Unidades de ensino da Rede Municipal dão show de criatividade com o Alfabetiza Teresina

Os alunos da Rede Municipal de Teresina que estão no ciclo de alfabetização recebem uma força a mais para cultivar o hábito pela leitura. Com apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), as unidades de ensino desenvolvem o Projeto Alfabetiza Teresina. As escolas programam as atividades de acordo com suas realidades e com as metas que pretendem atingir.

Fotos: Ascom Semec

No Centro Municipal de Educação Infantil Luterano, situado no bairro Parque Piauí, o tema do projeto de leitura este ano é “Catadores de histórias, contadores de sonhos”. As famílias participaram do lançamento oficial e as crianças desfilaram com figurinos dos contos de fadas que serão trabalhados em sala de aula. Cerca de 120 crianças participam do projeto, onde mensalmente uma turma vai preparar uma apresentação teatral para compartilhar no pátio com os colegas.

Também na zona Sul, o CMEI Hercília Torres reuniu os alunos para o lançamento do projeto, que promete trabalhar os clássicos infantis de forma lúdica. O objetivo é incentivar as crianças a ler e escrever utilizando histórias que despertam interesse. Toda a equipe escolar abraçou a ideia e está empenhada em apoiar os pequenos no desenvolvimento de suas habilidades.

No CMEI Roseana Maria Martins de Lima, localizado no Vale Quem Tem, o Alfabetiza Teresina será em concomitância com o projeto Formando Leitores, já realizado na escola. Livros de todos os tipos e material pedagógico ficarão disponíveis para que os alunos explorem à vontade. “Vamos somar as ideias e já temos um plano de ação para executar durante todo o ano, utilizando muitas brincadeiras e levando a um aprendizado divertido”, afirma a diretora Francisca do Nascimento.

Semec anuncia processo seletivo para 220 professores substitutos e cadastro de reserva

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) divulgou o edital do Processo Seletivo Simplificado para Professor Substituto, com o objetivo de contratar 220 docentes que atenderão as necessidades mais urgentes das unidades de ensino da Rede Municipal ainda neste ano letivo.

As vagas ofertadas são para professores do Segundo Ciclo (anos finais do Ensino Fundamental – 6° ao 9° ano) e Formação de Cadastro de Reserva para os cargos de professor do Primeiro Ciclo (Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental – 1° ao 5° ano), além de professor de Matemática do 6° ao 9° ano.

O Processo Seletivo Simplificado, de caráter eliminatório e classificatório, acontecerá por análise curricular. Serão avaliados títulos, experiência profissional no exercício da docência e cursos de aperfeiçoamento em educação. De acordo com o edital, 20% das vagas existentes e do cadastro de reserva são destinadas para negros e 5% para pessoas com deficiência.

As inscrições serão gratuitas, no período de 8 à 15 de junho, no site da Semec. A homologação do resultado final está marcada para o dia 15 de agosto.

Clique aqui para conferir o Edital

Semec publica edital de seleção dos professores

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) divulgou nesta quarta-feira (01), o edital do processo seletivo simplificado para contratação de 220 vagas, para professores do Segundo Ciclo (anos finais do Ensino Fundamental – 6° ao 9° ano) e Formação de Cadastro de Reserva para os cargos de professor do Primeiro Ciclo de Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental do 1° ao 5° ano e, de professor Segundo Ciclo, de Matemática do 6° ao 9° ano do Ensino Fundamental.

Confira o edital EDITAL_PROCESSO_SELETIVO_2022

Tecnologia na educação é tema abordado em Encontro Formativo de Pedagogos

A pandemia de Covid-19 trouxe desafios aos profissionais da educação, que tiveram que se adaptar a uma nova forma de aula, a remota. Os desafios desse novo modelo foram abordados no 4º Encontro Formativo de Pedagogos(as) da Rede Pública Municipal de Educação de Teresina, realizado pela Coordenação Pedagógica em parceria com o Núcleo de Tecnologia Educacional de Teresina (NTHE) da Secretaria Municipal de Educação (Semec).

