Prefeitura de Teresina oferece atendimento de urgência em 17 estabelecimentos de saúde

A população de Teresina conta com ampla rede de saúde 24 horas para atendimento de urgência e emergência em 17 estabelecimentos de saúde, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), com 816 leitos nos hospitais e maternidades. São 10 hospitais distribuídos em todas as zonas da cidade, quatro maternidades, três Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

A população de Teresina conta também com o Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo (CISLA) que funciona no Centro e atende com consultas de 32 especialidades, realiza vários tipos de exames e oferece serviços específicos para diabéticos, fisioterapia, o Centro de Especialidades Odontológica entre outros serviços.

A Prefeitura de Teresina disponibiliza serviços com consultas, cirurgias, internações, exames, vacinas e distribuição de medicamentos para atender as necessidades da população. O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, destaca que os investimentos na área da saúde são para que a cidade ofereça serviços de qualidade. “A saúde é prioridade para garantir que a população seja atendida a qualquer hora do dia ou da noite e para que Teresina seja referência em saúde”, cita.

O presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, informa que os serviços de saúde são planejados e avaliados periodicamente. “Fazemos planejamento de ações e avaliações constantes para identificar todas as demandas da população na área da saúde seja nos hospitais ou na unidades básicas de saúde e definimos como melhorar o atendimento incluindo novos serviços. Por exemplo, nesse período de pandemia da Covid temos dois hospitais exclusivos para pacientes com síndromes gripais que são os dos bairros Monte Castelo e da Santa Maria da Codipi”, diz.

Locais de atendimento:

Zona Sul: Hospital de Urgência de Teresina (HUT), UPA do Promorar, Hospital e Maternidade do Promorar, Hospital Municipal da Criança (Parque Piauí), Hospital do bairro Monte Castelo.

Zona Norte: Hospital e Maternidade do Buenos Aires, Hospital da Primavera, Hospital Ozeas Sampaio (bairro Matadouro) e Hospital da Santa Maria da Codipi.

Zona Leste: UPA do Satélite, Hospital e Maternidade do Satélite.

Zona Sudeste: UPA do Renascença, Hospital do Dirceu II, Maternidade Prof. Wall Ferraz (Dirceu II).

Centro: O Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo funciona de segunda a sexta-feira das 7h às 18h, com atendimento por agendamento com consultas de 32 especialidades e com o Centro de Especialidade Odontologia (CEO), Centro de Atenção ao Diabético – CAD, distribuição de medicamentos especiais (Alzheimer, Parkinson), Programa de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs-Aids), hormônio de crescimento e puberdade precoce, colostomia e ostomia.

Serviços essenciais de saúde estarão em funcionamento no carnaval

As urgências e emergências dos hospitais, maternidades e Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) da rede pública de Teresina funcionarão normalmente entre 28 de fevereiro e 2 de março, dias de ponto facultativo decretados pela Prefeitura de Teresina. Assim como eles, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) mantém abertos diversos serviços considerados essenciais.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) funciona normalmente no feriado com médicos reguladores, operadores de rádio e telefonistas auxiliares de regulação médica. O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) também funcionará normalmente. Já o Laboratório Raul Bacellar estará em funcionamento para atender as demandas da rede hospitalar.

No âmbito da Atenção Básica estarão em funcionamento as quatro UBS exclusivas para atendimento de casos de covid-19 e síndromes gripais: na zona Norte, o atendimento será feito na UBS Real Copagre; na zona Leste as pessoas podem procurar atendimento na UBS Planalto Uruguai; na zona Sudeste o atendimento é feito na UBS Gurupi e na zona Sul o atendimento é nas UBS Parque Piauí. Esses locais, que funcionam das 7h às 19h, irão receber as demandas de covid-19 da capital, já que os Centros de Testagem estarão fechados e retomarão atendimento na quinta-feira (03).

O serviço de saúde mental segue em funcionamento no CAPS III Sul, que é um serviço ambulatorial de atenção contínua, funcionando durante 24 horas diariamente, incluindo feriados e finais de semana, com atendimento da rede de cuidados em saúde mental no âmbito do seu território.

