Abrigos de idosos recebem alimentos arrecadados por grupo musical

Seis abrigos de idosos da capital receberam, durante a terceira semana de maio, alimentos não perecíveis arrecadados durante uma live da banda Xenhenhem. Primeiramente, o material foi encaminhado pelo grupo à Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), que dividiu as doações, totalizadas em 20 Kg de açúcar, 1 de fardo de massa de milho e 40 Kg de arroz, entre as unidades.

Receberam os materiais o Abrigo de Idosos Manain, Casa Frederico Ozanam, Fundação Abrigo São Lucas, Casa São José, Lar D’ Santana e Lar das Flores de Maria. Visitas de monitoramento vêm sendo realizadas semanalmente nestes locais, pela equipe técnica da Semcaspi, para realização de um levantamento das suas necessidades específicas.  Representantes dos abrigos se dirigiram ao almoxarifado da Secretaria, no dia de sua disponibilidade, para recebimento dos kits de alimentos.

A ação se junta aos reforços sanitários disponibilizados na primeira semana de maio. As seis unidades receberam kit de EPIs contendo 200 máscaras e luvas, 10 litros de água sanitária e sabonete líquido e cinco litros de álcool em gel. Desde o início da quarentena, as unidades vêm adotando medidas de segurança e de isolamento a fim de evitar o contágio pela Covid-19: as visitas estão suspensas e todos os idosos vacinados.

“Cada casa-lar que possui o município de Teresina abriga segmentos importantes da nossa sociedade: idosos, pessoas com deficiências, crianças. O esforço que a Prefeitura tem realizado, para que o Coronavírus não chegue a esses abrigos é gigantesco, desde o cuidado com os servidores ao acompanhamento e fornecimento constante de equipamentos de proteção individual”, explicou o secretário da Semcaspi, Samuel Silveira.

Teresina Solidária: população já doou 1.100 cestas básicas e PMT disponibiliza nova conta para doações 

A solidariedade do teresinense já permitiu que a Prefeitura recebesse a doação de 1.100 cestas básicas destinadas aos trabalhadores autônomos que estão sendo atendidos durante a pandemia do novo coronavírus. A arrecadação está acontecendo em vários pontos, mas as doações também podem ser feitas através de depósito bancário.

Uma nova conta da Caixa Econômica também está disponível para aqueles que querem ajudar: Agência 1989, Operação 006, Conta Corrente 71.084-9.Uma conta do Banco do Brasil já havia sido disponibilizada pela Semcaspi – Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas: Agência: 3791-5, Conta corrente: 9.854-0 – CNPJ 06.554.869/0001-64.

Ao todo, o Teresina Solidária já distribuiu 4.302 cestas básicas a profissionais de diversas categorias. Entre eles estão taxistas, mototaxistas, carroceiros, artesãos, corretores de carros, trabalhadores do setor de gastronomia e lavadeiras.

Os locais de recebimento das cestas são nas unidades da rede socioassistencial, os Centros de Referência em Assistência Social e os Centros de Convivência, o que facilitou a distribuição. Os atendimentos estão sendo realizados de acordo com as medidas recomendadas para evitar aglomerações. As equipes entram em contato por telefone para informar a aprovação do cadastro e orientar quanto à entrega. O beneficiário deve apresentar documentos de identificação no ato de recebimento.

Teresina Transforma inicia entrega de 200 kits de higiene e alimentação para ONGs cadastradas na plataforma

O Teresina Transforma, frente local alinhada ao Transforma Brasil, iniciou na última sexta-feira (17) a entrega de 200 kits de higiene e alimentação direcionados a ONGs inscritas na plataforma de voluntariado do projeto. A ação foi possibilitada por doações feitas a um fundo nacional, mobilizado pela iniciativa, e deve beneficiar famílias em situação de vulnerabilidade indicadas pelo Centro Social Padre Arrupe, Casa Esperança e Vida, Restaurando Sonhos e Associação da Juventude do Piauí. O objetivo é atenuar os efeitos da suspensão de atividades causados pela pandemia da Covid-19.

