Isolamento social foi de 44,7% neste domingo (29) em Teresina

Teresina apresentou um índice de isolamento social de 44,7% neste domingo (29), colocando a cidade na 15ª posição no ranking entre as capitais do país. O valor segue o padrão observado nos demais domingos de novembro, com todos marcando acima de 40%. Já o Piauí ficou na 17ª posição entre os estados, com índice de 44,81%.

Os dados são da startup InLoco, que realiza o georreferenciamento smartphones na cidade. O levantamento também mostra índices por regiões e a zona Sul foi que a que apresentou o maior isolamento social, com 46,6%. Em seguida ficou a região Leste, com 43,45%, e a Centro Norte, com 43,3%. Por último ficou a zona Sudeste, com 43,27%.

Quanto aos bairros que mais respeitaram o isolamento, os melhores colocados foram Santo Antônio (61,9%), Distrito Industrial (58,95%), Primavera (54,95%), Pedra Mole (53,8%) e Matinha (53,3%). Já os que apresentaram os menores percentuais foram Bom Princípio (25,8%), Frei Serafim (31%), Jacinta Andrade (33,3%), Aeroporto (35,3%) e Alegre (35,5%).

Teresina não registrou mortes por Covid-19 no último domingo (29), segundo dados do painel epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde (FMS), que também notificou 226 novos casos da doença. No total, a capital já somou 42.874 infectados e 1160 óbitos desde o início da pandemia, além de 16.733 pessoas recuperadas da doença.

Teresina atinge índice de 40,60% de isolamento social no sábado (28)

Seguindo os cuidados preventivos com distanciamento social, os teresinenses garantiram no último sábado (28), um índice de isolamento social de 40,60%, número 4% maior em relação à sexta-feira (27). Quando comparada às capitais do país, Teresina ficou em décimo quinto lugar no ranking, enquanto o Piauí ficou em décimo segundo lugar entre os estados, com índice de 40,05%.

Os locais que apresentaram as maiores taxas de isolamento na cidade foram Vale Quem tem (58,80%), Embrapa (51,90%), Noivos (50,10%) Frei Serafim (50%) e Centro (48,83%). Já os bairros que apresentaram um desempenho ruim e tiveram as menores taxas de isolamento foram Nova Brasília (26,70%), Vale do Gavião (28,05%), Alegre (28,60%), Beira Rio (30,05%) e Brasilar (30,10%).

Quanto ao isolamento por regiões da cidade, no sábado (28), a zona Centro Norte foi que a que apresentou o maior índice de isolamento social, com 41,55%. Em seguida ficou a região Sul, com 40,16%%, e a Leste com 40,02%. No final da lista ficou a zona Sudeste, com 37,32%.

Os dados são da startup InLoco, que realiza o georreferenciamento através dos smartphones em cidades de todo o território nacional, monitorando a localização dos usuários quando se conectam à internet pelo celular.

Teresina registra 38,3% de isolamento social e mantém média de dias anteriores

Teresina vem mantendo a média nos índices de isolamento social. Nesta quinta-feira (19), segundo dados da statup InLocu, a capital piauiense registrou uma taxa de 38,3% das pessoas seguindo as orientações de permanecerem em casa. O número coloca a cidade na décima quinta colocação entre as capitais. Já o Piauí apresentou 39% de isolamento, ficando na nona posição entre os Estados.

Os índices registrados durante essa semana oscilam entre 37% e 39%. Quando se faz o comparativo com os dados registrados nas semanas anteriores à pandemia, houve um incremento de mais de 16,8%. Com isso, é possível constatar que, mesmo com a liberação das atividades econômicas e sociais, muitas pessoas ainda continuam cautelosas e adotando as medidas de distanciamento social que foram recomendadas pelas organizações sanitárias e de saúde.

