Amor de Tia Norte e Sudeste realizam atendimento remoto com mães e crianças durante a pandemia

Foto: Ascom SMPM

Desde a determinação de isolamento social, medida adotada para conter o avanço do novo coronavírus, o Serviços de Atendimento às Mulheres e suas Crianças – Amor de Tia, unidades Norte e Sudeste, têm recorrido às atividades remotas por meio de oficinas criativas, que são enviadas no intervalo de 15 dias e realizadas em casa, com as mães e crianças acompanhadas.

A Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) forneceu kits de material pedagógico compostos por: cartolinas, giz de cera, lápis de cor, tinta guache, entre outros produtos. A intenção é estimular o desenvolvimento cognitivo das crianças e sua coordenação motora.

Segundo a Coordenadora do Amor de Tia Norte, Aline Heira, a grande preocupação da equipe era a adaptação do serviço de maneira remota, para isso, foram desenvolvidas atividades integrativas com as mães e as crianças como oficinas, pinturas, contação de histórias, oficinas de beleza e economia doméstica.

“A nossa satisfação quanto às atividades que são desenvolvidas é a participação das mães, elas gostam de estar com os filhos, gostam de fazer parte de todo o processo de criação. Elas sempre dão retorno do que acharam e sempre é positivo, o que é mais gratificante”, afirma Aline.

Já a coordenadora do Amor de Tia Sudeste, Maria de Lourdes Mendes, relata que mesmo durante esses meses de serviço não presencial, toda equipe está sempre em contato com as mães dando todo o suporte necessário. “Elas têm consciência que podem contar com a gente. Estamos sempre à disposição”, relata Maria de Lourdes.

Ana Paula de Sousa, mãe do aluno João Miguel, que frequenta a unidade da região Sudeste há dois anos, conta que o acompanhamento ajudou bastante no desenvolvimento do filho. “As atividades são sempre bem estimulantes. Nesse período em que eles estão em casa e ficam muito ansiosos, as atividades ajudam bastante. E a equipe do Amor de Tias sempre procuram saber como estamos, se estamos precisando de algo.  Me sinto bastante acolhida”, declara.

Outra mãe satisfeita é a Paula Daniele, do Amor de Tia Norte. “O serviço me ajudou muito no lado profissional, aprendi muitas coisas durante todo esse tempo. Infelizmente agora, por conta dessa pandemia, não podemos estar por lá todos os dias, mas as crianças fazem as atividades em casa, e continuam sendo orientadas. Tudo tem sido muito produtivo”, acrescentou.

Para esse período de isolamento, também foram produzidos vídeos informativos e reflexivos para o enfrentamento à violência contra as mulheres, que foram divulgados nas redes sociais e em grupos de Whatsapp para as mães atendidas pelo serviço. O objetivo é promover uma reflexão nas mulheres atendidas, estimulando aquelas que poderiam estar em situação de violência a procurarem o Centro de Referência Esperança Garcia.

Para este mês de julho, o Amor de Tia Norte contará com o projeto “Brincando em casa eu me divirto”, onde a equipe estão sendo preparados circuitos virtuais, com materiais de fácil acesso para serem desenvolvidos com as crianças. Para as mães, o serviço planeja organizar oficinas criativas com tutoriais para confecções de objetos utilizando garrafas pet.

Na unidade do Amor de Tia Sudeste, serão realizadas as Colônias Integrativas, que anteriormente aconteciam presencialmente, mas serão adaptadas para a forma virtual. As atividades de julho contarão com oficinas criativas, contação de histórias, atividades lúdicas, com as crianças e as mães acompanhadas.

O Serviço de Atendimento Integral às Mulheres e suas crianças: Amor de Tia (Norte e Sudeste), são unidades que ofertam auxílio às mulheres em situação de vulnerabilidade e violência, e suas crianças. Atualmente a unidade da zona Norte atende 78 mulheres e 70 crianças. Já o Amor de Tia Sudeste, concentra 65 mulheres atendidas e 65 crianças.

FMS convoca crianças, professores, gestantes e mães no pós-parto para se vacinarem contra gripe em Teresina

Foto: Ascom FMS

Na reta final da Campanha de Vacinação contra Gripe, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) convoca todos os grupos prioritários que ainda não se vacinaram para que se dirijam aos postos de saúde e garantam a sua imunização. O chamado é especialmente direcionado às crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos, professores, gestantes e mães no pós-parto (até 45 dias), porque cerca da metade desse público ainda não foi imunizada.