As equipes da Vigilância Sanitária estarão em ação em blitz noturnas para fiscalizar o cumprimento do decreto estadual relativo às aglomerações. Já a equipe do Centro de Zoonoses estará de plantão para recolhimentos e atendimentos, bem como para administração da vacina contra a raiva.

Por conta do ponto facultativo, as demais Unidades Básicas de Saúde (UBS) e a parte ambulatorial dos hospitais (marcação de consultas e exames) só voltam a funcionar na quinta-feira (03). O Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo, por fazer parte da rede de atendimentos ambulatoriais, só funciona até amanhã, 25, e volta a atender normalmente no dia 03 de março. O setor administrativo da Fundação Municipal de Saúde funciona até às 13h30 do dia 25, e volta na quinta-feira (03).

Gestão da qualidade melhora assistência ao paciente no HUT

A Organização das Nações Unidas (ONU) estabeleceu que o dia 11 de novembro será a data do Dia Mundial da Qualidade e objetivo é  lembrar a importância da Qualidade dentro dos Hospitais.

Em alusão a data, o Núcleo de Qualidade Hospitalar (NQH) do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), promoveu hoje (16) uma conferência online sobre o impacto da liderança na gestão hospitalar.

HUT: Conferência Dia da Qualidade (Foto: Ascom/HUT)

Para Fabrizio Rosso, CEO da empresa Fator RH com 25 anos no mercado da Saúde, “em tempos que a saúde requer otimização no atendimento, minimização de recursos e interligação de setores, a alta liderança deve buscar engajar equipes, estimular resultados e apresentar soluções estratégicas que minimizem a sobrecarga na assistência pública”.

HUT: Conferência Dia da Qualidade (Foto: Ascom/HUT)

O NQH foi criado em Janeiro desse ano no HUT com o objetivo de melhorar assistência através um sistema estruturado da padronização de métodos, técnicas e processos desde a higienização nos setores até a alta hospitalar, aliando a segurança do paciente, a qualidade dos serviços prestados.

“É um bom começo de caminhada, que demonstra que estamos aperfeiçoando nossos serviços e também vislumbrando os desafios futuros para estar entre os melhores hospitais públicos de urgência do norte-nordeste. A comunidade que atendemos está sendo beneficiada com esse processo de busca pela melhoria contínua da assistência”, explica Jéssica Távora, coordenadora da qualidade.

Socorro Rego, assessora da diretoria e responsável pela implantação do Núcleo, comenta que projeto de Gestão da Qualidade em hospitais da rede ainda é algo inovador, estamos orgulhos desse protagonismo que levará a instituição mais longe.

Sobre a celebração do Dia Internacional da Qualidade, o diretor geral do HUT, Fábio Marcos lembra que o sistema de Saúde sofre constantemente críticas, mas ressalta que devemos celebrar as centenas de vidas que já foram salvas, graças ao trabalho da qualidade podemos monitorar os dados, números e índices da instituição. Estar atento aos indicadores embasa, muito melhor, a tomada de decisões para empregar os recursos de maneira mais eficiente visando sempre à melhoria dos nossos processos e a segurança dos pacientes e servidores, finaliza o médico.

HUT: Conferência Dia da Qualidade (Foto: Ascom/HUT)

FMS reorganiza atendimento hospitalar em Teresina

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) faz a reorganização do funcionamento de hospitais da rede municipal de Teresina visando agilizar atendimento das necessidades da população. O Hospital do bairro Monte Castelo, a partir de hoje (01), terá atendimento de urgência, porta aberta, para pacientes com síndrome gripal e continuará com internação Covid para pacientes encaminhados por outros hospitais. Também em 1º de setembro o hospital do bairro Primavera retorna o atendimento de urgência e emergência em clínica geral adulta 24 horas. Já o Hospital do Parque Piauí continua com atendimento específico em pediatria de urgência e internação (pacientes recém-nascidos até 15 anos).

