Guarda Civil Municipal realiza 534 atendimentos em fim de semana de medidas restritivas

Renato Bezerra

A Guarda Civil Municipal de Teresina reforçou o trabalho de fiscalização de estabelecimentos e aglomerações de pessoas na cidade no período de quinta-feira (02) a domingo (05), quando foram implementadas medidas mais rígidas de isolamento social para evitar o avanço da disseminação da Covid-19. Foram 534 atendimentos durante os quatro dias de medidas mais restritivas: no sábado (4), a capital registrou o percentual de 53,09%, o melhor índice de distanciamento social entre as capitais do país.

Os resultados também foram positivos no domingo, quando Teresina alcançou o terceiro maior índice de isolamento entre as capitais. Desde o início da pandemia, o cumprimento dos decretos municipais de suspensão das atividades comerciais vem sendo uma das prioridades da Guarda Municipal. Cerca de 6.989 espaços funcionando irregularmente foram interditados pelas equipes desde o dia 21 de março.

“A Guarda tem intensificado o trabalho, junto com as Gerências de Fiscalização das SDUs, principalmente aos finais de semana. Esse esforço tem sido permanente e continuará para que possamos conter o avanço da doença e avançar na retomada das atividades econômicas da cidade.  A Polícia Militar do Piauí também nos auxilia nessa missão e trabalha conosco para que possamos ter o isolamento necessário, garantindo assim a segurança e a saúde da população”, detalha o comandante da GCM, Coronel John Feitosa.

A população pode contribuir com esse trabalho ficando em casa, respeitando as recomendações sanitárias e entrando em contato com a GCM para reportar descumprimentos. Os telefones 153, (86) 3215-9317 ou (86) 99438-0254 estão disponíveis para recebimento de denúncias. Essa cooperação se mostra importante quando os percentuais positivos ainda se mostram abaixo dos 70% recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Nosso trabalho vai perdurar com muita dedicação para que possamos manter a cidade com esse nível de isolamento minimamente aceitável, e para que daí por diante, Teresina possa ir vencendo as etapas de possível reabertura econômica e chegar ao seu ‘novo normal'”, destaca o coronel John Feitosa, acrescentando que o trabalho precisa ser feito diariamente, todos os dias e em todos os turnos, para que a Guarda possa, juntamente com a cidade de Teresina, ultrapassar esse momento de pandemia.

Guarda Municipal intensificará trabalho de fiscalização durante período de lockdown 

A Guarda Municipal de Teresina, que vem realizando trabalho de fiscalização de estabelecimentos e aglomerações para garantir o distanciamento social necessário durante a pandemia, intensificará sua atuação durante o período de lockdown que começou hoje (02) e segue até o domingo (06). Durante esses quatro dias, o funcionamento dos serviços essenciais também passará por uma série de restrições. 

O comandante da GCM, Coronel John Feitosa, explica que, além das rondas de fiscalização e do atendimento às denúncias, serão realizadas barreiras com atenção especial voltada para a zona Rural de Teresina. A ação contará com o apoio do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual. 

“Algumas pessoas estão se deslocando para utilizarem bares e consumirem bebida alcoólica nessa região. Esse é um trabalho que vai ser permanente, para que possamos manter esse índice de isolamento sempre crescente, até chegar num patamar considerado ideal”, explica. 

As medidas mais rígidas adotadas durante os fins de semana vêm se provando eficazes no aumento dos índices de isolamento social. Porém, os percentuais mais positivos ainda se mostram abaixo dos 70% recomendados pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A lista de tipos de estabelecimentos permitidos durante cada dia de lockdown pode ser conferida no site da Prefeitura de Teresina. 

A população pode contribuir ficando em casa, respeitando as recomendações sanitárias e entrando em contato com a Guarda Civil Municipal para reportar descumprimentos. Os telefones 153, (86) 3215-9317 ou (86) 99438-0254 estão disponíveis para recebimento de denúncias. 

CLIQUE AQUI E CONFIRA O DECRETO 

 

Barreiras itinerantes já detectaram 243 pessoas com sintomas de gripe em Teresina

As barreiras itinerantes montadas pela Guarda Civil Municipal e pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS) já encontraram 243 pessoas com alguns sintomas gripais semelhantes aos da Covid-19. Foram feitas 4.201 abordagens a veículos em seis dias de operação. Entre os sintomas mais relatados pela população estão cansaço, febre, tosse e dificuldade para respirar.