“Em momentos como o que vivemos, esse projeto tem sua importância reforçada, ao fortalecer o altruísmo e o voluntariado através da plataforma. Ficamos muito felizes em poder contar com essa iniciativa tão valiosa em nossa cidade”, destacou o secretário Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, Samuel Silveira.

As doações do fundo nacional do Transforma Brasil, além de Teresina, foram para outras cidades do Brasil. “Teresina inicia o ciclo das doações com esses 200 kits de alimentos e limpeza, para famílias assistidas por projetos sociais e ONGs cadastradas na plataforma Teresina Transforma. Estamos juntos nessa corrente de solidariedade pelos os que mais necessitam” explicou a Débora Ferraz, gerente de políticas integradas da Semcaspi e coordenadora do projeto.

Ao todo, serão 2650 doações divididas entre nove estados. As entidades teresinenses contempladas começaram a repassar os kits de apoio às famílias desde o último sábado (18). O processo de recebimento, dividido em entregas domiciliares e na sede, deve ser finalizado na quarta-feira (22).

Embora, de início, a operacionalização da entrega contasse com vouchers, a serem disponibilizados diretamente aos beneficiados para retirada dos kits em mercadinhos locais, foi considerada a dificuldade de mobilidade que pode estar sendo experienciada pelas famílias. Buscaram-se então soluções que facilitassem ainda mais o cumprimento do isolamento social em prevenção a Covid-19.

Antônio Wilson Soares, um dos voluntários presentes durante a entrega, conheceu o Transforma através do projeto Restaurando Sonhos, uma das iniciativas contempladas pela ação. “Já tinha o hábito de trabalhar com ações beneficentes e decidi me inscrever. Tem sido muito bom, a cada dia tenho crescido como ser humano”, avaliou.

O voluntário acrescentou que são ações assim que levam um pouco de esperança, dignidade e fé para as pessoas. “Percebi que podemos fazer tanto, e às vezes algo que parece ser pouco para alguns, como uma cesta de alimentos, seja o bem mais precioso para outras famílias. Quando a sociedade compreender que ações como essas devem ser feitas sempre, o mundo será bem melhor”, concluiu Antônio Wilson.

O Teresina Transforma é uma plataforma online de voluntariado mantida pela Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi). Para saber como ser um voluntário ou cadastrar seu projeto social basta acessar o link https://teresinatransforma.pmt.pi.gov.br/

 

Teresina Solidária passa a receber doações em dinheiro

Além das doações de alimentos e cestas básicas, a campanha Teresina Solidária está disponibilizando uma conta bancária do Banco do Brasil para receber doações em dinheiro. É mais uma alternativa para as pessoas que desejam ajudar os trabalhadores autônomos que suspenderam suas atividades em cumprimento às medidas de combate ao novo coronavírus.

Quem tiver interesse em doar qualquer quantia, pode depositar no Banco do Brasil na conta “Conta PMT Teresina Solidária”, Agência 3791-5, conta corrente 9.854-0, CNPJ 06.554.869/0001-64.

“Depois do lançamento do Teresina Solidária, várias pessoas nos procuraram manifestando seu desejo de ajudar, mas não poderiam fazer isso por meio de uma cesta básica e tinham desejo de fazer através da doação de um recurso financeiro. E pensando nas circunstância, geramos uma conta da Prefeitura para receber exclusivamente esse tipo de doação, com destinação própria para o Teresina Solidária. É a cidade, mais uma vez, abraçando a vontade de fazer mais pelo próximo”, disse Samuel Silveira, da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

O Teresina Solidária está recebendo as doações de gêneros alimentícios e cestas básicas desde sábado (28) em dois pontos de recolhimento, no horário das 8h às 13h, no Centro Paroquial de Fátima, localizado na Praça D. Avelar – Bairro de Fátima, e no depósito da Semcaspi, na Rua Pedro Freitas, nº 1995 – Bairro São Pedro.

Os donativos serão entregues às famílias pela rede de solidariedade cumprindo todo o protocolo de higienização das equipes da organização, formadas por servidores do município e representantes de entidades de assistência social. Todo o trabalho dos envolvidos na ação está sendo feito por escala e com uso de equipamentos de proteção individuais recomendados pelos órgãos de saúde.

