UBS não-gripais contam com termômetro sem contato para aferição de temperatura dos usuários

Foto: Ascom FMS

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) está investindo na segurança das 64 Unidades Básicas de Saúde (UBS) que estão atendendo demandas de saúde não relacionadas à Covid-19. Além das medidas de higienização, elas contam agora com termômetros sem contato para aferir a temperatura de todas as pessoas que vão a esses locais.

Os termômetros usam tecnologia de raios infravermelhos, que permitem aferição à distância dos pacientes. “O interessante nesse instrumento é a possibilidade de ver por som ou por cor se a pessoa está com febre: ele vai fazer um alerta sonoro e o display fica vermelho”, explica Kledson Batista, diretor de Atenção Básica da FMS. Caso seja detectada febre, a pessoa será encaminhada para uma das 26 UBS referência para síndromes gripais.

Ele garante que os pacientes podem comparecer normalmente às UBS para as demandas que devem ser atendidas independentemente da situação de pandemia, como a vacinação das crianças. “Estamos realizando sanitizações regulares e também medidas de higienização sistemáticas, através de treinamentos com os profissionais de limpeza e também com a aquisição de materiais”, conta Kledson Batista.

A coordenadora da UBS Porto Alegre, Edilene Leão, comentou sobre mais algumas ações que estão sendo tomadas. “Seguimos os protocolos de distanciamento, medição de temperatura e damos orientações para os usuários. Todos os profissionais usam EPI como touca, máscara, batas e protetor facial. Também mantemos a higienização constante da UBS, com limpeza frequente de todas as superfícies com álcool”, disse a coordenadora.

A população também pode tomar alguns cuidados, como: manter o distanciamento de dois metros das outras pessoas, evitar tocar em superfícies e, caso o faça, lavar as mãos ou usar álcool em gel e fazer o uso de máscaras, que são obrigatória a partir dos dois anos de idade. “Com todos esses cuidados, a população pode procurar as UBS com a garantia de sair de lá com saúde e não infectados com o novo coronavírus”, finaliza Kledson Batista.

 

UBS Lourival Parente reforça importância do hábito de lavar as mãos

Combinada ao isolamento social, a higiene das mãos é uma das medidas mais eficazes para prevenção da Covid-19. A Unidade Básica de Saúde (UBS) do Lourival Parente, zona Sul, instalou uma pia na entrada da unidade para que todos possam higienizar as mãos antes de entrar e, assim, poder prevenir a disseminação do novo Coronavírus. Todas as unidades de saúde de Teresina estão empenhadas em prevenir a Covid-19.

“É de suma importância a lavagem das mãos com água e sabão, principalmente neste momento de pandemia.  Durante todo o dia nossas mãos são expostas aos mais diversos tipos de bactérias e microrganismos, seja em casa, no trabalho e, principalmente, nas ruas. Por conta disso, uma higienização constante é considerada mais do que essencial”, diz Thiago Ibiapina, coordenador da UBS Lourival Parente.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o simples ato de lavar as mãos reduz em até 40% o risco de contrair doenças como gripe, diarreia, infecção estomacal, conjuntivite e dor de garganta. É a rotina mais simples e eficaz na prevenção e controle da disseminação de microrganismos e deve ser realizada sempre após tossir, espirrar, mexer com dinheiro, usar o banheiro, limpar o nariz e cumprimentar pessoas.

“Gostei muito na iniciativa da unidade. Estou acostumada a sempre lavar as mãos, imagino que essa limpeza impede muitas infecções”, diz a usuária da UBS do Lourival Parente, Viviane Pinheiro. A UBS Lourival Parente atende em média 50 pessoas por dia, com três Equipes de Saúde da Família.

Prefeitura instala lavatórios em espaços públicos para higienização das mãos

A Prefeitura de Teresina está instalando lavatórios nas calçadas de correspondentes bancários e espaços públicos. A medida está sendo executada pelas Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDUs) de cada região da cidade como uma medida para conter a proliferação do novo coronavírus, garantindo a higienização das pessoas que precisarem sair de casa e buscar algum dos serviços essenciais com funcionamento autorizado.

Os lavatórios são equipados com torneira com água corrente, sabão líquido, papel toalha e lixeira. São estruturas portáteis e ficarão disponíveis das 7h30 às 17h nos pontos determinados pelas SDU´s. Na zona Sudeste, três equipamentos já foram instalados e outros 12 serão implantados nos próximos dias. Os primeiros lavatórios foram colocados nessa última quinta-feira (7) em duas agências da Caixa Econômica Federal e no Mercado do Dirceu I, onde tem sido registrado um grande fluxo de pessoas durante a quarentena.

Isaac Meneses, superintendente da SDU Sudeste, destaca o caráter preventivo da medida. “Além do distanciamento social, a principal arma contra o coronavírus é a higienização frequente das mãos. Então, para evitar a disseminação do vírus nestes ambientes onde já se registra uma maior circulação de pessoas, faremos a instalação das pias como um complemento ao trabalho de conscientização que temos adotado”, explica.

Na zona Leste, os pontos que receberão a instalação dos lavatórios são: Mercado do Produtor, no bairro Vale do Gavião; Mercado do Peixe; Praça Cidade Jardim; Ponto dos Taxistas, no bairro Morada do Sol; Ponte Estaiada, na sede da vice-prefeitura e no estacionamento da sede da SDU Leste. “Tão importante quanto ficar em casa é o ato de lavar as mãos com frequência. Já é comprovado pelos órgãos de saúde que manter a higiene é uma das medidas eficazes que podemos adotar contra a pandemia que assola nosso país e mundo”, reforçou o Superintendente Executivo da SDU Leste, Ângelo Cavalcante.

Já na zona Norte, os lavatórios serão instalados nos mercados São José, São Joaquim e Mafuá. Para a zona Sul estão sendo confeccionados 10 lavatórios que serão instalados nos seguintes pontos: dois no mercado da Piçarra, dois no mercado da Vermelha, dois no mercado do Parque Piauí, um no cemitério Santa Cruz, um no cemitério Dom Bosco, um na sede da SDU Sul e outro na gerência de Serviços Urbanos da Superintendência.

Ônibus, estações e terminais de integração têm higienização intensificada

Ascom/Strans

Por recomendação da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), foi intensificada a limpeza diária dos ônibus, estações e terminais de integração. Os consórcios do transporte público começaram o trabalho na noite da última terça-feira (17) como mais uma forma de conter a disseminação do novo Coronavírus.

Os veículos que estão em circulação receberam cuidados de higienização redobrados, com a limpeza de pisos, assentos, catracas, portas e suportes. As estações e terminais de integração também estão recebendo serviços de limpeza intensificados.

O superintendente da Strans, Weldon Bandeira, alerta que, mesmo com a higienização redobrada desses espaços, é necessário que o usuário também adote cuidados pessoais. “As pessoas devem lavar as mãos com mais frequência e, durante o uso de transportes coletivos, devem higienizar as mãos o mais rápido possível após a utilização”, aconselha.

A Strans também determinou que todos os ônibus devem circular com as janelas abertas, inclusive os que têm ar condicionado. Também será estendida a validade dos cartões de estacionamento dos idosos e deficientes que venceriam este mês para 30 de abril. Com essa prorrogação as pessoas não precisam se deslocar até a Strans para fazer a renovação dos cartões.