Equipes de educação ambiental atuam em plataformas online durante a pandemia

Devido à pandemia da Covid-19, as ações de educação ambiental desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Habitação (Semduh) ganharam nova proposta e agora são realizadas de forma digital, com divulgação de vídeos nas redes sociais, grupos de WhatsApp das escolas, grupos de condomínios e estabelecimentos cadastrados junto à secretaria.

“A divulgação da coleta seletiva era feita por meio de palestras, teatro infantil, oficinas de reaproveitamento de materiais e visitas porta a porta em condomínios residenciais, empresas e escolas. Isso já fazia parte da rotina das equipes de educação ambiental. O momento pede uma mudança e reestruturação na forma de passar essas informações, assim, as plataformas digitais surgiram justamente como uma resposta positiva que permite essa atuação de uma maneira segura para os colaboradores e para o teresinense”, explica o secretário executivo da Semduh, Vicente Moreira.

Os vídeos trabalham de forma bem humorada a importância da destinação correta de materiais como vidro, plástico, metal e papel, orientando a população sobre como e onde descartá-los. “Toda semana é divulgado pelo menos um vídeo diferente. Reforçamos os locais onde existem os 21 Postos de Entrega Voluntária (Pevs), quais materiais são recebidos e quais não são permitidos, por exemplo. Além de tutoriais ensinando a reaproveitar material reciclável em casa. A nova ideia tem sido bem aceita, temos recebido áudios de agradecimentos e algumas escolas estão repercutindo os vídeos em suas redes sociais para alcançar ainda mais público”, destaca a Jeanne Leal, educadora ambiental.

Para receber o material digital das equipes de educação ambiental, basta solicitar pelos números de telefone (86) 98104-6797 e (86) 98130-7739.

Aluna da Escola Municipal José Carlos recebe premiação nacional de concurso

Hoje (28) foi dia de festa na Escola Municipal Professor José Calos, zona norte de Teresina. Na  escola estuda a vencedora nacional do Concurso de Redação do Programa de Educação Ambiental. Bruna Ruthyelly Sá de Freitas, aluna do 5º ano, escreveu a melhor redação do Brasil entre quase 250 mil textos participantes.

Mais de 2 mil escolas de 23 estados participaram do Programa este ano, envolvendo 12.700 professores, com 9 mil kits educativos distribuídos. Em Teresina, a ação é promovida pela Associação do Comércio Agropecuário do Piauí (ACAPI) em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semec).

Com o destaque da aluna a nível nacional, a escola e a professora também foram premiadas. Segundo a gestora da E.M. José Carlos, Adomita Nogueira, a iniciativa foi abraçada pelos professores e alunos com uma série de atividades que destacam a preservação ambiental. “É uma temática de extrema importância, por isso fizemos questão de participar. E qual foi nossa alegria em ter uma aluna campeã?! Motivo de muito orgulho para todos nós”, declara.

Bruna recebeu a premiação das mãos do secretário municipal de Educação Kleber Montezuma e do presidente da ACAPI Tertuliano Junior. Além de uma placa comemorativa e um notebook, a menina ganhou uma bicicleta, como forma de reconhecimento da conquista. Bruna foi a primeira piauiense a vencer essa competição a nível nacional.

“Mostra como temos talentos nas nossas escolas. Espero que ela possa continuar trilhando esse caminho de vitórias e influenciar os colegas na leitura, escrita e na busca por novos desafios”, disse Montezuma.

Tertuliano Júnior conta que já esperava a premiação para Teresina. “As escolas do município fazem um trabalho de excelência, por isso chegávamos bem perto nos anos anteriores. Não é a toa que a capital é a número um do país em educação”, elogia o presidente da ACAPI. Para ele, a ação vem contribuindo positivamente no processo de conscientização da população. “Temos sérias políticas de gestão dos resíduos sólidos, mas tudo é parte de um processo coletivo, por isso devemos iniciar essa conscientização na escola”, completa.