Segundo a startup Inlocu, nos monitoramentos feitos via telefone celular, a zona Leste continua liderando os percentuais da região que mais cumpre as recomendações, com 38,76%. Em seguida vem a região Centro/Norte com 37,62%. Na sequência vêm as zonas Sul (37,25%) e Sudeste (36,89%).

Enquanto alguns bairros chegaram a ultrapassar 50% do índice de isolamento social nesta quinta-feira, outros registraram percentuais inferiores a 20%. Os bairros São João (56,5%), Santa Cruz (53,1%), Novo Uruguai (51,3%), Brasilar (50%) e Santa Rosa (50%), foram os que registraram os melhores percentuais de distanciamento. Na outra ponta da tabela estão os bairros Alegre (18,9%), Bom Princípio (27,5%), Vila São Francisco (28,2%), Pedra Miúda (29%) e Ininga (31%). O distanciamento social é uma das principais medidas de combate a proliferação do novo coronavírus, juntamente com o uso da máscara e do álcool em gel.

Teresina registrou índice de isolamento social de 39,6% na última segunda (16)

O índice de isolamento social em Teresina na última segunda-feira (16) foi de 39,6%, 1,7% a mais do que foi registrado no mesmo dia da semana anterior (09), que teve índice de 37,9%. Os números, monitorados diariamente pela startup Inloco, colocaram a cidade no 14º lugar entre as capitais do país. Com 39,39%, o Piauí ocupou a 10º posição entre os estados.

A média de isolamento na cidade durante a semana tem variado entre 38% e 39%, caindo um pouco mais durante os finais de semana.

A startup também disponibiliza os dados por bairros da cidade, apontando que na última segunda os bairros Santa Rosa (51,20%), Mafrense (48,60%), Esplanada (48,40%), Flor do Campo (47,60%) e Primavera (46%) registraram os melhores índices de isolamento.

Em contrapartida, com os piores índices, estão Bom Princípio (25%), Recanto das Palmeiras (26,90%), Real Copagre (28,70%), Pedra Mole (30,10%) e São Sebastião (30,85%).

Covid-19 em Teresina

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) registrou em seu sistema a morte de uma pessoa vítima de Covid-19 em Teresina na última segunda-feira (16). Houve ainda 86 novos casos confirmados da doença. Desde o início da pandemia, no mês de março, até agora, a capital piauiense contabiliza o total de 1.137 óbitos. Os dados apontam ainda 40.589 infectados pelo novo coronavírus e 16.295 recuperados da Covid-19.

Isolamento social no sábado (14) foi de 40,1% em Teresina

Teresina apresentou índice de isolamento social de 40,1% no último sábado (14), 0,6% a mais do que o índice registrado no sábado anterior (07), que foi de 39,5%.

Os dados, monitorados diariamente pela startup Inloco, colocaram a cidade na 12ª posição entre as capitais do país. O Piauí, com 39,12%, ficou na 13ª posição entre os estados.

A startup também disponibiliza os índices por bairros da capital, apontando que no último sábado os que apresentaram as melhores taxas de isolamento foram Morada do Sol (55,10%), Flor do Campo (54,20%), Árvores Verdes (54,15%), Primavera (53,95%) e São João (51,70%).

Já os bairros Parque Brasil (28,35%), Acarape (29,20%), Mafrense (30,60%), Frei Serafim (30,60%) e Cidade Jardim (31,20%) apresentaram as piores taxas.

Isolamento social na última terça (10) foi de 38,8% em Teresina

O índice de isolamento social em Teresina na última terça-feira (10) foi de 38,8%, 4,1% a mais do que havia sido registrado na terça da semana anterior. Com o percentual a cidade ficou no oitavo lugar no ranking das capitais. O Piauí, com 38,73%, ficou em sexto lugar entre os estados. A média de isolamento nos dias da semana tem se mantido entre 38% e 39%.

