Projeto de extensão de enfermagem abre vagas em Estomaterapia e Segurança do Paciente

As oportunidades destinam-se aos acadêmicos de enfermagem regularmente matriculados Fotos(Ascom/HUT)

Iniciativa conjunta do Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) e do Núcleo de Estomaterapia (NEST), do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), o projeto de extensão abre oito vagas para atividade voluntária de acadêmicos de enfermagem.

O projeto de extensão em Estomaterapia, qualidade e segurança do paciente visa proporcionar aos acadêmicos a vivência no dia a dia e fomentar nos futuros profissionais a atuação na área, servindo também como campo de pesquisa.

As oportunidades destinam-se aos acadêmicos de enfermagem regularmente matriculados, com disponibilidade no turno da manhã de 10 horas semanais para dedicarem-se às atividades e preencherem os demais requisitos disponíveis no edital de abertura: https://abre.ai/editalextensaohut.

Os interessados devem efetuar a inscrição no período de 27 de maio a 15 de junho, por meio de formulário eletrônico: https://abre.ai/inscricaoextensaohut

Para Lenier Braga, coordenadora do Núcleo de Segurança do Paciente, esse projeto nasceu exitoso no semestre passado, a presença dos extensionistas no HUT aperfeiçoou os processos, fundamental para oferece menor risco a pacientes e melhoria nos serviços prestados, destaca a enfermeira.

A participação se dará de forma voluntária, não havendo concessão de bolsas e os acadêmicos selecionados receberão certificação de 240 horas por ciclo de aprendizagem. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail: nsp.hut18@gmail.com

Referência em traumatologia na assistência 100% SUS de alta e média complexidade o HUT disponibiliza 375 leitos entre enfermarias, intensivos e semi-intensivos atendendo cerca de 160 usuários por dia.

Serviço de Lavanderia para acompanhantes melhora rotina do HUT

O desempenho de uma unidade hospitalar é o reflexo de uma variedade de serviços que congregam as funções básicas do seu dia-a-dia. Um desses serviços é a Unidade de Processamento de Roupas (UPR), responsável pela higiene e distribuição de roupas hospitalares.

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) tem o compromisso de manter o hospital como o maior de retaguarda em urgência do Sistema Único de Saúde (SUS) da região e conta com o serviço próprio de processamento de roupas que influencia na qualidade da assistência à saúde, principalmente no que se refere à segurança dos pacientes, acompanhantes e colaboradores.

A lavanderia do HUT funciona 24 horas, o serviço é realizado por 42 profissionais e processa em média, 33 mil quilos de roupas por mês com a preocupação de seguir todos os parâmetros das resoluções e das legislações da Vigilância Sanitária, garante a coordenadora da UPR, Silvania Alencar.

O diferencial desse serviço no HUT é que ele é estendido também para alguns acompanhantes. “Muitas vezes, o acompanhante não traz roupas para trocar, situação de emergência, recolhemos sua roupa para lavar e a devolvemos limpinha”, acrescenta Silvania. Segundo ela, na própria lavanderia do hospital foi reservado espaço para a instalação de uma máquina de lavar específica para esse público que tem ainda um setor de costura que realiza pequenos reparos. Em 01 ano da sua implantação 1.682 familiares de pacientes internados já foram beneficiados por esse serviço que é gratuito.

A iniciativa melhorou a rotina das enfermarias e não poderiam ser melhores os resultados obtidos até agora. O serviço é um sucesso entre os usuários, que se surpreendem ao saberem que têm à disposição até serviço de lavanderia. De acordo com uma pesquisa de satisfação, o serviço alcançou nota máxima entre os acompanhantes de localidades distantes que são beneficiados pelo projeto.

Para Fábio Marcos, diretor geral, “Todo esse empenho e comprometimento são diferenciais do HUT, com o objetivo básico de dar suporte emocional e material aos acompanhantes durante a internação do paciente, é muito mais do que lavar roupas, é ajudar a salvar vidas”, conclui.

