Comitê de combate à dengue inicia atividades nesta quinta-feira nas escolas da Rede Municipal

Com o aumento crescente de casos de dengue, zika e chikungunya na capital, secretarias da rede municipal, estadual e o exército brasileiro se uniram para a criação do comitê de combate à dengue para minimizar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti. A primeira reunião do comitê aconteceu na manhã desta terça-feira (26), no Centro de Formação Odilon Nunes (CEFOR).

Equipe reunida para traças as estratégias. Fotos: Ascom Semec

Através de determinações do Prefeito Dr. Pessoa, a primeira demanda a ser resolvida serão as escolas da rede municipal. “Fizemos um levantamento das escolas e CMEIs por zona e iniciaremos a ação nesta quinta-feira com unidades localizadas na zona leste, o CMEI Maria Amélia Freitas e a Escola Municipal Camilo Filho. A meta é serem trabalhadas duas escolas por semana”, esclarece Reynaldo Ximenes, coordenador do Grupo de Trabalho da SEMEC.

Estiveram presentes na reunião do comitê o secretário municipal de Educação, Professor Nouga Cardoso, André Lopes da SEMGOV, Andreia Pessoa do Gabinete do Prefeito, o subsecretário Fanuel Andrade da SEJUS, Welson Bandeira e Fabricio Mendes da SEMDUH, André Viana da GMC, o Capitão Carneiro do Exército (25 BC), Gerente Paulo Marques da Zoonoses e José Brito e Elisangela.

Projeto Superação oferece aulas de judô em escolas municipais para alunos e comunidade

Começaram nesta semana as aulas de judô do Projeto Superação, uma parceria da Secretaria Municipal de Educação (Semec) com a Associação de Judô Expedito Falcão. Oito unidades de ensino da Rede Municipal serão núcleos para a prática gratuita da modalidade, priorizando os alunos, mas abrindo espaço também para crianças da comunidade.

Nesta quarta-feira (18), os alunos participaram da primeira aula na Escola Municipal Moaci Madeira Campos, no bairro Buenos Aires. A escola recebeu 100 inscrições, formando quatro turmas com crianças de idades variadas, para treinos nos turnos manhã e tarde.

De acordo com o professor de judô Igor Silva, o esporte contribui com a socialização das crianças.

“O judô ensina a ter disciplina e traz benefícios para a saúde. Nesse atual contexto, onde as crianças passaram muito tempo em casa, é ainda mais essencial para a interação. Vamos trabalhar com crianças de todas as classes sociais, culturas e religiões, dentro de uma escola pública, oportunidade para que vivenciem experiências diversas e aprendam a se respeitar. No tatame não existem diferenças”, explica o judoca.

E foi para ajudar com o comportamento do Kayron Gildson, aluno do 4º ano da E. M. Moaci Madeira Campos, que a família apostou no judô. A tia Marissa é quem leva o menino para a aula e vai acompanhar de perto o desempenho na modalidade. “Ele precisava de uma atividade extra, algo que discipline e dê foco, está animado com as aulas de judô esse ano”, declara a tia.

Novos diretores da rede municipal recebem orientações sobre prestação de contas

Diretores de escolas da rede municipal de Teresina que assumiram o cargo este ano, estão passando por uma capacitação online para aprender sobre prestação de contas. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Educação (Semec), com o objetivo de apoiar e facilitar a rotina administrativa dos gestores.

A primeira etapa da formação contou com a participação de 18 diretores que acabam de assumir o cargo nas unidades de ensino. Eles conheceram detalhes sobre os recursos que terão acesso para manter a escola, tanto a nível municipal quanto federal. Em destaque estão o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e o Fundo Rotativo.

Segundo Marlucia Soares, técnica da Prestação de Contas da Semec, é importante conhecer os processos e cumprir os prazos para garantir acesso a todos os recursos disponíveis. “São importantes assistências financeiras para as despesas relacionadas às atividades educacionais da escola. A prestação de contas deve ser realizada com responsabilidade”, alerta.

