Teresina inicia amanhã, 25, a aplicação da 4ª dose da vacina Covid para idosos de 80 anos ou mais

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina vai disponibilizar a partir de amanhã, 25, das 9h às 17h, quatro pontos de vacinação para a segunda dose de reforço (quarta dose) da vacina Covid para idosos com 80 anos ou mais. A recomendação é do Ministério da Saúde. Os locais de aplicação são: terminais Buenos Aires (zona Norte), Livramento (zona Sudeste), Parque Piauí (zona Sul) e Zoobotânico (zona Leste).

“A vacina que temos disponível para dose de reforço no momento é a Janssen. Os idosos devem levar documento de identificação com foto, CPF ou cartão SUS e o cartão de vacina com o registro das doses anteriores”, informa Emanuelle Dias, coordenadora da campanha de vacinação na capital.

Segundo nota técnica do Ministério da Saúde, a aplicação de uma segunda dose de reforço (quarta dose) para todas as pessoas com 80 anos de idade ou mais deve seguir o intervalo mínimo de 4 meses a partir do primeiro reforço (terceira dose). A vacina a ser utilizada para a dose de reforço deverá ser Pfizer, Janssen ou AstraZeneca.

Foto: Divulgação (FMS)

Escola Municipal Laurindo de Castro realiza ação com as crianças enquanto mães vão à UBS

Cada vez mais integrada com a comunidade, a Escola Municipal Laurindo de Castro contribuiu com uma ação social realizada pela Unidade Básica de Saúde (UBS) Guiomar Carvalho, no Povoado Santa Luz, zona Rural de Teresina.

Enquanto as mães cuidavam da saúde na UBS, às crianças participaram de um dia de diversão na escola, com pinturas, músicas e brincadeiras. A ação foi organizada para manter a turminha ocupada e feliz pelo tempo necessário para que as mamães fizessem o check up.

“Muito bom poder fazer parte dessa ação e fortalecer os laços entre educação, saúde e comunidade”, declarou a diretora da E.M. Laurindo de Castro, Raimunda Resende.

Fotos: Ascom Semec

Passageiros podem fazer integração entre zonas em um prazo de duas horas

Ascom/Strans

As operações de integração permanecem ativas mesmo sem o funcionamento dos terminais durante a pandemia da Covid-19. Os passageiros podem fazer a troca de ônibus de zonas diferentes no prazo de duas horas em qualquer ponto da cidade com itinerários coincidentes. Com a retomada do transporte público de Teresina no início do mês de julho, os serviços voltaram de forma reduzida com 70% da frota nos horários de pico, 6h às 9h e 17h às 19h, e 30% nos demais horários.

O gerente de planejamento da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Denilson Guerra, esclarece que a integração só é possível entre zonas diferentes e com a utilização do cartão eletrônico. “A integração está disponível desde a retomada da circulação dos ônibus e independe do funcionamento dos terminais. É importante que o passageiro tenha em mãos o cartão eletrônico e que a integração seja feita com linhas de zonas diferentes”, enfatiza.

O gerente ressalta, ainda, que a integração pode ser feita em qualquer zona da cidade, desde que seja em um ponto com itinerários coincidentes das linhas. “Por exemplo, se você vem da zona Leste e quer integrar com a zona Sudeste, você pode integrar em um ponto de itinerário coincidente, como a Avenida João XXIII. O mesmo vale para todos os demais abrigos de passageiros e estações que recebem linhas de regiões diferentes”, explica.

Enquanto durar a pandemia, a determinação da Strans é que a lotação dos ônibus não passe de 45 passageiros, sendo 30 sentadas e 15 em pé. O órgão tem recomendado aos passageiros que façam fila mantendo o distanciamento, evitando qualquer tipo de aglomeração. A Prefeitura de Teresina também tem realizado a desinfecção das paradas finais e nas garagens ao final de cada turno, além da verificação da temperatura dos profissionais e disponibilização de álcool em gel e máscaras para os operadores.

 

Terminais de integração da zona norte devem receber um total de 38 mil passageiros

Ascom/Strans

Nesta segunda-feira (02), a operação do Sistema Inthegra está completando o primeiro dia útil de funcionamento na zona norte da capital. Os terminais Rui Barbosa e Buenos Aires devem receber, em média, 20.700 e 17.300 passageiros, respectivamente.

