Alunos da Escola Municipal Valter Alencar participam da última revisão antes da prova do Saeb

Os alunos da Escola Municipal Valter Alencar estão na reta final de preparação para a prova do Saeb, o Sistema de Avaliação da Educação Básica, que nessa escola acontece segunda-feira (29). As provas estão sendo aplicadas em datas diferentes em cada unidade de ensino do Brasil, até o dia 10 de dezembro. Nesta sexta-feira (26), a escola, localizada no Planalto Uruguai, realizou uma mega revisão no pátio.

Fotos: Ascom Semec

A avaliação permite que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) realize um diagnóstico da educação básica brasileira e de fatores que podem interferir no desempenho do estudante. O resultado será um indicativo da qualidade do ensino e oferece subsídios para a elaboração, o monitoramento e o aprimoramento de políticas educacionais com base em evidências.

Na revisão da E.M. Valter Alencar, professores da unidade de ensino e convidados relembraram os principais conteúdos cobrados na prova do Saeb. De acordo com a diretora Erika Louise, 95 alunos do 9º ano participaram da atividade. “Trouxemos os melhores professores de língua portuguesa e matemática para reforçar o conteúdo com os alunos, resolvendo questões e dando aquela força de motivação”, disse a gestora.

Um dos convidados foi o professor de matemática Jailson Ramos, que preparou um material exclusivo para a turma. “Abordamos um conteúdo diversificado para garantir que se saiam bem na prova”, disse o professor.

O secretário executivo de Ensino, Kleytton dos Santos, esteve na escola conferindo de perto o momento de revisão. Kleytton conversou com os alunos e explicou a importância dessa avaliação. “Vocês são responsáveis pelo sucesso da escola de vocês. Estão preparados e vão mostrar que Teresina tem um ensino de qualidade. Boa prova, eu acredito em vocês”, finalizou o secretário de Ensino.

Programa de alfabetização de Teresina é escolhido como modelo para apresentação em Congresso de Educação em Porto Velho

A educação de Teresina tem resultados que impressionam Brasil afora. É o caso do Programa Alfabetiza Teresina, que está sendo apresentado como modelo de alfabetização no V Congresso Municipal de Educação de Porto Velho. O secretário executivo de Ensino da Secretaria Municipal de Educação (Semec), Kleytton dos Santos, embarcou para Rondônia para apresentar aos congressistas, nesta quinta-feira (25), dados sobre as estratégias para a educação na idade certa.

O programa vem sendo desenvolvido na Rede Municipal de Ensino desde 2018, em turmas do II Período da Educação Infantil, além do 1º e 2º ano do Ensino Fundamental. A ação alcança 25.443 alunos e envolve monitoramento, formação, avaliação, um plano de ensino bem estruturado e expectativas de aprendizagem.

Fotos: Ascom Semec

“Em Teresina, a preparação dos alunos para a alfabetização começa aos 5 anos de idade, respeitando o processo de direitos de aprendizagem e desenvolvimento alinhados à BNCC. Fomos convidados para apresentar como isso funciona com sucesso, alcançando ótimos índices de alfabetização na etapa certa”, disse o secretário Kleytton.

De acordo com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a alfabetização das crianças deverá ocorrer até o segundo ano do ensino fundamental, com o objetivo de garantir o direito fundamental de aprender a ler e escrever.

Secretário de Educação visita unidades de ensino da zona Leste de Teresina

O secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso, acompanhado da equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação (Semec), juntamente com o vereador Luís André, estiveram na manhã desta quarta-feira (24,) visitando o Centro Municipal de Educação Infantil Dom Avelar e a Escola Municipal Vereador José Ommati, ambos na zona leste de Teresina.
As visitas às unidades de ensino da Rede Municipal é uma das prioridades do secretário que tem intensificado as ações nos últimos três meses. De acordo com ele, as visitam têm aproximado muito gestão do ensino. É uma oportunidade para verificar, senti o dia-a-dia nas escolas, o contato presencial com professores, alunos e colaboradores. A cada visita, registramos as necessidades mais imediatas que fazem parte de relatórios que apresentamos ao prefeito Dr. Pessoa”, ressalta o professor Nouga Cardoso.