Com o tema “Educação e Tecnologia”, o encontro contou com palestras e oficinas, voltadas a coordenadores pedagógicos e técnicos da Semec. A profa. Dra. Lya Raquel Oliveira discorreu sobre a temática “Educação e tecnologia em tempo de pandemia: novos poderes e novas responsabilidades”, com pedagogos que atuam no Ensino Fundamental.

“Tivemos um momento de reflexão sobre as habilidades, competências e conhecimentos adquiridos durante a pandemia e como utilizar tudo isso no retorno às aulas presenciais. Temos que levar em conta também o desenvolvimento socioemocional nesse retorno à convivência na escola”, afirma Lya Raquel. Já a mestre Enaide Dias falou sobre como usar a realidade aumentada com alunos da educação infantil.

Além das palestras, os pedagogos participaram da oficina “Construção de Planilhas e Gráficos”, na qual puderam conhecer estratégias tecnológicas a serem desenvolvidas na escola. A coordenadora do NTHE, Gildenys Dias, definiu o evento como uma oportunidade ao conhecimento e crescimento profissional para todos os envolvidos.

A coordenadora pedagógica da Semec, Sílvia Brito, pontua. “Relacionar tecnologia à educação é fundamental para nós educadores, a fim de que possamos incorporar, dentro da nossa prática, o uso de ferramentas para aprimorar a aprendizagem dos nossos estudantes”.

Fotos: Ascom Semec

CMEI Chico Xavier lança “Abra o livro, deixe-se levar e um novo mundo você vai encontrar”

O CMEI Chico Xavier é um Centro Municipal de Educação Infantil localizado no São Sebastião, zona sul de Teresina, e atende 363 crianças de 3 a 5 anos de idade. O Centro é mais um da rede municipal que recebe o Programa Alfabetiza Teresina, uma criação da Prefeitura de Teresina que é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação (SEMEC).

Fotos: Ascom Semec

O projeto “Abra o livro, deixe-se levar e um novo mundo você vai encontrar”, desenvolvido seguindo as exigências do Programa Alfabetiza Teresina, teve sua primeira culminância na última quinta-feira (26) e sua primeira temática foi “alimentação saudável”.

A diretora do CMEI, Cristiane Vieira, conta à SEMEC que o projeto tem o objetivo para além do desenvolvimento da escrita e da leitura, como criar uma socialização entre toda a sua comunidade escolar.

“Nesse primeiro momento houve apresentações e exposição de todos os materiais feitos pelas crianças durante o mês na sala de aula. Os pais e responsáveis puderam ver os trabalhos dos estudantes, como também degustar os alimentos que são feitos na escola. Foi feito mousse de banana, sopa de letrinhas, doce de batata doce e pipoca”, diz a diretora.

O projeto terá mensalmente a culminância das temáticas trabalhadas em sala de aula, em maio foi trabalhada a “Alimentação saudável” e para junho está programada a temática “Meio Ambiente” em virtude da conscientização do mês.

“É muito gratificante quando a gente consegue fazer algo diferente, as crianças aprendem mais fácil e de forma significativa e há uma interação e socialização com a comunidade escolar. É prazeroso!”, finaliza Cristiane Vieira.

Atividades de leitura da E.M. Porfírio Cordão terão participação das famílias

“De mãos dadas com a leitura” é o nome do novo projeto da Escola Municipal Prof. João Porfírio de Lima Cordão, uma iniciativa para incentivar os estudantes ao hábito da leitura diária. A ação ajuda na compreensão da importância de ler com proficiência para o fortalecimento da oralidade, do vocabulário, da escrita e compreensão de textos. O lançamento oficial, no pátio da escola, foi marcado por apresentações teatrais protagonizadas pelos próprios alunos.

Durante todo o ano de 2022, as turmas de 1º e 2º ano do Ensino Fundamental estarão envolvidas em atividades de leitura e escrita para além do conteúdo de sala de aula. Serão rodas de conversa, confecção de cartazes, pódios da leitura, além de levarem para casa diferentes gêneros textuais para serem lidos em família.

O trabalho é alinhado com o Alfabetiza Teresina, ação da Secretaria Municipal de Educação (Semec) em apoio aos projetos de leitura das unidades de ensino com turmas em ciclo de alfabetização. O objetivo é garantir que, ao final do ano letivo, todos os estudantes tenham desenvolvido as competência de leitura e escrita adequadas para cada ano escolar.