De acordo com o coronel John Feitosa, comandante da Guarda Civil Municipal, os dados são recolhidos através de entrevistas realizadas com as pessoas abordadas.  Além das perguntas, os agentes também utilizam termômetros para medir a temperatura corporal. De posse dessas informações, as equipes repassam os relatórios à Fundação Municipal de Saúde (FMS), que faz o contato com as pessoas para monitorar e orientar os procedimentos adequados em cada caso.

As barreiras funcionam de forma itinerante e, ao longo do dia, as equipes vão se movendo para pontos de grande fluxo de veículos e pessoas, em todas as regiões da cidade. “Esse trabalho é contínuo. Estamos percorrendo pontos de grande concentração de pessoas, como o Centro da cidade e locais em que estamos percebendo, desde o início da fiscalização do isolamento, que ainda há muitos veículos transitando”, afirma o coronel John Feitosa.

Guarda Municipal fecha 249 estabelecimentos que permaneciam funcionando no fim de semana

A Guarda Civil Municipal fechou mais de 200 estabelecimentos durante o último fim de semana, com o objetivo de garantir o cumprimento de medidas restritivas e de isolamento social em Teresina. As equipes trabalharam durante todo o dia na fiscalização do cumprimento do decreto da Prefeitura Municipal, que continha normas mais rígidas, inclusive determinando que alguns estabelecimentos de serviços essenciais se mantivessem fechados.

De acordo com o relatório, foram 60 estabelecimentos fechados na sexta (26), 106 no sábado (27) e 83 no domingo (28). As equipes abordaram lojas, bares, depósitos de bebidas, restaurantes, padarias, feiras e festas nas zonas rural e urbana de Teresina.

Neste domingo, os índices de isolamento social chegaram a 56,2%, número maior que os 53,4% registrados no domingo anterior e um dos maiores verificados recentemente. No sábado, os índices também foram positivos, chegando a 50,2%, bem maiores que os 41,8% registrados no sábado anterior. Este aumento está ligado a uma série de medidas adotadas em Teresina para intensificar o isolamento social e conter a disseminação da covid-19.

Apesar da leve alta, o percentual continua abaixo do que é recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é acima de 70%.

Sede da Guarda Municipal passa por sanitização em Teresina

Ascom/Semcaspi

A parte externa da sede da Guarda Civil Municipal (GCM) passou por uma sanitização na manhã desta segunda-feira (18) realizada por profissionais da Consórcio Teresina Ambiental (CTA). O procedimento é uma das medidas adotadas pela Prefeitura de Teresina para conter o avanço do novo Coronavírus na capital.

O comandante da GCM, coronel John Feitosa, informou que esse procedimento foi realizado pela segunda vez na sede devido ao fluxo das viaturas e de pessoas no local.“Esse foi o segundo procedimento realizado somente este mês na sede da Guarda Municipal. Dessa vez, os profissionais fizeram a sanitização da rua e na parte externa da sede onde os veículos ficam estacionados. Como temos a entrada e saída dos oficiais com frequência para atender as demandas e fazer o patrulhamento ostensivo, esse trabalho é mais uma medida para nos proteger da Covid-19”, disse o coronel John.

Como não teve suas atividades paralisadas por conta do Covid-19, a GCM vem adotando uma série de medidas para garantir a proteção não só do cidadão, como de seus agentes. Desde março, a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI) disponibilizou várias garrafas de álcool gel, luvas e máscaras para que sejam usadas durante o patrulhamento ostensivo.

“Cada guarda recebe no início do seu plantão um vidro cheio de álcool gel, duas máscaras e luvas para garantir a sua segurança durante o patrulhamento ostensivo. Além disso, liberamos as guardas que estão grávidas por estarem no grupo de risco e explicamos a necessidade de distanciamento físico um do outro para evitar qualquer possibilidade de contágio da doença”, explicou o comandante.

Mais de 3.800 estabelecimentos comerciais foram fechados em 45 dias de fiscalizações pela Guarda Municipal

Nos últimos 45 dias, mais de 3.800 estabelecimentos comerciais foram fechados pela Guarda Civil Municipal, em Teresina, por descumprimento dos decretos que estipulam as medidas de isolamento social. Fiscalizações diárias estão acontecendo e, somente na manhã da última terça-feira (30), estabelecimentos do Centro da cidade foram flagrados funcionando em desacordo com os decretos. O documento, assinado pelo prefeito Firmino Filho, estabelece que as atividades comerciais não essenciais fiquem suspensas durante a pandemia do coronavírus. O objetivo é minimizar as situações de aglomerações nos centros de comércio e locais públicos.