O presidente da FMS, Gilberto Albuquerque, destaca que a população terá atendimento garantido nessa nova reorganização. “Estamos em pandemia da Covid e fizemos no ano passado alguns ajustes para atender essa demanda em Teresina. Nesse momento, estamos voltando com atendimento de urgência 24 horas no Hospital da Primavera e ampliamos com a oferta de uma nova especialidade que é a geriatria. No Hospital do Parque Piauí estamos trabalhando como referência em pediatria com profissionais altamente capacitados. No Hospital do Monte Castelo a novidade é o atendimento de forma espontânea para pacientes com síndrome gripal, pois esse hospital só atendia pacientes Covid encaminhados por outros hospitais”, explica.

Hospital do Parque Piauí

No Hospital do Parque Piauí o atendimento é específico em Pediatria com urgência 24 horas e internação. Nesse hospital são 36 leitos de internação exclusivos para pediatria.
O hospital teve readequação de espaços e oferece os serviços de exames laboratoriais, exames de imagem – Raio X e eletrocardiograma para os pacientes internados.

Hospital do bairro Primavera

O hospital do bairro Primavera volta a atender urgência 24 horas para adultos e já faz atendimentos de odontologia 24 horas.
Funciona com sala de vacina das 7h30 às 18h todos os dias e finais de semana com serviço específico de vacinação antirrábica e de mordedura de outros animais.
Por agendamento os pacientes podem ser atendidos nas especialidades de atenção psicossocial, nutrição, raio x odontológico, pediatria, clínica médica, pneumologia, dermatologia, ginecologia, cardiologia pediátrica, oftalmologia, ultrassonografia, otorrinolaringologia, psicologia, psiquiatria, serviço social e a nova especialidade em geriatria. São disponibilizados exames laboratoriais, citologia e biopsia de partes moles. Por imagem é feito exame de ultrassonografia, raio-x e tonometria. Por métodos gráficos é feito eletrocardiograma. Funciona com 26 leitos, sendo 18 leitos clínicos e 8 de internação psicossocial (feminino e masculino),

Hospital do Monte Castelo

O Hospital do bairro Monte Castelo atende a partir de hoje (01)urgência e emergência para pacientes com síndrome respiratória durante 24 horas, ou seja, por demanda espontânea que não necessita agendamento. O hospital continua como referência para internação de pacientes Covid encaminhados por outros serviços de saúde da rede municipal.
Funciona com 49 leitos, sendo 30 leitos clínicos Covid e 10 leitos de UTI Covid.

Dois hospitais em Teresina fecham alas Covid-19 após reorganização da rede de saúde

Dois hospitais geridos pela Prefeitura de Teresina fecharam suas alas destinadas aos pacientes com Covid-19. Isso foi possível com a reorganização na rede hospitalar do município após a redução nas taxas de ocupação de leitos pela doença na capital. Agora, a internação de pessoas com Covid-19 está concentrada nos hospitais de campanha Padre Pedro Balzi, João Claudino Fernandes anexo HUT e no Hospital do Monte Castelo.

Dados da FMS apontam que, até ontem (27), os hospitais do Satélite e Mariano Castelo Branco, na Santa Maria da Codipi, já não tinham nenhum paciente em internação por Covid-19. Os hospitais do Buenos Aires e Dirceu contavam com três pacientes cada, enquanto o Hospital da Primavera contava com apenas duas pessoas internadas. “Estamos conduzindo o processo gradualmente, dando altas e transferindo os pacientes para os hospitais exclusivos para internação pela doença”, esclarece Íris Amaral, gerente de Assistência Especializada da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Em função da reorganização, o Hospital de Campanha Pedro Balzi apresentou um aumento natural em suas taxas de ocupação. Até ontem (27), o hospital contava com 33 do total de 60 leitos ocupados. “Podemos conduzir bem esse nível de ocupação, pois temos uma rotatividade de altas significativa”, explica a diretora Gina Nogueira. Desde o início do seu funcionamento o hospital registrou 575 internações.