Foto: Divulgação (HUT)

Semana da Enfermagem do HUT aborda a importância dos registros no cuidado hospitalar

A Semana da Enfermagem inicia, nesta quinta-feira, 12, no Dia Mundial do Enfermeiro e se encerra em 20 de maio Fotos(Ascom/HUT)

 

Referência na assistência de média e alta complexidade, o Hospital de Urgência de Teresina (HUT) inicia a Semana de Enfermagem com o tema “Registrar para Avançar! Compromisso com a ética e segurança nos registros de enfermagem”.

A enfermagem produz, diariamente, um montante de informações inerentes aos cuidados dos pacientes. Estima-se que estes registros alcancem mais de 50% de toda informação do prontuário de tratamento do paciente.

A Semana da Enfermagem inicia, nesta quinta-feira, 12, no Dia Mundial do Enfermeiro e se encerra em 20 de maio, data que se celebra o Dia Nacional dos Técnicos e Auxiliares de Enfermagem. As atividades ressaltam o trabalho da categoria.

A abertura aconteceu no auditório, às 10h, com uma sessão solene que contou com apresentação musical, homenagens e a participação do Conselho Regional de Enfermagem (Coren-PI), representado pelo presidente Antonio Luz Neto, diretoria e servidores da enfermagem do HUT.

Já no plantão noturno, haverá uma visita da liderança nas áreas assistenciais para homenagear as equipes plantonistas. A mesma programação da abertura acontecerá também no dia 20 de maio, com fechamento do evento.

Para a diretora de enfermagem, Dra. Delma Saraiva “A valorização dos profissionais da enfermagem deve ser destacada e reforçada em todas oportunidades, entrelaçada à existência do SUS está a Enfermagem e aqui no HUT representamos cerca de 67% de toda a força de trabalho, não é possível pensar no funcionamento desse Sistema sem o trabalho dos enfermeiros, técnicos e auxiliares de Enfermagem”, frisou.

A Semana conta com o apoio do Senac, Uninassau (Redenção) e da Loja IamFit e faz parte: coffee break, brindes, celebração ecumênica, palestras, oficinas de registros de enfermagem ministrados pelos enfermeiros da unidade: Wendel Marcos; Ariel Melo; Lenier Braga e Nhayara Rosa, a presença da conselheira do Coren, Elizangela Varonil, além de uma feirinha do microempreendor no jardim interno recém-inaugurado para valorizar os talentos e habilidades dos servidores do HUT.

HUT ganha praça interna para práticas terapêuticas ao ar livre

Com o sol, é possível aumentar o bem-estar do paciente Fotos(Ascom/HUT)

Como parte do aniversário de 14 anos, o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), maior urgência e emergência vinculada a Fundação Municipal de Saúde (FMS), ganhou ontem (5), um novo espaço, uma praça chamada “Jardim do Sol”. A inauguração simbólica contou com a presença do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa.

A revitalização do espaço é uma iniciativa do Grupo de Humanização do HUT e o projeto voluntário da arquiteta Karoline Uchoa e das enfermeiras e design de interiores, Ana Virginia e Auricelia Teixeira. O que antes estava obsoleto, conta agora com uma nova pintura, plantas, além de bancos e um pergolado.

“Com sol e ventilação natural, é possível aumentar o bem-estar do paciente com passeios terapêuticos, evitando que eles permaneçam apenas deitados, fechados nas enfermarias e sem contato com a luz do sol por períodos muito longos”, explica Osfrany Martins, assistente social e membro do GTH.

Localizada na parte interna da unidade, o espaço foi revitalizado por meio de doações dos servidores, destinada para reabilitação e atividades terapêuticas, além de servir como espaço de convivência para os funcionários que têm a possibilidade de fazer reuniões informais, e tirar alguns minutos para recuperar as energias ao ar livre.

