FMS vacina hoje (23) em drive thru pessoas com 40 e 41 anos

FMS vacina hoje (23) pessoas com idade de 40 e 41 anos na capital. (Foto: Ascom/FMS)

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) realiza durante todo o dia de hoje (23) drive thru de primeira dose da vacina contra a Covid-19. São 11 pontos para atender as pessoas com idade de 40 e 41 anos. Conforme a logística pela manhã (9h às 13h) estão sendo priorizadas as mulheres. No turno da tarde (13h às 17h) o foco será nos homens.

Os locais serão os seguintes:

– ADUFPI – Av. Universitária, 391 – Ininga
– Centro Universitário Santo Agostinho – zona Sul
– Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte) – Santa Maria da Codipi
– Teresina Shopping
– Terminal Parque Piauí
– Terminal Livramento
– Terminal Zoobotânico
– Terminal Itararé
– Terminal Buenos Aires
– Terminal Bela Vista
A administradora Luciana Estrela recebeu a dose da vacina e destaca os cuidados para evitar o contágio. “Eu me protejo com máscara, lavo as mãos e evito aglomeração e agora com a primeira dose vou continuar mantendo os cuidados e irei tomar a segunda dose em breve”, diz.
O motorista de aplicativo José Raimundo Oliveira, 41 anos, fala que no trabalho tem muita exposição aos riscos de contaminação. “Eu sinto agora muita alegria por ter recebido a primeira dose e sei que a imunização completa só com a segunda dose”, diz.
Emanuelle Dias, coordenadora da campanha de vacinação, orienta sobre os documentos necessários para receber a vacina. “No momento da vacinação, devem ser apresentados: documento de identificação com foto e data de nascimento, CPF ou Cartão Nacional do SUS, comprovante de endereço no município de Teresina e se tiver levar o cartão de vacina”, diz a coordenadora.

Teresina terá drive thru de primeira dose para a população de 40 e 41 anos amanhã (23)

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) realiza amanhã (23) mais um dia de drive thru contra a covid-19. Desta vez será contemplada a população em geral de 40 e 41 anos de idade que ainda não tomaram a primeira dose da vacina contra a doença. Um total de 11 pontos estarão disponíveis para este público, entre as 9h e as 17h.

Drive Thru desta sexta-feira (23) contemplará a população em geral de 40 e 41 anos de idade (Foto: Ascom/FMS)

Para evitar aglomeração e congestionamento, a logística será a mesma adotada nos dias anteriores: pela manhã (9h às 13h) serão priorizadas as mulheres. No turno da tarde (13h às 17h) o foco será nos homens. Os locais serão os seguintes:

– ADUFPI – Av. Universitária, 391 – Ininga
– Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Campus Pirajá
– Centro Universitário Santo Agostinho – zona Sul
– Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte) – Santa Maria da Codipi
– Teresina Shopping
– Terminal Parque Piauí
– Terminal Livramento
– Terminal Zoobotânico
– Terminal Itararé
– Terminal Buenos Aires
– Terminal Bela Vista

Emanuelle Dias, coordenadora da campanha de vacinação, informa que o imunizante utilizado será o do laboratório Astrazeneca. “No momento da vacinação, devem ser apresentados: documento de identificação com foto e data de nascimento, CPF ou Cartão Nacional do SUS, comprovante de endereço no município de Teresina e cartão de vacina (se tiver)”, diz a coordenadora.

Teresina tem drive thru da vacina contra a Covid nesta quarta-feira (21)

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) vai disponibilizar nesta quarta-feira (21), drive thru para vacina contra a Covid-19 em 11 pontos em todas as zonas de Teresina. Serão aplicadas primeira e segunda doses com a vacina do laboratório Astrazeneca.

Drive thru para vacina contra a Covid-19 acontece em 11 pontos em todas as zonas de Teresina (Foto: Ascom/FMS)

Nesta quarta-feira (21), o atendimento é para o público de 43 anos e 42 anos, além das pessoas que tomaram a primeira dose no dia 28 de abril. O atendimento será pela manhã das 9h às 13h para as mulheres e no turno da tarde 13h às 17h o atendimento tem foco nos homens.

A radialista Alice Moreira, tomou a segunda dose, e diz que sente mais liberdade. “Sinto agora capacidade de seguir com meus objetivos e mantendo todos os cuidados para evitar contaminação pelo vírus”, fala. O mestre de obras Antônio José Alcântara, 45 anos, tomou a primeira dose e afirma sentir alegria e alívio. “Estou me sentindo muito bem e é um momento de felicidade”, diz.

