Novo ministro da Educação já esteve em Teresina atraído pelo modelo de educação do município

Foto: Ascom Semec

Nomeado como novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, esteve em Teresina no ano passado para conhecer de perto o modelo de educação que ganhou destaque ao alcançar os melhores resultados entre todas as capitais do país.

Na época, presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Decotelli conversou com técnicos da Secretaria Municipal de Educação (Semec) sobre as práticas de ensino, modelo de gestão, formação de professores e até sobre os desafios encontrados durante a trajetória da educação municipal. Seu objetivo era compartilhar as estratégias de sucesso com outras redes de ensino, replicando o modelo de Teresina pelo Brasil.

Em sua fala, destacou Teresina como exemplo para o país principalmente pelos resultados alcançados a partir da boa gestão dos recursos e muito trabalho. “Deve ser motivo de orgulho para toda a cidade. Queremos compartilhar essas estratégias com redes de ensino que estão abaixo do esperado, inspirando os gestores”, disse Carlos Alberto Decotelli na época.

Na passagem por Teresina, participou também da inauguração do Centro Municipal de Educação Infantil João Paulo dos Reis Veloso, que teve parte da sua construção financiada pelo FNDE, e conheceu o projeto da Escola de Tempo Integral “Palácio da Educação”, com provável sede no Parque Lagoas do Norte.

Prefeito participa de live sobre gestão pública em tempos de crise

O prefeito Firmino Filho foi o convidado da noite desta terça-feira (23) para a live “Gestão pública em tempos de crise”, promovida pelo médico cardiologista e vice-presidente da Unimed Teresina, Dr. Newton Nunes. Durante o encontro virtual, o gestor fez um apanhado geral sobre como está sendo administrar Teresina em tempos de pandemia, as perspectivas para o futuro e planos para a retomada das atividades econômicas.

Questionado sobre qual o maior desafio de um gestor público em uma época de crise, Firmino respondeu que a gestão pública, por si só, já é um grande desafio, pois muitas vezes faltam recursos para o alcance dos objetivos. “A gestão pública tem vários tipos de restrições por conta da sua natureza política. Em Teresina temos enfrentado vários desafios, mas acho que o maior deles é justamente esse: alcançar nossas metas obedecendo essas restrições”, disse o prefeito.

O prefeito também destacou a educação municipal de Teresina, reconhecida como uma das melhores do país. “Acredito que, dentre todos os desafios que temos, o maior deles está ligado à educação, mas acredito que estamos no caminho certo nesse sentido. Temos o melhor IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) entre as capitais brasileiras e acreditamos no potencial e na vocação para o estudo que o povo teresinense tem. Nosso foco sempre será oferecer uma educação pública de qualidade para todos, oportunidades iguais para os filhos de todos, pois só assim seremos capazes de acabar com a fome e a miséria. Se você perguntar qual é meu maior sonho eu lhe respondo que é ver Teresina se transformar numa cidade melhor a partir da educação. E eu acredito muito que isso é possível”, afirmou Firmino.

Sobre a importância da participação da sociedade na gestão pública, o gestor pontuou que ninguém governa sozinho e que a participação popular é essencial para o planejamento da cidade. “Temos em nossas secretarias e órgãos Conselhos com representantes da sociedade civil, e isso é de grande valia, pois precisamos ouvir essas pessoas para deliberar e tomar as melhores decisões para a cidade, porque a cidade é de todos, é das pessoas. Só conseguimos o apoio e o respeito da população se ela se sentir parte do processo, contemplada e ouvida no debate dos projetos. Sem isso não há governo”, disse.

Newton Nunes perguntou ao prefeito como ele se preparou para enfrentar a pandemia. “Na verdade acho que ninguém estava preparado. Aqui no Brasil tivemos muitas dificuldades no começo porque cada governador e prefeito buscou seu caminho diante da ameaça que se formava, já que não tivemos um bom direcionamento do Governo Federal no início. Então era como se estivéssemos caminhando no escuro. A partir daí fomos vemos o que estava acontecendo em outras cidades, outros estados, para ver o que estava dando certo ou errado. Foi um processo tenso, mas precisávamos agir com rapidez para preservar vidas”, disse.

