Parceria com acadêmicos da UNINASSAU leva ação social para o CMEI Maria Amélia

A comunidade do bairro Planalto Uruguai participou de uma manhã cheia de atividades neste sábado (25). Os acadêmicos de vários cursos da UNINASSAU levaram serviços gratuitos para o Centro Municipal de Educação Infantil Maria Amélia Freitas Mendes de Oliveira.

A programação teve início com apresentações musicais das crianças do CMEI, que acolheram os visitantes com uma dose de motivação e esperança. Durante toda a manhã, os acadêmicos ofereceram serviços como orientação jurídica e psicológica, avaliação nutricional e glicêmica, vermifugação de animais domésticos, contação de histórias, entre outros.

De acordo com a diretora interina do CMEI, Gláucia Tatyanna, a escola costuma abraçar todas as causas que beneficiem a comunidade. “Oferecemos todo o apoio e mobilizamos os pais de alunos para participar. Acreditamos nessa integração para o bem. Também estávamos com saudade de ver a escola cheia novamente”, disse Gláucia. Para o professor Luiz de Macêdo, as parcerias ampliam o potencial da escola. “Acho esse tipo de evento muito bom, a escola de portas abertas para ajudar a comunidade”, declara.

A coordenadora acadêmica da UNINASSAU, Vivian Brandim, explica que o projeto é itinerante e chega para atender algumas demandas das comunidades. “Estamos levando ações sociais de forma gratuita para a população, sempre em um local diferente. Essa é uma forma de mostrar aos estudantes que toda profissão só faz sentido se trouxer benefícios para quem precisa”, afirma a coordenadora.

Quem aproveitou um pouco de tudo foi a Jaqueline Brito, mãe do aluno Pedro Emanoel, que estuda no II Período do CMEI Maria Amélia. “Esses serviços são difíceis de conseguir gratuitamente, então busquei aproveitar ao máximo. É gratificante saber que podemos contar com essas pessoas na comunidade. Meu filho e eu experimentamos todos os espaços”, conta Jaqueline.

A coordenadora de Alfabetização da Rede Municipal, Aurismar Sousa, esteve no evento representando a Secretaria Municipal de Educação (Semec). Aurismar destacou o potencial do CMEI, sempre com excelentes resultados, e falou da alegria de ver as escolas retomando a rotina aos poucos. “Fico arrepiada de ver as crianças cantando, a equipe escolar recebendo visitantes. Aos poucos, e com responsabilidade, estamos voltando com ações que dão vida às unidades de ensino”, concluiu.

SAAD Sul realiza revitalização e limpeza dos espaços em comum do CEMEI Cecília Meireles

A Gerência de Serviços Urbanos (GSU) da Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas Sul (SAAD Sul), realizou a revitalização dos espaços internos através de intervenção de limpeza no Centro Municipal de Educação Infantil Cecília Meireles, localizado na região do Cidade Sul na última quarta-feira (15).

As ações fazem parte do calendário de revitalização e limpeza de espaços internos de espaços públicos, estando incluídos unidades escolares, CMEIs, UBS, Centro de Idosos e associações comunitárias, com equipe específica para atender essas demandas.

O Superintendente da SAAD Sul, Juca Alves, explicou que esse cronograma é permanente para o atendimento das demandas relacionadas a limpeza, “A Saad Sul a partir do momento que recebe uma demanda dos espaços públicos, se organiza em calendários para contemplar as ações de limpeza e revitalização destes espaços, assim colocando para a nós e a prefeitura de Teresina o compromisso com o bem estar dos beneficiários desses espaços,” destacou Juca Alves.

O Gerente da GSU, Islanilton Gomes, ainda aponta que existe equipes específicas para contemplar as demandas, “Quando solicitados para que seja feita essas limpezas, nós temos uma equipe específica para atender esta demanda, sendo assim, estamos prontos para atender assim que solicitados, já fizemos várias intervenções em unidades escolares, em CMEIs, unidades básicas e demais ações de limpeza pública nesse sentido,” concluiu Islanilton Gomes.

