Teresina apresenta saldo positivo de empregos nos dois primeiros meses de 2022

Os números de empregos formais em Teresina são positivos nos primeiros dois meses do ano de 2022. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), janeiro e fevereiro deste ano somaram 1.049 novos postos de trabalho. Nos últimos 12 meses o saldo acumulado foi de 13.013 novas vagas.

O setor de serviços liderou no mês de janeiro com a criação 544 postos de trabalho, seguido da Construção Civil com 161. No referido mês, a cidade tinha o total de 187,034 pessoas empregadas no setor formal.

No mês de fevereiro o setor de serviços continuou liderando com a geração de 520 empregos formais. Em seguida vem a construção civil com a criação de 244 postos de trabalho, e o comércio que no período gerou 80 vagas. No referido mês, a cidade tinha o total de 187,946 pessoas empregadas no setor formal.

“Teresina, depois de anos de pandemia tem apresentado uma boa evolução no quesito mercado de trabalho e o setor de serviços da cidade tem se mostrado bastante resiliente. O teresinense também tem se mostrado bastante empreendedor, algo já confirmado pelo índice Endeavor de ambiente de negócios e o número de abertura de novas empresas apontados pela JUCEPI em 2021”, pontua o Gerente de Planejamento e Orçamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC).

Os setores de comércio e serviços representam 82% das pessoas empregadas na cidade, com 50.927 no Comércio e 102.816 nos Serviços, respectivamente. “Os dados demonstram a importância desses segmentos, e a Prefeitura de Teresina tem direcionado suas políticas de qualificação voltada para o setor de serviços, com foco na profissionalização de pessoas e inserção no mercado de trabalho”, finaliza o gerente.

Teresina apresenta saldo de 58% dos empregos gerados no Piauí

Teresina terminou o ano de 2021 com saldo positivo de 15.071 vagas de emprego com carteira de trabalho assinada. Ao longo do ano, foram registradas 26.151 admissões no Piauí, desse total, 58% dos empregos gerados no Estado foram na capital. Os dados foram divulgados na segunda-feira (31), pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

O mercado de trabalho na cidade mostra sinais de relativa recuperação mesmo diante da pandemia. Esta constatação partiu da analise entre o ano de 2020 onde foi registrado um saldo negativo de menos 3.182 postos de trabalho em comparação ao ano de 2021.

Para o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcelo Eulálio, os dados revelam sinais de uma política econômica de resultados, mesmo diante das dificuldades.

“A Prefeitura de Teresina, através da SEMDEC, vem buscando fortalecer essa política econômica que nos gera, principalmente nesse momento difícil devido à pandemia da Covid-19, resultados otimistas. Dados como esse nos fortalecem a dar continuidade a essa forma de gerir o setor público, sempre em sintonia com o privado, com o intuito de facilitar e atrair mais empresas e, consequentemente, a geração de emprego e renda para nossa capital”, disse o gestor.

No acumulado do ano, o setor de serviços, liderou com 5.749 vagas de trabalho criadas. O setor de comércio agregou outras 4.696 vagas, enquanto na construção civil foram criados 1.908 postos de trabalho.

Com o avanço da vacinação, e diante do ambiente favorável espera-se crescimento mais sustentado da atividade econômica, e a Prefeitura vem procurando desenvolver um ambiente atrativo para que mais empresas possam se instalar em nossa cidade.

“O trabalho que temos desenvolvido na Prefeitura é de criar um ambiente de negócio cada vez mais favorável à instalação de novas empresas e políticas fiscais, articulações que vêm gerando frutos positivos para a economia da cidade. O que estamos colocando em prática é o plano de governo do prefeito, Dr. Pessoa, com ações integradas com outros órgãos do município e voltadas para o desenvolvimento socioeconômico de Teresina”, finalizou o secretário.

Parceria entre SEMDEC e Hospital São Marcos garante vagas de emprego para pessoas com deficiência

Com o objetivo de incluir cada vez mais as pessoas com deficiência no mercado de trabalho a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), em parceria com o Hospital São Marcos estará recebendo currículos para compor o banco de dados do hospital.

