização do banheiro, melhorias no refeitório e na área externa do CMEI.

Nouga conheceu as demandas apresentadas pela diretora e professoras, dentre elas salas, banheiros e cozinha do centro. O objetivo do secretário é a reconstrução total da unidade de ensino, transformando em um CMEI maior e com capacidade de atender ainda mais crianças da região.

Professora da Rede Municipal de Teresina é selecionada para curso em Portugal

Uma grande conquista para a Rede Municipal de Ensino. A professora Shirleide Rodrigues da Silva, que atua no Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Santa Maria, foi selecionada para o curso de aperfeiçoamento “Alfabetização Baseada na Ciência” (ABC), no âmbito do Programa Tempo de Aprender, promovido pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP) e pelo Instituto Politécnico do Porto (IPP), em Portugal.

O edital lançado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) previa até 100 vagas, sendo duas reservadas para cada estado. A professora concorreu com outros profissionais da área de alfabetização de todo o país. A seleção ocorreu em duas etapas, sendo a primeira a análise técnica e a segunda a análise de mérito.

“Estou bastante feliz e agradeço muito o incentivo da minha diretora e dos professores com quem eu trabalho. Minha intenção é sempre melhorar para ajudar meus alunos e qualquer curso que é indicado pelas formadoras da Secretaria Municipal de Educação (Semec) eu procuro participar. O intuito é sempre o aperfeiçoamento”, afirma a professora Shirleide Rodrigues.

O curso tem início em novembro, com duração de seis semanas e carga horária de 240 horas. Todas as despesas serão custeadas pela Capes. No Piauí, além de Shirleide, foi selecionado um professor da cidade de Picos, Rogério Leal de Sousa.

Shirleide vai implementar a partir de 2023 o projeto “Além da alfabetização: de A a Z os animais vou conhecer”, enviado para a seleção do curso de aperfeiçoamento, no CMEI onde leciona. O outro projeto é voltado para a formação continuada de professores, intitulado “Além da alfabetização: um novo olhar sobre o ensino de leitura e escrita”.

CMEI Noronha Filho cria projeto “Viajando na Leitura” para alfabetização das crianças

Para somar no aprendizado das crianças em relação a leitura e escrita, o Centro Municipal de Educação Infantil Noronha Filho, situado no Vale do Gavião, lançou o projeto Viajando na Leitura. A ação estimula o interesse das crianças pelos livros a partir de atividades lúdicas e muita contação de história.

O Viajando na Leitura também faz parte do Projeto Alfabetiza Teresina, um pacto da Secretaria Municipal de Educação (Semec) com as unidades de ensino para incentivar as ações em prol das habilidades dos alunos. Participam todas as escolas com turmas no ciclo de alfabetização, criando uma rede de apoio para que as crianças atinjam os níveis de leitura e escrita.


No CMEI Noronha Filho, toda semana os alunos levarão para casa uma sacolinha com livros diversos e exercícios para fazer com a família. “A ideia é que retornem com conteúdo para compartilhar com os colegas e possam se divertir em grupo, enquanto aprendem”, explica a coordenadora pedagógica Andreia Coelho.

“Queremos levar os alunos ao contato direto com a literatura infantil, possibilitando o interesse pelo mundo da imaginação e crescimento intelectual por meio das historinhas. Com a participação das famílias, buscamos tornar essa prática prazerosa e significativa”, disse a diretora Adarlene Sousa.

CMEIs comemoram o Dia Internacional da Mulher

O dia 8 de março é marcado pela comemoração do Dia Internacional da Mulher e os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) preparam atividades em alusão à data para homenagear suas professoras, alunas e comunidade escolar feminina como um todo.

Nos CMEIs Raquel de Queiroz, localizado na Cidade Industrial, e Castro Alves, na região do Angelim, o dia começou com um café da manhã bem reforçado e com a distribuição de mimos para as professoras e funcionárias que compõem as unidades de ensino. “Tudo feito de forma singela, mas com muito amor para homenagear nossas companheiras de trabalho”, declara a diretora do CMEI Castro Alves, Liza Mariana Cardoso.

