Dia do Samba será comemorado com campanha de doação no Hemopi

Em Teresina, capital piauiense, o Dia do Samba, que é comemorado todo dia 02 de dezembro, será celebrado de uma forma diferente, é que um grupo de sambistas resolveram se unir para unir o samba e a solidariedade através de uma campanha de doação de sangue denominada “Sou Sambista Sangue Bom”, que será realizada no Hemopi (Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí). A intenção do Piauí Samba, como é conhecido esse grupo de sambista, é ajudar o hemocentro a manter o seu estoque de sangue, já que no ano passado, por conta de ações solidárias, foram recolhidas 44.665 bolsas, representando um aumento de 11,25%, isso comparado aos dados do ano anterior, onde o Hemopi conseguiu 39.644 doações.

Ênio Portela, presidente da  Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC)  comenta que a pasta da cultura tem buscado por orientação do prefeito Dr. Pessoa, a sempre apoiar iniciativas, a exemplo da promovida pelo Grupo Piauí Samba, que contribuem diretamente com o cidadão teresinense que precisa de alimentos, roupas e até mesmo de sangue. Ele diz também que a cultura tem sido exemplo e que por conta disso, a fundação continuará reafirmando o seu compromisso com a solidariedade.

“Neste final de ano estamos apoiando e promovendo diversas atividades solidárias com o intuito de ajudar ao próximo. A população de Teresina vem entendendo o nosso objetivo e como sempre vem ajudando, por isso acreditamos que mais uma vez a Campanha Sou Sambista Sangue Bom, irá contribuir diretamente com o aumento de estoque de sangue do Hemopi”, conta Ênio Portela.

De acordo com o diretor do movimento Piauí Samba, Robert Gleydson, este é um projeto que nasceu da necessidade de mostrar para o público, que além do samba, os sambistas também podem contribuir com o próximo, e segundo ele, a doação de sangue foi uma forma encontrada para dar essa contribuição a sociedade. Ele comenta ainda que desde o seu início, a campanha “Sou Sambista Sangue bom”, vem obtendo resultados positivos e que por isso, a mesma já faz parte do calendário de atividades do Hemopi e da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), que por meio da FMC, segundo ele, tem sido uma importante parceira.

“Durante todo o dia teremos na porta do Hemopi vários grupos de samba se apresentando para o público, é uma campanha linda, pois estamos fazendo algo para ajudar a salvar vidas. Ainda estamos em pandemia, perdemos muitos irmãos, com essa contribuição iremos mais uma vez mostrar que vidas humanas importam”, conta Robert Gleydson, que finalizou convidando a todos a fazerem parte dessa corrente do bem.

A Campanha Sou Sambista Sangue Bom ocorrerá na próxima sexta-feira (02/12), nos turnos manhã e tarde, no Hemopi, que fica localizado na Rua 1° de Maio, 235, Centro/Sul. Após a contribuição, o doador poderá cair no samba com os melhores grupos locais.

Fotos: Ascom FMC

Dia Nacional do Samba será comemorado com concerto da Orquestra Sinfônica

A Orquestra Sinfônica de Teresina (OST) realiza um concerto especial no Teresina Shopping Foto(Ascom/FMC)

O samba é um gênero musical oriundo do Rio de Janeiro (RJ) derivando do samba de roda, um tipo de dança de raízes africanas nascido na Bahia, região Nordeste do país. Apesar de ser um gênero musical resultante das estruturas musicais europeias e africanas, foi com os símbolos da cultura negra brasileira que o samba se alastrou pelo território nacional.

No dia 2 de dezembro é comemorado o Dia Nacional do Samba, uma homenagem ao compositor brasileiro Ary Barroso, autor de “Aquarela do Brasil”. Para celebrar a data desse ritmo genuinamente nosso, a Orquestra Sinfônica de Teresina (OST) realiza um concerto especial no Teresina Shopping, localizado no bairro Noivos, na zona Leste da capital.

O concerto “Na Sinfonia do Samba” será dia 2 de dezembro, a partir das 19h30 na Praça de Alimentação do piso superior do Centro de Compras e Entretenimento. O evento terá entrada franca e contará com a participação dos cantores Paula Milena, Beatriz Rainer e Assis Ferreira.

De acordo com o maestro Aurélio Melo, o objetivo do evento é valorizar o ritmo tipicamente brasileiro adequando de forma harmônica com o erudito da OST. “O samba tem algumas peculiaridades que acabam se tornando inerentes ao músico brasileiro. Assim como jazz tem características que só o músico americano tem no sangue, assim é o samba com o brasileiro. Só nós conseguimos passar sua essência natural, pois é algo que já está em nossa alma”, comenta Aurélio Melo, regente da OST, enfatizando ainda que o concerto já havia sido realizado em 2018 e está sendo reeditado devido ao grande sucesso.

A Orquestra Sinfônica é um projeto cultural mantido pela Prefeitura de Teresina, através de um contrato de gestão entre a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e a Associação dos Amigos da Orquestra Sinfônica de Teresina.