No próximo encontro online, os diretores saberão como preencher as fichas corretamente e poderão tirar dúvidas. Caso percam os prazos estipulados por lei, as unidades de ensino podem ficar sem receber os recursos suplementares e os gestores são responsabilizados administrativamente.

Ivaldo Araújo, diretor da Escola Municipal Extrema, é um dos participantes do curso. Para ele, que antes só havia atuado como diretor adjunto, as informações são extremamente necessárias para dar início à função. “Nunca tive acesso a esse processo direto de prestação de contas, então precisava mesmo das informações mais básicas. O curso é ‘nota 10’, senti que tenho onde me apoiar caso precise de ajuda”, finalizou o gestor.

Escolas e Centros Municipais realizam reuniões online com pais de alunos

As unidades de ensino da Rede Municipal de Teresina já retornaram suas atividades escolares com aulas remotas. Nos primeiros dias do ano letivo 2021, da Secretaria Municipal de Educação – Semec, os professores buscam atender alunos e pais com informações sobre o sistema remoto, a interatividade e as dificuldades que possam enfrentar.

Os estudantes têm acesso ao sistema pela plataforma MobiFamília, com aulas divididas por turno. Além das aulas online, neste primeiro momento, a Semec está priorizando as atividades impressas, distribuídas pelas escolas para cada aluno.

Além dos alunos, cada escola ou Centro Municipal de Educação Infantil está buscando abrir um canal de comunicação com os pais e/ou responsáveis, como, por exemplo, um encontro online chamado “Escola e Família”. O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Thereza Christina realizou uma reunião com os pais, momento em que foram apresentados os trabalhos a serem desenvolvidos pela creche que atende crianças na idade de seis meses a três anos.

“Já realizamos nosso primeiro encontro ‘Escola e Família’, com os responsáveis pelas crianças do nosso CMEI. Esse momento é de grande importância para que possamos apresentar nossa rotina, nossa sistemática de trabalho. Buscamos atender nossas expectativas e das próprias famílias, que na maioria das vezes estão tão ansiosas quanto às crianças. Firmar parcerias desde o início é estreitar os laços para que escola e família possam caminhar juntas, criando uma base de confiança e respeito que serão essenciais para a aprendizagem dos nossos pequenos estudantes”, enfatiza a diretora do CMEI Thereza Christina, professora Raimunda Soares.

Além da interatividade com os pais, através da plataforma MobiFamília, as unidades de ensino estão recebendo, por meio de agendamento, os pais e/ou responsáveis que tenham dúvidas ou dificuldades para acessar o sistema.

Os estudantes têm acesso ao sistema pela plataforma MobiFamília, com aulas divididas por turno

 

Quatro novas escolas da Prefeitura serão entregues em fevereiro

Semec

Novas oportunidades de aprendizado estão chegando para as crianças de Teresina, com a ampliação do número de vagas na Rede Municipal. A novidade, logo no início do ano, será a conclusão das obras de quatro unidades de ensino, sendo três escolas de Ensino Fundamental e um Centro Municipal de Educação Infantil.

O investimento de aproximadamente 15 milhões é em prédios novos, com estrutura moderna, salas de aulas climatizadas, pátio amplo, refeitório e espaços planejados para receber os estudantes com segurança e conforto. As unidades de ensino, previstas para serem entregues em fevereiro, estão localizadas no Residencial Sigefredo Pacheco II, Vale do Gavião; Torquato Neto, Portal da Alegria III; Parque Jacinta, na Santa Clara; e Residencial Teresina Sul.

A expansão no número de vagas segue um planejamento estratégico da Educação para atender a demandas dos novos residenciais na cidade. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, as obras estão na fase de conclusão, as escolas já possuem nomes e as aulas devem ter início com o calendário letivo de 2020.