No momento da vacinação, devem ser apresentados: documento de identificação com foto e data de nascimento, CPF ou Cartão Nacional do SUS, comprovante de endereço no município de Teresina e cartão de vacina (que, no caso daqueles que vão receber a segunda dose, deve conter o registro da primeira).

Emanuelle Dias, coordenadora da vacina na FMS, a data do drive é conforme a data de recebimento da primeira dose e obedecendo o prazo de três meses para recebimento da segunda dose. “No cartão de vacina tem a data do recebimento da segunda dose e as pessoas devem ficar atentas e ir ao drive para receber a segunda dose na data que está marcada na carteira”, orienta. Nesta terça-feira (20/07) a vacinação está sendo feita com primeira dose (44 e 45 anos) e segunda dose (64 anos ou mais que tomaram dia 27 de abril).

Drive thru para vacina contra a Covid-19 acontece em 11 pontos em todas as zonas de Teresina (Foto: Ascom/FMS)

Vacinação contra a Covid-19 – Drive thru
*Quarta-feira (21/07) – primeira dose (43 e 42 anos), segunda dose (64 anos ou mais que tomaram dia 28 de abril)
* Horário: 9h às 17h (mulheres – manhã, homens – tarde)
* Locais:
* ADUFPI – Av. Universitária, 391 – Ininga
* Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Campus Pirajá
* Centro Universitário Santo Agostinho – zona Sul
* Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte) – Santa Maria da Codipi
* Teresina Shopping
* Terminal Parque Piauí
* Terminal Livramento
* Terminal Zoobotânico
* Terminal Itararé
* Terminal Buenos Aires
* Terminal Bela Vista

Neste sábado (10) e domingo (11) tem drive para segunda dose da vacina Covid

Neste sábado (10) e domingo (11) a Fundação Municipal de Saúde (FMS) realiza drive thru exclusivo para segunda dose da vacina Astrazeneca. No sábado deve ir aos pontos de drive quem recebeu a primeira dose dia 17 de abril e estava com 66 anos. No domingo deve receber a segunda dose da vacina quem foi vacinado dia 18 de abril com a primeira dose e que estava com 65 anos de idade.

O atendimento será em 11 locais de Teresina com funcionamento das 9h às 17h. As mulheres serão vacinadas pela manhã das 9h às 13h e os homens à tarde das 13h às 17h.

“É importante verificar no cartão de vacina a data do recebimento da segunda dose. Essas pessoas devem ir ao drive na data do agendamento para facilitar o atendimento. No momento da vacinação, os idosos devem apresentar um documento de identificação com foto e data de nascimento, CPF ou Cartão Nacional do SUS, o cartão de vacina que comprove a primeira dose e comprovante de endereço”, orienta a coordenadora da vacina na FMS, Emanuelle Dias.

Os 11 pontos de drive que funcionarão no próximo sábado (10) e domingo (11) são os seguintes.

. ADUFPI – Av. Universitária, 391 – Ininga

. Universidade Estadual do Piauí (UESPI), Campus Pirajá

. Centro Universitário Santo Agostinho- zona Sul

. Centro de Artes e Esportes Unificados Vieira Toranga (CEU – Norte) – Santa Maria da Codipi

. Teresina Shopping

. Terminal Parque Piauí

. Terminal Livramento

. Terminal Zoobotânico

. Terminal Itararé

. Terminal Buenos Aires

. Terminal Bela Vista

Foto: Divulgação (FMS)

Quem recusar tomar vacina contra a Covid vai assinar termo, a partir de hoje (8)

A partir das 14h de hoje (08), a pessoa que forem se vacinar contra a Covid-19 e se  recusar a tomar em função da marca, origem ou fabricante do imunizante deverá assinar um termo de desistência e irá para o fim da fila. Caso a pessoa se recusar a assinar, duas testemunhas poderão comprovar a recusa e o termo de desistência terá validade. A decisão da Fundação Municipal de Saúde (FMS) está de acordo com a recomendação administrativa 29ª PJ Nº 11/2021 do Ministério Público do Piauí.