O gestor também afirmou que sua experiência como presidente da FMS e como secretário de finanças na gestão do prefeito Wall Ferraz lhe ajudou no gerenciamento da crise. “Acredito que essa bagagem que tenho por ter passado por essas duas pastas antes de ser prefeito me ajudou a tomar decisões melhores. Essa foi, sem dúvidas, a pior crise da minha gestão como prefeito, mas acho que esse conhecimento acumulado me fortaleceu em vários pontos. Acredito também na minha equipe e penso que grandes problemas a gente parte pra cima e enfrenta. Temos que fazer o que é correto, e não buscar soluções fáceis, pois estamos lidando com vidas”.

Sobre perspectivas para o futuro, Firmino disse acreditar que toda crise também traz novas oportunidades. “É claro que essa crise provocou um caos na economia do mundo, na saúde, em todos os setores, mas acredito que ela também vai trazer boas oportunidades para o futuro. Esse é o momento em que precisamos nos reinventar, usar nossa criatividade e inteligência. Isso tudo vai passar e sairemos mais fortalecidos e unidos”.

Encerrando sua participação na live, Newton perguntou ao prefeito se Teresina já tem condições de voltar às atividades econômicas, ao que Firmino respondeu que a Prefeitura está seguindo protocolos para que essa reabertura seja gradual e segura para os cidadãos. “Nossa prioridade sempre será preservar vidas. Vamos fazer tudo de forma planejada, com organização, para reduzir ao máximo o impacto dessa crise para o nosso povo”, assegurou.

Escola de Gestão de Teresina divulga cursos de capacitação online para servidores municipais

Diante do cenário de isolamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus, a Escola de Gestão de Teresina (EGT), em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP), disponibiliza para os servidores do município mais de 150 cursos de capacitação online. As oportunidades abrangem diversas áreas de atuação no serviço público e podem ser acessadas gratuitamente.

O secretário municipal de Administração e Recursos Humanos, Nonato Moura, incentiva que os servidores que estão em home office aproveitem o período para se qualificar. “A disseminação da Covid-19 em nossa cidade nos levou a mudar nossa rotina para podermos preservar vidas. Por isso, muitos servidores municipais estão afastados do trabalho ou atuando de casa. Dentro deste novo contexto, é interessante investir o tempo disponível em qualificação, atualização profissional e a Escola de Gestão de Teresina oferece esta oportunidade gratuitamente”, afirma.

Os cursos disponíveis são resultado de parceria anteriormente firmada pela Prefeitura de Teresina com a ENAP. Para ter acesso à plataforma, basta o servidor acessar o site da ENAP (https://enap.gov.br/), selecionar a opção ‘CURSOS E EVENTOS’ e posteriormente ‘ENSINO A DISTÂNCIA’.

Os cursos contemplam inúmeras áreas de interesse, dentre elas: Gestão de Pessoas; Gestão Pública; Gestão Estratégica; Transformação Digital; Políticas Públicas; Inovação; Liderança; Orçamento e Finanças; Desenvolvimento Gerencial; Logística e Compras; Governança; Gestão do Conhecimento; Governo Digital; Ciência de Dados; Comunicação; Educação; Gov.br – Transformação Ágil, Planejamento, Tecnologia da Informação, Design; Gov.br – Serviços para o Cidadão, Políticas Econômicas; Gov.br – Ciência de Dados, Diversidade, Políticas de Infraestrutura, Políticas Sociais, Auditoria e Controle; Gov.br – Liderança e Inovação, Regulação, Ética, Jurídico; Gov.br – Governança e Gestão de TIC e Gov.br – Segurança e Privacidade.

 

Permissionários recebem curso de Gestão de Negócios no Mercado do Satélite

Na tarde da última segunda-feira (10) a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste), em parceria com a Fundação Wall Ferraz, promoveu um curso de Gestão de Negócios para os 18 permissionários do Mercado Público do Satélite. A qualificação terá continuidade na tarde desta terça-feira (11), também na sede do Mercado.

O curso foi conduzido pelo palestrante José de Ribamar Sousa, que frisou a importância de gerir bem o negócio, aplicando as diretrizes corretas para atrair os clientes, bem como gerenciar o Mercado como um todo. Dinâmicas de grupos e atividades práticas também integrarão a programação do evento nesta terça.