“A princípio os currículos farão parte do nosso banco de dados, mas breve estaremos realizando uma seleção de PCDS para o setor administrativo, técnicos em enfermagem, estágios e serviços gerais, por isso a importância de mantermos o nosso banco de dados atualizado com esse grupo de pessoas que estão disponíveis ao mercado de trabalho”, esclarece a psicóloga organizacional do Hospital São Marcos, Débora Andrade.

Para disputar as vagas, é necessário que o candidato tenha o ensino médio completo, conhecimentos em informática básica e ter no mínimo 18 anos. Já no caso da vaga para técnico em enfermagem, além dos requisitos anteriores o candidato deve ter pelo menos seis meses de experiência e estar com o COREN ativo.

Os currículos podem ser entregue de segunda à sexta, das 7 às 13 horas, na SEMDEC, localizada na Rua Manoel Nogueira Lima, 1347, bairro jóquei, ou encaminhados para o e-mail: semdec.gmpe@gmail.com, aos cuidados de Solange Feitosa. Mais informações pelo telefone: (86) 9 9554-1315.

“Isso mostra o compromisso da Prefeitura de Teresina, através da SEMDEC e das empresas parceiras com a diversidade e inclusão social de forma a garantir a todos, indiscriminadamente, incluídos nesse grupo as pessoas com deficiências, a mesma oportunidade de trabalho”, pontua a gerente de micro e pequenas empresas, Solange Feitosa.

Ainda, segundo a gerente, é importante que os interessados se atentem ao prazo de entrega ou envio desses currículos. “As pessoas podem iniciar com entrega ou envio dos currículos nesta quinta-feira (14), mas o prazo de recebimento se estende até o dia 29 de outubro”, finaliza Solange.

Dr. Pessoa participa do lançamento de novo empreendimento que vai gerar mais de 500 novos empregos em Teresina

A estimativa é que a nova loja seja inaugurada em outubro, gerando 500 postos de trabalhos diretos e mais de mil indiretos Fotos(Rômulo Piauilino / Semcom)

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, participou, na manhã desta terça-feira (17), da solenidade que marcou o início das obras para a construção de um novo home center do Grupo Carajás, na capital do Piauí, o primeiro empreendimento da empresa no Estado. Na oportunidade, o gestor destacou a importância do estímulo econômico para potencializar as oportunidades no município.

“É uma coisa fundamental, que com certeza vai gerar muitos empregos na nossa cidade. O grupo escolheu Teresina não apenas por uma questão de mercado, mas também pela segurança jurídica. Estamos orgulhosos de ter esse grupo, genuinamente nordestino, investindo e se instalando em nossa cidade, gerando diversas oportunidades de trabalho e renda”, disse Dr. Pessoa.

Segundo Alexandre Mendonça, presidente do Conselho de Administração do Grupo Carajás, a estimativa é que a nova loja seja inaugurada em outubro, gerando 500 postos de trabalhos diretos e mais de mil indiretos. “Vemos Teresina com uma perspectiva muito boa de desenvolvimento, acreditamos muito que esse Estado vai crescer no segmento da construção civil. chegamos para contribuir com esse crescimento”, disse.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), Marcelo Eulálio, afirma que o poder público tem trabalhado para agilizar a criação de novos negócios em Teresina. “O compromisso da gestão do nosso prefeito Dr. Pessoa é desburocratizar, fazer com que esses empreendimentos possam se instalar o mais rápido possível”, enfatizou.

Sobre a empresa

Fundado em 1974, em Maceió (AL), o Grupo Carajás integra a lista dos mais importantes home centers do país, ocupando a 8ª posição no ranking das lojas de material de construção, segundo a Anamaco.

Nos seus mais de 45 anos de história, a empresa tem atuado no mercado varejista e acelerado o seu projeto de expansão com oito lojas distribuídas em quatro Estados do Nordeste: Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará.