Com isso, o indivíduo que realizar agendamento ou se dirigir ao drive thru e, no momento da vacinação, desistir de receber a dose unicamente por causa do tipo de imunizante utilizado, deverá assinar um termo de responsabilidade, será impedido de realizar novo agendamento e irá para o fim da fila da imunização, ou seja: só terá direito a ser atendido após concluída a vacinação do público adulto. O termo está disponível para consulta no site da FMS e também abaixo.

A decisão da FMS leva em consideração o conceito de vacinação como ferramenta de saúde pública, que deve ser vista não apenas como uma ferramenta de proteção individual, mas coletiva, que evita a propagação da doença quando um grande percentual da população é vacinado. “Todas as vacinas utilizadas no Brasil contra a Covid-19 são eficazes, seguras e passam por rigorosa avaliação da ANVISA antes de serem liberadas para a população em geral. Por isso, todos que estão aptos precisam tomar, independente da origem”, reforça Gilberto Albuquerque, presidente da FMS.

Termo de recusa de vacina contra Covid-19

Indígenas venezuelanos recebem segunda dose da vacina contra Covid-19

Indígenas venezuelanos, da etnia Warao que residem nos 3 abrigos recebem segunda dose da vacina contra Covid-19 (Foto: Ascom/Semcaspi)

Indígenas venezuelanos, da etnia Warao que residem nos 3 abrigos recebem segunda dose da vacina contra Covid-19 (Foto: Ascom/Semcaspi)

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), em parceria com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), realizou, na última sexta-feira (25/06), a aplicação da segunda dose da vacina contra Covid-19 nos indígenas venezuelanos, da etnia Warao, que residem nos três abrigos. Ao total, foram aplicadas 72 doses da vacina nos acolhidos para a conclusão do ciclo de imunização.

As 72 doses, que são da vacina AstraZeneca, foram aplicadas em:  30 acolhidos no abrigo CSU do Bairro Buenos Aires;  18 no  abrigo Piratinga do Bairro Poti Velho,  e 24 do abrigo Emater.
Segundo Graceane Neves, gerente da Proteção Social Especial (GPSE), os indígenas venezuelanos tiveram uma boa aceitação em tomar a vacina contra a Covid-19.

“Estamos buscando informar e combater as fake news, que eles recebem pelo celular e este trabalho tem sido feito junto com os coordenadores e assistentes sociais, para sensibilizar sobre a importância da imunização. Uma das nossas dificuldades é porque tem alguns acolhidos que não completaram o ciclo de imunização por não estar no abrigo e estão viajando para fora do estado, sem previsão de retornar”, ressaltou.

Para Santiago Oliveira, coordenador do abrigo CSU do Buenos Aires, a vacinação contra a Covid-19 vai promover mais segurança tanto aos venezuelanos, quanto aos funcionários que atuam nos abrigos.

“Essa vacina é de grande importância, tendo em vista, os hábitos dos próprios indígenas. Apesar das orientações e informações que os acolhidos recebem da equipe, eles têm resistência em usar máscaras e fazer a higienização das mãos. A imunização, sem dúvidas, traz um sentimento de segurança nos abrigos”, pontuou.

FMS abre agendamento para segunda dose de trabalhadores da saúde

A Prefeitura de Teresina abre mais uma vez, a partir das 18h, o agendamento para vacinação contra a covid-19. Desta vez, serão contemplados os trabalhadores da saúde que precisam tomar a segunda dose da vacina Astrazeneca, produzida pela Fiocruz/Oxford.

A coordenadora da campanha de vacinação contra a Covid-19, Emanuelle Dias, reforça que não se trata de uma antecipação da segunda dose, e que só devem se cadastrar aqueles que estão no período marcado em seu cartão de vacinação. O agendamento pode ser feito no site http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br/. Eles devem acessar o link “Agendamento trabalhador da saúde”, que levará a uma página na qual ele deve inserir CPF, data de nascimento e marcar a caixa “Já tomei a 1ª dose e quero agendar a segunda”. Após confirmar suas informações, ele deve escolher local, dia e hora da vacinação.

“No momento da imunização, ele deve apresentar CPF ou cartão Nacional do SUS, contracheque atual ou contrato de prestação de serviço ou documento que comprove atividade laboral (últimos três meses), expedido pelo estabelecimento de saúde onde o trabalhador atua. Além de comprovante de residência da cidade e cartão de vacina (se tiver)”, informa Emanuelle Dias.