A startup Inloco, responsável pelo monitoramento diário dos dados, também disponibiliza os índices por bairros da capital, apontando que na última terça os que apresentaram as melhores taxas de isolamento foram São João (61,30%), Árvores Verdes (60,50%), Brasilar (55,90%), Santo Antônio (54,20%) e Ininga (52,05%).

Em contrapartida, na outra ponta da tabela, com os piores índices estão Aeroporto (20,70%), Pedra Mole (24,70%), Vale do Gavião (27,60%), Nova Brasília (28,30%) e Saci (31,50%).

Covid-19 em Teresina

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) registrou em seu sistema a morte de mais uma pessoa vítima da Covid-19 em Teresina na última terça-feira (10). Houve ainda 228 novos casos confirmados da doença. Desde o início da pandemia, no mês de março, até agora, a capital piauiense contabiliza o total de 1.124 óbitos. Os dados apontam ainda 39.732 infectados pelo novo coronavírus e 15.276 recuperados da Covid-19.

Índice de isolamento social de Teresina foi de 37,8% na segunda (09)

Teresina apresentou índice de isolamento social de 37,8% na segunda (09), o que representa uma queda maior que 10% quando comparado ao mesmo dia da semana passada, que foi feriado e registrou 47,9% de isolamento. O número colocou a capital piauiense na 16ª colocação no ranking das capitais do país. Já o Piauí, com índice de 37,86%, ficou em 12º lugar entre os Estados.

De acordo com o monitoramento da startup Inloco, que realiza o georreferenciamento de smartphones em cidades de todo o país, a região Centro Norte teve o pior desempenho, quando atingiu apenas 36,09% de isolamento social. Em seguida, a zona Leste (36,95%), depois a zona Sudeste (38,15%). Na região Sul, 38,89% das pessoas ficaram em casa nesta segunda (09).

Os bairros que apresentaram os melhores índices de isolamento foram Matinha (55,20%), Santa cruz (54,40%), Flor do Campo (47,80%), Brasilar (47,20%) e Jacinta Andrade (46,20%). Na outra ponta da tabela, apresentando as menores taxas de isolamento, aparecem os bairros: Santa Rosa (20,80%), Bom Princípio (24,70%), Alegre (26,30%), Buenos Aires (27,90%) e Acarape (28,20%).

De acordo com o último boletim divulgado pelo Centro de Operações em Emergências (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), a capital notificou, ontem (09), 191 novos casos e três mortes por Covid-19. Agora a capital contabiliza 1.123 óbitos, 39.504 infectados pelo novo Coronavírus e 15.274 recuperados da Covid-19.

Teresina tem isolamento social de 47,7% e ocupa 12ª posição entre as capitais

O isolamento social foi de 47,7% neste domingo (08) em Teresina, representando índice mais alto em comparação aos demais domingos nos últimos 30 dias. Os finais de semana geralmente apresentam os maiores valores, com uma média de cerca de 38% aos sábados e 45% nos domingos. A cidade ficou na 12ª posição no ranking entre as capitais do país e o Piauí ocupou o 14º lugar entre os estados, com 46,5%.

Os bairros que mais respeitaram o isolamento registraram altos índices, chegando a quase 60%. Os mais bem colocados o foram Centro (59,8%), Parque Piauí (59,5%), Parque São João (59,3%) e Santa Rosa (59,2%). Já os que apresentaram os menores percentuais foram o Mafrense (34,3%), Jacinta Andrade (36%), Acarape (37%) e Parque Brasil (39,1%).

Os dados são da startup InLoco, que realiza o georreferenciamento smartphones em cidades de todo o território nacional monitorando a localização dos usuários quando se conectam à internet pelo celular. Ela também disponibiliza dados por zonas da cidade e a Sul foi que a que apresentou o maior índice de isolamento social, com 48,69%. Em seguida ficou a região Sudeste, com 47,25%, e a Centro Norte, com 46,74%. Por último ficou a zona Leste, com 46,69%.

