FMS fez 1.364 atendimentos de saúde no projeto Feira das Praças

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) realizou 1.364 atendimentos de serviços de saúde para a população durante o projeto Feira das Praças nos dias 20 e 21, na praça Saraiva, centro de Teresina.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, destaca que as ações desenvolvidas durante a feira demonstraram alguns dos serviços prestados para a população. “A FMS presta serviços variados de saúde que impactam positivamente na qualidade de vida das pessoas e na feira pudemos mostrar e oferecer alguns desses serviços dessa rede de saúde com as 92 Unidades Básicas de Saúde, os 10 hospitais, 3 Upas e 4 maternidades, Samu, Laboratório Raul Bacellar, Centro de Saúde Lineu Araújo e gerencias como as de Vigilância Sanitária e Zoonoses”, cita.

Entre a prestação de serviços estão 288 exames de sangue para detectar sífilis, hepatite B e tipagem sanguínea, 500 atendimentos de distribuição de preservativos, 316 de terapias integrativas com eutonia (terapia corporal), aromaterapia, auriculoterapia (especialidade da acupuntura), ventosaterapia (tratamento natural com uso de ventosas para melhorar a circulação sanguínea em um local do corpo), alongamento terapêutico, prática corporal e reflexologia podal. As atividades educativas sobre saúde bucal foram com 39 atendimentos com orientações sobre escovação e entrega de kit de higienização bucal.

Foram 1.364 atendimentos de serviços de saúde para a população durante o projeto Feira das Praças (Foto: Ascom/FMS)

Outros serviços foram aferição de pressão arterial, orientações sobre alimentação saudável,  avaliação antropométrica, orientações sobre os procedimentos de higienização da caixa d’água e de frutas e verduras; exposição e amostras sobre descarte correto de resíduos, reciclagem, formas corretas para eliminação dos criadouros do mosquito transmissor da febre, dengue, zhikungunya, zika vírus e aedes aegypti. O Samu fez 27 simulações realísticas de manobras de ressuscitação cardiopulmonar para leigo.

Foram 1.364 atendimentos de serviços de saúde para a população durante o projeto Feira das Praças (Foto: Ascom/FMS)

Também foram distribuídos folders educativos sobre tuberculose, hanseníase, higienização correta das mãos, sífilis, leishmaniose visceral e exposição de produtos artesanais produzidos por usuários dos CAPS.

Para Antonio de Pádua, que esteve na feira e recebeu atendimento com eutonia, a feira foi um bom momento. “ Eu me sinto bastante relaxado depois desse atendimento”, fala. Antonia Maria que fez auriculoteria diz que se sente muito bem com esse tipo de atendimento.

Foram 1.364 atendimentos de serviços de saúde para a população durante o projeto Feira das Praças (Foto: Ascom/FMS)

Indígenas venezuelanos participam da “Feira das Praças” com produtos artesanais

Os indígenas venezuelanos, acolhidos em abrigos da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT), estão vendendo produtos artesanais na “Feira das Praças”, que teve início nesta sexta-feira, (20), na Praça Saraiva, localizada no Centro da capital. As peças artesanais ficarão disponíveis para a venda até o encerramento do evento, neste sábado, (21).

Fotos: Ascom Semcaspi

A iniciativa da “Feira das Praças” é da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec). A Secretaria Municipal de Assistência Social e Politicas Integradas (Semcaspi) participou da ação com o estande dos indígenas venezuelanos.

Segundo o secretário da Semcaspi, Allan Cavalcante, que esteve presente na exposição, essa é uma oportunidade para dos indígenas venezuelanos compartilharem a cultura deles com as peças artesanais.

“O Prefeito Dr. Pessoa tem se mostrado sensível para as melhorias nas condições de vida dos venezuelanos acolhidos nos abrigos. Este é um momento ímpar para que eles possam expor seus dons, talentos com artesanatos, artes e bijuterias a sociedade teresinense. O que é extremamente importante, pois não tiveram essa oportunidade em exposições anteriores”, pontuou.

Allan Cavalcante ressalta ainda que, para participar do evento, os indígenas venezuelanos tiveram toda uma preparação, por meio de capacitação para comprender o mercado de peças artesanais.

“Eles tiveram todo o apoio e assessoria da Semcaspi para confecção dos materiais e dos preços das peças. A ideia é orientar estes artesãos a colocar os preços devidos em seus produtos e compreender o mercado local. Apesar destas orientações, eles ficaram bem à vontade quanto a escolha dos preços e empolgados para a venda”, pontuou.

Para gerente de Proteção Social Básica da Semcaspi, Graciane Neves, a feira é um meio de compartilhar os talentos no artesanato dos indígenas venezuelanos com os teresinenses.