Com as aulas em formato híbrido da Rede Municipal, o CMEI Nossa Senhora da Paz organizou sua homenagem presencial, com um lindo cartão para receber as mulheres no momento da retirada das atividades da unidade e por meio das aulas on-line tarefas para conscientizar os alunos da importância da data.

“Organizamos um cantinho para todas as mulheres que vierem pegar as tarefas dos seus filhos. Todas receberam um cartão elaborado por nossa equipe. Nas aulas on-line, lançamos o desafio para nossos estudantes abraçarem e parabenizarem as mulheres de sua família e registrarem o momento, postando fotos ou vídeo em nosso grupo de comunicação”, finaliza a diretora Rosiane Abreu.

CMEI Raquel Queiroz / Fotos: Ascom Semec

CMEI Castro Alves

CMEI Nossa Senhora da Paz

 

Cmei Professora Noélia Maranhão da Costa e Silva inicia atividades presenciais

“É uma alegria estarmos no dia de hoje abrindo as portas desse Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) para receber as crianças e suas famílias. Tenham certeza, pais, que neste espaço os filhos de vocês terão o que de melhor a Prefeitura de Teresina pode oferecer para a educação inicial”. Foram com essas palavras que o secretário Municipal de Educação, Nouga Cardoso, recebeu os alunos e os pais no início das aulas presenciais do Cmei Professora Noélia Maranhão da Costa e Silva, localizado no Vale do Gavião, zona leste de Teresina.

Fotos: Ascoom Semec

Inaugurado em setembro de 2021, o Cmei Professora Noélia Maranhão da Costa e Silva leva o nome de uma professora querida na Rede Municipal, que se destacava, principalmente, pelo respeito e tratamento humanizado que dava a todos. Noélia atuou como diretora escolar e faleceu após complicações da Covid-19.

A unidade de ensino de tempo integral possui oito salas de aula climatizadas, solários, fraldários, sala de repouso, sala multiuso, banheiros com acessibilidade e pátio coberto. A obra teve investimento de R$ 2.932.093,23, oriundo de recursos próprios da Prefeitura Municipal de Teresina e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

“O Cmei é novo, com excelente estrutura, que vai ajudar muito as mães da comunidade. São 115 alunos, divididos em seis turmas de Maternal I e II. Inicialmente as aulas serão em apenas um turno, para que as crianças se adaptem, e posteriormente passaremos a ter aulas em período integral. As duas turmas de berçário vão funcionar em breve”, explica a diretora do Cmei Professora Noélia Maranhão da Costa e Silva, Ana Cristina Magalhães.

“O prefeito Dr. Pessoa privilegia as políticas públicas voltadas para a educação e a exemplo do Cmei Noélia Magalhães outras unidades de ensino devem ser construídas e ampliadas. A Secretaria Municipal de Educação (Semec) tem trabalhado diuturnamente para oferecer uma boa educação em Teresina”, conclui o secretário Nouga Cardoso.

Cmei realiza programa de recuperação de aprendizagem

O Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Tia Mônica, localizado na zona norte de Teresina, que atende 102 crianças do Maternal lI, I e II Período, vem desenvolvendo um programa de recuperação de aprendizagem. A iniciativa da direção da unidade de ensino conta com a participação das professoras, que produzem um material diferenciado para ser entregue aos alunos, onde a família coopera auxiliando suas crianças na resolução das atividades propostas.

O programa visa minimizar os prejuízos educacionais advindos da pandemia de Covid-19 e está sendo desenvolvido no modelo remoto. Quando da sua implementação, sempre foi executado na escola com diversas formas de proposta para contribuir com o processo de aprendizagem dos alunos.

O secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, falou sobre a importância da realização de projetos como esse. “Estamos vivenciando um momento bastante delicado com a pandemia, contudo, ideias como esta, desenvolvidas pelas unidades de ensino, reforça o nosso compromisso diário com a educação”.

“Sempre oportunizamos uma aproximação com os pais e a escola, e com o desenvolvimento desse projeto, estamos contribuindo para o melhor rendimento dos nossos alunos. Devido a pandemia de Covid-19, a família passou a interagir mais na realização da proposta”, disse a diretora da Cmei Tia Mônica, Nathália Silva.