Projeto Escola e Família leva palestra a E.M. Simões Filhos

O Projeto Escola e Família articulado pela equipe da Divisão de Assistência ao Educando (DAE) da Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) tem desenvolvido junto às escolas e CMEIs atividades que fortaleçam os laços entre comunidade e escola, como elucidar os direitos e deveres dos estudantes e de suas famílias.

Na Escola Municipal Simões Filhos, localizada no Cristo Rei, a DAE desenvolveu uma atividade especial na manhã desta sexta-feira (13) em parceria com a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPPM) em alusão ao Dia das Mães e da Mulher, com a acolhida das famílias para a abordagem das temáticas do universo feminino e materno, como também a prevenção da violência contra à mulher.

A atividade contou com a palestra da assistente social da SMPPM, Caroline Maria Leal, que também é Conselheira do Conselho Municipal do Direito da Mulher, e com a participação das assistentes sociais da SEMEC, Raissa, Cleides e Magali.

Semec participa de reunião com lideranças comunitárias da zona Sudeste da capital

Atendendo a um convite de lideranças comunitárias da zona Sudeste da Capital, que buscam melhorias de infraestrutura nas unidades de ensino, o secretário municipal de Educação de Teresina, professor Nouga Cardoso esteve participando de uma reunião no Centro Municipal de Educação Infantil – Dona Maria de Jesus Araújo Silveira, localizado na Cidade Jardim.

O Cmei que atende 113 alunos com turmas do 1º e 2 º período no turno da manhã, tem recebido inúmeras solicitações de matrículas. Buscando garantir o maior número de vagas, lideranças do bairro e a direção da escola propõem uma ampliação no número de salas de aulas para atender a demanda.

O Secretário ouviu as solicitações, informando que estará buscando orientação da equipe de engenharia da Secretaria Municipal de Educação(Semec), no sentido de analisar as condições de ampliação da unidade de ensino.

Anibal Ramos, representante da comunidade, reforça a solicitação ao secretário. “ A falta de vaga para crianças é uma preocupação que envolve todos os pais que têm crianças na redondeza. A presença do secretário, demonstra o compromisso do município com a educação. Aguardamos ansiosos pela resposta imediata por parte da Prefeitura, através da Semec”, ressalta.

A diretora da escola Ranusa Gomes enfatiza a necessidade de se ter mais salas na escola.

“A ampliação de mais salas na escola é algo de extrema necessidade, pois a procura de vagas é constante. O secretário nos garantiu o quanto antes uma resposta para tentarmos amenizar a situação, com mais ofertas de vagas no Cmei”, disse.

Semec realiza vistoria na Escola Municipal Santa Fé na zona Sul

O secretário de Educação, Nouga Cardoso, juntamente com a equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação (SEMEC), visitaram a Escola Municipal Santa Fé, localizada no conjunto Santa Fé, zona Sul da capital. O objetivo foi analisar as condições da escola que atende alunos do 2º ao 9º ano do ensino fundamental.

Recebidos pela diretora Uderiana Moraes, o secretário e a equipe vistoriaram a escola que atende 447 alunos. A escola passou a funcionar em tempo integral em 2021, com o intuito de atender as demandas da comunidade.

“Nós recebemos um retorno muito positivo do secretário, ele se comprometeu em atender às nossas demandas. Escutou desde os funcionários à equipe gestora para entender a realidade da escola e assim para melhor atender a comunidade”, finaliza a diretora.

Na oportunidade, a equipe técnica formada pelo secretário executivo de Ensino, professor Kleytton Santos, o coordenador do Grupo de Trabalho, professor Reynaldo Ximenes e a gerente de ensino fundamental, professora Geane Alves. “Constatamos o empenho da direção da escola e professores em garantir um ensino e atendimento de qualidade para seus alunos. Estamos realizando a visita para analisar as necessidades mais urgentes da unidade e assim, providenciar o atendimento”, enfatiza Kleytton Santos.

Aulas práticas estão dinamizando aprendizado na Escola Municipal Raimundo Nonato Monteiro Santana

Desde o retorno das atividades presenciais, os alunos da Escola Municipal Raimundo Nonato Monteiro Santana, na Vila Irmã Dulce, estão vivenciando múltiplas experiências de aulas práticas. Além de tornar o conteúdo mais significativo, a prática proporciona momentos de diversão e interação entre os jovens.

