1º dia da X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente debateu desafios na pandemia 

Abertura da X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente . Fotos ( Ascom/Semcaspi)

O primeiro dia da 10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, realizado nesta terça-feira, (29), no auditório do FIEPI, promoveu, nos turnos manhã e tarde, debates sobre os desafios e possibilidades dos Direitos Humanos na pandemia da Covid-19. Nesta quarta-feira, (30), acontece o último dia da conferência, com plenária dos trabalhos dos eixos e eleição de delegados.

O evento tem como objetivo refletir e avaliar os reflexos da pandemia da Covid-19 na vida das crianças, dos adolescentes e de suas famílias.

De acordo com Allan Cavalcante, secretário da Semcaspi, na Conferência Municipal tem sido feito o levantamento das demandas que serão apresentadas nas conferências estadual e nacional.

“A rede de proteção da criança e do adolescente precisa estar constantemente fortalecida, diante de novos cenários. O que estamos presenciando é a pandemia da Covid-19, que provocou, especialmente no auge da contaminação, atividades remotas, fazendo com que aumentasse o convívio familiar e infelizmente, as violências contra as crianças e adolescentes. Este debate nos leva a refletir sobre os desafios na pandemia”, ressaltou.

André Santos, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Teresina (CMDCAT), destaca que a participação dos conselheiros que compõem o CMDCAT, trabalhadores do SUAS, sociedade civil e de crianças e adolescentes é importante para compreender o cenário.

“A nossa X Conferência tem acontecido de forma presencial e tem sido produtiva, principalmente, por contar com a participação de quem atua com crianças e adolescentes e compreendem as demandas. Inclusive, as próprias crianças e adolescentes também têm vez e voz neste processo”, pontuou.

 

X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente debaterá reflexos da pandemia da Covid-19

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCAT), em parceria da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), vai realizar entre os dias 29 e 30 deste mês, no auditório da FIEPI, a X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. A iniciativa tem como objetivo refletir e avaliar os reflexos da pandemia da Covid-19 na vida das crianças, dos adolescentes e de suas famílias.

A X Conferência tem como público-alvo: crianças e adolescentes, representantes das instituições que tem cadeira no CMDCAT, trabalhadores do SUAS e toda sociedade civil, assim como as universidades e demais instituições de ensino, que trabalham diretamente com crianças e adolescentes na capital.
De acordo com André Santos, presidente do CMDCAT, esta conferência é a primeira presencial e serão dois dias de discussões.

“Esta temática foi pensada porque a gente ainda convive no período pandêmico, apesar da baixe no número de casos. A gente começa agora a conversar com estas crianças para construir nos próximos quatro anos a política pública voltada para as crianças e adolescentes. Nada melhor do que as próprias crianças e adolescentes para apontar o que é melhor para si”, ressaltou.

Segundo Irmã Roseni Gonçalves, conselheira do CMDCAT, a expectativa é de que sejam apresentadas pautas a serem debatidos em nível estadual e nacional.

“O objetivo da X Conferência Municipal é tecer políticas públicas na defesa da criança e adolescente e pretende trabalhar os desafios referente a pós-Covid-19. Esperamos como resultados deliberações que realmente enfrentem as problemáticas causadas pela pandemia na vida das crianças e dos adolescentes no município. Nós temos que enviar uma deliberação para as conferencias estadual e nacional”, explicou.

PROGRAMAÇÃO

29/11/2022
8H – Credenciamento
9h – Solenidade de Abertura
10h – Leitura e aprovação do regimento interno
10h30 – Palestra magma com Dra. Izabel Herika Cronemberger
12h – Almoço
13h30 – Apresentação Cultural
14h – Painéis temáticos
14h40 – Trabalhos de grupos por eixos
17h – Encerramento

30/11/2022
8h – Coffee break
8h30 – Apresentação Cultural
9h – Plenária dos trabalhos dos eixos
11h – Eleição de delegados
12h – Encerramento

Inscrições para X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente podem ser feitas online

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCAT) abriu inscrições, agora no formato online, para a X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Teresina. As inscrições podem ser feitas em duas modalidades, presencial e virtual até terça-feira, (29).