“São mais salas de aula e novas oportunidades, com as crianças estudando próximo de casa. As estruturas grandiosas são para oferecer a qualidade na educação que Teresina merece”, declara o secretário municipal de Educação, Kleber Montezuma.

6º Circuito SEMEC de Xadrez tem disputas de alto nível em sua III Etapa

Para fomentar a prática do xadrez nas escolas municipais de Teresina, a Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) está promovendo o 6º Circuito SEMEC de Xadrez, dessa vez com um número maior de alunos competindo. A III Etapa acontece em dois dias, nesta sexta (06) e na próxima (13), no Centro de Formação Odilon Nunes, com 156 meninos e meninas em disputas de alto nível.

A competição reúne alunos de 24 unidades de ensino da rede municipal, divididos nas categorias Mirim, Infantil e Infanto. São estudantes de 10 a 17 anos que já praticam a modalidade na escola e estão competindo para melhorar a prática. Cada etapa vale pontos para a grande final, que acontecerá em novembro e os campeões podem representar o Piauí nos jogos escolares nacionais.

Este ano, o Circuito ganhou o reforço da Federação Piauiense de Xadrez, que iniciou recentemente uma parceria com a Prefeitura de Teresina para fortalecer o ensino do xadrez nas escolas. Os alunos que praticam o esporte em aulas extras aos sábados também foram incluídos na competição, além dos estudantes das escolas de tempo integral, que têm o xadrez como disciplina da grade curricular.

“Tudo isso elevou o nível técnico do torneio, exigindo ainda mais dos nossos praticantes”, afirma a coordenadora do Circuito SEMEC de Xadrez, Rosana Rodrigues. Segundo ela, o esporte tem ajudado na evolução dos alunos em diversos sentidos. “Estão exercitando disciplina, respeito às regras, concentração e raciocínio lógico, habilidades essenciais para ter foco nos estudos”, diz.

Rosana também destaca o crescimento no número de participantes. “O número de alunos e escolas participando dos torneios cresceu bastante, dessa forma colocamos as disputas para serem realizada em dois dias. Outro aspecto importante que devemos falar é o aumento no número de meninas participando”, destacou.

Alunos de escolas municipais da zona Rural participam de competição de futebol

Estimulando a prática esportiva e a integração entre os estudantes, a Secretaria Municipal de Educação (Semec) está realizando uma competição exclusiva para as unidades de ensino da zona Rural de Teresina. O futebol é uma das grandes paixões dos meninos e meninas, que irão disputar os jogos no período de 20 a 30 de agosto. Nesta quinta (22), seis times participaram de mais uma rodada do torneio.

As partidas acontecem no Lindolfo Monteiro e no campo do Promorar. São nove escolas municipais inscritas no masculino e sete no feminino, com finais marcadas para o dia 30, a partir das 8h, no Lindolfo Monteiro.

A atividade é parte da programação dos Jogos das Escolas Municipais de Teresina – JETs, que reúnem os alunos da rede municipal em competições individuais e coletivas para incentivar a prática das mais diversas modalidades esportivas. Durante as competições coletivas, que acontecem por todo o segundo semestre, a turma aprende sobre trabalho em equipe, respeito ao adversário, determinação, além de vivenciar novas experiências com outros estudantes.

Especialistas do Instituto Ayrton Senna analisam programas realizados nas escolas de Teresina

As agentes técnicas do Instituto Ayrton Senna, Nilceia Lopes e Sandra Pignaton, estiveram em Teresina para acompanhar de perto os programas realizados na rede municipal de ensino. A parceria da Secretaria Municipal de Educação (Semec) com o Instituto é de longa data e rende bons frutos na melhoria do desempenho acadêmico dos alunos.

Em Teresina, as unidades de ensino desenvolvem programas como Se Liga e Acelera, para a correção de fluxo escolar; Fórmula da Vitória, que motiva alunos com baixo desempenho; e Gestão de Políticas de Alfabetização, uma força a mais na organização dos processos de gestão para alfabetização das crianças.

