Escolas municipais podem inscrever alunos no Festival Paralímpico

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) abriu inscrições para o Festival Paralímpico 2021, que acontecerá no dia 4 de dezembro. O evento será realizado simultaneamente em 70 cidades de 25 estados e do Distrito Federal. São experimentações de esportes paralímpicos para crianças de 8 a 17 anos, com e sem deficiência físico-motora, visual ou intelectual.

Em Teresina, o Festival contará com o apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), por meio da Divisão de Educação Inclusiva, e da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel). Os alunos serão divididos por faixa etária e participarão de atividades que condizem com a idade, somando três grupos no dia.

O evento acontecerá de 8h às 12h, no Sesc Ilhotas. As inscrições são via WhatsApp, com o coordenador do Carlinhos: (86) 99843-2502.

Alunos experimentam esportes adaptados no Festival Paralímpico

Ascom/Semec

Um grupo de alunos da Rede Municipal de Ensino sentiu na pele os desafios enfrentados por pessoas com deficiência física na prática de esportes. Oito estudantes de quatro escolas municipais participaram do 2º Festival Paralímpico, realizado no Setor de Esportes da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

O objetivo foi promover a experimentação do esporte adaptado, em atividades lúdicas baseadas nas modalidades que são verdadeiramente disputadas na Paralimpíada. Os jovens praticaram atletismo, futebol, voleibol sentado e um animado circuito. Além de propor que os alunos pensem mais sobre a inclusão, o evento estimula os jovens deficientes a buscarem um alto desempenho no esporte.

Ascom/ Semec

Nas escolas municipais de Teresina as práticas esportivas funcionam como ferramenta de inclusão, com um grande número de estudantes envolvidos nas mais diversas modalidades. No grupo que participou do Festival Paralímpico, estiveram dois alunos com mobilidade reduzida e seis com deficiências intelectuais.

“Foi uma vivência incrível para eles, a promoção da inclusão, poder experimentar outras formas de movimento, além da diversão. Alguns desses alunos já praticam esportes na escola, ganhando uma motivação a mais para continuar”, disse Quéerem Coelho, da Divisão de Esportes da Secretaria Municipal de Educação (Semec).