Prefeito prestigia inauguração de supermercado que abre mais de 470 vagas de emprego em Teresina

O prefeito de Teresina, Doutor Pessoa, esteve nesta quinta-feira, 4, no evento de inauguração de mais um supermercado do Grupo Mateus na capital piauiense, o Mix Atacarejo. Ao todo, mais de 440 postos empregos diretos e 38 postos de trabalho intermitente, com ênfase na mão de obra local, estão sendo gerados com a instalação desta nova unidade.

“Sei que estamos vivendo um momento difícil há algum tempo, que piorou com a pandemia, por isso, ficamos felizes que o empresariado continua olhando para nosso município, com novos investimentos, gerando emprego e renda. Da nossa parte, não encontrarão obstáculos, pois a prefeitura tem uma visão moderna”, destacou o gestor municipal.

Presidente do grupo comercial, Ilson Mateus destacou a importância da parceria e anunciou novos projetos. “Essa união da gestão pública com a privada é que gera emprego, move a economia. Sou grato a forma como o prefeito e como o povo de Teresina têm nos recebido. Vamos seguir nessa caminhada, com novos empreendimentos”, pontuou.

O empresário lembrou que o plano de expansão do grupo prevê a abertura de outras três unidades da rede de supermercados na cidade, uma até o fim de 2021. A intenção é que a Fundação Wall Ferraz (FWF), através da sua grade de cursos de qualificação profissional, faça a intermediação para essas e outras vagas de emprego que serão abertas.

Prefeito Doutor Pessoa prestigiou a inauguração do novo supermercado em Teresina Foto (Rômulo Piauilino)

Loja de departamento vai gerar 200 empregos diretos em Teresina

Renato Bezerra

Teresina atraiu mais um grande empreendimento comercial, onde serão gerados cerca de 200 empregos diretos. No final da tarde desta terça-feira, 11, o prefeito Firmino Filho reuniu-se com representantes da Havan, loja de departamentos, onde foi discutido o processo de expansão da empresa em todo Brasil.

Durante o encontro, o prefeito destacou a vocação de Teresina para o comércio e as vantagens da chegada do grupo, que é reconhecido em todo país. “Temos uma crise que está se dissipando e a economia vem retomando crescimento. Por isso, esperamos uma maior geração de empregos com a chegada de mais uma oportunidade de negócios na nossa cidade”, disse.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Venâncio Cardoso, explicou que, após o período de prospecção, a empresa deu início às obras nesta semana. “Foi mais de um ano até a fase que chegamos hoje. É uma oportunidade para que mais pessoas tenham acesso ao mercado de trabalho, o que também gera renda para o nosso município “, disse.

Nilton Hang, diretor de expansão do grupo, comentou que Teresina é uma das grandes capitais do Nordeste e que está em pleno desenvolvimento em todas as áreas. “Estamos vindo para somar e ser mais uma opção para a população teresinense, que já conta com outros grandes grupos do varejo “, declarou.

O novo empreendimento será construído na zona Leste da cidade, na avenida João XXIII. A inauguração da filial está prevista para o mês de maio. “Será um prédio de alto padrão, com mais de 18 mil metros quadrados de área construída”, frisou o arquiteto responsável pela obra, Ranieri Pierotti.

Primeiro dia da 3ª Feira de Empregos e Negócios teve 4 mil atendimentos

Ascom/FWF

Cerca de 4 mil pessoas foram atendidas hoje no Espaço Rosa dos Ventos, na Universidade Federal do Piauí (UFPI), durante o primeiro dia da 3ª Feira de Empregos e Negócios , evento promovido pela Prefeitura de Teresina, através da Fundação Wall Ferraz, e com apoio de diversas entidades e empresas parceiras.

Das quatro mil pessoas atendidas, 2.500 foram encaminhadas para as empresas parceiras que juntas estavam oferecendo 400 vagas de empregos, numero a mais do que o divulgado pela organização da feira durante a pré-seleção, que ocorreu em seis postos de inscrições. Outras 1.200 pessoas compareceram à feira para participar dos sete workshops, e ainda para se cadastrarem no banco de reservas do Projeto Balcão do Trabalhador.