Fotos: Ascom Semec

Juntos as escolas, o secretário e equipe técnica buscam ouvir as diversas solicitações da direção das instituições, assim como apresentar resoluções às demandas apresentadas. As visitas os cmei’s e escolas já fazem parte da agenda diária da Semec. As solicitações das comunidades escolares são analisadas e as necessidades imediatas são encaminhadas para resoluções.
O Cmei Dom Avelar atende 106 alunos nos turnos manhã e tarde. A diretora Valnizia Oliveira solicitou melhorias na infraestrutura do prédio. Foi sugerida ao secretário a implantação de um espaço de lazer para as crianças. O setor de engenharia irá analisar a viabilidade da proposta.

Já na Escola Municipal Vereador José Ommati, a diretora Patrícia Rodrigues, destacou como principal necessidade a reposição de carteiras e a construção de um estacionamento. Ela falou, ainda, sobre a visita do secretário. “É muito importante a vinda do secretário junto a nossa escola para que possa conhecer a realidade e juntos estarmos melhorando o funcionamento dela”, afirma.

Para o vereador Luís André as visitas às unidades de ensino são muito importantes. “É mais uma oportunidade que temos para ouvir as comunidades, afim de buscarmos soluções para as necessidades imediatas. Educação é o inicio da caminhada de qualquer cidadão”, destaca Luís André.

Escola Municipal Conselheiro Saraiva homenageia alunos vencedores em olimpíadas

Um sentimento de dever cumprido e a certeza de estar no caminho certo. É assim que Edivaldo Pereira dos Santos, um professor de Matemática, conhecido como “Edy”, comemora as conquistas de seus alunos nas olímpiadas nacionais de Matemática, durante solenidade de homenagem na manhã desta terça-feira (23), na Escola Municipal Conselheiro Saraiva. Um total de 20 alunos receberam medalhas e certificados pela participação e premiações nas etapas de olimpíadas realizadas em 2020 e 2021.

Secretário Nouga Cardoso com Hedys Alves Silva, aluno ouro / fotos: Ascom Semec

A solenidade contou com a presença do secretário municipal de Educação de Teresina, Professor Nouga Cardoso, acompanhado da equipe técnica da Semec. A cerimônia de homenagem aconteceu no pátio da escola que contou com a presença dos alunos, pais e professores. Os alunos participaram da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP); Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astro náutica (OBA) e da Olimpíada Canguru, que foram frutos do projeto de incentivo as Olimpíadas do Conhecimento desenvolvido pela equipe da Escola Municipal Conselheiro Saraiva.

A escola que fica localizada na zona Rural Norte de Teresina atende cerca de 520 alunos nos turnos manhã e tarde. No turno da noite, são ofertadas aulas paras as turmas de educação de jovens e adultos (EJA). Em 2013, teve início um projeto com o objetivo de incentivar os alunos a participarem mais efetivamente de aulas nas áreas de Matemática, Ciência e Astronomia. A partir daí, os alunos foram incentivados a disputarem as Olimpíadas do Conhecimento envolvendo os professores da escola. Um pontapé inicial para revelar diversos medalhistas que elevaram o nome da educação de Teresina.

O Secretário de Educação, Professor Nouga Cardoso, destaca a importância de prestigiar e reconhecer os alunos que se destacaram em competições. “A escola Conselheiro Saraiva é um exemplo para toda rede municipal de ensino. Temos hoje o aluno ouro na Olimpíada Canguru que disputou com alunos do Brasil inteiro, tanto de escolas públicas como privadas. Uma demonstração da qualidade do nosso ensino municipal que conta com professores qualificados que buscam no dia-a-dia, formar cidadão para o mundo. Nos sentimos honrados em ter alunos e professores compromissados com o conhecimento”, enfatiza Nouga Cardoso.