Até a próxima terça-feira (30), a vacinação contra gripe está disponível em 65 Unidades Básicas de Saúde, Centro Lineu Araújo e Hospital Infantil. “A vacina é composta por vírus inativado, é segura, previne a doença e também complicações de saúde. Nesse momento, alertamos que 37.228 crianças, 8.104 mil professores, 5.965 gestantes e 1.130 mães no pós-parto ainda não se vacinaram”, afirma a diretora de Vigilância em Saúde, Amariles Borba. 

Dados de sistema do Ministério da Saúde mostram que 215 mil pessoas já se vacinaram contra gripe em Teresina. Fazem parte também do grupo prioritário para a vacina: idosos, trabalhadores de saúde, pessoas com doenças crônicas, professores, adultos de 55 a 59 anos, funcionários do sistema prisional, pessoas privadas de liberdade, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo e das forças de segurança e de salvamento.

A vacina não protege a pessoa contra o novo Coronavírus e sim contra a Gripe/Influenza, doença respiratória infecciosa cuja origem é viral. A transmissão direta de pessoa a pessoa é a mais comum e ocorre por meio de gotículas expelidas pelo indivíduo infectado com o vírus, ao falar, espirrar ou tossir. Há evidência de transmissão também pelo modo indireto, por meio de contato com a secreção de doentes.

 

FMS alerta que mais de 40 mil crianças ainda não se vacinaram contra gripe em Teresina

A Campanha de Vacinação contra Gripe encerra na próxima terça-feira, dia 30 de junho, e até agora 40.346 crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos ainda não se vacinaram em Teresina. O dado é da Fundação Municipal de Saúde (FMS) e especialistas alertam que esse público infantil está entre os grupos mais vulneráveis às complicações da doença, já que são pessoas em desenvolvimento e com sistema imunológico em formação.

O presidente da FMS, Manoel de Moura Neto, convoca os pais ou responsáveis a se dirigirem às 65 Unidades Básicas de Saúde, Centro de Saúde Lineu Araújo ou Hospital Infantil para vacinarem as crianças contra gripe. “Mesmo com incisiva e constante campanha de incentivo à vacinação, ainda não conseguimos alcançar a meta de imunização das crianças. Para isso pedimos a contribuição de toda a sociedade”, afirma.

A presidente da Sociedade de Pediatria do Piauí, Anenísia Andrade, afirma que a baixa cobertura vacinal de crianças está sendo registrada no Brasil e pode ter relação com o medo dos pais de irem aos postos durante a pandemia. “Mas isso não pode ser justificativa para não imunizá-las. Elas podem desenvolver a forma grave da doença e ter pneumonia grave ou até mesmo insuficiência respiratória. Então, levá-las ao posto de vacina é um gesto de cuidado individual e coletivo”, pontua a médica.

A diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba, solicita que as escolas públicas e privadas conversem com os pais e responsáveis pelas crianças menores de 6 anos. “O objetivo é sensibilizá-los quanto à importância de levar seus filhos até as UBSs para que recebam a vacina. Orientamos também que, nesses locais, os pequenos mantenham distância de 2 metros das pessoas, evitem encostar em superfícies e os maiores de 2 anos utilizem máscara”.

A vacina não protege a pessoa contra o novo coronavírus e sim contra a Gripe/Influenza, doença respiratória infecciosa cuja origem é viral. A transmissão direta de pessoa a pessoa é a mais comum e ocorre por meio de gotículas expelidas pelo indivíduo infectado com o vírus ao falar, espirrar ou tossir. Há evidência de transmissão também pelo modo indireto, por meio de contato com a secreção de doentes.

CONFIRA LISTA DE UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE (UBS) QUE POSSUEM VACINA CONTRA GRIPE:

UBS DA REGIÃO SUL:
1. Vila Confiança
2. Leônidas Antonio Deolindo (Saci)
3. Hugo Prado
4. Dr José Wilson Batista (Vermelha)
5. Maria de Jesus Carvalho (Porto Alegre)
6. Bruno Rafael Rodrigues De Sousa (Esplanada)
7. Dr Augusto de Castro (Km 07)
8. Dr Durvalino Couto (Bela Vista)
9. São Camilo (Lourival Parente)
10. Dr José Cândido/Carolina Silva
11. Nossa Senhora da Paz (Vila Da Paz)
12. Sérgio Luiz Chantal Nunes (Três Andares)
13. Cristo Rei
14. Parque Pioneiro I/Santo Antonio
15. Dr José de Arimatea Dos Santos (Betinho)
16. Dr Francílio Ribeiro de Almeida (Angelim)
17. Dep. Xavier Neto (Mário Covas)
18. Dra Virgínia Castelo Branco (Sta. Clara)
19. Chapadinha Sul
20. Dr Elon Constantino De Aguiar (Alegria)
21. Dr Leônidas Melo (Cerâmica Cil)
22. Antonio Pessoa dos Santos (Vamos Ver o Sol)