Nilceia e Sandra conversaram com as coordenadoras de cada ação no município para avaliar os resultados conquistados e alinhar as estratégias. Animadas com o bom desenvolvimento dos programas nas escolas, deram novas orientações para os próximos passos.

Segundo Celina Lira, coordenadora do Gestão de Alfabetização, a experiência das especialistas ajuda na melhoria dos resultados. “O momento é importante para que recebamos o feedback do Instituto Ayrton Senna com relação aos resultados que nossos programas estão mostrando a eles. E também nos orienta como cada solução educacional pode ser melhor aproveitada”, disse.

O grupo também fez uma visita técnica à Escola Municipal Parque Itararé, na zona Sudeste da cidade. A visita foi uma forma de conferir na prática o que os relatórios mostram, dessa vez, com depoimentos dos próprios alunos e professores.

Alunos de escolas municipais de Teresina são selecionados para estudos aprofundados na matemática

Uma iniciativa de entusiastas da matemática no Piauí promete formar uma rede de campeões da disciplina. A Universidade Federal do Piauí (UFPI) e a Rede Pensa Piauí estão encabeçando o Projeto Multiplicando Talentos, que proporciona a estudantes de escolas públicas uma semana de imersão no estudo da matemática. São 120 alunos de diferentes municípios, incluindo 23 da rede municipal de Teresina.

As aulas começaram nesse domingo (18) e seguem até o dia 23 de agosto, no prédio da Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetag). Durante esse período, os alunos ficarão hospedados no local para uma intensa jornada de estudos e troca de conhecimentos. Durante a abertura oficial da programação, o secretário municipal de Educação de Teresina, Kleber Montezuma, destacou a importância da ação para a realização de sonhos.

“Não pensamos duas vezes em topar participar do projeto quando recebemos o convite, porque a iniciativa soma com outras ações que cada município vem realizando para fomentar o estudo das ciências. O Piauí está fazendo história no Brasil, essa é uma oportunidade para novas vivências, novos sonhos”, disse Montezuma.

Os estudantes foram selecionados a partir do desempenho obtido na última edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) e agora se preparam para ganhos ainda maiores. “São os melhores alunos de matemática do Piauí buscando juntos os melhores resultados do Brasil”, afirmou Antônio Cardoso do Amaral, famoso professor do município de Cocal dos Alves e um dos organizadores do evento.

Na OBMEP de 2017 o maior ganho de medalha de ouro foi de Teresina, um total de quatro. A expectativa para 2019 é que esse número seja bem maior. Três professores da rede municipal de Teresina também estão diretamente envolvidos no projeto. A maior parte dos alunos já participa do Programa Cidade Olímpica Educacional e vem buscando ampliar as coleções de medalhas. Para o professor Reginaldo Fernandes, essa é uma grande experiência de vida.

“Esses alunos jamais esquecerão o que estão aprendendo esta semana. O projeto vai abrir portas, oferecer condições para que vejam o mundo por horizontes mais amplos, pois não aprenderão apenas matemática, mas devem entender que eles podem ser o que quiserem ser”, destaca Reginaldo.

Famílias apoiam

Os pais também estão empolgados com a oportunidade. Durante uma conversa da organização com os familiares dos jovens, foram apresentados os principais objetivos da ação, que é um estímulo à busca pelo conhecimento.

Maria da Cruz Oliveira é mãe do Murilo Oliveira, aluno da Escola Municipal João Paulo I. O garoto já conquistou sete medalhas em olimpíadas de matemática, entre prata e bronze, nos últimos três anos. Para a mãe, é gratificante ver a evolução de Murilo, um dos selecionados para o Projeto Multiplicando Talentos.

“Eu quero o melhor para ele, então se essas aulas a mais forem para o crescimento dele, eu só tenho a apoiar. Murilo é meu único filho, crio ele sozinha. É um apaixonado pela matemática, e vê-lo conseguindo alcançar novas conquistas é emocionante”, conclui Maria da Cruz.