Matrículas abertas para Educação Infantil na Rede Municipal de Teresina

Teve início nesta segunda-feira (23) o período de matrículas para novos alunos nas unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina. Este ano, 64 escolas também estarão com inscrições online, permitindo aos pais ou responsáveis efetivar todo o processo sem sair de casa, por meio do sistema Sigma Online.

Fotos: Ascom Semec

Inicialmente, as vagas são destinadas ao público da Educação Infantil. A partir do dia 30 de janeiro também estarão liberadas as novas matrículas para o Ensino Fundamental, do 1º ao 9º ano. Outra novidade da Secretaria Municipal de Educação (Semec) foi a liberação das vagas de Maternal I e Maternal II ainda no mês de janeiro, antecipando a formação de turmas para uma das maiores demandas educacionais do município.

No Centro Municipal de Educação Infantil Vila Mariana Fortes, zona Sudeste, o fluxo de pais foi intenso na manhã do primeiro dia de matrícula. A diretora Joselene Fontinele conta que organizou a equipe para receber e informar toda a comunidade sobre as etapas de inscrição.

“Temos recebido muitos pais para realizar a matrícula e também para informações, tudo dentro da normalidade, nos preparamos para atender essa demanda”, disse a gestora.
No CMEI Luterano, localizado na zona Sul de Teresina, o cronograma também corre como o esperado. “Demos agilidade ao processo logo nas primeiras horas do dia, mas ainda temos vagas para serem preenchidas, priorizando sempre as crianças da região”, conta a diretora Ana das Neves.

Para efetivar a matrícula é preciso apresentar carteira de trabalho ou recibo de pagamento ou contracheque ou declaração do empregador (cópia) ou autodeclaração de empregado; comprovante de residência com CEP; cartão do programa bolsa família (cópia); cartão de vacina (cópia); cartão do SUS (cópia); e certidão de nascimento da criança.

Assentamento solicita abertura de turmas de educação infantil

Organizados na zona rural sul de Teresina, os moradores do Assentamento 17 de Abril solicitaram uma reunião com o secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, a criação de um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) para atender as crianças do povoado.

A proposta foi apresentada ao Secretário, juntamente com o secretário executivo de Ensino , professor Reinaldo Ximenes e equipe técnica que ouviram. A reunião foi realizada na Escola Lucas Meireles.

Os moradores, juntamente com a equipe pedagógica da unidade escolar estadual, apresentaram s necessidade da demanda da comunidade, oportunidade em que entregaram um abaixo-assinados, como a estatística demonstrando o número de alunos.

O secretário Nouga Cardoso propôs um estudo de uma parceria dentro da unidade, sendo criado dentro da Unidade Lucas Meireles, um anexo do CMEI Chapadinha Sul, assim atendendo a demanda daquela região e melhor dividindo os estudantes.

CMEI Chapadinha Sul

O CMEI Chapadinha Sul também foi visitado na manhã desta quarta-feira (11) pelo secretário e a equipe técnica da Semec. Com o intuito de vistoriar, como também alinhar a estratégia de possível funcionamento unificado das duas unidades, o secretário Nouga Cardoso alinhou com a diretora Dânia Pereira o necessário para o bom retorno das aulas.

A diretora pontuou a revitalização da iluminação do CMEI, como o estudo do possível aumento de atendimento para melhor acolher mais crianças da comunidade.

Fotos: Ascom Semec

Secretário Nouga participa de celebrações de Natal nas escolas

Com a chegada do período natalino, as unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina estão organizando ações recheadas de emoção. Nesta terça-feira (20), o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, e o secretário executivo de Ensino, Reinaldo Ximenes, encaixaram na agenda um momento para prestigiar duas apresentações ensaiadas com as crianças.

No Centro Municipal de Educação Infantil Parque Firmino Filho, zona Norte, o “Conto de Natal” foi marcado por expressões artísticas variadas, começando com uma dança de Natal da turminha do Maternal. Na oportunidade, o secretário Nouga desejou boas festas para toda a comunidade escolar e aproveitou para anunciar novidades.