De acordo com o gerente de Planejamento da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans), Denilson Guerra, a operação está em fase de adaptação, e também os usuários estão se adaptando ao novo sistema na região.

“Estamos observando onde estão ocorrendo as falhas, para que a gente possa melhorar a operação. Os usuários também vão se adaptando com o tempo, até se acostumarem com a nova forma de utilizar o transporte público na zona norte. Sabemos que no início pode gerar um desconforto, mas vamos trabalhar para solucionar todos os problemas”, declara.

O gerente também orienta aos usuários em como proceder nesse início de funcionamento. “Pedimos que as pessoas se programem, cheguem mais cedo aos terminais, tirem suas dúvidas com as equipes do Posso Ajudar e com os fiscais e respeitem a fila para entrar nos veículos. Ao perceber que o ônibus lotou, é só esperar poucos minutos para que outro chegue”, orienta o gestor.

O Terminal de Integração Rui Barbosa está localizado na Rua Anísio Pires com a Rui Barbosa, e possui área de quase 8.200 m² e plataforma de embarque e desembarque com extensão de 90m. O investimento total foi de mais de R$ 3 milhões.

Já o Terminal de Integração Buenos Aires está localizado na Avenida União com Avenida Jerumenha e contou com investimento total de mais de R$ 3,5 milhões. Tem área total de mais de 7 mil m² e plataforma de embarque e desembarque de 120 m.

Rede de Saúde Mental realiza carnaval integrado 

A Rede de Saúde Mental, Instituições e Articulações (RIA’s) realizou nesta quinta-feira, 20, festa carnavalesca. A concentração foi no estacionamento da Ponte Estaiada João Isidoro França. A RIA articula órgãos da saúde, da assistência social e outras áreas a se unirem em prol de um acompanhamento mais completo dos usuários da capital.

“As datas comemorativas são momentos ideais para promover saúde mental por meio da integração na sociedade. Tivemos uma festa animada e integrada. Todos juntos, unidos. Sem nenhum tipo de exclusão, promovendo a integração e a integralidade”, explica Sayonara Lima, coordenadora do Centro de Atenção Psicossocial Infantil.

A programação da festa contou com participação dos Reis e Rainhas do carnaval de Teresina, banda carnavalesca e muita animação. “Muitos usuários ficam isolados em casa sem participar de atividades culturais, sem acesso ao lazer. Ao participar de atividades culturais alusivas à datas comemorativas, eles veem que é possível participar, e isso nos deixa muito satisfeitos porque este é nosso objetivo: integrar o usuário dentro da comunidade”, finaliza a coordenadora.

 

Encontro no HUT promove integração de novos servidores

Ascom/HUT

Cinqüenta servidores do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), empossados no último seletivo da Fundação Municipal de Saúde (FMS), participaram na manhã desta segunda-feira, 17, da abertura do Programa de Integração do Servidor, organizado pela Diretoria de Enfermagem. A intenção do Programa é promover uma maior integração dos novos servidores ao ambiente de trabalho, além de apresentar normas e rotinas da empresa.

As atividades do programa foram abertas pelo diretor geral do HUT, Rodrigo Martins e pela diretora de enfermagem, Gina Nogueira. O diretor ressaltou o compromisso dos novos servidores em fazer parte da equipe do maior hospital de urgência do estado do Piauí e desejou boas vindas.

“Como somos referência em atendimento de média e alta complexidade para urgência e emergência temos uma grande responsabilidade com o público que nos procura. Temos os melhores profissionais do mercado e oferecemos 30 especialidades médicas para suprir as necessidades dos nossos pacientes. Trabalhar no HUT é motivo de orgulho”, destacou.

Gina Nogueira, em sua apresentação de boas vindas, frisou a importância de se trabalhar em equipe. “Podemos pensar que caminhar sozinho se chega mais rápido, mas o trabalho em equipe torna a assistência mais humanizada e qualificada. Somos os melhores em urgência e emergência porque trabalhamos em equipe”, ressaltou.

A enfermeira Maria Aparecida participou da abertura do Programa e falou sobre a expectativa em assumir o cargo. “Minhas expectativas são as melhores possíveis. Quero poder ajudar o próximo e trabalhar de forma humanizada. Por ser um hospital grande e de referência, a gente sente um pouco de medo no começo, mas a vontade de trabalhar é maior. Estou feliz por poder fazer parte dessa equipe!”, comentou.