“Na feira, os venezuelanos estão mostrando o artesanato feito à mão por eles, como: colares, pulseiras e as redes. Eles participaram de um curso onde receberam todas as instruções para esse evento”, destacou.

PRODUTO DA TERRA

De acordo com o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, a “Feira das Praças” é uma ação que promete se estender a mais espaços na capital e fomentando o maior número de empreendedores.

“Esta ação é a amostragem inicial. Vamos fazer isso em todos os recantos de Teresina. É uma iniciativa que envolve a natureza e o ganho econômico. O evento acontecendo nas praças públicas, não precisamos pagar imposto, nem pagar o espaço e nem a eletricidade. O que precisamos é apenas de pessoas que produzem e realizem seus empreendimentos. Queremos que seja compartilhado os produtos da terra”, esclarece.

1ª edição do Projeto Feira das Praças iniciou nesta sexta (20), e segue até sábado (21), na Praça Saraiva

A Praça Saraiva, local onde está sendo realizada a feira, recebeu melhorias estruturais executadas pela SAAD Centro Fotos(Rômulo Piauilino/ Semcom)

Com o objetivo de apoiar e fortalecer cada vez mais o empreendedorismo na cidade de Teresina, iniciou nesta sexta-feira (20), e segue até este sábado (21), a 1ª edição do Projeto Feira das Praças. A ação, que está sendo realizada na Praça Saraiva, acontece das 8h às 20h, obedecendo todos os protocolos de saúde e higiene exigidos no momento.

“Essa edição é apenas uma amostragem, pois esse evento será realizado também nas diversas zonas de Teresina. Todas as SAAD´S, inclusive a SAAD da zona rural estarão envolvidas para revitalizar as praças por onde essa feira passar. Essa é mais uma forma de possibilitar renda aos microempreendedores da nossa cidade, que passaram por muitas dificuldades devido à pandemia. É um evento bastante importante, pois valoriza o social, o econômico e a natureza”, pontua o prefeito de Teresina, Doutor Pessoa.

A Praça Saraiva, local onde está sendo realizada a feira, recebeu melhorias estruturais executadas pela SAAD Centro. Além da instalação de um novo banheiro público, também foram feitas as pinturas dos bancos, postes, meio-fio, passarela central da igreja, recuperação do piso, instalação de novas lixeiras e o plantio de diversas plantas ornamentais em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam).

“Essa também é mais uma forma de revitalizar os pontos turísticos da cidade, e a Praça Saraiva é um deles, ela nos remete a memória afetiva das antigas feirinhas das décadas de 70 e 80, está aí a importância simbólica de iniciar esse projeto por essa praça”, esclarece o secretário da SEMDEC, Marcelo Eulálio.

Dentre os artigos que estão sendo comercializados por cerca de 30 expositores, estão inseridos produtos de moda, bijuterias, produtos artesanais, produtos personalizados, e muitos outros.

Segundo a feirante, Maria do Amparo Martins, essa foi uma excelente oportunidade de voltar a expor os produtos que se encontravam guardados em sua residência. “Devido à pandemia fui obrigada a parar com a comercialização das minhas peças artesanais que são panos de pratos, bonecas de pano, dentre outros artigos. Fiquei muito animada com a feira, pois é mais uma forma de gerar renda, não só para mim, como também para muitos feirantes que aqui se encontram. Estou tendo um retorno bastante positivo neste primeiro dia, e já pretendo também participar das próximas edições”, afirma Maria do Amparo.

O local conta ainda com a estrutura de uma praça de alimentação com food trucks, palco para as apresentações artísticas e também banheiros químicos.

Toda segurança do espaço será realizada pela Guarda Municipal e pela Polícia Militar.

O evento é uma realização da Prefeitura de Teresina, com execução da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), e que conta com a parceria da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Secretaria Municipal Economia Solidária (SEMEST), Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas integradas (SEMCASPI), SENAR, SEBRAE, dentre outras.

FMS oferece diversos serviços na Feira das Praças

Estão sendo disponibilizados para a população a realização do teste rápido de sífilis, hepatite B, atividades educativas entre outros (Fotos:Ascom/FMS)

Acontece hoje, 20, e amanhã, 21, durante todo o dia a 1ª edição do Projeto Feira das Praças. A Fundação Municipal de Saúde (FMS) está oferecendo serviços de saúde na Praça Saraiva, centro, das 8h às 20h.

Estão sendo disponibilizados para a população a realização do teste rápido de sífilis, hepatite B, atividades educativas com simulação realística de manobras de reanimação cardiorrespiratória para leigos, divulgação da campanha de prevenção de acidentes no trânsito, atividades de terapias integrativas: yoga dançante, auriculoterapia, terapia dos chás, entre outras ações.