Foto: Divulgação (SAAD Sul)

Equipe técnica da Semec visita escolas da zona Leste

Com o objetivo de vistoriar as condições das escolas da Rede Municipal de Ensino, o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso e equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação – Semec – continuam cumprindo o calendário de visitas às unidades. No Centro Municipal de Educação Infantil – Cmei Presidente Médici, no bairro São Cristovão, Zona Leste de Teresina, o secretário conversou com a diretoria e professores que pontuaram as necessidades de melhorias na infraestrutura, com reparos no piso, telhado e pinturas de portas e janelas.

“Sem dúvida, as visitas do secretário nos dar a oportunidade de apresentar nossa estrutura, as necessidades mais urgentes, além de conversar com os professores e servidores. Hoje, também destacamos a necessidade da construção da sala de professores da nossa unidade de ensino. O secretário nos assegurou a resolução junto à equipe técnica da SEMEC.”, conclui a diretora Abigail Lopes.

A gestora do CMEI Eduardo Henrique Accioly Campos, Joyse de Araújo, unidade localizada no Santa Isabel, recebeu a visita técnica, já pontuando os problemas enfrentados pela unidade devido à ausência de reparos estruturais. “Estamos bem otimista em relação ao posicionamento da equipe técnica da SEMEC e com a possibilidade de previsão de retorno híbrido para dia 20 de setembro.

O secretário Nouga Cardoso visitou também o CMEI Professora Roseana Maria Martins de Lima e a Escola Municipal Professor Oscar Olímpio Cavalcante, localizadas no bairro Vale Quem Tem. De acordo com o diretor de Coordenação do Grupo de Trabalho Programa de Desenvolvimento da Educação, professor Reinaldo Ximenes, semanalmente a Semec vem realizando visitas as unidades escolas.

“Nosso objetivo é vistoriar as escolas e centros, conversar com o corpo docente, servidores e analisar a estrutura ofertada, para providenciar os reparos mais urgentes. Assim, estamos buscando oferecer aos alunos um retorno às escolas com todos os protocolos de segurança sanitária e com uma boa infraestrutura”, ressalta Ximenes.

Foto: Divulgação (Semec)

Secretário de Educação prossegue com visitas às unidades escolares

O Secretário Municipal de Educação, Professor Nouga Cardoso, acompanhado de assessores técnicos, visitou na manhã desta quinta-feira (19), unidades de ensino nas regiões do Grande Dirceu e Parque Piauí. O intuito foi ver de perto as necessidades de infraestrutura e providenciar as melhorias necessárias, além de ouvir professores e diretores sobre as condições das unidades escolares.

No Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Jesus Diocesano, localizado na zona Sul de Teresina, o secretário analisou as condições de carteiras escolares, piso do pátio, banheiros, telhados, janelas e pinturas, além de todos o sistema de segurança do prédio.

“Ressaltamos as demandas mais urgentes na infraestrutura da escola, já pensando no retorno das aulas. Atendemos um total de 178 alunos em tempo integral, com maternal II e primeiro e segundo ano. Nosso objetivo é retornar com o ensino presencial, mas com total segurança. Estamos seguindo todas as orientações repassadas pela Semec. Acreditamos que em breve estaremos recebemos nossas crianças”, ressalta a diretora do Cmei Jesus Diocesano, Ana Tereza Neves.

Na região do Grande Dirceu, o secretário Nouga Cardoso visitou a Escola Municipal Lunalva Costa que atende mais de 500 crianças do 1º ao 5º ano do ensino Fundamental. A escola passou por uma reforma nos anos de 2018 e 2019. Porém, durante a visita, o secretário verificou que a unidade precisa de uns ajustes necessários, dentre eles: uma nova área para cantina, telhado, parte elétrica e circulação de ventilação.

“Temos uma escola que passou por reforma e foi entregue em 2020. Contudo, faltou uma visão mais macro. Devemos considerar que vivemos um novo cenário com a Pandemia. Estaremos enviando nossa equipe de engenheiros para a escola, afim de elaborar um projeto e ver as condições de possíveis alterações. Nossa proposta é atender da melhor forma possível toda a comunidade escolar”, ressalta Nouga Cardoso.