Teresina registrou uma morte pelo novo coronavírus no boletim epidemiológico do último domingo (08). Além do óbito, outros 224 novos casos da doença foram contabilizados. Com isso, a capital chega a 39.313 pessoas que já foram infectadas pelo novo coronavírus, além de 1.120 óbitos e 15.267 pacientes recuperados.

Teresina ocupa 15° lugar no ranking das capitais em isolamento social

Teresina ficou em décimo quinto lugar no ranking das capitais do país quanto ao índice de isolamento social, apresentando 44,84% no domingo (1°). O Piauí ficou em décimo terceiro lugar entre os estados, com índice de 44,56%. O valor foi o melhor observado na média dos últimos sete dias na cidade, quando houve variações entre 37,41% e 38,39% no período de segunda a sexta-feira.

Quanto ao comportamento das pessoas nos bairros, os locais que apresentaram as maiores taxas de isolamento foram Parque Piauí (54,30%), Uruguai (53,83%), Primavera (51,70%), Promorar (51,60%) e Ininga (51,50%). Na outra ponta da tabela, os bairros que apresentaram um desempenho ruim e tiveram as menores taxas de isolamento foram Vale Quem tem (31,10%), Alegre (33,30%), Extrema (33,70%), Real Copagre (35,80%%) e Mafrense (36,70%%).

Os dados são da startup InLoco, que realiza o georreferenciamento através dos smartphones em cidades de todo o território nacional, monitorando a localização dos usuários quando se conectam à internet pelo celular. Ela também disponibiliza dados por regiões da cidade e, no domingo (1°), a zona Sul foi que a que apresentou o maior índice de isolamento social, com 45,58%. Em seguida ficou a região Leste, com 45,16%%, e a Sudeste, com 43,27%%. No final da lista ficou a zona Centro-Norte, com 43,17%.

Desde o início da pandemia, no mês de março, até ontem (1°) a capital piauiense contabilizava o total de 1.111 óbitos, 38.240 infectados pelo novo Coronavírus e 15.195 recuperados da Covid-19. Como a pandemia ainda é uma realidade, o Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública (COE) alerta a população para que mantenha os cuidados preventivos com distanciamento social, uso de máscara e lavagem constante das mãos.

Teresina apresenta índice de isolamento social de 37,4% neste sábado (31)

A taxa de isolamento social foi de 37,4% neste sábado (31) em Teresina. Esse valor segue os padrões observados nos demais sábados do mês de outubro, que registraram índices entre 36 e 39%. A cidade ficou na 14ª posição no ranking entre as capitais do país. Já entre os estados, o Piauí ocupou o nono lugar, com 37,61%.

Os dados são da startup InLoco, que realiza o georreferenciamento smartphones em cidades de todo o território nacional monitorando a localização dos usuários quando se conectam à internet pelo celular. Ela também disponibiliza dados por regiões da cidade e a zona Centro Norte foi que a que apresentou o maior índice de isolamento social, com 38,21%. Em seguida ficou a região Sul, com 37,94%, e a Leste, com 36,76%. Por último ficou a zona Sudeste, com 34,96%.

Quanto aos bairros, os que mais respeitaram o isolamento foram Santa Cruz (54,4%), a região da Frei Serafim (51,1%), Primavera (49,5%), São João (47,4%) e Nova Brasília (46,5%). Já os que apresentaram os menores percentuais foram o Cabral (21,7%), Parque São João (25%), Aeroporto (26,3%), Beira Rio (27%) e Mafuá (28,4%).

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) registrou no sistema a morte de mais uma pessoa vítima da Covid-19 em Teresina, neste sábado (31). Houve ainda 92 novos casos confirmados da doença. Desde o início da pandemia, no mês de março, até agora, a capital piauiense contabiliza o total de 1.107 óbitos, 38.112 infectados pelo novo Coronavírus e 15.195 recuperados da Covid-19.