As famílias que desejarem requerer o benefício, podem acessar a plataforma de cadastro que será disponibilizada no site da Prefeitura (www.teresina.pi.gov.br), colocando suas informações socioeconômicas básicas. As declarações passarão pela análise de técnicos da Semcaspi.

FMS recebe doações de equipamento de proteção individual de entidades e empresas

Semcom

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) tem recebido doações de diversas empresas e entidades para contribuir no combate ao COVID-19. O material, usado para proteção dos profissionais de saúde está sendo distribuído entre a atenção básica, hospitais e UPAs de Teresina.

Na tarde desta quinta-feira (26), o prefeito Firmino Filho, acompanhado da deputada estadual Lucy Soares, visitou a fábrica Guadalajara e agradeceu a todos pelo gesto de solidariedade. Ele ressaltou que, iniciativas como essas sempre são bem vindas e vêm para somar com os esforços da FMS, que está adquirindo equipamentos para a proteção dos profissionais da linha de frente, cujo trabalho só pode ser realizado com a devida proteção. “Fico feliz que, no meio de tantas dificuldades que estamos passando, encontramos gestos de solidariedade como esse. Agora, nossos enfermeiros e médicos estarão protegidos graças a essa atitude tão bonita da empresa e de seus colaboradores”, agradeceu.

Desde a última terça-feira (24), 50 profissionais entre costureiras, cortadores e embaladores da empresa Guadalajara produzem cerca de 700 aventais por dia. A maioria dos colaboradores moram próximo a fábrica e não fazem parte do grupo de risco da doença. A empresa já produziu e entregou 1.750 máscaras e 50 capotes, que são aventais usados durante procedimentos a fim de evitar a contaminação da pele e roupa do profissional.

Durante a visita, a presidente da empresa Guadalajara, Cláudia Claudino, ressaltou que está feliz em poder colaborar e que todas as medidas recomendadas pelos órgãos de saúde estão sendo adotadas. “Tivemos essa iniciativa porque acreditamos que esse é um momento de muita solidariedade. Precisamos unir nossas forças, nossos corações e pensar naqueles que estão precisando”, frisou.

Nesta semana, a FMS também recebeu a doação de 100 unidades de protetores de face do Conselho Regional de Odontologia a serem usados durante os atendimentos. O Conselho também distribuiu o material para profissionais de odontologia que manifestaram interesse.

Já as empresárias Andressa Leão e Georgia Lau doaram 250 protetores – que foram distribuídos entre profissionais da atenção básica, saúde bucal e UPA do Renascença – além de estarem confeccionando aventais com 350 metros de TNT recebidos por doação de empresas como a Shopping Gráfica e doações de moradores do Condomínio Aldebaran.

Suyá Mendes, coordenadora Regional de Saúde Sudeste da FMS, explica que os profissionais da área da saúde devem seguir os protocolos padrões de atendimento a pacientes com suspeita ou caso confirmados de coronavírus (COVID-19), segundo orientações do Ministério da Saúde. “O profissional deve usar equipamento de proteção individual (EPI): protetor ocular ou protetor de face; luvas; capote/ avental/ jaleco e máscaras”, disse.

Projeto Banda Escola recebe doações do Programa Lagoas do Norte

Ascom/FMCMC

O projeto Banda Escola receberá repasses para a compra de novos instrumentos. Em reunião na manhã desta terça-feira (10), no Palácio da Música, representantes do Programa Lagoas do Norte e da Fundação Monsenhor Chaves discutiram a distribuição dos itens, que visam desenvolver ainda mais atividades de inclusão social, oferecendo oportunidades para jovens em situação de vulnerabilidade na região Norte da capital.

O Programa Lagoas do Norte é constituído por três componentes: o primeiro é voltado para a modernização e desenvolvimento urbano; o segundo é focado na questão urbanística-ambiental da região; e a terceira parte é revertida para o desenvolvimento econômico e social, dando apoio à iniciativas como o projeto Banda Escola. Por meio da aquisição de novos equipamentos musicais e buscando ampliar a capacidade de atendimento, esse incentivo é importante para educação e cultura dos jovens assistidos.