“Essa é uma época bem feliz e fico satisfeito de poder partilhar momentos assim na escola. Aproveito para garantir o atendimento de algumas demandas feitas pela diretora Ingryd, como a construção de uma refeitório e a troca de todo o mobiliário que era utilizado no espaço anterior. Bem como a construção de um parquinho para as crianças”, declarou Nouga, que foi aplaudido pelos pais.

No CMEI Planalto Uruguai, zona Leste, o “Recital Natalino” reviveu as músicas típicas desse período, com mensagens de solidariedade, fraternidade e amor. As turmas também realizaram apresentações ensaiadas por semanas, emocionando pais e professores.

Para Ximenes, essa é uma oportunidade de alinhar aprendizado e bons sentimentos, criando um clima acolhedor na escola. “Momento de alegria e gratidão. As escolas estão de parabéns, ensinando para as crianças o verdadeiro sentido do Natal e trazendo a família para essas ações”, concluiu.

CMEIs e escolas municipais de Teresina celebram o natal

Dezembro é o mês natalino, momento de celebração da esperança, da solidariedade e da harmonia entre todos. O espírito natalino é envolvido especialmente pela alegria. Para comemorar o natal, os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e as escolas da Rede Municipal de Ensino de Teresina prepararam uma programação bastante festiva e animada que envolveu professores e alunos.

A Escola Municipal Santa Maria, localizada na zona Leste, comemorou o natal com distribuição de presentes, apresentações artísticas e leitura de poemas, deixando o público emocionado. O evento contou com a presença do secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso.

Para a diretora da Escola Municipal Santa Maria, Elizângela de Moura, “podermos celebrar esse momento é algo que nos deixa bastante emocionados. O envolvimento das famílias e dos nossos alunos é algo contagiante. Vivenciamos um momento inesquecível marcado especialmente pela emoção”.

O CMEI Professora Noélia Maranhão da Costa e Silva, localizada na zona Leste, realizou a Cantata de Natal, onde foi explicado para as crianças o verdadeiro sentido do natal. As crianças se apresentaram com musicais e as famílias assistiram com muita alegria e empolgação. Ao final, o CMEI recebeu a visita do Papai Noel, que fez a distribuição de livros.

“A escola é nova, está no primeiro ano de funcionamento, mas pretendemos repetir o evento que fará parte do nosso calendário escolar. Nosso evento permitiu um momento de socialização entre todos que fazem a nossa comunidade escolar, irmanados no espírito natalino”, falou a diretora Ana Cristina Magalhães.

CMEI Jorge Amado promove encontro de inclusão com profissionais e a comunidade escolar

Amor, atenção, dedicação e atitude são palavras-chaves que estão guiando as ações do Centro Municipal de Educação Infantil Jorge Amado em uma perspectiva mais inclusiva. Em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semec), o CMEI realizou o Encontro da Inclusão: pais, crianças e educadores.

A proposta é unir forças por uma educação inclusiva, com capacitações e toda a comunidade sensível às necessidades dos alunos com deficiência. O encontro contou com a participação da equipe da Divisão de Educação Inclusiva da Semec, que destacou todos os trabalhos que estão sendo realizados nessa área, com uma série de avanços, mas também desafios.

“Todos os nossos esforços são no sentido de mostrar como as crianças precisam ser tratadas em suas peculiaridades, a partir de uma rede que compreende suas diferenças e sabe como incluir da forma real”, explica Amanda Kárdia, coordenadora da Divisão de Educação Inclusiva.

A programação também incluiu um bate-papo com a terapeuta ocupacional Priscila Cristiane, com o psicólogo Renato Mendes e depoimentos das famílias dos alunos.

“Foi um momento rico, de construção coletiva e muito aprendizado. Esse olhar sensível e compreensivo mostra como a educação pública municipal está aberta a um novo modelo de inclusão, com a participação ativa de todos”, conclui a pedagoga do CMEI, Rosana Carvalho.

