Teresina segue na faixa verde, mas com interrupção na queda de casos de covid-19

O Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE Teresina) divulgou, nesta terça-feira (10), o boletim da primeira semana epidemiológica de 2023, correspondente aos dias 1 a 7 de janeiro. Os dados indicam a permanência da capital na faixa verde, o que indica um nível de transmissão baixo da doença, porém com uma interrupção na queda que era registrada até então.

Segundo o boletim do COE, que é vinculado à Fundação Municipal de Saúde (FMS), houve uma queda de 62% nas internações por síndrome respiratória aguda grave, bem como na de mortes – redução na média móvel de cinco para quatro óbitos por semana. No entanto, foi observada uma interrupção na tendência de queda dos casos confirmados de covid-19 e de síndromes gripais, que seguem em estabilidade.

O coordenador médico do COE, Walfrido Salmito, levanta duas possibilidades para esta interrupção. “A primeira possibilidade seria um pequeno ‘repique’ de infecções em decorrência do período de festas de fim de ano. A segunda seria um possível represamento de dados e notificações e adiamento de atendimentos, procura por atendimento médico e testagem na última semana do ano de 2022 para a primeira semana de 2023”, explica o médico.

O período apresentou ainda uma baixa demanda por testes RT-PCR, que segue estável, com queda na positividade de 6% para 2%. Já a demanda por teste de antígeno caiu em 54%, com redução na positividade de 52% para 41%, o que ainda é considerado elevado.

Clique aqui e veja na íntegra o boletim da FMS.

Programação da FMS conta com vacinação em UBS, shoppings e agendamento

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) abre amanhã (07) o ponto de vacinação contra a covid no Teresina Shopping. A equipe estará das 9h às 17h no Edifício garagem estacionamento G3 e atende crianças de 5 a 11 anos com 2ª dose e para a população a partir dos 12 anos com qualquer esquema de vacinação de acordo com cada grupo.

O posto continua seu funcionamento durante a semana, de segunda (9) a sábado (14) das 9h às 17h. Assim como no sábado (07), o atendimento será para crianças de 5 a 11 anos com 2ª dose e para a população a partir dos 12 anos em geral. “Estamos aguardando o recebimento de novas doses para abrirmos novamente a vacinação de primeira dose para 5 a 11 anos”, esclarece a coordenadora da campanha de vacinação da FMS, Emanuelle Dias.

Na terça (10) e quinta (12) das 8h às 12h e de 13h às 17h, em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), tem vacina com livre demanda para a população em geral a partir de 12 anos de idade. Também nestes dias e horários tem vacinação com livre demanda para crianças de 5 a 11 anos para 2ª dose nas UBS do Buenos Aires, Parque Brasil, Saci, Monte Castelo, Irmã Dulce, Cidade Jardim, Satélite, Parque Poti, Parque Piauí, Porto Alegre, Santa Maria da Codipi, Santa Isabel, Renascença e Alto da Ressurreição.

A programação de vacinação contra a Covid nos sábados, domingos e feriados é das 8h às 12h e de 13h às 17h com livre demanda para público em geral de 5 a 11 anos (2ª dose) e a partir dos 12 anos nas UBS do Parque Piauí, Porto Alegre, Santa Maria da Codipi, Santa Isabel e UBS Renascença.

Já a vacinação de crianças de 6 meses a menores de 3 anos segue por agendamento apenas para segunda dose. Novas vagas serão abertas na próxima segunda, 9 de janeiro.

Teresina encerra 2022 na faixa verde de transmissão de COVID-19

Teresina voltou à faixa verde de transmissão da covid-19, o que significa baixo nível de transmissão. No período de 25 a 31 de dezembro de 2022, foi observada uma redução em 49% nos casos confirmados da doença, conforme dados do último boletim do ano do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública – COE Teresina.

Na última semana do ano, a capital registrou uma queda de 38% nos casos de síndromes gripais, além de um decréscimo em 57% nas internações por síndrome respiratória aguda grave. O número de óbitos está estável, em uma média de cinco por semana. O boletim aponta ainda uma redução de 13% na demanda por testes RT-PCR, com queda na positividade de 21% para 6%. Já a demanda por teste rápido de antígeno sofreu uma queda de 44%, com uma positividade estável em torno de 53%.

“Seguindo a tendência esboçada nas semanas anteriores, o número de casos continua caindo, as internações começaram a reduzir e os óbitos estabilizaram. A expectativa é que os óbitos também diminuam nas semanas seguintes”, informa o coordenador médico do COE, Walfrido Salmito.

O médico infectologista explica que a taxa de positividade dos testes RT-PCR está próxima do recomendado pela OMS, mas o percentual de positividade dos testes rápidos de antígeno está estável, em nível ainda elevado – o que pode refletir mais amplitude de testagem que a circulação do SARS-CoV-2 em si.

Confira o  Painel Situacional da Covid-19 em Teresina: COVID-19 e monkeypox em Teresina – 52a SE

Seguem abertas vagas para agendamento de segunda dose para crianças de 6 meses a menores de três anos

O site http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br/ segue com vagas abertas de agendamento para crianças de 6 meses a menores de três anos (dois anos, 11 meses e 29 dias) com segunda dose da vacina contra a covid marcada até o dia 19 de dezembro.