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, destaca a finalidade do evento. “É um local para exposição da cultura, de prestação de serviços. É uma ação em benefício da comunidade e convidamos as pessoas para comparecerem”, destaca.

Projeto Feira das Praças terá o cantor Lucas Raphael e outras atrações culturais  

Nesta sexta-feira (20) e sábado (21), das 08h às 20h, acontecerá na Praça Saraiva, no Centro de Teresina, a 1ª edição do Projeto Feira das Praças, evento realizado pela Prefeitura de Teresina (PMT), através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC) e com o apoio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), que será o órgão responsável pela parte cultural da feira. Para a realização do evento estão sendo tomadas todas as medidas de segurança sanitária, sendo que será exigido o uso de máscara, higienização das mãos e medição de temperatura.

Entre as doze atrações culturais, está o cantor Lucas Raphael em uma parceria com a Banda 16 de Agosto, que às 18hs desta sexta, pretende animar o público com grandes sucessos do forró e sertanejo em um show gratuito. Na sexta pela manhã o evento contará com recreação infantil, oficinas de arte, palhaços e malabaristas, Projeto Banda Escola, Banda Escola Heitor Villa Lobos e Orquestra Sanfônica de Teresina, já no período da tarde se apresentaram a Orquestra Sinfônica de Teresina, grupos de capoeira, corpo de baile do Teatro do Boi e o Coletivo Hip hop.

De acordo com Antoniel Ribeiro, técnico cultural da FMC, a gestão municipal tem feito diversas parcerias no intuito de garantir a população de Teresina acesso a cultura. Segundo ele, esse apoio da FMC ao Projeto Feira das Praças é muito importante, pois além de gerar oportunidades, também dará mais incentivo para quem estará expondo seus produtos.

“Até as lojas têm usado esse mecanismo de colocar atrações para atrair clientes e nesse feira, não será diferente, as atrações culturais servirão como atrativos para os clientes e expositores”, comenta Antoniel Ribeiro.

Marcelo Eulálio, secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, conta que a feira pretende percorrer as praças de Teresina, incentivando o tradicional hábito de realizar compras em feiras e praças. Ele também afirma que por conta do momento delicado da onda crescente de desempregados por conta da pandemia do coronavírus, a feira servirá como instrumento de geração de renda para centenas de teresinenses.

“Essa é mais uma forma de gerar oportunidades de negócios para expositores e compradores locais, além de fazer com que se retome o hábito das feiras e praças, oportunizando mais qualidade de vida para todos, e assim, proporcionando cada vez mais o bom uso dos equipamentos públicos que a cidade oferece”, pontua Marcelo Eulálio.

O acesso a feira, bem como praça de alimentação e atrações culturais serão totalmente gratuitos. Para mais informações sobre a 1ª edição do Projeto Feira das Praças, acesse o site www.teresina.pi.gov.br

Projeto Feira das Praças terá início no próximo dia 20 na Praça Saraiva

Nos dias 20 e 21 de agosto, a Praça Saraiva, localizada no centro da capital, será palco da 1ª edição do Projeto Feira das Praças. A ação, que tem por objetivo fortalecer e apoiar cada vez mais o empreendedorismo na capital, acontece das 8h às 20h, obedecendo todos os protocolos de saúde e higiene exigidos no momento.

“Essa é mais uma forma de gerar oportunidades de negócios para expositores e compradores locais, além de fazer com que se retome o hábito das feiras e praças, oportunizando mais qualidade de vida para todos, e assim, proporcionando cada vez mais o bom uso dos equipamentos públicos que a cidade oferece”, pontua o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcelo Eulálio.

A Praça Saraiva, local onde será realizada a feira, recebeu melhorias estruturais executadas pela SAAD Centro. Além da instalação de um novo banheiro público, também foram feitas as pinturas dos bancos, postes, meio-fio, passarela central da igreja, recuperação do piso, instalação de novas lixeiras e o plantio de diversas plantas ornamentais em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Seman).

O local contará ainda com a estrutura de uma praça de alimentação com food trucks, palco para as apresentações artísticas e também banheiros químicos.

Dentre os artigos que serão comercializados por cerca de 30 expositores, estão inseridos produtos de moda, bijuterias, produtos artesanais, variedades, produtos personalizados e muitos outros.

Toda segurança do espaço será realizada pela Guarda Municipal e pela Polícia Militar.
O evento é uma realização da Prefeitura de Teresina, com execução da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC), e que conta com a parceria da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Secretaria Municipal Economia Solidária (SEMEST), Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas integradas (SEMCASPI), SENAR, SEBRAE, dentre outras.