“O projeto está alinhado ao nosso objetivo de sempre oferecer atendimento com excelência, de forma humanizada e segura, contribuindo para o sucesso do tratamento e a experiência do usuário em nosso hospital”, comenta o gestor do Hospital, Dr. Fábio Marcos de Sousa.

Osfrany adianta que em breve a “Praça Jardim do Sol” contará também com uma geloteca, uma pequena biblioteca adaptada dentro de uma geladeira reformada com diversos livros e revistas que ficam à disposição dos servidores e acompanhantes dos usuários.

O HUT atende uma média de 160 pacientes por dia, usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de todo o Piauí e parte do Maranhão que necessitam de assistência de urgência e emergência de alta e média complexidade.

HUT completará 14 anos com cuidado, dedicação e mais de 800 mil vidas salvas

HUT completa 14 anos Foto(Ascom/HUT)

No dia 5 de maio, o Hospital de Urgência de Teresina Professor Zenon Rocha (HUT) completará 14 anos de existência celebrando mais de 878.253 mil vidas salvas na já consolidada história que transformou o HUT na maior urgência e emergência pública do Estado e referência na assistência de alta e média complexidade em ortopedia e traumatologia da região.

Nesta data, às 9h, no pátio externo da entrada, será realizada celebração ecumênica com o tradicional corte do bolo de aniversário e a participação da Banda 16 de Agosto, da Fundação Cultural Monsenhor Chaves (FMC), mantida pela Prefeitura de Teresina. A cerimônia contará com a presença da diretoria, servidores e autoridades como o prefeito Dr. Pessoa, primeira-dama de Teresina, Samara Conceição, presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Gilberto Albuquerque, dentre outros.

Como parte da celebração, será inaugurada a praça Jardim do Sol, um espaço localizado na parte interna da unidade revitalizado, por meio de doações dos servidores e destinado para reabilitação e passeios terapêuticos dos pacientes internados, além de servir como local de convivência entre os servidores.

Uma das marcas dos novos tempos no HUT é o fim do cenário de superlotação. A atual gestão segue a linha da excelência na qualidade e segurança e o resultado desse aprimoramento dos processos é que a unidade vem ganhando destaque ao participar de programas nacionais como o Proadi-SUS, do Ministério da Saúde e batendo recordes quantitativos de atendimento em alguns dos seus diversos serviços especializados.

HUT divulga balanço de atendimentos da Semana Santa

O Hospital de Urgência de Teresina (HUT), que integra a rede hospitalar da Fundação Municipal de Saúde (FMS), realizou 563 atendimentos durante o feriado da Semana Santa. O balanço tem como base as entradas realizadas da quinta-feira, 14, até o domingo de Páscoa, 17. Nesse mesmo período, houve 103 cirurgias de urgência e emergência.

Dados da Unidade de Estatística do hospital indicam que houve uma redução de 53% nas internações em relação ao feriado santo em 2021.

Vítimas de acidentes de trânsito somaram 99 entradas, outros atendimentos de emergência registrados na unidade de saúde foram dor abdominal e pélvica (51), queda mesmo nível (47), corpo estranho no olho (29).

Segundo o diretor geral, Fábio Marcos, o HUT encerra mais um feriado com êxito na demanda de atendimentos. “Feriados prolongados costumam ser desafiadores, com mais registros de acidentes, ferimentos por armas de fogo e branca, além de outras formas de violência são comuns. Felizmente, observamos que o feriado de Páscoa foi mais tranquilo, com menos ocorrências no trauma”, finalizou.

O HUT é a maior unidade de assistência de alta complexidade em traumatologia de urgência e emergência do Estado. O hospital disponibiliza 262 leitos de enfermaria, 52 leitos de UTI adulto e 10 leitos intensivos pediátrico.