“Esse apoio é fundamental, pois mais crianças terão a chance de aprender e poder ingressar na vida musical, além de podermos desenvolver ainda o lado intelectual e humano deles. Isso vai marcar a vida desses jovens”, conta Gustavo Cipriano, coordenador do projeto Banda Escola.

Sendo uma das grandes atrações do Desfile de 7 de Setembro, o projeto Banda Escola da Prefeitura de Teresina, desenvolvido pela Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), atende mais de 400 crianças e adolescentes das escolas municipais. Ele visa a integração social de jovens da periferia da cidade através da música, priorizando aqueles que estão com baixo rendimento escolar, distorção de idade ou que se encontram fora da escola.

Neste ano, o Banda Escola celebra os seus 31 anos de formação de músicos. De caráter comunitário e inclusivo, cada participante tem a oportunidade de aprender um instrumento musical de sopro ou percussão que compõe a estrutura da banda de música que já faz parte do coração de Teresina.

Campanha segue recebendo donativos para famílias atingidas pela chuva em Teresina

Nos primeiros dias da campanha “Inthegra Teresina: A solidariedade pede passagem”, os teresinenses contribuíram com mais de 200 itens doados. Desenvolvida pela Prefeitura de Teresina, a campanha que iniciou na última terça-feira (8) e segue até este domingo, dia 14, tem como objetivo mobilizar a população para ajudar as vítimas de alagamentos na cidade.

As doações podem ser entregues nos terminais Rui Barbosa, Buenos Aires, Bela Vista, Parque Piauí, Livramento e Itararé. Os itens para doações de maior urgência são: material de limpeza e higiene pessoal, água potável, leite em pó e material escolar.

“Vamos seguir com a campanha até cinco da tarde deste domingo nos terminais de integração da cidade. Contamos com a sensibilidade e solidariedade da população para que ainda possamos arrecadar material de limpeza, higiene pessoal e material escolar que são itens necessários às famílias atendidas pela Prefeitura de Teresina”, pontua a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.

As equipes de voluntários seguem nos terminais de integração recebendo as doações. Outras pessoas que também tem  interesse em participar da campanha, podem entrar em contato pelos telefones (86) 3221 1081 e (86) 3233 3961.

População comparece e doa em campanha “Inthegra Teresina”

No primeiro dia da campanha “Inthegra Teresina: A solidariedade pede passagem”, foram contabilizados 85 volumes doados. A campanha, que teve início nesta terça-feira (9), tem como objetivo mobilizar a população para ajudar as vítimas de alagamentos na cidade. As doações podem ser entregues nos Terminais Rui Barbosa, Buenos Aires, Bela Vista, Parque Piauí, Livramento e Itararé.

Os donativos podem ser entregues nos horários de 7h às 19h, de segunda a sexta, e das 9h às 17h, no final de semana. Os itens para doações de maior urgência são: material de limpeza e de higiene pessoal, água potável, leite em pó, fraldas geriátricas e material escolar.

“Esta iniciativa da Prefeitura em fazer dos terminais de integração pontos de coleta de donativos é muito boa porque facilita pra quem quer doar e não tem como se deslocar para outros pontos da cidade. Eu ajudei e falei com familiares e amigos para fazerem a mesma coisa. Tem muita gente precisando”, afirma a estudante Aline Gomes, que fez sua doação no Terminal Livramento na região do Grande Dirceu.

As equipes que estão presentes nos terminais recebendo as doações são formadas por voluntários de várias secretarias da Prefeitura de Teresina. Quem tiver interesse em participar da campanha pode entrar em contato pelos telefones (86) 3221 1081 e (86) 3233 3961.

“Qualquer ajuda é valiosa. As pessoas podem colaborar com alimentos, material de higiene pessoal, água e leite. No primeiro dia, mais de 80 volumes foram doados. A nossa expectativa é que a população colabore ainda mais nos próximos dias”, explica a presidente da Fundação Wall Ferraz, Samara Pereira.