SEMEC inicia diálogo com Sindicato sobre a educação

Foto: Ascom SEMEC

O secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, conversou nesta quarta-feira (13), com representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresina (Sindserm) para ouvir as demandas dos professores que atuam na Rede Municipal de Ensino. O encontro foi no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semec).

O grupo abordou diversos pontos relacionados à rotina de trabalho e fez reivindicações para a classe. O canal de diálogo aberto com o Sindicato é uma das estratégias de atuação da nova gestão.

“Esse é um pedido do próprio prefeito Doutor Pessoa, ouvir e buscar entendimento para todas as pautas”, destacou Nouga.

Semec buscará apoio da Segurança para evitar roubos nas escolas

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) registrou nas últimas duas semanas, seis assaltos nas escolas da rede municipal de ensino de Teresina. Os arrombamentos registrados aconteceram nas zonas Sul, Norte, Sudeste e Leste da capital. De acordo com a gerência de manutenção da SEMEC, os assaltantes roubaram botijões de gás de cozinha, fiação elétrica e ventiladores de parede. Além disso, danificaram sistemas de segurança das escolas.

Os assaltos nas escolas da rede municipal de ensino já se tornaram corriqueiros em Teresina. Já existem vários boletins de ocorrência registrados junto às delegacias da Secretaria de Segurança do Piauí.

De acordo com o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, vários equipamentos de segurança já foram instalados nas escolas na tentativa de impedi os roubos. Frequentemente, são realizadas manutenções em cerca elétrica, “pega ladrão” e concertina que são colocadas em cima de muros, contornando a escola. Já foram reforçados portas, portões e janelas. Porém, não têm evitado as ações dos assaltantes.

Diante dos casos registrados e relatos de diretores e vigias das escolas, o secretário irá ter uma reunião com o secretário estadual de Segurança, no sentido de busca soluções mais imediatas que visem a segurança nas escolas. “Atualmente, contamos com um total de 317 escolas da rede municipal. Um dos nossos objetivos é melhorar a infraestrutura, bem como assegurar a segurança, tanto o patrimônio quanto a dos alunos, professores e funcionários. Mas para isso também precisamos do apoio dos órgãos de segurança púbica e vamos buscar um entendimento”, ressalta Nouga Cardoso.

Na manhã desta sexta-feira (08), o secretário já solicitou a gerência de manutenção da SEMEC que sejam avaliados os danos e providenciada a reposição do material, além do reparo na estrutura danificada.

Rede Municipal pode ter ensino híbrido em 2021

A Prefeitura de Teresina estuda um plano de ação para as aulas da Rede Municipal de Ensino em 2021. Além da possibilidade de retomada das aulas para parte dos alunos no formato presencial, o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, pretende ajustar o modelo remoto.

A proposta de ensino híbrido que foi discutida entre o Secretário e o prefeito Dr. Pessoa será levada para o Conselho Municipal de Educação. Se aprovada pelo colegiado e pelas autoridades sanitárias, o novo ano letivo terá início dia 18 de fevereiro, com estratégias que mesclam aulas presenciais e não presenciais. As famílias poderão optar pelo formato de ensino que mais se adeque a sua realidade no momento. “Estamos tomando todas as providências necessárias. No momento, trabalhamos para encerrar o ano letivo de 2020, até o dia 3 de fevereiro.”, disse Nouga.

Durante o mês de janeiro, o secretário estará ouvindo professores, diretores e as famílias sobre as principais dificuldades encontradas nas atividades remotas. A ideia é melhorar as estratégias para que um maior número de alunos tenha acesso às aulas por meio das plataformas digitais. “Iniciamos uma busca ativa, ouvindo os profissionais e famílias, no sentido de minimizar os prejuízos educacionais gerados com a pandemia”, completou.

Concurso Público

O secretário Nouga Cardoso também confirmou a intenção do prefeito Dr. Pessoa na realização de concursos públicos para professores da Rede Municipal. Segundo ele, o prefeito pretende consolidar o modelo de trabalho na educação municipal.

