Prefeito lamenta morte do Diretor Clínico do Samu

O prefeito Firmino Filho, por meio de nota, lamentou o falecimento do diretor clínico do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), José Ivaldo de Oliveira. Ele estava internado em leito de UTI, desde o final de junho, em decorrência de complicações da Covid-19.

“Perdemos um pessoa muito importante no combate ao Coronavírus em Teresina. Dr. José Ivaldo era diretor médico do SAMU e atuou fortemente no enfrentamento da doença na nossa cidade. Estava em um dos comandos da nossa linha de frente e foi responsável por salvar várias vidas, especialmente nos últimos meses. Dr. Ivaldo tinha muitos amigos, dentro e fora do SAMU Teresina”, disse o prefeito.

José Ivaldo tinha 48 anos e trabalhava nas ambulâncias do SAMU desde 2004, onde prestou um grande serviço para toda a sociedade teresinense. A sua trajetória no órgão foi marcada pelo compromisso profissional, pela dedicação e pelo respeito aos colegas. O seu comprometimento e atuação humanitária contribuíram para que o SAMU Teresina fosse referência no atendimento móvel de urgência de todo o país.

Prefeito decreta luto por falecimento do empresário João Claudino

O prefeito Firmino Filho decretou luto oficial de três dias por conta do falecimento do empresário João Claudino Fernandes nesta sexta-feira, 24. Ele tinha 89 anos e é natural da cidade de Luís Gomes, no Rio Grande do Norte, mas adotou a capital piauiense para expandir os seus negócios.

O prefeito destacou que João Claudino era um dos maiores empreendedores da capital e também do país. “Mais do que um empresário de êxito estrondoso e nacional, perdemos uma forte referência de ousadia, simplicidade e muito, muito trabalho. Um grande visionário. Todas as vezes que o encontrava me impressionava com sua inteligência e perspicácia. Conhecia a alma humana como poucos. Por isso brilhou tanto entre nós. É uma grande perda para a cidade. Nesse momento, deixamos a nossa solidariedade para toda a família”, disse.

Firmino lembrou da visão inovadora e da vocação para os negócios de João Claudino. “Um empreendedor que observava as necessidades do mercado e adaptava seus empreendimentos a ele. Dessa forma, construiu um dos maiores grupos empresariais do país, com atuação no mercado varejista, industrial e também no setor de serviços”, completou.

O Grupo Claudino, que era comandado por Seu João, é um sólido conglomerado empresarial do Norte/Nordeste brasileiro que envolve várias empresas de diversos segmentos econômicos. Com sua matriz em Teresina-PI, o Paraíba deu origem a todos os negócios do Grupo Claudino, como indústrias, agência de publicidade, construtora, gráfica, frigorífico e shopping centers, entre outros negócios. As empresas do Grupo Claudino contam com mais de 15 mil funcionários e todos nos estados do Piauí, Maranhão, Bahia, Tocantins e Pernambuco.

João Claudino deixa cinco filhos: João Vicente, Cláudia Maria, João Júnior, Alayde Christine e João Marcello. Era casado com Maria Socorro de Macêdo Claudino, in memoriam, que também já foi homenageada pela administração municipal, emprestando seu nome ao Parque da Cidadania, localizado no cruzamento das avenidas Miguel Rosa e Frei Serafim, um dos maiores parques ambientais da capital, que foi inaugurado em 2016.

Mãe do prefeito Firmino Filho falece aos 83 anos

Com muito pesar, a Prefeitura de Teresina informa o falecimento da mãe do prefeito Firmino Filho, Lindalma Carvalho Soares, de 83 anos, nesta quinta-feira, 26 de setembro.

Dona Lindalma passou recentemente por uma complicada cirurgia no coração e estava sendo assistida em casa, onde faleceu.

O corpo está sendo velado na funerária Lotus, localizada na Av. Miguel Rosa, nº 3651, bairro Piçarra.

Além de Firmino, dona Lindalma deixa mais duas filhas, Lousane Paulo e Fidalma Mota, e netos.

A Prefeitura de Teresina lamenta a morte de dona Lindalma e presta condolências aos familiares e amigos, manifestando profundo pesar nesse momento de dor.

A gestão municipal decreta luto oficial de três dias.