A X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente tem como tema “Direitos humanos da criança e do adolescente em tempos de pandemia da Covid-19: desafios e possibilidades” e acontecerá entre os dias 29 e 30 deste mês no auditório da Fiepi.

De acordo com André Santos, presidente do CMDCAT, a iniciativa tem como objetivo refletir e avaliar os reflexos da pandemia da Covid-19 na vida das crianças e dos adolescentes.

“A gente vai ouvir com as crianças e os adolescentes sobre estas demandas, durante a pandemia, o que vai ajudar a construir políticas públicas para elas mesmo, nos próximos quatro anos. Além das crianças e adolescentes, vamos debater com as entidades e a sociedade civil, para juntos apresentar deliberações, que serão discutidas a nível estadual e nacional”, ressaltou.

As inscrições para a X Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente acontecem na sede do CMDCAT, localizada no prédio do CENAJUS (Casa da Cidadania), ou no formato virtual, por meio do link: https://forms.gle/W6MeC4GaR5JJUg4A9

Pré-conferências municipais debatem direitos da criança e do adolescente em cinco territórios em outubro

O Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente de Teresina (CMDCAT) e a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), por meio da Gerência de Direitos Humanos (GDH) estão promovendo as pré-conferências municipais, neste mês de outubro, para debater os direitos da criança e do adolescente nos cinco território da capital. As pré-conferências tiveram início nessa quarta-feira, (05), no território rural, e seguem até o dia 18 de outubro, encerrando no território leste.

De acordo com Allan Cavalcante, secretário da Semcaspi, as pré-conferências municipais dos direitos da criança e do adolescente são preparatórias para a X Conferência Municipal, que pretende debater os direitos humanos de crianças e adolescentes em tempo de pandemia da Covid-19.

“A proposta das pré-conferências é mobilizar o poder público e a sociedade civil em todos os territórios da capital a fim de propor reflexões e avaliações dos reflexos causados pela pandemia da Covid-19, na vida das crianças, dos adolescentes e de suas famílias”, pontuou.

André Santos, gerente de Direitos Humanos da Semcaspi, destaca que as pré-conferências municipais irão contribuir com debates de políticas públicas para a 10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, que acontecerá do dia 29 a 30 de novembro deste ano.

“As pré-conferências municipais são abertas a todos os segmentos da sociedade, sendo um fórum de debates acerca dos direitos da criança e do adolescente, a nível de território. A finalidade das pré-conferências é avaliar as políticas públicas e elaborar propostas, contando com a contribuição de crianças e adolescentes na elaboração de propostas, que serão levadas para a conferência estadual e a nacional”, explicou.

As Pré-Conferências Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente devem receber 100 participantes por edição, mobilizando integrantes do Sistema de Garantia de Direitos (SGD) e a sociedade civil.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO

A primeira ação aconteceu no Território Rural, na quarta-feira, (5), na Escola Municipal Tia Sabina e a segunda no Território Sudeste, nessa quinta-feira, (6), no Teatro João Paulo II. O terceiro encontro aconteceu no Território Norte, na última segunda-feira, (10), Centro de Formação Odillon Nunes.

O quarto encontro acontecerá nesta sexta-feira, (14), 8h30 às 13h30, no Território Sul, no Centro da Juventude Santa Cabrini. O último encontro acontecerá na próxima terça-feira, (18), 8h30 até as 13h30, no Território Leste, no Salão Paroquial da Igreja Nossa Senhora de Fátima.

Foto: Divulgação (Semcaspi)

Prefeitura de Teresina realizará IV Conferência Municipal da Juventude em Teresina

A Prefeitura Municipal de Teresina, através da Secretaria Municipal da Juventude, realizará no próximo de 10 de junho de 08 às 17h, a IV Conferência Municipal da Juventude. O evento que terá como tema “juventudesthe,avançar”, acontecerá no auditório da Faculdade Maurício de Nassau, zona sul de Teresina.

Serão discutidos durante o evento, os temas: juventude e educação, juventude e saúde, cultura, esporte e lazer, juventude e assistência social, direitos humanos e juventude e empreendedorismo.