“Falamos em uma reestruturação dos recursos humanos, para manter uma memória institucional e os saberes não serem perdidos. O Dr. Pessoa pretende ampliar o número de professores, possibilitando, assim, crescer também no atendimento à população”, finaliza Nouga.

Nouga Cardoso assume oficialmente cargo de secretário municipal de Educação

O novo secretário municipal de Educação de Teresina, professor Nouga Cardoso, tomou posse da pasta nesta segunda-feira 4, em solenidade transmitida online. Participaram presencialmente do evento, no auditório da Secretaria Municipal de Educação (Semec), apenas alguns servidores, que desejaram boas vindas ao gestor.

Nouga Cardoso reconheceu o trabalho da equipe no alcance dos bons resultados para Teresina e falou em acrescentar estratégias para melhorar. “Encerro meu ciclo no Ensino Superior e volto os olhos para a Educação Básica. Trago experiência e parceiros para contribuir nesta caminhada, somando o que for necessário para uma educação com cada vez mais qualidade”, ressaltou o secretário.

Ao falar para os servidores presentes e o público que acompanhavam a solenidade online, o secretário destacou a importância de cada servidor da SEMEC, cada professor e cada cidadão teresinense para o alcance do bom desempenho na educação.

“Meu compromisso é o de contribuir com o prefeito Dr. Pessoa, através do trabalho, dedicado à Educação. E para isso, iremos precisar do apoio de todos”, afirmou Nouga Cardoso.

O secretário encerrou a solenidades dizendo que o próximo passo é conhecer detalhadamente a estrutura das escolas municipais.

Prefeitura de Teresina construiu 24 escolas nos últimos quatro anos

Teresina é a capital brasileira com o melhor Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB). Para conquistar o topo no ranking, a rede municipal precisou passar por uma série de melhorias em infraestrutura nos últimos anos. De 2017 a 2020 foram construídos 20 Centros Municipais de Educação Infantil e quatro escolas de Ensino Fundamental. Além disso, mais de 55 unidades passaram por reformas e ampliações.

Os dados detalhados fazem parte do Relatório de Gestão 2017-2020, que sintetiza o trabalho das diversas áreas e deve servir de base para estudos e pesquisas, além de colaborar com o trabalho da próxima gestão. “São 1.389 salas de aula com mais de 90 mil alunos matriculados. Confiamos que cada procedimento e ação contribuíram para a garantia do aprendizado dos nossos alunos da rede municipal de ensino”, disse o prefeito Firmino Filho.

Para melhorar a estrutura física das escolas, nos últimos quatro anos 138 unidades de ensino receberam climatização. E mais de 8 milhões de reais foram investidos na aquisição de 24.406 conjuntos escolares (mesa e carteira). “As ações foram feitas para atender a demanda de alunos matriculados na Rede Municipal, que teve o maior número de matrículas que as redes estadual e privada: 97,8% de crianças entre 6 e 14 anos estiveram matriculadas em escolas da Prefeitura”, destacou a secretária municipal de Educação, Kátia Dantas.

Entidades internacionais garantem mais de R$ 520 milhões em financiamento para Teresina

Na busca por parceiros que possam trazer investimentos para a cidade, a Prefeitura de Teresina conseguiu encaminhar dois financiamentos com entidades internacionais para realizar diferentes obras na capital piauiense nas áreas de educação e sustentabilidade. O processo de negociação está concluído, restando apenas a assinatura formal dos contratos.

“O maior destes contratos é com com a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), no valor de 45 milhões de Euros, o que corresponde aproximadamente a R$ 270 milhões hoje. O dinheiro será investido na implantação do Programa Teresina 2030, que será responsável por executar uma série de ações relacionadas à sustentabilidade, como instalação de fossas ecológicas na zona rural, construção de galerias de drenagem, criação de parques municipais e melhorias em 3 mil unidades habitacionais para famílias de baixa renda, entre outras”, explica o secretário municipal de planejamento, José João Braga.