Quem também está orgulhoso da conquista da Bruna Ruthyelly é seu pai Osiel Alves, que sempre acompanha as atividades da menina. “Me sinto muito feliz por essa vitória em meio a tantas dificuldades. Revela como a escola pública funciona bem. Sempre busquei incentivar a leitura, que é um caminho para crescer”, finalizou Osiel.

 

Aluna de Teresina vence concurso nacional de Educação Ambiental

Ascom/Semec

Ruthyelly Sá de Freitas, aluna do 5º ano da Escola Municipal Professor José Carlos, foi a primeira piauiense a vencer o Concurso de Redação promovido pelo Programa de Educação Ambiental (PEA), uma iniciativa do Sistema Campo Limpo, através do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV) e Associação do Comércio Agropecuário do Piauí (ACAPI).  A premiação acontece nesta quinta-feira (28), às 9h, na Escola Municipal Professor José Carlos.

No ano de 2019, o Programa foi desenvolvido nas escolas municipais de Teresina, promovendo a reflexão dos estudantes sobre questões ambientais, especialmente a cerca da gestão dos resíduos sólidos. Milhares de alunos foram desafiados a produzir redações e desenhos sobre o tema, a fim de competirem com estudantes de todo o país.

Na redação campeã, Bruna fala um pouco da realidade da sua comunidade e como as pessoas podem contribuir para um mundo mais sustentável. Segundo a professora Taynam Evangelista, que orientou a estudante na produção do texto, a conquista é motivo de orgulho para toda a escola.

“Debatemos bastante o assunto e podemos ver os alunos se colocando como parte desse processo de cuidado com o meio ambiente. A redação da Bruna entre as melhores do país nos deixa bastante felizes e orgulhosos”, declara.

Aluna de escola municipal de Teresina vence concurso nacional sobre educação ambiental

Ascom/Semec

A redação escrita por Bruna Ruthyelly Sá de Freitas, aluna do 5º ano da Escola Municipal Professor José Carlos, no bairro Real Copagri, foi a campeã do concurso promovido pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV). Essa é primeira vez que um estudante do Piauí vence a etapa nacional do concurso.

O desafio veio a partir da adesão da Secretaria Municipal de Educação (Semec) ao Programa de Educação Ambiental Campo Limpo (PEA). O coordenador da ação em Teresina e Timon, Jorge Aguiar, percorreu escolas municipais distribuindo kits pedagógicos e mobilizando os estudantes para produzirem desenhos e redações sobre a gestão dos resíduos sólidos.

Mais de dois mil alunos da Rede Municipal de Teresina participaram da etapa regional. Dois estudantes foram selecionados para representar o estado na fase final. A redação da Bruna, que leva o tema “Minha parte na gestão dos resíduos sólidos”, foi eleita uma das três melhores do Brasil. A menina foi orientada pela professora Taynam Evangelista.

Para a coordenadora de Educação Ambiental da Semec, Audea Lima, a conquista merece ser comemorada e estimula outros jovens.

“Temos feito um trabalho de diálogos e práticas relacionadas ao meio ambiente nas escolas, e os alunos estão cada vez mais envolvidos na temática. Podemos somar isso ao fato dos talentos que são cultivados em sala de aula, onde praticam muita leitura e escrita, assim tivemos a honra de uma aluna contemplada com o prêmio maior. A coordenação regional sonhava com essa conquista para o Piauí, estamos bastante contentes”, declara.

Segundo Jorge Aguiar, a Associação do Comércio Agropecuário do Piauí (ACAPI) deve marcar em breve uma solenidade de entrega dos prêmios para a aluna, a professora e também a escola.

Alunos da educação infantil aprendem sobre coleta de lixo

Ascom/Semec

Os alunos do Centro Municipal de Educação Infantil Ramsés Bahury de Sousa Ramos, localizada no bairro Bom Principio, zona Sudeste de Teresina, receberam a equipe de Educação Ambiental do Consórcio Teresina Ambiental, (CTA), que realizou uma palestra através do teatro com a temática ‘Coleta seletiva de resíduos domésticos’ para as crianças.

