SEMDUH registra furto de cabos em quatro praças de Teresina em uma semana

Recuperação da iluminação pública Foto(Ascom/Semduh)

A Coordenação de Iluminação Pública da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH) informa que quatro praças de Teresina foram alvo de roubo de cabos nesta última semana. São elas: Praça da Bandeira, Praça da Liberdade, Praça Da Costa e Silva, todas no Centro da cidade e Praça dos Eucaliptos, na zona Norte.

“Já estamos concluindo o levantamento dos equipamentos roubados e programando a recuperação, mas precisamos de tempo porque o roubo foi extenso nessas praças. Pedimos compreensão à população porque estamos fazendo tudo que é possível para agilizar a reposição”, afirma o coordenador de Iluminação, Augusto César.

O coordenador acrescenta que, assim que a iluminação de cada praça for recuperada, divulgará a informação para que a população possa acompanhar. “Infelizmente, temos sofrido um grave problema de segurança pública. Só esse ano, tivemos mais de 100 ocorrências de roubo de cabos. Estamos tomando algumas providências, mas precisamos do apoio das forças policiais”, enfatiza.

SEMDUH registra mais de 100 ocorrências de furto de cabos em Teresina neste ano

Metade da Avenida Marechal está apagada devido a furto de cabos. Equipes de iluminação já estão trabalhando para normalizar a via Fotos(Ascom/Semduh)

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), por meio da Coordenação de Iluminação Pública, durante vistoria na avenida Marechal Castelo Branco, constatou que a via apresenta trechos sem iluminação devido ao furto de cabos. Em apenas cinco meses, esta é a sexta ocorrência desse tipo no local.

A vistoria realizada na noite desta quarta-feira (3) constatou que metade da avenida sofreu roubo de cabos, especialmente nos seguintes trechos:

– da frente da Assembleia Legislativa até o Condomínio Beverly Hills;

– após o Shopping Rio Poty;

– entre a Ponte Estaiada e a avenida Duque de Caxias. Este é o trecho que tem mais postes apagados.

A SEMDUH enviará uma equipe à avenida ainda nesta quinta-feira (4) para fazer o levantamento dos itens furtados e programar a reposição.

“Já havíamos realizado o serviço de modernização das luminárias da avenida Marechal Castelo Branco. As antigas luminárias foram substituídas por luminárias de LED e os postes foram padronizados. Para evitar furtos, as equipes fizeram a concretagem da caixa de energia, mas ainda assim a caixa foi arrombada”, lamenta o coordenador de Iluminação Pública da SEMDUH, Augusto César.

O roubo de cabos tem sido um grave problema enfrentado pela Prefeitura de Teresina. Somente neste ano, mais de 100 ocorrências foram registradas na capital, causando transtornos para toda a população.

“As equipes correm contra o tempo para repor a iluminação quando esses furtos acontecem, mas muitos materiais precisam ser comprados e isso demanda algum tempo, então a população acaba passando alguns dias sem energia nessas vias. Já estamos substituindo os fios de cobre por fios de alumínio, que têm menor valor no mercado clandestino, e também estamos concretando as caixas de energia, mas ainda assim, os furtos continuam acontecendo. É um problema de segurança pública”, finaliza o coordenador.

Apesar do reforço de concreto, os criminosos conseguiram arrombar a caixa de energia

Preso em flagrante autor de furtos nas estações de passageiros

Foi preso em flagrante, na madrugada desta segunda-feira (06), um homem que realizava furto na estação de passageiros Nações Unidas, zona Sul de Teresina. O homem foi conduzido à Central de Flagrantes e confessou ter roubado um aparelho de ar condicionado, na semana passada, de uma das estações de embarque e desembarque de passageiros e identificou receptador. Nas ultimas duas semanas foram identificados 10 casos de furtos em estações na zona sul.

Na manhã desta segunda-feira terá a audiência de custódia sobre esse caso. O preso foi reconhecido como autor de vários furtos em estações no ano passado, tendo sido preso por 30 dias, por esses atos criminosos.

O Coronel John Feitosa, da Assistência Militar da Prefeitura de Teresina, destaca que foi planejada uma ação em conjunto com a Guarda Municipal, Polícia Militar e reservado da Polícia Militar para capturar autores de furtos nas estações. “Estava sendo verificada grande quantidade de furtos de cabos de cobre e até aparelho de ar condicionado, desde que foi iniciado o período de isolamento social por causa da Covid-19. Esse foi capturado e se houver outros praticando o mesmo delito serão identificados e presos”, diz.