O secretário se refere ao estudante do 9º ano da Escola Conselheiro Saraiva, Hedys Alves da Silva, que conquistou o primeiro lugar, com medalha de ouro na Olimpíada Canguru, 2021. “Devo tudo ao incentivo de minha mãe e ao professor Edy que chamo de Pai. Quando eu imaginava que não iria conquistar mais passos para o meu futuro, eles demonstraram amor e perseverança comigo. Agradeço muito à escola e professores pelo incentivo diário, mesmo quando estávamos com aulas online, por conta da Pandemia. Disputei com estudantes do Brasil inteiro, com aqueles que estudam em escolas particulares e públicas e busquei demonstrar todo o meu conhecimento, alcançando uma vitória para mim, minha família, meus professores, minha escola, meus amigos e minha cidade Teresina”, diz com muito entusiasmo Hedys Alves que acaba de ganhar uma bolsa integral em escola particular de Teresina, para cursar o ensino médio.

O diretor da Conselheiro Saraiva José Israel ressaltou a qualidade dos alunos que participam das Olimpíadas, do mérito alcançando por cada participante fruto do trabalho desenvolvido por toda comunidade escolar especialmente os professores que se dedicam com bastante esmero para consolidação de bons resultados. “Nossos alunos são nosso mérito maior. A cada conquista, uma emoção que nos invade. Somos gratos e continuaremos incentivando nossos alunos”, disse José Israel.

Novos diretores das escolas municipais são orientados para prestação de contas

Novos gestores da Rede Municipal de Educação de Teresina receberam orientações sobre prestação de contas, procedimento necessário para o exercício do cargo. O encontro dos 14 novos diretores com a técnica da Secretaria Municipal de Educação (Semec), Marlucia Soares, aconteceu no Centro de Formação Professor Odilon Nunes.

O grupo foi informado sobre prazos, procedimentos e formulários padrões, todo o protocolo para estar em conformidade com a lei. Também tiraram dúvidas e receberam modelos para os processos que serão necessários ao longo do ano.

“Essas orientações são importantes para que os diretores sigam, com atenção, todo o processo de prestação de contas, para que possam acessar todos os recursos disponíveis. Estamos sempre acompanhando os gestores nesse trabalho, atualizando as informações e apoiando no que for necessário”, afirma Marlucia.

Para Wladimir Lima, diretor da Escola Municipal Elias Ximenes do Prado Junior, o diálogo foi esclarecedor. Ele é professor da unidade escolar há 15 anos e em 2021 assumiu o papel de gestor. “Não temos noção de quantos documentos e burocracia existe por trás de cada processo, são muitas leis que precisamos conhecer para fazer bem esse trabalho. Estou utilizando ao máximo o apoio da Semec”, disse Wladimir Lima.

Fotos: Ascom Semec

Time de handebol da E. M. Manoel Paulo Nunes conquista título inédito no Campeonato Brasileiro

Os alunos da Rede Municipal de Ensino de Teresina mais uma vez fizeram história no cenário esportivo nacional. A equipe masculina de handebol da Escola Municipal Manoel Paulo Nunes conquistou o segundo lugar no Campeonato Brasileiro de Handebol Masculino Infantil (sub 14).

“O título é inédito nesta categoria e gostaríamos de agradecer o apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semec)”, disse o treinador Guiuliano Ramos, parceiro da Secretaria nos treinos de handebol de alunos e alunas da Rede Municipal.

A competição que deu o vice campeonato ao time da E.M. Manuel Paulo Nunes aconteceu em Guarulhos (SP), no período de 16 a 20 de novembro. Cinco alunos da escola municipal treinaram duro e voltaram para casa com o troféu em mãos.

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) reafirma seu compromisso em incentivar os alunos da Rede Municipal de Ensino à prática de esportes… “Sem dúvida, a conquista demonstra todo o empenho dos alunos/atletas, professores e parceiros que colaboram com a prática de esporte das escolas municipais”, enfatiza o secretário, professor Nouga Cardoso.

Fotos: Ascom Semec

Sexta Nagô debate educação e cultura afrodescendente

O Centro de Formação Professor Odilon Nunes recebeu ontem (19) o “Sexta Nagô”, evento de valorização da cultura afrodescentende, organizado pelo Grupo de Cultura Afro Afoxá. Como parte da programação, teve uma audiência pública com o tema “Por uma Cultura e uma Educação de respeito”, que contou com a participação do secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso.