“Abril pela Segurança do Paciente” promove melhores práticas de saúde no HUT


Abril é conhecido por ser o mês da campanha nacional pela segurança do paciente. Durante todo o mês, estão sendo realizadas nas clínicas, postos e unidades de internação do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) ações para os profissionais de saúde, por meio de jogos educativos como caça palavras, verdadeiro ou falso, do certo ou errado, cruzadinhas e curto ou não curto, que reforçam o cuidado quanto aos riscos. A iniciativa é do Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) do HUT.

A segurança do paciente é um tema da área da saúde que visa proteger pacientes dos riscos reduzindo a ocorrência de falhas em diferentes procedimentos no ambiente hospitalar.

Para Lenier Braga, coordenadora do NSP, “os jogos educativos contribuem para o aprofundamento de conhecimentos técnicos dos profissionais sobre as seis metas internacionais de segurança do paciente. São elas: identificação do paciente, comunicação efetiva, cirurgia segura, higienização das mãos, segurança no uso de medicamentos, prevenção de quedas e lesões por pressão”, destaca.

A enfermeira Cliciane Furtado, uma das responsáveis pelas atividades, ressalta que ações lúdicas contribuem para o envolvimento dos servidores na busca por melhores práticas de segurança do paciente.

Um exemplo é o da UTI Neuro que, por meio de checklists e pequenas ações no dia a dia, após o ingresso no projeto “Melhorando a Segurança do Paciente em Larga Escala no Brasil” – PROADI-SUS, reduziu de 38% para 13%, em dezembro de 2021, a taxa de infecções por pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV). Além de redução da incidência de lesões por pressão de 45% em fevereiro de 2022 na UTI adulto geral.

Não há como separar a gestão de um serviço de saúde da gestão da segurança no cuidado ao paciente. Nossa estrutura é voltada ao cuidado e a melhoria contínua da assistência aos usuários SUS, favorecendo uma melhor experiência do paciente”, complementou o médico Fábio Marcos de Sousa, diretor geral do Hospital.

Serviços essenciais de saúde funcionarão no feriado

As urgências e emergências dos hospitais, maternidades e Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) da rede pública de Teresina funcionarão normalmente entre 14 e 17 de abril, dias de ponto facultativo e feriado de semana santa. A Fundação Municipal de Saúde (FMS) mantém ainda abertos diversos serviços considerados essenciais.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) funciona normalmente no feriado, com médicos reguladores, operadores de rádio e telefonistas auxiliares de regulação médica. O Hospital de Urgência de Teresina (HUT) também funcionará normalmente. Já o Laboratório Raul Bacellar estará em funcionamento para atender as demandas da rede hospitalar.

No âmbito da Atenção Básica, estará em funcionamento até quinta-feira (14) a UBS Gurupi com atendimento exclusivo gripal. Já as UBS Renascença, Santa Isabel, Parque Brasil e Porto Alegre (com demandas gerais em saúde) só não funcionam na sexta-feira (15), nos demais dias funcionarão normalmente.

Por conta do ponto facultativo, as demais Unidades Básicas de Saúde (UBS) e a parte ambulatorial dos hospitais (marcação de consultas e exames) funcionam até esta quarta (13) e só voltam a atender na segunda-feira (18). O Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo, por fazer parte da rede de atendimentos ambulatoriais, só funciona até dia 13 e volta a atender normalmente no dia 18, o setor administrativo da Fundação Municipal de Saúde também.

O serviço de saúde mental segue em funcionamento no CAPS III Sul, que é um serviço ambulatorial de atenção contínua, funcionando durante 24 horas diariamente, incluindo feriados e finais de semana, com atendimento da rede de cuidados em saúde mental no âmbito do seu território.

Oficina reforça a importância do serviço de saúde humanizado no HUT

A proposta é melhorar a relação entre pacientes, familiares e profissionais Fotos(Ascom/HUT)

Para oferecer um atendimento cada vez mais acolhedor e de qualidade, membros do Grupo de Trabalho em Humanização (GTH) e convidados participaram da oficina sobre a Política Nacional de Humanização (PNH), no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). O encontro aconteceu no auditório do hospital, na manhã desta terça (12).