UBS DA REGIÃO NORTE:
1. Cecy Fortes
2. José Ribeiro de Carvalho (Cidade Verde)
3. Memorare
4. Dr Manoel Ayres Neto (Parque Wall Ferraz)
5. Dr Mariano Mendes (Monte Alegre)
6. Parque Brasil
7. Dr Evaldo Carvalho (Nova Brasília)
8. Adelino Matos
9. Dr Marcos Guedes (Nova Teresina)
10. Jacinta Andrade I
11. Dr Fernando Gomes Correia Lima (Jacinta Andrade II)
12. Dra Maria Teresa de Melo Costa (Mafrense)
13. Deputada Francisca Trindade (Água Mineral)
14. Buenos Aires
15. Dois Irmãos
16. Bela Vista Rural
17. João Cirilo (Boa Hora)

UBS DA REGIÃO LESTE:
1. Dra Onésima Nascimento (Santa Bárbara)
2. Dr Henrique Melo Castelo Branco (Vale Do Gavião)
3. Vila Bandeirante
4. Dr Félix Francisco Pereira Batista (P. Universitário)
5. Mama Mia
6. Piçarreira
7. Dr Francisco José da Costa Sousa (Ininga)
8. Anita Ferraz
9. Vila do Avião
10. Deputado Alberto Monteiro (Soinho)
11. Dr Dirceu Arcoverde (Santa Teresa)
12. Gilmar Carvalho/Santa Luz
13. Coroatá
14. Cacimba Velha
15. Campestre Norte

UBS DA REGIÃO SUDESTE:

1. Nossa Senhora da Guia
2. Pe. Mário Rocchi (P. Esperança)
3. Dr Reginaldo M. Castro (Renascença)
4. Raimunda Soares Oliveira (Firmino Filho)
5. Dr Gil Martins (Usina Santana)
6. Deus Quer
7. Alto da Ressurreição
8. Boquinha
9. Taboca do Pau Ferrado
10. Dr Chagas Martins (Estaca Zero)
11. Atalaia

ESTABELECIMENTOS NO CENTRO:
1. Centro de Saúde Lineu Araújo
2. Hospital Infantil Lucídio Portela

Campanha distribuirá máscaras com estampas informativas de combate à exploração sexual

Ascom/Semcaspi

No dia 18 de maio, se reconhece oficialmente a luta de enfrentamento ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. A campanha de conscientização em alusão à data, articulada localmente pela Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), contará com a produção de máscaras de proteção com estampa temática. As unidades da rede socioassistencial devem começar a receber o material na próxima semana para distribuição aos colaboradores e ao grande público.

“Estamos fazendo uma campanha que contextualiza o momento em que vivemos, que é de combate ao Coronavírus, trazendo como pauta justamente o enfrentamento à exploração sexual da criança e do adolescente. A construção de uma sociedade livre desses tipos de abuso é a sociedade pela qual lutamos, e acreditamos que Teresina caminha junto, nesse sentido”, explicou o secretário da Semcaspi, Samuel Silveira.

Segundo Layla Paiva, técnica da Gerência de Proteção Social Especial (GPSE) da Semcaspi, o novo contexto de isolamento social fez com que a campanha tivesse de achar novos caminhos de conscientização. “Nos anos anteriores sempre fizemos campanhas com abordagens, panfletagens, distribuição de material informativo e apresentações culturais. Porém, por conta da Covid-19, pensamos em algo diferente. A confecção das máscaras já é uma sugestão do Fórum Nacional”, explica.

Em Teresina, a rede municipal de combate à exploração da criança e do adolescente conta com as quatro unidades dos Centros de Referência em Assistência Social (CREAS) e com a Casa de Zabelê. As equipes são capacitadas para atender essas demandas de crianças e adolescentes que sofrem situações de violência e exploração sexual.

“Já a Casa de Zabelê é uma unidade específica para atender essas adolescentes do sexo feminino”, explica Layla. O espaço realiza atividades profissionalizantes e de fortalecimento de vínculos e conta com equipe psicossocial. Atualmente, a meta de atendimento, de 100 adolescentes, já foi ultrapassada.