De acordo com o gerente de Serviços Urbanos da SDU Leste, Renato Lopes, a iniciativa do órgão municipal tem o objetivo de dar as diretrizes necessárias para que os trabalhadores tenham a oportunidade de gerenciar seus boxes de forma eficiente. “Estamos muitos felizes em, juntamente com a Fundação Wall Ferraz, proporcionar esse momento de educação e aprimoramento de negócios para os permissionários. Tenho certeza que o curso levará mais segurança para empreender de forma efetiva”, destacou.

Durante o curso, os permissionários aprenderam a entender o próprio negócio, gerir o Box e aprender a ter lucros. Segundo a permissionária Maria Ivonete de Sousa “o curso foi muito produtivo. Trabalho no ramo de roupas e mercadorias em geral há 25 anos. Esse é o sustento da minha família e, com a chegada do Mercado, tudo ficará mais fácil. Estamos esperando por esse espaço público e foi muito bom aprender mais sobre como vender da forma correta”, declarou.

O Mercado foi construído para receber 27 bancas para venda de carnes, peixes e frangos; hortifruti; lanchonetes; artesanatos; confecções; consertos; temperos e frios, dentre outros itens.

Após o curso de gestão, os permissionários serão contemplados ainda com o curso de manipulação de alimentos. Neste curso, apenas os permissionários que comercializarem alimentos, receberão os conhecimentos necessários sobre manipulação (acondicionamento e resfriamento) de alimentos.

 

Coordenadores das UBS de Teresina concluem capacitação em gestão

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) encerrou na última sexta-feira (06) o curso para coordenadores de Unidades Básicas de Saúde. O curso, com carga horária de 40h, tinha como objetivo contribuir para o aprimoramento e qualificação do processo de trabalho nas UBS e contou com a participação de todos os coordenadores das 91 UBSs do município.

Para o diretor de Atenção Básica da FMS, Kledson Batista, a qualificação tem como pilar fundamental a melhoria no acesso do paciente aos serviços da Atenção Básica. “Esse curso veio para que os coordenadores possam identificar quais suas reais funções, quais os gargalos da atenção primária, facilitar a comunicação entre as diversas diretorias da FMS e outros setores do município, como educação e assistência social, além de uma melhor relação entre a gestão e os profissionais”, comenta ele, ressaltando ainda a importância da qualificação da Atenção Básica por ser o setor responsável por 80% das demandas de saúde de qualquer município.

O município de Teresina tem histórico de investimento na Atenção Básica, primeiro consolidando o modelo de Equipe de Saúde da Família, com 100% de cobertura. Depois o processo de melhoria da estrutura física das unidades.

“No último ano buscamos institucionalizar os procedimentos dentro da FMS. As 91 UBSs passaram por requalificação, com ambientes adequados, resultando no aumento do acesso aos serviços. Também organizamos o serviço, com a informatização das unidades, elaboração de protocolos, manuais e procedimentos padrões. É um trabalho de toda uma equipe, onde todos juntos estão construindo o que é importante para nossa cidade”, disse o presidente Charles Silveira.

Thalita Ribeiro, coordenadora da UBS Cristo Rei, foi uma das participantes do curso e conta que ele foi de suma importância para sua qualificação ao cargo que assumiu há pouco tempo. “Ele me permitiu aprimorar e melhorar a qualidade dos serviços prestados pelos coordenadores, que têm papel muito significante  dentro de uma Unidade Básica de Saúde, que nos permite ser líderes em melhorar a qualidade do atendimento para os usuários”, afirma a coordenadora.

Estatísticas

Durante o encerramento do curso foram apresentados dados estatísticos sobre os coordenadores das UBSs de Teresina. O grupo é formado em sua maioria por mulheres, com 84%, e a faixa etária predominante é dos 25 aos 59 anos. 75% possui nível superior completo, sendo que metade possui pós graduação em áreas relacionadas como Gestão em RH e Hospitalar, Saúde Pública, Atenção Primária em Saúde, Urgência e Emergência e Saúde Mental. Cerca de 30% deles estão no cargo há um período de 2 a 5 anos, sendo que 12% estão há mais de 10 anos.

 

Hospitais da Prefeitura passam a contar com especialistas em gestão hospitalar

Os hospitais da Prefeitura de Teresina passam agora a contar com diretores especialistas em gestão hospitalar e qualidade em serviços de saúde. Recentemente, esses profissionais concluíram curso de pós-graduação na área e irão aplicar os conhecimentos adquiridos na organização desses estabelecimentos, proporcionando melhorias no atendimento à população.