Segundo Fernanda Macedo, vice-diretora do CMEI, as crianças aprenderam de forma dinâmica sobre a importância da reciclagem, coleta seletiva e consciência ecológica.

“Nossos alunos se envolveram com as atividades propostas pelo grupo. Os profissionais utilizaram o teatro para ensinar de forma divertida e criativa por que é importante destinar o lixo no local correto e sobre o reaproveitamento. As crianças conseguem aprender de forma mais rápida quando são estimuladas com diferentes recursos pedagógicos. E o teatro e personagens deixam as crianças mais concentradas, facilitando assim o aprendizado”, explica.

Na ocasião, os alunos observaram os profissionais demonstrarem como confeccionar brinquedos utilizando matérias que podem ser reutilizados.

Alunos recebem premiação do Programa de Educação Ambiental 2019

No mês de agosto comemora-se o Dia Nacional do Campo Limpo, uma data que destaca a importância da logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas no Brasil. Em Teresina, uma série de ações ajudam a conscientizar a população sobre a preservação ambiental nesse aspecto. Com o apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), o Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev) realizou, nesta quarta-feira (14), a premiação de um concurso que contou com a participação de alunos da Rede Municipal de Ensino.

Essa é a 4ª edição do Programa de Educação Ambiental (PEA) nas escolas municipais de Teresina. A realização é da Associação do Comércio Agropecuário do Piauí (ACAPI), integrante do Sistema Campo Limpo. Além de levar propostas de atividades para os alunos do 4º e 5º ano do ensino fundamental, a Associação desafiou 2.035 estudantes a produzirem textos e desenhos sobre a temática.

Segundo o coordenador do Programa, Jorge Aguiar, a ação nas escolas superou as expectativas. “O principal legado é despertar a consciência ambiental nas crianças, e pelos trabalhos que recebemos esse objetivo foi super alcançado. Estamos muito felizes com o resultado”, avaliou.

Os melhores trabalhos de cada unidade de ensino foram premiados diante de um público animado. O Isaac, da Escola Municipal Nossa Senhora da Paz, e a Bruna, da Escola Municipal José Carlos, foram os primeiros colocados do município em desenho e redação, respectivamente. A dupla vai representar Teresina no concurso nacional e pode ganhar prêmios ainda maiores.

O evento foi animado pelo analista do Núcleo de Educação Ambiental do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), Fabiano Pessoa, que faz um trabalho lúdico de destaque para ensinar as crianças sobre preservação da fauna e flora. Para a coordenadora de Educação Ambiental da Semec, Audea Lima, parcerias como essas somam para a formação humana dos alunos.

“Foi um verdadeiro sucesso. As crianças ficam empolgadas, aprendem muito e fazem questão de participar. As parcerias engrandecem o trabalho que as escolas fazem no sentido de formar uma rede de boas práticas pela preservação ambiental”, finaliza Audea.

Dia D de Educação Ambiental realiza exposição de peças produzidas com material reaproveitável

Ascom/ semduh

As celebrações em alusão ao aniversário de 167 anos de Teresina acontecem durante o mês de agosto e animam a população. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) realizou na manhã desta sexta-feira (09), a quarta edição do Dia D de Conscientização Ambiental, no Shopping da Cidade, Centro da capital.

As atividades desenvolvidas pelas equipes de educação ambiental da Semduh foram focadas no reaproveitamento de materiais recicláveis, com uma exposição de peças inspiradas na cidade, itens de decoração e acessórios de uso pessoal feitos com materiais reaproveitados, como também uma ação de Blitz Ambiental e entrega de Kit Lixocar para os motoristas que passavam pela Av. Maranhão.

“A ação de conscientização é voltada para adultos e crianças sobre a importância de reduzir a quantidade de resíduos que cada um produz, incentivar a adesão à coleta seletiva e o reaproveitamento de recicláveis com o intuito de preservar o meio ambiente e a nossa cidade. Além disso, foram entregues brindes especiais para os visitantes da exposição”, ressaltou a supervisora de limpeza pública da Semduh, Michelly Noleto.