Segundo o Secretário Municipal da Juventude, Eduardo Draga Alana, esse é o momento de discutir, defender e colocar em pauta direitos relacionados aos jovens de Teresina. “Nessa conferência iremos realizar o diagnóstico da realidade da Juventude da Cidade, assim como desafios e problemas enfrentados”, enfatizou.

O Presidente do Conselho Municipal da Juventude, Luiz Antônio, informou que a Conferência Municipal antecede a Conferência Estadual da Juventude prevista para acontecer em julho. “Esse é um momento de fomentar o debate e fortalecer a participação da comunidade na construção de políticas públicas para os jovens”, afirmou.

O evento que acontecerá durante todo o dia irá reunir os jovens em grupos de trabalhos, por eixos temáticos, também será realizada a eleição de delegados para a VI Conferência Estadual de Juventude.

Semjuv remarca Conferência Municipal para o próximo dia 10

A Secretaria Municipal da Juventude (SEMJUV) informa aos jovens de Teresina e a população em geral, que a Conferência Municipal da Juventude programada para hoje (27) foi remarcada para o dia 10 de junho.

A conferência da Juventude, organizada pela Semjuv e Conselho Municipal da Juventude, será um momento de debate e fortalecimento das políticas públicas, onde os jovens levarão suas ideias para a construção do plano municipal da juventude junto ao poder público municipal.

De acordo com o secretário Municipal da Juventude de Teresina, Eduardo Draga Alana, a ação vai ajudar a promover melhorias nos projetos voltados para esse segmento. ” A realização da Conferência será um importante momento de diálogo e discussão sobre o papel do jovem na construção da cidadania e boas ideias sobre políticas públicas voltadas para a juventude”, pontuou.

Conselho da Juventude promove debate com Jovens em pré-conferência

Com o objetivo de promover um amplo debate sobre políticas públicas voltadas para os jovens de Teresina, a Secretaria Municipal da Juventude (SEMJUV) e o Conselho Municipal da Juventude (COMJUV) estão organizando pré-conferências em diversas zonas da cidade. Nesta sexta-feira (29), será a vez dos jovens da zona sul de Teresina participarem.

O evento acontecerá no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU/NORTE) das 14h às 18h e pretende reunir os Jovens da região para propor, acompanhar e avaliar a política de juventude de Teresina em nível de território, por meio de um processo deliberativo.

“As pré-conferências são o momento para que a juventude possa identificar os desafios e propor as soluções para que seus direitos sejam garantidos, levando o debate para a Conferência Municipal que acontecerá em maio”, enfatizou o Presidente COMJUV, Luís Antônio.

A Secretária Executiva da SEMJUV, Maria Paula, enfatizou que a primeira pré–conferência foi promissora, com um amplo debate entre os jovens, com propostas e anseios da juventude. “Esse é um momento de diálogo e consenso do que é melhor para os jovens da Cidade, onde os participantes podem levantar um plano de ação, além de apontar críticas e falhas ou indicar um projeto para beneficiar a sociedade juvenil”, pontuou a gestora.

Membros do COMJUV se reúnem para discutir 4ª Conferencia Municipal da Juventude

Os membros do Conselho Municipal da Juventude(CONJUV) estiveram reunidos na última sexta-feira (18), na sede da Sede da Secretaria Municipal da Juventude (Semjuv) para tratar sobre a realização da 4ª Conferência Municipal da Juventude.

A Secretária Municipal da Juventude, Eliana Lago, reforçou a importância da reativação do Conselho ressaltando que é um grande passo para que a voz dos jovens possam ecoar nos espaços públicos.

“Os jovens estão em diferentes espaços, são os nossos olhos para entendermos de fato as demandas da juventude, e o conselho é um espaço de troca, para que possam levar de fato mudanças tangíveis para a categoria”, enfatizou a Secretária.

O presidente do Conjuv em Teresina, Luiz Antônio, falou sobre o desafio de levar a voz do jovem para dentro da secretaria. “Queremos ouvir as necessidades de cada jovem, colocar no Plano Municipal da Juventude, e chegar na 4ª conferência municipal com a proposta de cada zona”, destacou.

Gestão da qualidade melhora assistência ao paciente no HUT

A Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu que o dia 11 de novembro será a data do Dia Mundial da Qualidade e objetivo é  lembrar a importância da Qualidade dentro dos Hospitais.