O prefeito Firmino Filho destacou a importância da capacitação  profissional  para que as pessoas não demorem tanto tempo desempregadas. “Além da Fundação Wall Ferraz, temos diversos órgãos que trabalham com a empregabilidade, por isso é preciso que as pessoas abracem os projetos desenvolvidos pelos órgãos municipais, a fim de garantir mais espaço no mercado de trabalho”, comentou Firmino Filho.

O presidente da Fundação Wall Ferraz, Scheyvan Lima, afirma que ficou surpreso com o público presente, e que sua maior alegria foi ver a grande procura pelos workshops de orientação profissional.

“A 3ª Feira de Empregos e Negócios está sendo um grande sucesso, e claro, batendo recorde de público. Estamos preparados para prestar um bom atendimento aos presentes, e quem fez o cadastro antecipado tem a garantia de atendimento. Os estandes só encerrarão as entrevistas, quando o último candidato for atendido”,  destacou Scheyvan Lima.

Um dos parceiros da feira é o Sistema Nacional de Empregos (SINE-PI), que durante os dois dias estará oferecendo ao público diversos serviços. De acordo com o coordenador do SINE, Daniel Carvalho, Teresina só tem a ganhar com esta parceria, pois através dela, dezenas de pessoas que há tempos buscam por emprego, terão a chance de alcançarem seus objetivos. “Estamos nesta parceria para aumentar ainda mais a oferta de empregos para quem precisa. Além do cadastro de reserva que estamos realizando, quem for ao estande do SINE terá ainda os serviços de agendamento para emissão de Carteira Profissional (CTPS) e seguro desemprego”, comentou Daniel Carvalho.

ATÉ ESTRANGEIROS ESTÃO NA DISPUTA

Além dos teresinenses, vários estrangeiros que hoje residem na capital também estiveram na feira para tentar conquistar uma vaga de emprego, entre eles vários venezuelanos e angolanos. Desempregado desde que chegou à Teresina, há cerca de um ano, o angolano Miguel Antonio, de 49 anos, conta que só está na disputa graças aos três cursos que ele fez através da Fundação Wall Ferraz. “Se não fosse estes cursos, dificilmente eu estaria aqui disputando uma vaga, pois diferente do meu país, a profissionalização é algo fundamental para quem deseja se inserir no mercado de trabalho”, ressaltou Miguel Antonio.

ERROS MAIS COMUNS NA BUSCA PELO EMPREGO

A Consultora em Gestão de Pessoas, Márcia Verônica, que esteve no primeiro workshop do dia, conta que o principal erro na hora da busca pelo emprego é a construção do currículo. Segundo ela, é preciso que se mostre objetividade, não tendo a necessidade de se colocar datas, assinaturas, fotos, e nem nomes de familiares. “Fora estes erros que citei, o mais grosseiro é a questão dos dados desatualizados, muitos não atualizam nem os números de telefone ou e-mail, deixando a empresa impossibilitada de contatá-los”,  explicou Márcia Verônica.

EMPRESAS PARCEIRAS

Entre as empresas parceiras estão o Grupo Ferro Norte, Grupo Cacique, Damásio Moto peças, Frango Forte, Grupo Geraldo Oliveira, Grupo Vanguarda, R. Carvalho, Pax União, Discar Distribuidora, Microlins, Grupo JAP, Grupo Jorge Batista, Vikstar, Armazém Paraíba, VOX, Nazária Distribuidora, Alfa Bebidas, Renove Pneus, Panificadoras Ideal, Stone Pagamentos S/A, Inovance, Ímpar RH, RG Cosméticos e Pitágoras e Instituto Camilo Filho.

ENTIDADES PARCEIRAS

Além do Sistema Nacional de Empregos (SINE-PI), também temos como parceiros o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE-PI), Secretaria Municipal de Economia Solidária de Teresina (SEMEST), Ação Social Arquidiocesana (ASA), Fundação Monsenhor Chaves (FMC) e do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE-Teresina), e o Instituto Cajuína.