Conceição Lopes, que passava pelo Shopping da Cidade, ficou encantada com a exposição. “Muito interessante ver esses símbolos que representam tanto nossa Teresina, feitos com jornal. O que iria para o lixo virou arte”, comentou a visitante.

 

Parque da Cidadania vai receber 2ª edição do MovimenThe

Ascom/Semam

O Parque Estação Cidadania vai ser o ponto de confluência de muita música, lazer, esporte, artesanato, gastronomia e entretenimento durante a 2ª edição do MovimenThe, que acontecerá neste sábado e domingo, dias 29 e 30, a partir das 17 horas. Organizado com o envolvimento de diversos órgãos da Prefeitura de Teresina, o evento contará com uma vasta programação gratuita, a fim de atrair diversos públicos para o parque, considerado como um dos principais espaços de socialização da capital.

Com o apoio midiático do Grupo Meio de Comunicação, o MovimenThe vai contribuir, sobretudo, para despertar a sensação de pertencimento à cidade, o que inclui os espaços construídos para uso coletivo. “Além de movimentar como o próprio nome faz referência, o evento vem com a proposta de fazer com que a população se sinta pertencente à cidade, que aproprie dos espaços públicos, a exemplo do Parque da Cidadania, e ajude a preservá-los”, pontua o titular da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam), Olavo Braz.

Além da Semam, o evento conta com envolvimento da Secretarias Municipais de Esportes e Lazer (Semel), de Economia Solidária (Semest), de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e de Comunicação (Semcom), e Fundações Wall Ferraz (FWF) e de Cultura Monsenhor Chaves (FCMC).

Durante os dois dias, a programação inclui shows musicais com artistas da nossa terra, a partir das 18 horas. No sábado, o cantor Damásio Neto comandará o palco, levando um repertório bem dançante, e no domingo a agitação ficará por conta do artista Vitor Amaral.

Outro atrativo para o público será uma feira de exposição e comercialização de peças artesanais feitas nos Centros de Produção de Teresina, que contribuirá para dar mais visibilidade para o trabalho desenvolvido pelos microempreendedores desses espaços.

Para a criançada, o evento vai oferecer serviços de artesanato infantil e pintura de rosto, atividade que será inteiramente acompanhada por profissionais, a fim de garantir o bem-estar e alegria dos pequenos.

Educação ambiental será um dos destaques

Para estreitar o contato e sensibilizar o público sobre a necessidade de preservar o meio ambiente, a Semam dará destaque ao seu trabalho de educação ambiental, que será disseminada por meio da distribuição de folders informativos sobre diversas temáticas e entrega de mudas de plantas frutíferas e nativas.

“Já que o evento será promovido em contato com a natureza, é muito pertinente e necessário realizarmos esse trabalho de sensibilização sobre o meio ambiente, fazendo com que o público volte mais seu olhar para a questão ambiental, afinal, cuidar é papel de todos”, acrescenta o secretário Olavo Braz.

Atletas serão premiados durante evento

Nas atividades esportivas, os atletas amadores terão a possibilidade de formar seus times e escolher uma das nove modalidades oferecidas, a exemplo do Futebol, Fut 7, basquete, tênis de mesa, skate, passeio ciclístico, esgrima, capoeira e patins. Além disso, o atletismo será contemplado na Volta da Cidadania, com percurso de 5 km, na Avenida Miguel Rosa, tendo o parque como ponto de largada e chegada.

Os atletas que mais se destacarem em suas respectivas modalidades serão agraciados com premiações e entrega de medalhas e troféus durante o evento.

Concursos revelarão talentos da música e gastronomia

O MovimenThe também terá espaço reservado para a final do Canta Bairro, concurso de calouros que tem o objetivo de valorizar as manifestações culturais e revelar novos talentos da música local. Seis candidatos se apresentarão para o público e terão suas vozes avaliadas pelo júri técnico.

Outra iniciativa que pretende revelar talentos durante essa edição do evento é o Teresina Chef, concurso que vai reunir apaixonados por gastronomia com a missão de criar pratos temáticos incluindo ingredientes que fazem parte do cardápio dos teresinenses.