Outro grande contrato poderá ser firmado com o New Development Bank (Novo Banco de Desenvolvimento), gerido pelos países do grupo BRICS – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. O valor do financiamento é de 50 milhões de dólares, cerca de R$ 250 milhões na cotação atual, para a construção de oito escolas de tempo integral, além da reforma de Centros Municipais de Educação Infantil e urbanização em torno de escolas e creches para melhorar a mobilidade, acessibilidade e segurança

“Todas estas parcerias foram feitas de forma a garantir investimentos que vão melhorar a qualidade de vida da população teresinense e que não seriam possíveis contando apenas com recursos próprios. São parcerias que nos permitem fazer muito mais”, conclui José João.

Prefeito visita obra de creche que está sendo finalizada no Portal da Alegria

Rômulo Piauilino

O prefeito Firmino Filho foi acompanhar de perto, nesta terça-feira (29), o andamento das obras do Centro Municipal de Educação Infantil Noé Cerqueira Fortes, no Portal da Alegria, zona Sul de Teresina. Os serviços estão sendo finalizados, com 90% da obra já concluída.

A CMEI, que é uma homenagem ao médico Noé Fortes, que faleceu este ano, vítima de um problema gastrointestinal, vai atender toda a região do Portal da Alegria. “Esta é uma importante obra para essa região da cidade, já estamos nos retoques finais e, no próximo ano, ela já estará à disposição da população”, disse o prefeito.

A escola vai atender a demanda da comunidade, com matrículas de 0 a 3 anos. Serão 10 salas de aula climatizadas, pátio coberto, banheiros com acessibilidade, refeitório, sala de multirecursos, entre outros espaços, seguindo o padrão das modernas creches inauguradas este ano.

“Essa é uma obra muito importante para atingir as metas da educação na nossa capital, é uma obra de qualidade, em um local onde a comunidade estava precisando muito”, disse a secretária municipal de Educação, Kátia Dantas.

Prefeitura entrega a 32ª escola de tempo integral em Teresina

Rômulo Piauilino

O prefeito Firmino Filho entregou, nesta terça-feira (22), a Escola Municipal Professor Olímpio Castro de Oliveira para a comunidade da zona Leste de Teresina. Com a inauguração desta unidade de ensino, a Prefeitura alcança a marca de 32 escolas funcionando em período integral na capital, entre Centros Municipais de Educação Infantil e escolas de Ensino Fundamental.

Durante a solenidade de entrega, Firmino Filho destacou que os investimentos realizados na educação pela Prefeitura de Teresina confirmam o compromisso com a expansão do ensino de qualidade na cidade. “Essa é a nossa 32ª escola de tempo integral. Ela vai atender toda a região do Vale do Gavião e não apenas no tempo integral, no sentido de funcionar de manhã e tarde, mas oferecendo uma visão integral da educação. A comunidade da região Leste está de parabéns por mais essa obra, que pode transformar vidas e construir um futuro melhor para a meninada”, concluiu.

A Escola Municipal Professor Olímpio Castro de Oliveira vai atender mais de 560 alunos do 6º ao 9º ano em tempo integral. O espaço conta com treze salas de aulas climatizadas e quadra poliesportiva coberta. O investimento da obra ultrapassa R$ 4 milhões, com recursos oriundos da Prefeitura de Teresina e Salário Educação.

Para a secretaria municipal de educação, Kátia Dantas, a estrutura da escola, com espaço amplo e agradável, é fundamental para que o ensino integral seja realizado com eficiência. “É muito importante seguir com o tempo integral na cidade de Teresina, não só por atender todas as famílias, mas, principalmente, atender o aluno de uma maneira integral com conteúdos curriculares e extracurriculares. Entregamos salas de aula amplas, climatizadas, temos um pátio aberto que propicia muito a educação dos alunos e ainda uma quadra poliesportiva. A escola foi toda preparada considerando a altura da qualidade da educação que nós fazemos na cidade de Teresina”, disse.