Em alusão a data, o Núcleo de Qualidade Hospitalar (NQH) do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), promoveu hoje (16) uma conferência online sobre o impacto da liderança na gestão hospitalar.

HUT: Conferência Dia da Qualidade (Foto: Ascom/HUT)

Para Fabrizio Rosso, CEO da empresa Fator RH com 25 anos no mercado da Saúde, “em tempos que a saúde requer otimização no atendimento, minimização de recursos e interligação de setores, a alta liderança deve buscar engajar equipes, estimular resultados e apresentar soluções estratégicas que minimizem a sobrecarga na assistência pública”.

HUT: Conferência Dia da Qualidade (Foto: Ascom/HUT)

O NQH foi criado em Janeiro desse ano no HUT com o objetivo de melhorar assistência através um sistema estruturado da padronização de métodos, técnicas e processos desde a higienização nos setores até a alta hospitalar, aliando a segurança do paciente, a qualidade dos serviços prestados.

“É um bom começo de caminhada, que demonstra que estamos aperfeiçoando nossos serviços e também vislumbrando os desafios futuros para estar entre os melhores hospitais públicos de urgência do norte-nordeste. A comunidade que atendemos está sendo beneficiada com esse processo de busca pela melhoria contínua da assistência”, explica Jéssica Távora, coordenadora da qualidade.

Socorro Rego, assessora da diretoria e responsável pela implantação do Núcleo, comenta que projeto de Gestão da Qualidade em hospitais da rede ainda é algo inovador, estamos orgulhos desse protagonismo que levará a instituição mais longe.

Sobre a celebração do Dia Internacional da Qualidade, o diretor geral do HUT, Fábio Marcos lembra que o sistema de Saúde sofre constantemente críticas, mas ressalta que devemos celebrar as centenas de vidas que já foram salvas, graças ao trabalho da qualidade podemos monitorar os dados, números e índices da instituição. Estar atento aos indicadores embasa, muito melhor, a tomada de decisões para empregar os recursos de maneira mais eficiente visando sempre à melhoria dos nossos processos e a segurança dos pacientes e servidores, finaliza o médico.

HUT: Conferência Dia da Qualidade (Foto: Ascom/HUT)

XII Conferência Municipal de Assistência Social acontecerá em setembro

A Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social (Semcaspi), por meio do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), vai promover, entre os dias 16 e 17 de setembro, a XII Conferência Municipal de Assistência Social de Teresina. O evento será transmitido, ao vivo, pelo canal do Youtube TV Semcaspi.

A conferência traz para esta edição o tema “Assistência Social: Direito do Povo e Dever do Estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social” e acontecerá de forma híbrida, seguindo todos os protocolos de saúde de distanciamento social.

XII Conferência Municipal de Assistência Social de Teresina será nos dias 16 e 17 de setembro (Foto: Ascom/Semcaspi)

De acordo com Valdeníria Silva, presidente do CMAS, a iniciativa tem o intuito de preparar os trabalhadores e a gestão, avaliando a política pública praticada nos programas e benefícios.

“Este ano temos um diferencial! Por meio das orientações do Conselho Nacional de Assistência Social, potencializar e colocar no palco principal dessas discussões e avaliações os próprios usuários desses serviços, projetos e programas. Para que eles possam participar como conhecedor, que usa essa política e tem propriedade de dizer o que está bom e apontar o que é preciso melhorar”, esclareceu.

Valdeníria Silva, presidente do Conselho Municipal de Assistência Social

Segundo Sthefane Santos, coordenadora da Comissão de Divulgação e Representante da Sociedade Civil da Ação Social Arquidiocesana (ASA) no CMAS, o objetivo da conferência é avaliar e discutir sobre as políticas de assistência social, de acordo com o município, estado ou união.

“As conferências são realizadas a cada dois anos e o tema é discutido durante as pré-conferências nos territórios Norte, Sul, Leste, Sudeste no período de junho. Elas são essenciais para o controle social e participação das políticas da assistência social e é por meio delas, que são propostas diretrizes que serão incorporadas nos planos de ações dos órgãos”, explicou.