Na aula de ciências, a turma do 7º ano foi para o laboratório estudar biodiversidade de organismos e classificação biológica. A professora Clarissa Lessa usou o microscópio para explicar como os seres vivos estão divididos e como funcionam as células. “No laboratório utilizamos microscópios e lâminas para que eles observassem as células dos organismos microscópicos. Foi uma aula bem legal”, disse a professora Clarissa.

E quando o assunto é arte, a professora Valdênia Carvalho planeja mil ideias para conectar os estudantes com as mais variadas experiências sensoriais. Em parceria com o professor de música, Vitalino Luz, está trabalhando ritmos com os alunos. “Eles receberam a ideia com alegria e empolgação, muitos interagindo com um instrumento musical pela primeira vez. Foi gratificante e nos motivou a continuar com a esse trabalho”, conta Valdênia.

A diretora Suzana Sara explica que as atividades são complementos das aulas teóricas. “É na prática que os alunos entendem melhor aquele conteúdo desenvolvido em sala de aula. Durante o planejamento com os professores, conversamos sobre ações nesse sentido, sempre trazer o conteúdo para a realidade, o movimento e a aplicabilidade”, declarou a gestora.

 

Equipe técnica da Semec visita escolas da zona Leste

Com o objetivo de vistoriar as condições das escolas da Rede Municipal de Ensino, o secretário municipal de Educação, professor Nouga Cardoso e equipe técnica da Secretaria Municipal de Educação – Semec – continuam cumprindo o calendário de visitas às unidades. No Centro Municipal de Educação Infantil – Cmei Presidente Médici, no bairro São Cristovão, Zona Leste de Teresina, o secretário conversou com a diretoria e professores que pontuaram as necessidades de melhorias na infraestrutura, com reparos no piso, telhado e pinturas de portas e janelas.

“Sem dúvida, as visitas do secretário nos dar a oportunidade de apresentar nossa estrutura, as necessidades mais urgentes, além de conversar com os professores e servidores. Hoje, também destacamos a necessidade da construção da sala de professores da nossa unidade de ensino. O secretário nos assegurou a resolução junto à equipe técnica da SEMEC.”, conclui a diretora Abigail Lopes.

A gestora do CMEI Eduardo Henrique Accioly Campos, Joyse de Araújo, unidade localizada no Santa Isabel, recebeu a visita técnica, já pontuando os problemas enfrentados pela unidade devido à ausência de reparos estruturais. “Estamos bem otimista em relação ao posicionamento da equipe técnica da SEMEC e com a possibilidade de previsão de retorno híbrido para dia 20 de setembro.

O secretário Nouga Cardoso visitou também o CMEI Professora Roseana Maria Martins de Lima e a Escola Municipal Professor Oscar Olímpio Cavalcante, localizadas no bairro Vale Quem Tem. De acordo com o diretor de Coordenação do Grupo de Trabalho Programa de Desenvolvimento da Educação, professor Reinaldo Ximenes, semanalmente a Semec vem realizando visitas as unidades escolas.

“Nosso objetivo é vistoriar as escolas e centros, conversar com o corpo docente, servidores e analisar a estrutura ofertada, para providenciar os reparos mais urgentes. Assim, estamos buscando oferecer aos alunos um retorno às escolas com todos os protocolos de segurança sanitária e com uma boa infraestrutura”, ressalta Ximenes.

Foto: Divulgação (Semec)

Projeto Banda Escola transforma a vida de crianças e adolescentes em Teresina

Criança atendida pelo projeto Banda Escola / Foto: Digo Costa

Projeto Banda Escola é um programa de formação musical através de bandas de músicas com crianças e jovens dos bairros e povoados de Teresina, que chega em 2021, comemorando 33 anos de permanente atividade e de formação de músicos na cidade.  Ele cumpre um importante papel social e educativo ao colocar no mercado novos instrumentistas com sólida formação musical, prática e teórica; desempenhando um papel fundamental para a preservação e continuidade da produção cultural das bandas de músicas em várias cidades do estado, além de tirar as crianças de situações de risco e mantê-las ligadas à educação por meio das artes.

Kaylane Adryelly é uma das alunas do projeto e quando soube que um amigo estava participando da seleção, se interessou e quis participar também. “Na época, eu fui mais pra ocupar meu tempo, porém acabei me interessando mais. Comecei no clarinete, mas não deu muito certo, aí passei pra tuba e me adaptei”, conta Kaylane Adryelly.