Cerca de 32 servidores receberam o curso de forma inteiramente gratuita em razão de um acordo firmado entre a Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina e a Universidade Federal do Piauí (UFPI). O nome da turma formada homenageia a ex-diretora do Hospital da Primavera, Marlene de Moura de Fé, que faleceu esse ano em Teresina.

O presidente da FMS, Charles Silveira, afirma que o curso foi extremamente positivo e que o aprendizado dos profissionais resultará em melhorias à população que necessita dos serviços de saúde. “Fazer gestão de hospital é uma atividade complexa e a maior parte do trabalho tem natureza emergencial. Nós incentivamos que os profissionais se qualifiquem constantemente porque primamos pela excelência na prestação de nossos serviços”.

A diretora de assistência hospitalar da FMS, Jesus Mousinho, explica que os diretores dos hospitais têm de adotar, diariamente, uma série de ações para garantir a satisfação e a melhora do quadro de saúde do paciente, tendo que tomar decisões, avaliar resultados, eleger prioridades e liderar profissionais. “Eles precisam passar por constantes cursos como esse, que trazem conhecimentos administrativos, financeiros e técnicos”.

O curso abordou disciplinas relevantes ao profissional que atua na rede da saúde municipal, como legislação do SUS, regulação em saúde, planejamento estratégico em instituição de saúde, hotelaria em ambiente hospitalar, epidemiologia, gestão de pessoas, financeira, contábil e custos hospitalares, gestão de suprimentos e logística hospitalar, educação em saúde, auditoria, acreditação hospitalar e, ainda, segurança do paciente.

 

Firmino reúne secretários para mostrar índices eficientes da gestão

Renato Bezerra

Teresina tem se mostrado eficiente na gestão de investimentos. Dados do anuário Multi Cidades – Finanças dos Municípios do Brasil, organizado pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP), apontam que a capital segue com o maior investimento per capita de R$ 272,32, em comparação com as capitais do Nordeste. Estes e outros resultados foram destaque na reunião do prefeito Firmino Filho com os secretários municipais na tarde desta quinta-feira (21).

“Teresina é a quarta do Nordeste em investimentos. Este resultado evidencia a nossa capacidade de fazer uma boa gestão e nos situa dentro do país. Assim, podemos constatar uma evolução recente das nossas receitas e despesas e avaliar o que precisa ser melhorado”, destacou o prefeito.

Segundo Firmino Filho, a evolução financeira do município condiciona toda a administração e é preciso estar preparado para o encerramento do ano de 2019. “Estamos compartilhando o desempenho das principais áreas de atuação da Prefeitura de Teresina e nos preparando para encerrar este ano. Temos vários procedimentos orçamentários que precisam ser realizados para que possamos recomeçar bem no novo ano que se aproxima”, acrescentou.

Além de apresentar os bons resultados, secretários e diretores de pastas da gestão municipal avaliaram os projetos em andamento e as ações realizadas durante este ano.

Firmino Filho participa de debate sobre novas ideias para a governança urbana

(Fotos: Marco Estrella)

Novos modelos de governança urbana foram pauta na 12ª edição do Encontro de Líderes, encerrado nesta sexta-feira (25) pela Comunitas, em São Paulo. O prefeito Firmino Filho participou do evento, que tem como objetivo fomentar, através de uma gestão pública sustentável, o desenvolvimento econômico e social do Brasil.

“São discussões de alto nível, que só nos enriquecem e nos instigam a buscar novas alternativas para melhorar cada vez mais a gestão do município”, pontuou o prefeito, que é convidado a participar do evento há seis anos.

Empresários, gestores públicos e especialistas participaram dos debates no evento. Luciano Huck e Carlos Jereissati Filho destacaram a contribuição de todos para fortalecer e qualificar as discussões. A ideia é fortalecer, por meio da troca de experiências, análises e pontos de vista diversos, a transformação sustentável da gestão pública.

Comunitas

A Comunitas é uma organização da sociedade civil brasileira que tem como objetivo contribuir para o aprimoramento dos investimentos sociais corporativos e estimular a participação da iniciativa privada no desenvolvimento social e econômico do país.