Crianças treinam habilidades antes de realizar teste de nível

Alunos do I Período do Centro Municipal de Educação Infantil Professora Maria Osmarina Moura, participaram de uma atividade proposta de preparação para o desempenho na realização do último teste de nível do ano de 2022, que acontece no final de novembro.

Os alunos são avaliados a partir da leitura de um texto e da escrita observada em resposta a um teste padrão elaborado pela equipe de Formação da Secretaria Municipal de Educação (Semec). Os testes consideram a idade e realidade escolar dos alunos, são classificados em quatro padrões de desempenho estabelecidos pela Rede: Abaixo do básico, Básico, Adequado e Avançado. Todos os Centros Municipais de Ensino Infantil participam do monitoramento.

Através da testagem dos níveis de leitura e escrita é possível diagnosticar o desempenho dos alunos e reavaliar práticas pedagógicas, visando a melhoria no processo de ensino e aprendizagem. Os testes também permitem uma comparabilidade da evolução do aluno, da escola e da Rede ao longo do ano.

“As atividades de preparação motivam as crianças e colaboram para proporcionar resultados mais expressivos no teste de nível realizado pela Rede, incentivando os pequenos para que se envolvem ainda mais com a atividade proposta”, disse a diretora do CMEI Osmarina, Janaina Caland.

Para Sarah Carvalho, coordenadora de Avaliação da Semec, a participação dos alunos tem evoluído ao longo do ano.

“Algumas situações enfrentadas este ano impossibilitaram um resultado mais fidedigno, ainda sim evoluímos ao longo quanto a participação e também nos resultados. Temos melhorado o nosso quantitativo de alunos em todos os níveis, demonstrando um resultado satisfatório da formação, da análise de resultados e do redirecionamento das nossas práticas pedagógicas”, informa Sarah.

 

Semec participa de abertura de Seminário de Educação Infantil e Alfabetização da Undime

Prestigiando a abertura do Seminário de Educação Infantil e Alfabetização da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) – PI, o secretário de Educação do município de Teresina, Nouga Cardoso e o secretário executivo de Ensino, Reinaldo Ximenes, estiveram presente na última quarta-feira (09), no seminário.

O evento tem como objetivo oportunizar momentos de conhecimento, troca de experiências e cultura, inspirando práticas educativas diferenciadas, fazendo uma imersão durante os dias 09, 10 e 11 de novembro com secretários e representantes de gestão dos 38 municípios piauienses inscritos.

Recepcionada pela presidente da Undime-Pi e dirigente municipal de Domingos Mourão, Érica de Melo, convidou o secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, representando também o prefeito Dr. José Pessoa Leal, a Sra. Gabriela Santos, Coordenadora do “Pro Alfabetização na Idade Certa”, representando a governadora Regina Souza e o secretário de Educação do Estado, Ellen Gera, o Prefeito de Francinópolis Piauí e Presidente da APPM, Paulo Cesar de Morais, o Deputado Estadual Wilson Nunes Brandão, o Presidente da Undime Nacional, Luís Miguel Garcia, a vice-presidente da Undime – PI e dirigente de educação da cidade de Francinópolis, professora Eliane Rodrigues, Flávia Gomes Cordeiro, representando o procurador de justiça Cleandro Moura, Gilson Soares, representando a presidente do Tribunal de Contas, Lilian de Almeida e Érica Lopes, Gerente de soluções do SEBRAE.

Durante a solenidade, foi entregue aos municípios o prêmio Gestor Educacional para os municípios que se destacaram por suas boas práticas pedagógicas e, claro, que a Secretaria Municipal de Educação de Teresina levou um troféu de referência em educação para a rede.

Em fala, o secretário Nouga Cardoso agradeceu os esforços de quem faz a rede municipal de educação e homenageou os professores e os familiares dos alunos da rede municipal, que foram parceiros fundamentais para superar os desafios educacionais durante a pandemia.