Quem também iniciou as atividades nesse projeto foi Gustavo Cipriano, que atualmente é regente de uma banda no Escolão do Parque Itararé, mas a história dele com o projeto iniciou em 1996 na mesma escola, onde aos 12 anos começou a tocar clarinete. “O Projeto é muito importante na minha vida, foi onde eu me tornei músico, professor e tudo o que hoje eu sou como profissional eu devo ao projeto”, diz Gustavo Cipriano.

De acordo com Scheyvan Lima, presidente da Fundação Monsenhor Chaves, além das aulas, os alunos do projeto têm a oportunidade de fazer apresentações por toda cidade. “Nós trabalhamos o lado humano, mas também o profissional dos alunos e eles se tornam músicos, vão tocar em grandes bandas, vão cursar música nas universidades”, afirma Scheyvan Lima, comentando ainda que a fundação vem formando esses jovens para a vida.

O projeto Banda Escola é executado pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, no âmbito das unidades escolares do município. A divulgação do calendário de matrículas é divulgado no site fcmc.teresina.pi.gov.br  e nas redes sociais da fundação.

 

Prefeitura entrega a 32ª escola de tempo integral em Teresina

Rômulo Piauilino

O prefeito Firmino Filho entregou, nesta terça-feira (22), a Escola Municipal Professor Olímpio Castro de Oliveira para a comunidade da zona Leste de Teresina. Com a inauguração desta unidade de ensino, a Prefeitura alcança a marca de 32 escolas funcionando em período integral na capital, entre Centros Municipais de Educação Infantil e escolas de Ensino Fundamental.

Durante a solenidade de entrega, Firmino Filho destacou que os investimentos realizados na educação pela Prefeitura de Teresina confirmam o compromisso com a expansão do ensino de qualidade na cidade. “Essa é a nossa 32ª escola de tempo integral. Ela vai atender toda a região do Vale do Gavião e não apenas no tempo integral, no sentido de funcionar de manhã e tarde, mas oferecendo uma visão integral da educação. A comunidade da região Leste está de parabéns por mais essa obra, que pode transformar vidas e construir um futuro melhor para a meninada”, concluiu.

A Escola Municipal Professor Olímpio Castro de Oliveira vai atender mais de 560 alunos do 6º ao 9º ano em tempo integral. O espaço conta com treze salas de aulas climatizadas e quadra poliesportiva coberta. O investimento da obra ultrapassa R$ 4 milhões, com recursos oriundos da Prefeitura de Teresina e Salário Educação.

Para a secretaria municipal de educação, Kátia Dantas, a estrutura da escola, com espaço amplo e agradável, é fundamental para que o ensino integral seja realizado com eficiência. “É muito importante seguir com o tempo integral na cidade de Teresina, não só por atender todas as famílias, mas, principalmente, atender o aluno de uma maneira integral com conteúdos curriculares e extracurriculares. Entregamos salas de aula amplas, climatizadas, temos um pátio aberto que propicia muito a educação dos alunos e ainda uma quadra poliesportiva. A escola foi toda preparada considerando a altura da qualidade da educação que nós fazemos na cidade de Teresina”, disse.

Prefeitura inaugura escola com estrutura moderna na zona Sul de Teresina

A nova escola inaugurada pela Prefeitura de Teresina no Portal da Alegria chama a atenção pela estrutura moderna. Na manha desta sexta-feira (11) o prefeito Firmino Filho entregou para a comunidade da zona Sul a Escola Municipal Júlio Lopes Lima e a quadra poliesportiva da Escola Municipal Graciliano Ramos, no Residencial Torquato Neto. As duas construções beneficiam principalmente os alunos do Ensino Fundamental.

No Portal da Alegria, a E.M. Júlio Lopes atenderá a quase mil alunos matriculados do 6º ao 9º ano, em 13 salas de aula climatizadas. A unidade de ensino leva o nome de um economista apaixonado pela educação. Mesmo entusiasmo usado pela diretora Susana Paz durante a solenidade de inauguração. “Essa escola é um sonho que virou realidade. A palavra do dia é gratidão”, declarou.

A unidade de ensino também conta com uma quadra poliesportiva coberta, compartilhada com o CMEI Carlos Drummond de Andrade. O investimento na construção da escola com a quadra foi de R$ 4.265.068,15.

Para o prefeito, cada entrega de uma nova obra renova as esperanças na educação. “O que conseguimos até aqui fala muito sobre o nosso compromisso com a cidade. Agora, filho de pobre tem chances de crescer através da educação. Fizemos história e isso vai ficar marcado na vida dos alunos”, disse Firmino.