“Pensamos em atividades lúdicas que levem à compreensão de textos e escrita, bem como ampliação do vocabulário e fortalecimento dos vínculos dos nossos alunos com a família. Entendemos que a leitura não pode limitar-se a uma única expressão, mas diversificar as múltiplas linguagens, por isso utilizaremos estratégias criativas como brincadeiras, jogos, desenhos e pinturas”, explica a diretora Rayane Santos.

Ao final do projeto, todas as produções serão compiladas em um portfólio e compartilhadas com a comunidade, mostrando o desempenho dos alunos. A culminância será chamada de “Chá da tarde com leitura”.

Fotos: Ascom Semec

Semec terá participação na edição do Salipi 2022

O secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso, esteve reunido com os diretores da Fundação Dom Quixote, professores Kássio Gomes e Luiz Romero, para alinharem como será a participação da Secretaria Municipal de Educação (Semec) na edição 2022 do Salão do Livro do Piauí (Salipi), no próximo mês de junho.

O encontro ocorreu na sede da Secretaria após uma primeira reunião com o Prefeito Dr. Pessoa, no Palácio da Cidade. Em cada edição do Salipi, o município de Teresina prestigia o evento através da participação de alunos e professores da Rede Municipal de Ensino em atividades como contação de histórias, oficinas, teatro de bonecos, entre outras ações.

Foto: Ascom Semec

Os professores podem participar das palestras com grandes escritores locais, nacionais e até internacionais, já que nesta edição o Salipi traz o moçambicano Mia Couto e o angolano José Eduardo Agualusa. Além disso o município garante a distribuição de 5.000 (cinco mil) cheques-livros para que os alunos possam adquirir livros no evento, que conta com uma feira com quase 100 mil títulos.

“Um evento na envergadura do Salipi nos obriga a fazermos todos os esforços para que a Semec participe de forma marcante, proporcionando a todos que fazem a nossa Rede Municipal de Ensino um contato com essa fonte de informação e cultura. Orientados pelo prefeito Dr. Pessoa iremos ter uma participação bastante significativa e marcante”, afirma Nouga Cardoso.

“Esse ano em que retomamos o Salipi de forma presencial e com toda a sua estrutura, temos a felicidade de contar com a participação do município de Teresina, através da Semec e de uma forma ainda mais consistente, pois há uma ampliação no número de crianças beneficiadas com o cheque-livro, que permite o acesso democráticos à leitura. Agradecemos a sensibilidade do secretário Nouga Cardoso e do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, que de pronto reafirmou o compromisso do município com o evento”, pontuou Kássio Gomes.

A 20ª edição do Salipi acontece no período de 3 a 12 de junho de 2022 no Espaço Rosa dos Ventos da Universidade Federal do Piauí (Ufpi). O evento homenageia o professor Cineas Santos e lembra o centenário da Semana de Arte Moderna, maior acontecimento cultural do país, o centenário de nascimento de José Saramago e o centenário da saudade de Lima Barreto.

Alunos da Escola Municipal Monteiro Lobato participam de projeto para fortalecimento do bem estar e autoconfiança

Falar sobre sentimentos em sala de aula é uma oportunidade que a Divisão de Assistência ao Educando (DAE) da Secretaria Municipal de Educação (Semec) está levando para os alunos da Rede Municipal de Teresina. Nesta quinta-feira (26), os alunos da Escola Municipal Monteiro Lobato receberam a equipe de assistentes sociais e psicóloga para mais uma atividade do Projeto Fortalecendo Laços.

O projeto foi criado pelas profissionais da DAE e a E. M. Monteiro Lobato é a primeira a participar. Agora, as atividades estão sendo realizadas com as turmas do 3º ano, promovendo momentos de reflexões acerca do bem estar, autoconfiança e comunicação assertiva, visando o fortalecimento de vínculos no ambiente familiar e escolar.

Fotos: Ascom Semec

Para trabalhar a temática em sala de aula, a equipe utiliza teatro de fantoches, músicas, dinâmicas e uma linguagem adequada para cada ano escolar. “O projeto visa atender as necessidades dos alunos e suas famílias para o fortalecimento de vínculos, assim se adequa a realidade de cada escola. Estamos usando um formato bem lúdico e queremos atingir 100% das crianças matriculadas”, explica a psicóloga da Semec, Geysa Santos.