Teresina já vacinou até o momento 42.153 trabalhadores da saúde contra a covid-19. O grupo envolve não apenas os profissionais de saúde que estão na linha de frente, mas também aqueles que atuam na área de apoio dos estabelecimentos de saúde públicos e privados.

Indígenas guajajara tomam segunda dose da vacina Covid-19

Índios da Aldeia Ukair receberam a segunda dose da vacina contra Covid-19 e assim foi concluída a imunização dos indígenas aldeados em Teresina. (Foto: Ascom/FMS)

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) aplicou hoje, 24, as segundas doses das vacinas contra a Covid-19 nos índios da Aldeia Ukair. A ação conclui a imunização dos indígenas aldeados em Teresina. Os indígenas da etnia Guajajara receberam a vacina do laboratório Astrazeneca, produzida em parceria com a Universidade de Oxford.

FMS aplicou hoje, 24, a segunda dose da vacina contra Covid-19 nos índios da Aldeia Ukai. (Foto: Ascom/FMS)

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, ressalta a importância do cumprimento do calendário para que todos os grupos prioritários sejam contemplados. A FMS segue o calendário da vacinação do Ministério da Saúde, no qual os indígenas que moram em aldeias entraram como um dos grupos que devem receber a vacina”, disse o gestor.

“São doses de esperança”. Foi com essas palavras que Aliã Wamiri definiu a vacinação contra a Covid-19 para os índios da Aldeia Ukair, em Teresina. Para ela, a ação representa uma vitória e reconhecimento da população indígena da capital. “Não paramos de trabalhar na pandemia e temos que agradecer pela sensibilidade”, disse a representante.

Índios da Aldeia Ukair receberam a segunda dose da vacina contra Covid-19 e assim foi concluída a imunização dos indígenas aldeados em Teresina. (Foto: Ascom/FMS)

SEMAM realiza teste rápido de Covid-19 em servidores

Servidores da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM), que atuam em setores estratégicos e também fazem trabalho externo, foram submetidos na manhã desta quinta-feira (17), a um teste rápido de Covid-19 na sede da SEMAM. A medida faz parte das ações de controle e prevenção contra a doença que visa garantir um ambiente de trabalho seguro.

A testagem realizada foi através de testes rápidos. O método utilizado consiste em coletar uma amostra de sangue do paciente para detectar a presença de dois tipos de anticorpos: o IgM e o IgG. O primeiro é considerado um marcador para a fase aguda da doença e começa a ser produzido entre cinco e sete dias após a infecção pelo vírus. Já o segundo é um anticorpo mais específico que permanece circulando mesmo após o fim da fase aguda, indicando que a pessoa está teoricamente protegida de futuras infecções.

Para a secretária Elisabeth Sá, a ação visa garantir a saúde não apenas dos servidores, como também da população que busca atendimento presencial na SEMAM. “Estamos sempre atentos e cumprindo com todos os protocolos sanitários de segurança. Essa testagem é mais uma medida de controle e prevenção contra a Covid”, destacou.

Covid-19 em Teresina

O painel epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde (FMS), informa que até o dia 16 de junho de 2021, já foram confirmados 98.321 casos da Covid-19 em Teresina. Em relação ao número de óbitos, foram registrados 3.803 residentes e não residentes e 88.489 teresinenses já se recuperaram da doença.

Foto: Divulgação (SEMAM)

Trabalhadores da educação acima dos 18 anos podem fazer agendamento pra vacina contra Covid-19

Fundação Municipal de Saúde está ampliando a faixa etária para a vacinação dos trabalhadores da educação básica contra a Covid-19. A partir de hoje (02) às 18 horas os teresinenses pertencentes este grupo com idade de 18+ já podem agendar para receber sua dose.

O grupo dos trabalhadores da educação engloba professores e também funcionários de escolas públicas e privadas do ensino básico: creches, pré-escolas, ensino fundamental, profissionalizante e EJA. O acesso será por meio do link http://vacinaja.fms.pmt.pi.gov.br/, onde ele deve escolher a opção agendamento público alvo, escolher o grupo e a faixa etária a que pertencem.

A coordenadora da campanha de vacinação contra a Covid-19 em Teresina, Emanuelle Dias, esclarece quais são os documentos que devem ser apresentados no momento da imunização. “Ele deve portar um documento de identificação com foto, CPF ou cartão do SUS, comprovante de endereço e um documento que comprove que ele está trabalhando: contracheque ou contrato de prestação de serviço”, conta.