“Estamos bem contentes com as 14 obras programadas para entrega nos próximos dias. Deixamos uma história, um pedaço do nosso coração em cada novo espaço construído ou reformado, porque não é à toa que temos a melhor educação entre todas as capitais do país. O legado mais importante é de que é possível sonhar e acreditar em um futuro melhor para a cidade”, disse a secretária municipal de Educação, Kátia Dantas.

Na nova quadra da E.M. Graciliano Ramos quem deu o primeiro chute na bola foi o prefeito. A unidade de ensino atende cerca de 800 alunos do 2º ao 5º ano. O ginásio, que custou R$ 681.906,80, também será utilizado pelas crianças do CMEI Matias Matos, favorecendo as práticas esportivas e manifestações culturais.

A diretora Maria da Conceição Pereira falou emocionada sobre a conquista da quadra. “Representa muito para nossa comunidade escolar, que agora possui um espaço adequado para as diversas atividades que desenvolvemos. Além disso, nossa escola é totalmente climatizada, o entorno do prédio foi reestruturado, tudo que sempre sonhamos. Nosso agradecimento é em mais trabalho e resultados cada vez melhores”, pontuou a gestora.

UBS e Escola atuam juntas para combater evasão escolar na zona Rural

Na zona rural de Teresina, a atenção básica em saúde está somando esforços com a educação no combate à evasão escolar durante a pandemia. A Unidade Básica de Saúde da comunidade Boa Hora, em parceria com a Escola Municipal Conselheiro Saraiva, implementou estratégias para disseminar informações e ampliar a adesão dos familiares às ações educativas propostas.

Como explica a enfermeira Lívia Viana, a ideia é aproveitar as visitas do agentes comunitários de saúde para conscientizar as famílias sobre o incentivo aos estudantes para acompanharem as aulas virtuais. “Nessa época de pandemia a frequência escolar tem sido contabilizada em razão da presença nas atividades online, assistir as vídeo-aulas e realizar as atividades online e escritas distribuídas pela escola. O que nós fazemos é aproveitar a proximidade do agente com as famílias para verificar como está a frequência escolar e participação nas atividades”, explica a enfermeira Lívia Viana, que atua na UBS da Boa Hora.

A enfermeira informa que o trabalho conta ainda com a participação do Conselho Tutelar, para o auxílio em casos de maior dificuldade. “Em contrapartida, recebemos da escola a relação das famílias com crianças e jovens que estão com vacinas em atraso, o que possibilita nossa busca ativa e um aumento na imunização também”, relata Lívia Viana.

O resultado foi um aumento na busca das famílias por informações e adesão às tarefas propostas pela escola e pela UBS. Como relata Sandra Maria Ferreira dos Santos, sua filha Lívia Gabriele está mais empolgada com as aulas virtuais. “Depois da conversa com os agentes ela melhorou muito, está se interessando mais pelos estudos”, relata a mãe da garota de 14 anos e estudante do 9º ano do ensino fundamental.

A enfermeira da UBS Boa Hora conta ainda que, durante as conversas, a equipe procura também incentivar os pais a utilizar o tempo em casa para investir na qualidade de seus relacionamentos com os filhos, estando atentos a eles, conversando, ensinando, orientando e cumprindo com as obrigações sugeridas pelas pela escola e serviços de saúde.

Escola primeiro lugar no IDEB de Teresina comemora conquista pelas ruas do bairro

Ascom/Semec

A Escola Municipal Mário Quintana alcançou nota 8.7 na última avaliação nacional do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) e tem o melhor resultado em matemática entre os Anos Iniciais. Para comemorar o destaque, a equipe escolar realizou um buzinaço pelas ruas do bairro Dirceu Arcoverde II, onde está localizada a unidade de ensino.

Os pais também foram convidados para a ação. Uma grande fila de carros e motos percorreu o entorno da unidade de ensino anunciando a conquista. Da porta de casa os alunos vibraram juntos. “Estamos muito orgulhosos por pertencer a uma escola tão boa, agora com comprovação. Minha filha é apaixonada pelas professoras e eu faço questão de participar de tudo”, disse Dona Maria do Rosário, mãe da aluna Ana Júlia.

A equipe da escola brindou, agradeceu e agora promete fazer ainda mais. “Esse é um momento de muita alegria, colher os frutos do trabalho realizado nos últimos anos. A comemoração no bairro foi para mostrar nosso orgulho enquanto primeiro lugar e também agradecer todo o apoio. Agora é conquistar ainda mais”, anunciou a diretora Maria Andreia.