Fotos: Ascom Semec

A audiência contou com a participação de diversos órgãos da administração pública, onde se debateu a necessidade de um olhar mais cuidadoso para as pautas da comunidade afro.

“O Sexta Nagô é um evento que inclui todas as políticas públicas, em especial a educação, voltada para a formação do indivíduo, do povo afrodescendente. Hoje reunimos diversos setores do poder público para discutir políticas públicas e efetivação das mesmas”, diz a coordenadora geral do grupo Afro Afoxá e idealizadora do Sexta Nagô, Artenilse Silva.

O secretário Nouga Cardoso garantiu dar atenção às demandas apresentadas durante a audiência. “Nós já ofertamos aos professores da rede municipal de ensino formações contínuas para um melhor processo de ensino-aprendizado e assim poderemos fazer com políticas voltadas à valorização da cultura afro”, afirma.

Alunos da E. M. Poeta da Costa e Silva recebem preparação para seleção do IFPI

Com a aproximação das provas de seleção para o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI), a Escola Municipal Poeta da Costa e Silva está realizando aulas preparatórias para os alunos do 9º ano. Essa é uma das instituições mais almejadas pelos estudantes ao final do Ensino Fundamental.

O Pré-Ifpi acontece no contraturno escolar, nos feriados e finais de semana, com direito a material personalizado. Segundo o diretor José Manoel, a ação conta com a participação dos professores voluntários Magnum, de matemática; e Helton, de língua portuguesa.

A preparação envolve resolução de questões das provas dos anos anteriores e motivação para os alunos seguirem em busca de seus objetivos. “É uma oportunidade a mais para rever conteúdos, tirar dúvidas e ganhar aquele gás nos dias que antecedem a prova. Estamos torcendo pela conquista dos nossos alunos”, declarou o diretor.

Semec anuncia parcerias entre Educação e Esporte na inauguração da nova sede da Semel

Durante a inauguração da reformada sede da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel), nesta segunda-feira (8), o secretário municipal de Educação Nouga Cardoso anunciou parcerias que beneficiarão crianças e adolescentes de Teresina. A Semel completa 39 anos e ganha uma sede própria ao lado do estádio Lindolfo Monteiro.

Nouga participou da solenidade de inauguração do novo espaço, destacando a importância das secretarias estarem interligadas. Segundo ele, já existem planos para trabalhos conjuntos no próximo ano.

“Incentivar a prática esportiva entre as crianças e os adolescentes é incentivar toda a sua formação. O desenvolvimento do esporte leva ao desenvolvimento cognitivo, impactando diretamente no desempenho dos alunos da Rede Municipal. É por isso que trabalhamos juntos e que estamos bastante animados, temos uma programação intensa para essa parceria em 2022”, declara Nouga.

 

Fotos: Ascom Semes

Alunos da E.M Jornalista João Emílio Falcão participam de revisões

Alunos do 9º ano da Escola Municipal Jornalista João Emílio Falcão, localizado no bairro Santo Antônio, zona Sul de Teresina, participaram na última sexta-feira (05) do Revisa Show. O evento tem o objetivo de preparar os estudantes para as avaliações internas e externas.

 

“São cerca de 70 alunos que participam dessa revisão todas as sextas-feiras, com foco nas disciplinas de português e matemática. Eles fazem no final do ano a Prova Brasil e por isso precisam de uma atenção maior. Além disso, participam de testes para ingressar em escolas do ensino médio e IFPI, por exemplo”, explica a diretora da E.M Jornalista João Emílio Falcão, Maria Carvalho.

Na revisão, são trabalhados os descritores (elementos que descrevem as habilidades trabalhadas nas avaliações) pertinentes às disciplinas, com atividades desafiadoras e lúdicas.

A Prova Brasil será realizada nos meses de novembro e dezembro, com alunos do 5º e 9º anos do ensino fundamental e tem como finalidade avaliar a qualidade do ensino oferecido pelo sistema educacional brasileiro a partir de testes padronizados e questionários socioeconômicos.

Fotos: Ascom Semec