O Coronel Jaime Oliveira, diretor de Operações de Trânsito da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), informa que a polícia deve agora proceder a investigação para encontrar quem faz parte dessas ações delituosas.

Sobre os furtos

Na semana passada cinco estações de passageiros foram alvos de furtos em Teresina, tendo sido levados cabos de iluminação, plugs e tubulações de cobre das máquinas de ar-condicionado das estações Fórum Sul, Justiça Federal, Chesf, Pio XII e Nações Unidas, na zona Sul da capital.

Na última semana de março já haviam sido praticados furtos nas estações Ivan Tito, Albertão, Justiça Federal, Pio XII (nos dois sentidos) e Nações Unidas.

Mais cinco estações de passageiros foram alvos de furtos nesta semana

Ascom/Strans

Nesta semana, mais cinco estações de passageiros foram alvos de furtos em Teresina. Foram levados cabos de iluminação, plugs e tubulações de cobre das máquinas de ar-condicionado das estações Fórum Sul, Justiça Federal, Chesf, Pio XII e Nações Unidas, na zona Sul da capital. É a segunda vez que os equipamentos públicos são alvos de furtos em menos de duas semanas.

Na semana passada, os furtos ocorreram nas estações Ivan Tito, Albertão, Justiça Federal, Pio XII (nos dois sentidos) e Nações Unidas. Foram levados cabos de cobre, plugs e cortinas de ar-condicionado.

O coronel John Feitosa, da Assistência Militar da Prefeitura de Teresina, assegura que desde o início da semana, os trabalhos de policiamento vêm sendo redobrados. “Além dos trabalhos de fiscalização das equipes da Guarda Municipal durante todo o dia, contamos com o apoio da Secretaria de Segurança do Estado e Polícia Militar para identificar e prender quem vem cometendo esses atos que vandalizam os equipamentos públicos”, informa.

O diretor de operação e fiscalização da Strans, coronel Jaime Oliveira, revela que os furtos acontecem, normalmente, no intervalo de troca das equipes que realizam as rondas. “Os responsáveis costumam realizar os furtos no intervalo de troca das equipes, mas já estamos colocando em prática as estratégias para coibir essas ações”, explica.

A reposição dos equipamentos furtados e danificados é feita pela Strans e cada ocorrência é registrada para manter as estações em bom funcionamento e evitar transtornos aos usuários.

Aumenta quantidade de furtos de equipamentos em estações de passageiros

Neste último final de semana equipamentos de cinco estações de passageiros de Teresina foram alvos de furtos em Teresina. Foram levados cabos de cobre, plugs e cortinas de ar-condicionado das estações Ivan Tito, Albertão, Justiça Federal, Pio XII (nos dois sentidos) e Nações Unidas, todas na zona Sul da cidade.

Na semana passada os furtos ocorreram nas estações de passageiros Chesf e Macaúba, também na zona Sul, quando foram levados cabos de cobre das instalações.  Desde janeiro até o início do período de quarentena por conta da Covid-19 haviam sido registrados cinco casos, incluindo estações e semáforos.

O coronel John Feitosa, da Assistência Militar da Prefeitura de Teresina, informa que está tomando providências. “Estamos fazendo a segurança com equipes da Guarda Municipal, mas os furtos continuam, então a partir de agora vamos comunicar à Secretaria de Segurança do Estado e Polícia Militar, para termos mais um reforço e também usar, se for preciso, outros meios necessários para identificar e prender quem está praticando esses atos que causam prejuízo ao poder público”, informa.

Para o diretor de Operações de Trânsito da Strans, coronel Jaime Oliveira, essa é uma área que já apresentou casos semelhantes no passado e houve ação que coibiu a prática criminosa. “Fizemos uma ação que culminou na prisão dos responsáveis. Agora ela está se repetindo e vamos agir com a mesma estratégia, com a Guarda Civil e a Polícia Militar, por meio do convênio que mantém com a Strans, com o reforço na fiscalização e policiais sem uniforme para prender quem for pego fazendo esses furtos”, pontua.

A Strans mantém equipes de profissionais que fazem ronda no início da manhã e da tarde e também em outros horários, desde que haja necessidade, para verificar o funcionamento dos equipamentos e providenciar reparos.