A coordenadora da campanha de vacinação contra a covid em Teresina, Emanuelle Dias, esclarece que as crianças com data da segunda dose posterior a 19 de dezembro serão contempladas com novas aberturas de agendamento que acontecerão nas próximas semanas.

Para ter acesso ao serviço, basta acessar o site e clicar na opção “agendamento público alvo”, escolher o público das crianças, marcar a opção “Já tomei a 1ª dose e quero agendar a segunda” e confirmar, que levará a uma página onde os pais devem escolher uma sala de vacina, dia e hora.

A coordenadora reforça ainda que no momento estão disponíveis apenas vagas para segunda dose. “Assim que recebermos a vacina novamente, abriremos datas para aqueles que não ainda puderam tomar a primeira dose”, esclarece.

Segundo o esquema da vacina Pfizer infantil, a segunda dose deve ser tomada após quatro semanas de administração da primeira. As crianças tomarão ainda uma terceira dose, administrada pelo menos oito semanas após a segunda. No momento da vacinação, as crianças devem estar acompanhadas dos pais ou responsáveis e apresentar os seguintes documentos: CPF ou Cartão do SUS e o Cartão de Vacina com o registro da primeira dose.

FMS reorganiza cronograma de vacinação contra a covid-19

Com o adiamento do feriado do dia 08 de dezembro para sexta-feira (09), a Fundação Municipal de Saúde (FMS) faz novos ajustes no cronograma de vacinação contra a covid-19 desta semana. Amanhã (08) a imunização está disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), além dos postos de drive thru e no Teresina Shopping.

Os terminais do Parque Piauí e Buenos Aires estarão funcionando normalmente amanhã (08) das 9h às 17h. Nesses locais, são recebidas as pessoas de 12 anos e mais, em qualquer etapa do esquema vacinal. “Também acontece das 9h às 17h a imunização no Teresina Shopping, que é destinada para todas as pessoas de 5 anos e mais, independente da etapa”, informa Emanuelle Dias, coordenadora da campanha de vacinação da FMS.

Além destes pontos, estarão abertas normalmente todas as Unidades Básicas de Saúde, das 8h às 12h e das 13h às 17h. A população em geral a partir dos 12 anos tem acesso ao imunizante em todas as UBS do município. Já as crianças de 5 a 11 anos podem ser atendidas nas UBS Buenos Aires, Parque Brasil, Saci, Monte Castelo, Irmã Dulce, Cidade Jardim, Satélite, Parque Poti, Parque Piauí, Porto Alegre, Santa Maria da Codipi, Santa Isabel, Renascença e Alto da Ressurreição.

Na sexta-feira (09), feriado, a vacinação passará por uma pausa, sendo retomada no sábado (10). O posto do Teresina Shopping estará aberto das 9h às 17h para o público de 5 anos e mais. Já as UBS Parque Piauí, Porto Alegre, Santa Maria da Codipi, Santa Isabel e Renascença estarão recebendo o público de 5 anos e mais tanto no sábado (10) como no domingo (11). Nestes locais, o funcionamento das salas de vacina é das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Teresina sobe para a faixa amarela de transmissão de Covid

O Painel Situacional da 48ª Semana Epidemiológica (SE) no período de 24/11 a 03/12 de 2022, do Centro de Operações Emergenciais (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), aponta um aumento de 74% de casos confirmados de Covid-19 em Teresina. O número subiu de 943 para 1.637 casos entre a 47ª SE e a 48ª SE e saiu da faixa verde (baixo risco) para a faixa amarela (médio risco).

A demanda por RT-PCR aumentou em 33% e o nível de positividade dos testes aumentou 44%. As hospitalizações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) tiveram aumento de 65% (subiu de 17 para 28 internações) e o R0 está em 1,0.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, explica que esses índices de aumento eram esperados. “São dados que estão no mesmo nível nacional com o crescimento de notificação de casos positivos. Já adequamos a rede hospitalar com o Hospital Mariano Castelo Branco, na Santa Maria da Codipi, para os casos de internação e abertura de leitos específicos para pacientes do trauma com Covid e as UBS estão realizando os testes. Também já retornamos com dois drive thru nos terminais de integração do Buenos Aires e Parque Piauí e continua o atendimento com vacina no Teresina Shopping e nas UBS”, afirma.

A FMS alerta para a necessidade de medidas preventivas como o uso de máscara, lavagem e higienização das mãos com álcool e evitar aglomerações, principalmente para as pessoas com comorbidades.

Dados do Painel Situacional (Fonte: Ascom/FMS)

COE Teresina alerta para aumento de casos de Covid-19 na capital

O Painel Situacional da 47ª semana epidemiológica de 2022, do Centro de Operações Emergenciais (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), mostra um aumento de 247% de casos confirmados de Covid-19. A demanda por RT-PCR aumentou 157%, o nível de positividade dos testes aumentou 29%.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, explica que a análise foi feita entre os dias 20 e 26 de novembro. “Nosso alerta é de preocupação com o aumento de casos que pode gerar demanda por leitos e se repetir o que já vimos em fases anteriores da pandemia”.