Na prática, a turma é estimulada a expressar seus sentimentos em relação à escola, à família e os colegas, compartilhando com os demais suas reflexões. “Muitos demonstram o carinho que têm pela escola, que estão felizes com o retorno presencial. Todos saímos revigorados desse momento”, disse Geysa.

O Fortalecendo Laços é uma das ações desenvolvidas atualmente na unidade de ensino, que passa por uma série de intervenções positivas, a fim de atender às necessidades da comunidade escolar como um todo. Além desse projeto, as assistentes sociais e a psicóloga da Semec realizam plantões sociais, atendendo as famílias e os alunos individualmente, na própria escola, para orientações e resolução de demandas sociais diversas.

“Estamos dentro da escola realizando um amplo trabalho de acolhimento, orientações e atendimentos individualizados. Temos ações direcionadas para os alunos, outras para a equipe escolar e também com os pais, alinhando as estratégias para que tenhamos os mesmos processos de apoio às nossas crianças e adolescentes em todos os seus direitos”, declara Magali Sampaio, assistente social da Semec.

Projeto “Querido Remetente” realiza I Encontro Integrador

Com o objetivo de trabalhar de forma didática o gênero correspondência, a Escola Municipal Professor Antilhon Ribeiro Soares, localizada no bairro Lourival Parentes, zona Sul de Teresina, realizou na manhã desta quinta-feira (26) o projeto “Querido Remetente”, com os alunos do 6º ao 9º ano.

Fotos: Ascom Semec

O projeto tem como intuito incentivar, de modo lúdico, a leitura, a escrita e trabalhar as habilidades socioemocionais e afetivas dos estudantes. O 1º encontro integrador do projeto aconteceu hoje e teve a temática “família”, em virtude ao Dia das Mães e Dia da Família, ambos no mês de maio.

Com intuito de aproveitar para fazer uma reflexão sobre a temática e trazer a família de encontro com a escola, a equipe pedagógica organizou no pátio a leitura de cartas, como a apresentação de poemas, painel lambe-lambe e cordéis com a temática mensal do projeto.

A pedagoga Glaucya Leandro, explicou à Secretaria Municipal de Educação (SEMEC), que o diálogo sobre a temática “família” foi construído ao longo desse mês com os alunos, trabalhando também as múltiplas configurações de famílias que têm na escola.

“ Aproveitamos o momento para fazer essa reflexão com os alunos e também aproximar a família da escola. Assim podemos estar obtendo melhorias no resultado, tanto no aspecto cognitivo quanto socioemocional”, finaliza a pedagoga.

E.M Padre Ângelo Imperialli promove palestra sobre frequência escolar

No retorno das aulas 100% presenciais, pais de alunos da Escola Municipal Padre Ângelo Imperialli, localizada no bairro Santa Lia, zona Leste de Teresina, participaram de uma palestra de orientação e sensibilização da importância de a criança manter a frequência escolar.

“A palestra, proferida pela conselheira tutelar Tatiane Meireles, foi voltada para pais de alunos do 1º ao 3º do Ensino Fundamental. Esta é uma ação da unidade de ensino para minimizar a infrequência do aluno no ambiente escolar, mostrando que o aprendizado é prejudicado quando a criança falta às aulas”, explica a diretora da escola, Dilza Lopes.

Na ocasião, a conselheira tutelar conversou com alunos do 4º ano sobre o projeto MPT na Escola, iniciativa nacional do Ministério Público do Trabalho que busca implementar uma série de ações voltadas à promoção de debates nas escolas sobre a erradicação do trabalho infantil. Neste ano de 2022, 140 escolas piauienses, estaduais e municipais, participam do projeto em Teresina e mais nove municípios.

“Faz parte da missão da Secretaria Municipal de Educação (Semec), além de garantir as aulas, promover ações com orientações aos pais e alunos sobre temas pertinentes ao aprendizado, ao desenvolvimento e à proteção das crianças”, afirma o secretário municipal de Educação, Nouga Cardoso.