A população pode ser encaminhada tanto aos CREAS, quanto aos Conselhos Tutelares, através do contato com o 153. As ligações são gratuitas e o sigilo do nome do denunciante é mantido. As denúncias podem ser feitas também por meio do Disque Direitos Humanos: o Disque 100, serviço nacional de atendimento telefônico gratuito, que funciona 24 horas por dia, nos sete dias da semana. Os casos recebidos são analisados, tratados e encaminhados aos órgãos de proteção, defesa e responsabilização em direitos humanos, no prazo máximo de 24 horas. O objetivo é romper o ciclo de violência e garantir a proteção da vítima.

FMS vacina crianças, grávidas e puérperas contra a gripe

A terceira etapa de vacinação contra a gripe prossegue amanhã (18) em 71 Unidades Básicas de Saúde (UBS) da rede municipal de saúde. O público alvo são crianças maiores de seis meses e menores de seis anos, gestantes, puérperas e pessoas com deficiência. A vacinação para professores e para pessoas de 55 a 59 anos será iniciada em data ainda a ser divulgada pela Fundação Municipal de Saúde (FMS). O objetivo é evitar aglomerações, vez que ainda há um público considerável de gestantes, puérperas e crianças buscando vacinação.

“Todas as salas de vacina das UBS estarão abertas, exceto nas 19 Unidades Básicas de saúde exclusivas para o atendimento a síndromes gripais. Vacinaremos somente crianças maiores de seis meses e menores de seis anos, gestantes, puérperas e pessoas com deficiência. De acordo com as regras do Ministério da Saúde, as pessoas com deficiência devem fazer a comprovação médica, por meio de laudo do BPC (Benefício de Prestação Continuada), ou laudo do INSS informando que a pessoa é aposentada por invalidez, quando não for possível evidenciar a deficiência apenas por exame físico”, explica Kledson Batista, diretor de Atenção Básica em Saúde da FMS.

A vacina contra gripe não previne contra o novo Coronavírus, mas é importante para diminuir as internações por síndromes gripais. A proteção da vacina é contra a Influenza, doença respiratória infecciosa cuja origem também é viral. A transmissão direta de pessoa a pessoa é a mais comum e ocorre por meio de gotículas expelidas pelo indivíduo infectado com o vírus, ao falar, espirrar ou tossir. Há evidência de transmissão também pelo modo indireto, por meio de contato com a secreção de doentes.

CONFIRA LISTA DE UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE (UBS) QUE POSSUEM VACINA CONTRA GRIPE:

UBS DA REGIÃO SUL:
1. Vila Confiança
2. Leônidas Antonio Deolindo (Saci)
3. Francisco Soares Filho (São Pedro)
4. Dr José Wilson Batista (Vermelha)
5. Maria de Jesus Carvalho (Porto Alegre)
6. Bruno Rafael Rodrigues De Sousa (Esplanada)
7. Dr Augusto de Castro (Km 07)
8. Dr Durvalino Couto (Bela Vista)
9. São Camilo (Lourival Parente)
10. Dr José Cândido/Carolina Silva
11. Nossa Senhora da Paz (Vila Da Paz)
12. Sérgio Luiz Chantal Nunes (Três Andares)
13. Cristo Rei
14. Parque Pioneiro I/Santo Antonio
15. Dr José de Arimatea Dos Santos (Betinho)
16. Dr Francílio Ribeiro de Almeida (Angelim)
17. Dep. Xavier Neto (Mário Covas)
18. Dra Virgínia Castelo Branco (Sta. Clara)
19. Chapadinha Sul
20. Dr Elon Constantino De Aguiar (Alegria)
21. Dr Leônidas Melo (Cerâmica Cil)
22. Antonio Pessoa dos Santos (Vamos Ver o Sol)
23. Hugo Prado

UBS DA REGIÃO NORTE:
1. Cecy Fortes
2. José Ribeiro de Carvalho (Cidade Verde)
3. Memorare
4. Dr Manoel Ayres Neto (Parque Wall Ferraz)
5. Dr Mariano Mendes (Monte Alegre)
6. Parque Brasil
7. Dr Evaldo Carvalho (Nova Brasília)
8. Adelino Matos
9. Dr Marcos Guedes (Nova Teresina)
10. Jacinta Andrade I
11. Dr Fernando Gomes Correia Lima (Jacinta Andrade II)
12. Dra Maria Teresa de Melo Costa (Mafrense)
13. Deputada Francisca Trindade (Água Mineral)
14. Buenos Aires
15. Dois Irmãos
16. Bela Vista Rural
17. João Cirilo (Boa Hora)