“Educação é investimento de longo prazo, é acreditar no outro é plantar agora, e muitas vezes ver o nosso opositor colher os frutos. Mas não estamos plantando para o jogo político eleitoral, estamos plantando futuro e esperança. O trabalho que o Piauí faz com educação infantil é referência há muito tempo para nós, além de vir ensinar, eu vim aprender com você. Contem com a Undime, porque a Undime conta com vocês sempre”, finalizou Luiz Miguel, presidente Nacional da Undime.

Fotos: Ascom Semec

Projeto de leitura do CMEI Vila Mariana Fortes conta com mascote querido pelas crianças

Uma ideia criativa tem ajudado na prática da leitura entre os alunos do Centro Municipal de Educação Infantil Vila Mariana Fortes, na zona Sudeste de Teresina. O personagem Seu Alfabeto, inspirado na obra de Amir Piedade, ganhou vida e é um parceiro dos pequenos em todas as atividades.

O Seu Alfabeto é um boneco construído de feltro pela mãe de um aluno e acompanha os livros paradidáticos trabalhados no projeto de leitura da escola. Duas vezes por semana, as crianças levam para casa a maleta com um livro, exercícios relacionados à leitura e o querido boneco.

“É uma graça como eles cuidam do Seu Alfabeto, nosso mascote. Levam para passear, fazem a tarefa ao lado do boneco, os pais registram e compartilham esses momentos”, conta a diretora Joselene Fontinele. Segundo ela, o projeto acontece desde 2018, dentro do Alfabetiza Teresina, e anualmente é resgatado com novidades.

A atividade didática encerra com uma festa de aniversário organizada especialmente para o mascote, no mês de novembro. A comemoração conta com bolo, música e até presentes para o Seu Alfabeto. Os brinquedos doados pelos alunos ficam guardados na escola para serem usados pelas próprias crianças durante o recreio. As famílias também são convidadas para apreciar uma exposição das produções dos alunos.

Rede Municipal de Educação de Teresina amplia oferta de vagas da Educação Infantil da zona Norte

A comunidade do bairro São Joaquim, na zona Norte de Teresina, comemora a ampliação de vagas para as crianças. O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Tia Mônica passou a ofertar nesta semana uma nova turma de Maternal II, com 18 alunos matriculados, totalizando 40 alunos.

“Os pais solicitavam a abertura de mais vagas. O CMEI tinha uma sala ociosa, fizemos uma Busca Ativa, constatamos a necessidade de vagas, faltava apenas a Secretaria Municipal de Educação (Semec) disponibilizar uma professora que atendesse essa demanda, o que rapidamente foi providenciado. A comunidade escolar se sente satisfeita e agradecida”, diz a diretora do CMEI, Lília Raquel Santos.

O CMEI atende agora 125 alunos. São 40 crianças matriculadas no Maternal II, 51 no I Período e 34 no II Período, nos turnos manhã e tarde.

“É determinação do nosso prefeito Dr. Pessoa melhorar cada vez mais a qualidade do ensino e ampliar a oferta de vagas, seja por meio de novas escolas, seja através da reordenação de espaços nas unidades de ensino já existentes. Para o ano que vem a Semec vai aumentar as vagas em todas as regiões de Teresina”, afirma o secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso.

Alunos da Educação Infantil de Teresina aprendem noções de pertencimento

O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Thereza Christina, localizado no centro de Teresina, iniciou esta semana um projeto para ensinar aos pequenos a noção de pertencimento, intitulado “Piauí, Minha Casa, Meu Lugar”. Participam alunos da Educação Infantil matriculados no Maternal.

Com o projeto, os alunos têm a possibilidade de, no ambiente escolar, legitimar suas identidades em diferentes contextos, partilhando características, vivências e experiências com colegas e professores.

“Por meio de atividades lúdicas, as crianças aprendem que a casa delas fica em Teresina, que por sua vez está no Piauí. O intuito é fazer com que elas aprendam desde pequenas a reconhecerem as características do estado onde moram”, explica a pedagoga Célia Ribeiro.

As professoras utilizam em sala de aula cartões postais e elementos do artesanato e da gastronomia. Além disso, na acolhida, as crianças trabalham o pertencimento através da bandeira e do Hino do Piauí.