A oficina foi ministrada pela professora da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Lucia Vilarinho e Scarlet Barros, mestranda em Políticas Públicas, com o objetivo de fortalecer as práticas de atenção e gestão, qualificando a saúde pública, abrangendo os seguintes temas: gestão humanizada, identificação da necessidade do paciente, resolutividade, integralidade, direitos dos usuários SUS e solução de conflitos de forma produtiva.

“Convidamos representantes de todas as áreas: assistenciais, atendimento e administrativos, desde os gestores até os auxiliares lá na ponta. É preciso oferecer o atendimento com a maior qualidade possível, não apenas na prestação do serviço, mas principalmente no respeito aos direitos dos pacientes, na empatia e solidariedade”, reforça Osfrany Martins, assistente social e membro do GTH.

Para Fábio Marcos, diretor geral do HUT, a proposta é melhorar a relação entre pacientes, familiares e profissionais com acolhimento do paciente desde a entrada na unidade até a saída. “O tratamento apresenta resultados bem melhores quando há essa preocupação”, afirmou.

Criado em 2021, o Grupo de Trabalho em Humanização do HUT segue as diretrizes estabelecidas pela Política Nacional de Humanização do Ministério da Saúde. Atualmente, o grupo é composto por 22 colaboradores, entre gestores, ouvidor, assistentes sociais e servidores assistenciais e administrativos.

HUT reduz o lixo hospitalar em 22%

A produção de lixo hospitalar e o descarte desses resíduos tem sido alvo de alertas da Organização Mundial da Saúde (OMS). No Hospital de Urgência de Teresina (HUT), uma reorganização do plano de gerenciamento de resíduos de saúde permitiu uma redução de 22% na produção e nos custos do lixo hospitalar gerados pela unidade.

Dados da Unidade de Estatística indicam que em Março de 2022 foi proporcionalmente o mês com a menor produção de lixo desde 2017 no hospital. Dentre os tipos de resíduos reduzidos, estão os infectantes (secreções, gazes, algodão), químicos (medicamentos), radioativos (material radiográfico), perfurocortantes (agulhas), têxteis (uniformes, roupas de cama) e lixo comum (plástico, papel).

Como forma de comparação o gasto de 03 meses com o descarte desses resíduos em 2021 foi de mais de R$ 540 mil, já após a reorganização, foram gastos R$ 421 mil, minimizando os custos operacionais com uma economia de R$ 119 mil. Em relação ao peso total, a redução caiu de 87.000kg (em 2021) para 68.000kg (Jan a Mar de 2022).

Somente nesse primeiro trimestre do ano, a central de resíduos sólidos encaminhou para reciclagem cerca de 40% desse material como: embalagens, papelão, plásticos e eletrônicos, para cooperativas e projetos de reciclagem em Teresina. A enfermeira Luciane Dinair, coordenadora do Serviço de Gerenciamento de Resíduos do HUT (GRSS), explica que “para chegarmos a estes números trabalhamos medidas educativas de conscientização dos servidores e dos usuários SUS (pacientes e acompanhantes), os resíduos são segregados nos locais de geração e recolhidos. Cada um recebe a sua respectiva destinação final”, pontua.

Preservar o meio ambiente também é cuidar da saúde, essa redução na produção de lixo melhoram nossos índices de sustentabilidade e poupam recursos financeiros e naturais importantes para a atual e as futuras gerações. Destacou Fábio Marcos, diretor geral do HUT.

O melhoramento do plano de gerenciamento de resíduos sólidos de saúde contribuiu ainda para a renovação por dois anos da licença ambiental do Hospital de Urgência de Teresina.

Foto: Divulgação (HUT)