Alunos em alfabetização na Rede Municipal de Teresina assistem aulas de reforço na TV

Alunos do ciclo de alfabetização das escolas da Prefeitura Municipal de Teresina estão recebendo aulas de reforço no regime de atividades não presenciais. A programação é do Alfa e Beto na TV, que oferece apoio aos alunos do II Período da Educação Infantil e 1º e 2º ano do Ensino Fundamental, que ainda estão na condição de “não leitores”. A transmissão acontece diariamente através da Rede Vida Educação.

Na Educação Infantil, cerca de 2 mil alunos de 178 unidades de ensino participam das atividades. Nas turmas do Ensino Fundamental, 305 alunos, de 28 escolas, assistem às aulas com acompanhamento direto dos Assistentes de Alfabetização do município. Todos os dias, os assistentes motivam as crianças para que participem ativamente das ações no contraturno escolar. O objetivo é oferecer mais uma oportunidade aos alunos que não conseguiram desenvolver as habilidades básicas de leitura e escrita.

“O reforço na alfabetização não é novidade em Teresina, mas pela primeira vez temos essa ação acontecendo totalmente de forma virtual”, conta a coordenadora de Alfabetização da Secretaria Municipal de Educação (Semec), Carmem Portela. Segundo ela, já é uma prática na Rede Municipal de Teresina oferecer atendimento aos alunos por meio de intervenções individualizadas, realizadas pelo Assistente de Alfabetização, com o propósito de reforçar o trabalho pedagógico nas dificuldades vivenciadas pelos alunos. “Isso acontecia no ensino presencial e não poderia ser negligenciado no ensino remoto”, completa Carmem.

As aulas tiveram início em outubro e seguem até o fim do ano letivo, em fevereiro. A programação inclui vídeos didáticos, jogos e atividades que motivam a participação dos alunos. Os mais desmotivados são chamados individualmente pelos Assistentes de Alfabetização e estimulados a continuar tentando.

PMT prioriza educação infantil e inaugura mais uma CMEI na zona Norte

Rômulo Piauilino

A educação infantil tem sido prioridade para a Prefeitura de Teresina, que hoje tem 90% das suas crianças sendo alfabetizadas aos seis anos de idade. A melhoria estrutural tem acompanhado o crescimento dos índices positivos na capital, e, nesta quinta-feira (17), a Prefeitura inaugurou mais um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI), na zona Norte de Teresina. O CMEI João Batista Brito de Melo, localizado no Parque Brasil I, tem capacidade para receber 300 crianças, do berçário ao II Período.

Durante a solenidade, o prefeito Firmino Filho lembrou que a educação infantil é importante na trajetória escolar das crianças e por isso deve ser priorizada. “Nessa nova modelagem e nesse novo padrão das CMEIs da Prefeitura de Teresina, essa é a mais bela creche da cidade. Nós avançamos muito no ensino fundamental, mas também avançamos muito na educação infantil e é graças a essa expansão que, por exemplo, a meninada está aprendendo com cinco, seis anos de idade e sendo alfabetizada na idade certa, o que é um ganho fantástico para a educação dessa meninada”, afirmou.

A secretária municipal de Educação, Kátia Dantas, afirma que as inaugurações dos últimos dias representam o compromisso e a responsabilidade da Prefeitura de Teresina com a educação. “A educação infantil sempre tem uma demanda e uma necessidade crescente por novas vagas e tem sido uma alegria concluir a nossa gestão entregando para a cidade mais vagas para atender nossas crianças”, afirmou.

O CMEI possui dez salas de aula climatizadas, sala de leitura, refeitório, solário, sala de professores, banheiros com acessibilidade e pátio coberto. O investimento foi de R$ 2.463.724,25 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e da Prefeitura Municipal de Teresina.