UBS DA REGIÃO LESTE:
1. Dra Onésima Nascimento (Santa Bárbara)
2. Dr Henrique Melo Castelo Branco (Vale Do Gavião)
3. Vila Bandeirante
4. Dr Félix Francisco Pereira Batista (P. Universitário)
5. Mama Mia
6. Piçarreira
7. Dr Francisco José da Costa Sousa (Ininga)
8. Anita Ferraz
9. Vila do Avião
10. Deputado Alberto Monteiro (Soinho)
11. Dr Dirceu Arcoverde (Santa Teresa)
12. Gilmar Carvalho/Santa Luz
13. Coroatá
14. Cacimba Velha
15. Campestre Norte

UBS DA REGIÃO SUDESTE:
1. Nossa Senhora da Guia
2. Pe. Mário Rocchi (P. Esperança)
3. Dr Reginaldo M. Castro (Renascença)
4. Raimunda Soares Oliveira (Firmino Filho)
5. Redonda
6. Dr Gil Martins (Usina Santana)
7. Deus Quer
8. Alto da Ressurreição
9. Boquinha
10. Taboca do Pau Ferrado
11. Dr Chagas Martins (Estaca Zero)
12. Atalaia

Projeto incentiva acolhimento temporário de crianças e adolescentes

Crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, que foram afastadas do convívio familiar por medida protetiva judicial, recebem acolhimento temporário nas casas Reencontro e Punaré. As unidades institucionais são mantidas pela Prefeitura de Teresina e, com o isolamento social, foi registrado um aumento de 16% em medidas que demandam acolhimento institucional.

Atualmente, segundo a gerente da Casa Reencontro, Marina Pinheiro, a unidade está responsável por 50 crianças. Algumas delas estão recebendo acolhimento provisório em residência de funcionários, visto que estes são cadastrados como padrinhos afetivos, mas outras 27 crianças continuam presentes na instituição. Com isso, a lotação é uma preocupação a mais neste momento de pandemia do coronavírus.

“É um momento muito difícil, todos os dias a equipe de psicólogos da casa conversa com as crianças para tentar diminuir o impacto do isolamento social e também damos orientações de higiene a elas. Normalmente recebíamos muitas visitas, da família, padrinhos e voluntários”, afirma a gerente.

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) suspendeu todas as atividades recreativas externas e visitas nos abrigos para garantir a segurança dos acolhidos e funcionários e também adotou algumas estratégias para minimizar os riscos de contágio nas unidades. “Agora, estamos funcionando apenas internamente, com funcionários e crianças. As visitas foram suspensas e o quadro de funcionários está funcionando por escala. O objetivo é diminuir a circulação de pessoas dentro da casa e garantir que as crianças e profissionais estejam protegidas dentro da unidade”, informa Marina Pinheiro.

Janaína Carvalho, chefe de gabinete da Semcaspi, explica que as novas medidas foram tomadas para viabilizar o acolhimento provisório das crianças institucionalizadas e dar mais segurança a elas. “Estamos seguindo a Portaria nº 1.025/2020 emitida em 20/03/2020, pela 1º Vara da Infância e Juventude, em que ficou facultado às entidades de acolhimento a entrega de crianças e adolescentes para servidores das referidas entidades, ou para famílias cadastradas nos Serviços de Acolhimento em Família Acolhedora, durante toda a situação de emergência em saúde decorrente da Covid-19”, afirma.

Para evitar os possíveis riscos de contágio provenientes do ambiente coletivo, em acordo com os dispositivos legais, a Casa Reencontro, por meio do Serviço de Acolhimento Familiar “Partilhando Cuidado”, está avaliando a situação e dará início dará início ao processo de cadastramento de famílias acolhedoras para que crianças sejam acolhidas temporariamente.

Família Acolhedora

O Família Acolhedora é um serviço ofertado pela Semcaspi que seleciona famílias para acolher temporariamente crianças e adolescentes afastadas do convívio familiar por decisão judicial. O objetivo é oferecer um ambiente afetivo e cuidados aos acolhidos, o serviço dispõe ainda de uma bolsa-auxílio de R$ 500 (ou R$750, caso a criança possua alguma necessidade especial) que deve ser utilizada exclusivamente para o custeamento do bem-estar do acolhido.