Ao todo somaram 43 notificações, 37 multas e 14 conduções à central de flagrantes. Segundo o comandante da Guarda Municipal, John Feitosa, comerciantes insistem em abrir lojas de forma a driblar o decreto. “Estamos realizando o fechamento como advertência ao descumprimento do decreto municipal. As equipes de fiscalização irão retornar a estes locais e faremos estas abordagens diariamente enquanto perdurar o decreto, atendendo às denúncias recebidas e também por meio das rondas de nossas viaturas”, explica.

As ações de fiscalização têm sido articuladas entre a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) e as Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDUs). As equipes são formadas por fiscais da superintendência e por guardas municipais que, além das fiscalizações ao comércio, orientam a população em filas de agências bancárias e lotéricas.

O secretário Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, Samuel Silveira, reforça que a contribuição da população é essencial para minimizar os números da doença em Teresina. “No enfrentamento ao coronavírus, o isolamento social é o meio eficaz para o achatamento da curva de proliferação de casos da doença e, consequentemente, contribuir com o sistema de saúde. Por isso, a Guarda Municipal tem sido fundamental para garantia do isolamento social; mas, principalmente, precisamos da contribuição da população”, afirma.

As ações de prevenção da Prefeitura de Teresina foram significativas para a cidade ter o menor índice de contaminação entre as capitais do Nordeste. Para colaborar com o trabalho de fiscalização, a população pode entrar em contato por meio dos telefones 153, (86) 3215-9317 ou (86) 99438-0254 para realizar denúncias anonimamente de estabelecimentos que persistem em funcionar irregularmente durante o período de restrição, além de tirar dúvidas quanto ao decreto. Além destes meios, o aplicativo Colab também está disponível para o recebimento de denúncias.

Novos guardas municipais tomam posse e reforçam fiscalização do isolamento social

A Guarda Civil Municipal de Teresina começou a receber os 261 novos profissionais aprovados no último concurso público. Eles chegam para reforçar  o trabalho de fiscalização das medidas de proteção e do isolamento social. Trata-se de mais uma medida da Prefeitura para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

Os novos guardas estão tomando posse de forma gradual para não gerar aglomeração e estão sendo inseridos imediatamente na corporação.

“Estou muito feliz por contribuir, servindo e protegendo a população teresinense, ainda mais nesse momento que ela tanto precisa, em meio a essa pandemia. Estamos aqui para colaborar”, afirmou Neila da Silva Farias, após assinar a documentação de posse.

Segundo o secretário Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI), Samuel Siveira, os guardas são fundamentais na proteção da população, do patrimônio público e, nesse momento de pandemia, é essencial também para a manutenção da saúde. “Esses profissionais tem feito um trabalho diário muito importante, que agora ganha um reforço para que possamos ampliar a atuação da Guarda”, comentar.

Forças de segurança devem procurar suas instituições para receber dose da vacina contra a gripe

Profissionais das forças de segurança devem se vacinar durante a segunda etapa da Campanha de Vacinação contra Gripe, que teve início nesta quarta-feira (22) e segue ate o dia 8 de maio. Estão incluídos neste grupo a Polícia Militar, Guarda Municipal, Polícia Civil, Exército e segurança privada.

Para estes profissionais, as vacinas estarão disponíveis nas sedes das suas instituições, conforme cronograma de datas definido pelos seus superiores hierárquicos. “Estes profissionais não devem se dirigir às Unidades Básicas de Saúde (UBS), mas buscar informações com os seus superiores.”, explica Amariles Borba, diretora de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Motoristas de transporte coletivo, caminhoneiros, profissionais do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas e população privada da liberdade também estão incluídos na segunda etapa da Campanha. Os motoristas de transporte coletivo serão vacinados nas sedes das suas instituições e a vacinação dos caminhoneiros acontecerá nos postos da Polícia Rodoviária Federal (PRF), localizadas na saída de Altos e de Dermeval Lobal. Para os demais públicos, existe uma estratégia específica de vacinação.