Outra unidade visitada foi o CMEI Maria Augusta de Jesus, que antes funcionava em um pequeno prédio alugado e que agora, conta com sede nova, com seis salas de aula, pátio coberto, banheiros adaptados, cozinha e muito espaço para as atividades ao ar livre, atendendo 300 crianças nos turnos manhã e tarde. No centro infantil, o secretário pontuou que irá trocar carteiras, armários, mesas para professores, ventiladores e instalar novos aparelhos de ar condicionado.

“Estamos ansiosos para início das aulas. Enquanto não tem início para as crianças que atendemos, buscamos realizar os serviços necessários e imediatos”, disse a secretária do CMEI, Djane Santiago.

Foto: Divulgação (Semec) 

Projeto em parceria com estudantes da Uespi promove intervenção verde no CMEI Mariana Fortes

Uma parceria entre o Centro Municipal de Educação Infantil Mariana Fortes e estudantes de pedagogia da Universidade Estadual do Piauí (UESPI) deixou o espaço da escola mais bonito. A intervenção veio por meio do Projeto Meu Cantinho Verde, que proporcionou melhorias no ambiente escolar e até arborização.

A Superintendência de Ações Administrativas Descentralizadas – SAAD Sudeste – retirou todo o entulho da parte da frente da escola, abrindo espaço para a realização das ações. Os pais dos alunos também botaram a mão na massa e colaboraram com a limpeza do espaço, pintura do muro e plantio de mudas ornamentais.

“Não sou pintor profissional, mas faço tudo por meus netos e por essa creche, por isso dei conta de toda essa pintura do muro. Acredito que somos parte da escola e precisamos ajudar no que pudermos”, disse Francisco Araújo, avô do pequeno Davi Luís.

O dia foi também de distribuição de tarefas impressas para os alunos e plantas para os pais. Foram entregues 130 mudas frutíferas e ornamentais. O grupo fez, ainda, uma placa que alerta para a proibição do descarte de lixo no local.

“Esse foi um grande impacto na mudança do espaço, revitalizamos nosso CMEI com ajuda de parceiros, sempre ligados com o aspecto ambiental. Essa é a ideia, criar novos movimentos dentro da escola em conjunto com a comunidade”, comenta a diretora Joselene Fontenele.

Para Luziane Rodrigues, mãe da aluna do II Período Eulália Byatriz, a ação foi divertida. “Minha filha está com muita saudade da escola, então aproveitamos para virmos juntas e ainda começar a cuidar de uma planta, algo novo para mim. Foi uma ótima ideia, a escola está cada vez mais linda”, conclui a mãe.

CMEI Helena Medeiros premia alunos mais frequentes nas aulas remotas

Para garantir a assiduidade dos alunos nas aulas remotas, as unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina estão desenvolvendo ações de incentivo. No Centro Municipal de Educação Infantil Helena Medeiros, o projeto “Aluno presente, aprende” premia com medalhas as crianças que alcançam 100% de frequência no mês.

De acordo com a professora, Adriana de Oliveira, a iniciativa também ajuda a valorizar os pais que se esforçam para acompanhar a rotina escolar das crianças. “Conseguimos aumentar a participação dos alunos e trazer alguns pais que estavam mais distantes. É uma forma de incentivar a dedicação”, disse Adriana.

As aulas presenciais na Rede Municipal continuam suspensas por tempo indeterminado. As atividades são realizadas por plataformas online e distribuídas de forma impressa nas unidades de ensino.

Fotos: Ascom Semec

Capacitação orienta diretores sobre prestação de contas na prática

Os diretores que assumiram recentemente a gestão de 18 unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina participaram, nesta segunda-feira (24), da segunda etapa de capacitação sobre prestação de contas. O encontro foi no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semec).

Em capacitação anterior, os gestores conheceram detalhes sobre os recursos que terão acesso para manter a escola, tanto a nível municipal quanto federal. Agora, visualizaram na prática como preencher as fichas corretamente.

“Eles já estão passando por esses processos burocráticos, e o que oferecemos é apoio, orientações para facilitar a rotina administrativa desses diretores, que estão tendo contato com tais responsabilidades pela primeira vez”, explica a técnica de Prestação de Contas da Semec, Marlucia Soares.