A população ainda pode procurar os hospitais em caso de urgência decorrente de complicações da Covid-19 ou de outros problemas de saúde. Além disso, pode acionar o SAMU, por meio do número 192. Se houver necessidade, o paciente é transferido para outros estabelecimentos de saúde.

Já em caso de urgência obstétrica, a gestante pode se deslocar para as maternidades municipais localizadas nos bairros Buenos Aires, Satélite e Dirceu. Se a gestação for classificada como de baixo risco e ela tiver com quadro suspeito ou confirmado de Covid-19, será direcionada para a Maternidade do Promorar. Para aquelas gestações de alto risco, a gestante será transferida para a Maternidade Dona Evangelina Rosa.

Testes rápidos disponíveis em 26 UBS detectam a Covid-19 na fase inicial

Foto: Ascom FMS

A partir de agora, as 26 Unidades Básicas de Saúde que atendem síndrome gripal contam com teste rápido de antígeno, que pode ser utilizado pela população mediante recomendação médica. Esse novo tipo de testagem, que foi adquirido pela Prefeitura de Teresina, permite detectar o vírus ainda na fase inicial da doença, período de maior transmissão do Coronavírus.

“A testagem em grande escala é a melhor alternativa para conter a disseminação da Covid-19 porque permite identificar e isolar quem está infectado, além de rastrear seus contatos. Essa é uma das medidas essenciais, segundo a Organização Mundial de Saúde, para a retomada das atividades econômicas e queremos avançar cada vez mais”, afirma o prefeito Firmino Filho.

O diretor de Atenção Básica da FMS, Kledson Batista, explica que o teste rápido de antígeno será aplicado na população apenas se houver indicação médica, após avaliação do caso de saúde. “O teste rápido de antígeno detecta a doença já entre o segundo e o sétimo dia do surgimento dos sintomas. É então coletada a secreção do nariz do paciente e o resultado sai em até meia hora”.

Ele explica ainda que se o paciente realizar o teste rápido de antígeno sem ser no início do surgimento dos sintomas, o resultado pode apresentar um falso negativo. “É preciso esclarecer que esse teste verifica se o vírus está agindo no organismo e não é indicado para saber se a pessoa já teve Covid-19 ou mesmo se está curada da doença.”

Já o teste rápido de anticorpos também está disponível nas 26 Unidades Básicas de Saúde e é recomendado após o oitavo dia do surgimento dos primeiros sintomas. Essa testagem é utilizada para detectar a presença de anticorpos criados pelo organismo contra o vírus. Se for feito em paciente sintomático antes desse período de 8 dias, o resultado pode apresentar falso negativo.

A rede de saúde possui ainda o exame RT-PCR, que coleta secreção do nariz e da garganta e está disponível nos hospitais e UPAS para pacientes internados, com quadro de saúde moderado ou grave. O exame pode ser coletado entre o 2° e  7° dia de sintomas e o resultado sai em até 48 horas. Os hospitais e UPAS da Prefeitura também possuem os testes rápidos de antígeno e de anticorpo.

 

Dados mostram mais de 430 novos casos de Covid-19 em Teresina

Dados divulgados nesta quarta-feira (08), pelo Comitê de Operações Emergenciais em Saúde Pública (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), mostram que Teresina tem 437 novos casos da COVID – 19,  contabilizando 10.883 pessoas infectadas. Os dados revelam ainda que na cidade existem 2.180 pessoas recuperadas e 493 óbitos causados pelo novo Coronavírus.

Dentre os óbitos registrados no último boletim, um aconteceu dia 30 de junho, três foram dia 6 de julho, sete foram dia 7 de julho e três no dia 8 de julho. Os pacientes tinham entre 34 e 88 anos, sendo seis homens e oito mulheres. Entre eles, apenas dois pacientes não apresentavam comorbidades.

Teresina conta com 26 Unidade Básicas de Saúde que atendem pacientes com suspeita de COVID-19. As equipes de saúde avaliam cada caso e adotam a conduta adequada, que pode envolver prescrição de medicamentos, indicação de isolamento domiciliar ou mesmo encaminhamento para hospitais ou UPAs, em casos mais graves.