Para fazer parte do programa é preciso estar em acordo com alguns critérios, que são: residir em Teresina, ser maior de 21 anos, ter disponibilidade afetiva para cuidar de crianças ou adolescentes, não apresentar problemas psiquiátricos, não ser dependente de substâncias psicoativas e não responder a processo judicial. As famílias interessadas podem entrar em contato com a equipe técnica pelo telefone (86) 3234-1652 ou pelo Instagram @familiaacolhedora1 para mais informações.

Semel realiza atividades com as crianças através das redes sociais

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer realizará, a partir da segunda-feira (27), o projeto “Semel Kids: Brincando com as crianças”. A ação será realizada através das redes sociais com objetivo de oferecer para as crianças que se encontram em isolamento social, uma opção divertida para a prática de exercícios físicos, além de muitas brincadeiras e oficinas.

Os professores de projetos da Semel, Krismary Matos e Lucas Oliveira, estão preparando uma série de atividades voltadas para o público infantil. “Convidamos todas as crianças para se divertirem com a gente durante esse período de isolamento. Teremos muita dança, brincadeiras e oficinas”, destacou a professora Krismary Matos. As lives serão transmitidas ao vivo, de segunda a sábado, das 9 às 10h, no Instagram da Semel: @semelteresina.

Além das crianças, profissionais da secretaria também vêm realizando orientações de exercícios físicos direcionadas para jovens, adultos e idosos. Amanhã (24), o professor Matheus da Silva vai orientar os participantes em transmissão ao vivo, às 18h. A programação das lives da semana segue no sábado (25), no mesmo horário, com a professora Irineuda Dias.

“Nossos profissionais estão realizando atividades simples para estimular a população a praticar exercícios em casa, tendo vista a recomendação das autoridades de saúde para que, quem puder, fique em casa e não promova aglomeração. Além disso, esses exercícios ajudam na manutenção da saúde”, destacou o secretário municipal de Esporte e Lazer, Miguel Rosal.

Valorização do Mérito: equipes escolares da Educação Infantil recebem prêmio por desempenho

Ascom/Semec

Professoras, coordenadoras pedagógicas e diretoras da Educação Infantil de Teresina estão em festa com a VI edição do Prêmio de Valorização do Mérito na Educação Infantil, que oferece um bônus em dinheiro às equipes escolares que tiveram melhor desempenho no ano de 2019. A solenidade de premiação aconteceu hoje (10) no auditório do Tribunal de Justiça.

O momento foi de emoção e comemoração, ao serem anunciados 157 CMEIs premiados, sendo 27 que atingiram 100% no padrão de qualidade. Os valores, que somam R$ 5 milhões, são distribuídos para os profissionais e caem direto em suas contas bancárias, como forma de reconhecimento por todo o esforço. O resultado é com base no desempenho dos alunos do II Período durante as provas do Sistema de Avaliação do Município de Teresina – SAETHE.

 “Acho esse prêmio o máximo, incentiva os professores e até a comunidade”, declara Raimundinha, diretora do CMEI Professora Hildete, na Vila São Francisco. Segundo ela, é um incentivo a mais para sua escola que gosta de estar entre as primeiras. No ano passado, mais de 90% dos alunos desse CMEI foram alfabetizados aos 6 anos de idade. “Cada aluno é importante, por isso não medimos esforços para alcançar o melhor resultado. Para nós, o mais incrível é ver nossas crianças lendo e escrevendo, sonhando em uma comunidade tão carente”, completou.

Segundo a gerente de Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação (Semec), Sammya Ribeiro, as equipes escolares se superam a cada edição do Prêmio. “Muitos CMEIs estão avançando para a maior categoria, o que nos deixa muito orgulhosos. Essa é uma forma de incentivo porque valoriza o trabalho diário dentro das escolas, além de ser um momento de muita comemoração”, disse.

A professora Fernanda Valéria, do CMEI Ramsés Ramos, destaca que é um trabalho em equipe. “Não é só pelo dinheiro, é pelo brilho nos olhos das crianças quando começam a descobrir o mundo. Temos um trabalho bem planejado na escola, e juntos somos parte da melhor educação do Brasil”, vibra.

O secretário municipal de Educação Kleber Montezuma já declarou que essa é uma das festas mais bonitas. Em sua fala, agradeceu a dedicação dos educadores e falou em amor pelo que faz. “Esses profissionais se dedicam de corpo e alma à educação das crianças, o que nos dá ainda mais gás. Se muito já conquistamos, mais vale o que virá”, concluiu.