O prazo para envio de toda a prestação de contas é sempre o mês de janeiro do ano seguinte. Caso percam os prazos estipulados por lei, as unidades de ensino podem ficar sem receber os recursos suplementares e os gestores são responsabilizados administrativamente.

Para Auricilene Silva, diretora do CMEI Peixe Vivo, o curso foi primordial para que cumpra bem a função na escola. “É tudo novo e são muitas informações. Essa segunda etapa, com a prática, foi ainda mais importante para que possamos entender como realmente funciona. Tirei dúvidas e senti que temos apoio nessa tarefa que é tão delicada. Foi ótimo”, conclui a gestora.

CMEI vai agendar visitas das crianças para diminuir saudade da escola

Para minimizar a saudade que as crianças estão da escola, o Centro Municipal de Educação Infantil Joel Mendes, localizado no Centro de Teresina, vai abrir as portas para visitas agendadas. É o Projeto “Um, dois, três…você na escola é sucesso outra vez”, que terá início na próxima segunda-feira (24).

Fotos: Semec

Para explicar a ideia e fortalecer a parceria da escola com a família, o CMEI convidou os pais para a primeira reunião presencial do ano. O encontro foi divido em três dias, a fim de evitar aglomeração e garantir o distanciamento entre os participantes. Com as dificuldades geradas pela pandemia, a escola buscou destacar para os pais a importância dos alunos continuarem participando das atividades não presenciais. A conversa foi sobre frequência, acompanhamento e aprendizagem das crianças.

“Também foi uma oportunidade de acolher as famílias e ouvir sobre suas angústias, dificuldades e principalmente de nos colocarmos à disposição para trabalharmos em prol de nossos pequenos”, disse a diretora Francisca Santos.

Sobre o novo projeto, a diretora explicou que os pais poderão agendar horários para levar o aluno até o CMEI, para brincar, conversar, estudar e interagir com os espaços escolares. Cada aluno terá sua hora individual, sem contato com outras crianças, e com espaço de tempo para higienização entre uma visita e outra.

“Assim podem diminuir um pouco da saudade, e os alunos novos vão conhecer sua escola. Essa é mais uma oportunidade para fortalecermos o laço criança, família e escola”, conclui a gestora.

Novo CMEI do Parque Brasil abre vagas para crianças do Maternal I ao 2º Período

O Centro Municipal de Educação Infantil Professor Roberto Gonçalves de Freitas, localizado no Parque Brasil III, zona Norte, começará a funcionar este ano, mesmo com aulas não presenciais. O novo CMEI está abrindo 260 vagas para crianças de 2 a 5 anos de idade.

São 60 vagas para as turmas de Maternal I; 100 para Maternal II; e mais 100 vagas distribuídas entre I e II Período da Educação infantil. As inscrições acontecem de 18 a 21 de maio. Os pais ou responsáveis devem apresentar carteira de trabalho ou outro documento que comprove vínculo empregatício, comprovante de residência com CEP, cartão do Programa Bolsa Família, cartão de vacina, cartão do SUS e certidão de nascimento da criança.

Segundo a diretora Tamyra Karen, “a expectativa é de preencher todas as vagas disponibilizadas”. A prioridade de matrícula é para famílias que moram próximo ao CMEI.

CMEI Eduardo Campos abre matrículas para 200 crianças

O Centro Municipal de Educação Infantil Eduardo Henrique Accioly Campos, localizando no Residencial Santa Isabel, zona Leste, começa no dia 19 de maio a matricular crianças para o ano letivo de 2021. A escola é nova e inicia suas atividades disponibilizando 200 vagas para turmas do Maternal I, Maternal II, 1º Período e 2º Período.

O CMEI possui estrutura moderna, com oito salas de aulas climatizadas, pátio coberto e sala multimídia. As aulas permanecem no sistema remoto, assim não serão abertas turmas de berçário no momento.

As inscrições para crianças a partir de 2 anos acontecem nos dias 19 e 20 de maio. Os pais ou responsáveis devem apresentar carteira de trabalho ou outro documento que comprove vínculo empregatício, comprovante de residência com CEP, cartão do Programa Bolsa Família, cartão de vacina, cartão do SUS e certidão de nascimento da criança.

Foto: Ascom Semec