 

Prefeitura convoca 63 aprovados em processo seletivo para hospitais de Teresina

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) está convocando hoje (07) mais 63 aprovados no edital 1/2020 do Processo Seletivo Emergencial da instituição. O objetivo é reforçar a linha de frente do combate ao novo coronavírus, por meio da contratação temporária de profissionais de saúde.

Desta vez, estão sendo convocados 30 técnicos em enfermagem, um técnico em radiologia, quatro psicólogos, um assistente social, cinco técnicos em patologia clínica, dois nutricionistas, cinco enfermeiros plantonistas, nove médicos plantonistas e seis fisioterapeutas. Eles serão lotados no Hospital de Urgência de Teresina (HUT), Hospital do Buenos Aires, Hospital do Satélite e Hospital do Parque Piauí, nos setores dedicados ao acompanhamento de pacientes com síndromes gripais.

Os convocados devem se apresentar amanhã (08), entre as 8h e as 14h, no Núcleo de Planejamento, Recrutamento e Seleção de Pessoas da FMS, que fica na Rua Governador Artur de Vasconcelos, 3015 – Aeroporto. “Informamos que o candidato convocado que não comparecer na forma ora estabelecida será considerado desistente”, ressalta João Luciano de Castro e Sousa, chefe do Núcleo de Planejamento, Recrutamento e Seleção de Pessoas da FMS.

Ao se apresentarem os candidatos deverão entregar os seguintes documentos (originais acompanhados de cópias legíveis) para comprovação e autenticação: Certidão de nascimento ou Casamento (quando for o caso); Título de Eleitor, com certidão de quitação eleitoral; Certidão de Reservista ou dispensa de incorporação (somente para homem); RG; CPF; Autodeclaração do candidato conforme anexo II do edital; Documentação que comprove os títulos indicados no currículo, conforme item 2.11 do edital; Comprovante de escolaridade exigida no Quadro I do Edital; Registro do Conselho competente; Conta Corrente Banco do Brasil; uma foto 3×4 recente; Comprovante de endereço atualizado; comprovante de inscrição no PIS/PASEP/NIT.

O Processo Seletivo Emergencial terá validade de seis meses, prorrogável por até igual período, a contar da homologação do resultado. Até o momento, 866 convocações já foram realizadas. “Novas convocações serão feitas de acordo com as necessidades de ampliação do serviço de assistência para pacientes com Covid-19”, disse João Luciano.

Confira a lista de convocados.

FMS divulga link para hospitais, farmácias e laboratórios informarem resultados de testes para a Covid-19

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) divulgou o link para hospitais, farmácias e laboratórios informarem resultados de testes para a Covid-19. Os responsáveis pelo preenchimento dos formulários devem inserir os dados sobre os testes realizados e seus resultados acessando: http://ntsgc.fms.pmt.pi.gov.br/home.php. A medida consta no Decreto Nº 19.790.

Os estabelecimentos devem também se cadastrar no site da Prefeitura de Teresina e preencher formulário próprio, indicando a quantidade de testes diagnósticos realizados e, à medida que forem saindo os resultados, complementar as informações apresentadas. A determinação leva em consideração a necessidade de acompanhamento dos índices de testagem na capital e os dados deverão ser fornecidos diariamente.

“A testagem para o combate do novo coronavírus é importante para que se possa oferecer um tratamento adequado ao paciente e para que os gestores em saúde possam adotar ações de combate ao novo coronavírus. Após a testagem os profissionais de saúde irão adotar medidas terapêuticas para tratar os sintomas que o indivíduo apresenta. É preciso confiar na conduta dos profissionais de saúde e seguir as recomendações médicas”, explica Amparo Salmito, gerente de epidemiologia da FMS.

A Prefeitura de Teresina, por meio da FMS, garantirá o sigilo das informações fornecidas. Em caso de descumprimento, os estabelecimentos ficarão sujeitos à multa, interdição total das atividades e cassação de alvará de localização e funcionamento.