As hospitalizações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) tiveram aumento de 18%. O nível de transmissão da Covid está em faixa verde (baixo0, mas considerando-se a possibilidade de subnotificação de casos, é possível que o nível de transmissão se encontre no nível médio (faixa amarela).

Acompanhe quadro atualizado – Covid 19

Teresina zera óbitos e positividade de RT-PCR para Covid

A cidade de Teresina não registrou nenhum óbito e zerou a positividade de RT-PCR para Covid na 40ª semana epidemiológica de 2022 (01 a 08 de outubro). Os indicadores são do Painel Situacional do Centro de Operação Emergencial- COE- da Fundação Municipal de Saúde.

Os dados comparativos do COE da semana epidemiológica 40ª com a 39 as internações por síndromes respiratórias agudas graves estão estáveis e o nível de transmissão Covid baixo (faixa verde).

O tempo que o vírus da Covid permanece no corpo pode variar dependendo de alguns fatores, como o estado de saúde prévio da pessoa, a quantidade de vírus com que ela se contaminou e o status vacinal (vacinados têm duração menor do vírus no corpo do que não vacinados, possivelmente por possuírem uma carga viral mais baixa).

Os adolescentees, adultos e idosos continuam sendo vacinados contra a Covid na capital de segunda a sexta nos seguintes locais: Terminal do Parque Piauí, Terminal do Zoobotânico, Terminal do Livramento, Terminal do Buenos Aires e posto do Teresina Shopping.

Os pais que desejem vacinar os pequenos de 5 a 11 anos podem ir as terças e quintas nas Unidades Básicas: Buenos Aires, Parque Brasil, Saci, Monte Castelo, Irmã Dulce, Cidade Jardim, Satélite, Alto da Ressurreição e Parque Poti. Já aos sábados e domingos podem ir nas UBS Parque Piauí, Porto Alegre, Santa Maria da Codipi, Santa Isabel e Renascença. As crianças podem ser vacinadas também no Teresina Shopping, de segunda a sábado.

Confira os dados.

FMS divulga cronograma de vacinação Covid para os próximos dias

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) organizou a vacinação Covid em Teresina de acordo com o feriado de aniversário da capital. Sábado vai ter vacinação no Teresina Shopping (edifício garagem, estacionamento G3), de crianças de 5 a 11 anos, adolescentes a partir de 12 anos e também para adultos e idosos.

Dos dias 13 a 15 as crianças de 5 a 11 anos poderão ser vacinadas nas Unidades Básicas de Saúde Parque Piauí, Porto Alegre, Santa Maria da Codipi, Santa Isabel e Renascença. Dos dias 17 a 19 de agosto os pais podem levar as crianças nas UBS Buenos Aires, Parque Brasil, Saci, Monte Castelo, Irmã Dulce, Cidade Jardim, Satélite, Alto da Ressurreição, Parque Poti.

Os adolescentes de 12 anos ou mais, adultos e idosos poderão se vacinar a partir do dia 17 nos Terminais Parque Piauí, Zoobotânico, Livramento, Buenos Aires e nos shoppings Teresina e Rio Poty.

Teresina retorna à faixa verde de transmissão da Covid-19

Teresina está no nível de baixa transmissão da Covid, o que corresponde à faixa verde, de acordo com a classificação do Centers for Disease Control and Prevention (CDC). Na 29ª semana epidemiológica (17 a 23 de julho) divulgado pelo COE-FMS, a redução foi de 33% no número de casos da doença.

Na 29ª semana epidemiológica, Teresina voltou a registrar menos de 200 casos por 100.000 habitantes por semana (parâmetro estabelecido para indicar o nível de baixa transmissão).

 

De acordo com o virologista do COE-FMS, Marcelo Adriano Vieira, a parametrização da agência internacional para controle e prevenção de doenças (CDC) leva em conta também o número de internações novas por semana e o percentual de leitos hospitalares da cidade ocupados por pacientes com Covid-19.

“Na última semana foram registradas 4,8 internações / 100.000 habitantes (ou seja, < 10/100.000) e 5,7% do total de leitos hospitalares da cidade estavam ocupados por pacientes com Covid-19 (< 10%)”, explica o virologista.

Desde o dia 19 de junho deste ano, Teresina encontrava-se na faixa amarela, de média transmissão. “Felizmente, na onda atual de casos de Covid-19, a capital não chegou a atingir o nível vermelho, de alta transmissão da doença”, analisa.

Entretanto, o presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, descarta qualquer relaxamento de medidas, por enquanto, porque o sistema hospitalar ainda deve se manter pressionado por algumas semanas.

“As internações por Covid-19 são prolongadas e cumulativas. Além disso, os hospitais de Teresina recebem grande parte da demanda dos casos graves vindos das cidades do interior do estado, onde a transmissão ainda pode estar mais acentuada”, analisa.

Albuquerque também ressalta a necessidade de observar melhor o padrão de transmissão da doença no retorno das férias e na retomada do período escolar.