PMT inicia ação de incentivo à coleta seletiva nos Terminais de Integração

A Prefeitura de Teresina inicia nesta terça-feira (11) a ação “Ambiental nos Terminais”, que tem o objetivo de levar esclarecimentos e divulgar como  funciona a coleta seletiva aos usuários de transporte público da capital. Durante o mês de fevereiro a ações acontecem de 7h às 9h e de 11h às 13h nos terminais do Parque Piauí (dia 11), Santa Lia (dia 18) e Livramento (dia 27).

De acordo com a coordenadora de limpeza pública da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Lílian Guimarães, a iniciativa faz parte de uma série de ações desenvolvidas pela Prefeitura para despertar uma consciência ambiental na população e aumentar a quantidade de resíduos recicláveis coletados pelo município.

“Quando iniciamos o programa de Coleta Seletiva, há pouco mais de cinco anos, coletava-se muito pouco, sendo cerca de 14 toneladas por mês. Atualmente nossa média já ultrapassa 100 toneladas por mês. É um esforço diário em ações de blitz ambientais, palestras em escolas e instituições públicas e privadas e divulgação porta a porta para incentivar que cada morador, ainda em sua residência, separe o vidro, papel, metal e plástico que podem ser reaproveitados e que destinem a um dos 21 Postos de Entrega Voluntária (PEVs) disponíveis na capital”, explica a coordenadora.

Outra forma de aderir à coleta seletiva é solicitar a coleta gratuita pelo Disque Coleta Seletiva através do número (86) 3218-1126. “Possuímos um caminhão de coleta exclusivo para recicláveis, garantindo que os resíduos permaneçam separados e em boas condições. Para a coleta ser feita na casa do munícipe os resíduos devem pesar mais de 50 kg. Em casos de condomínios, empresas e instituições públicas de uma forma geral, após a solicitação, uma equipe de educação ambiental é encaminhada para avaliar a viabilidade da coleta e passar orientações de como funciona”, pontua Lília Guimarães.

Para mais informações sobre a coleta seletiva e localização dos PEVs acesse: https://semduh.teresina.pi.gov.br/celimp/

 

Zona Sul de Teresina vai ganhar oito novos ônibus

Ascom/Strans

Os usuários de transportes públicos de Teresina residentes na zona Sul da cidade terão oito novos ônibus operando ainda este mês. Nesta segunda-feira, 16, inicia a circulação de quatro ônibus, no horário de pico, que sairão dos terminais da zona Sul dos bairros para os terminais. No dia 23 deste mês, outros quatro veículos irão atender também a população da zona Sul.

Esse aumento na frota é uma ação resultante da consultoria que a Prefeitura de Teresina contratou para identificar a necessidade de novas ações no sistema de transportes públicos, o Inthegra.

O reforço nas linhas de ônibus são do Vamos Ver o Sol (A732), Residencial Mário Covas (A833), Teresina Sul (A835) e Santa Fé (A832). Denilson Guerra, gerente de Planejamento da Strans, diz que é um aumento na frota para atender melhor os usuários. “Como resultado da consultoria contratada pela Prefeitura de Teresina foram iniciadas algumas alterações com aumento na frota do sistema do transporte coletivo para garantir à população menor tempo de espera e um maior conforto no seu deslocamento”, informa. A zona Leste já teve incremento com um veículo e uma nova linha para atender moradores entre os Terminais Zoobotânico e Santa Lia.

“A Strans com sua equipe de fiscais estará acompanhando a execução dessas ações e analisando os resultados”, diz. Ele informa que é um serviço da Empresa Transcol como concessionária do Lote 4, da zona Sul.

Terminais de Integração têm programação com concertos natalinos

Com a proximidade das celebrações de Natal os usuários dos transportes públicos de Teresina estão podendo usufruir de momentos de lazer nos Terminais de Integração com concertos natalinos. A atividade é realizada pela Superintendência de Transportes e Trânsito (Strans) em parceria com a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMCMC).

As apresentações musicais acontecem das 6h30 às 7h30 e das 18h às 19h. “Os concertos com músicas natalinas são para alegrar as pessoas e uma forma de tornar o ambiente dos terminais mais humanizados”, afirma o superintendente da Strans, Weldon Bandeira.

A programação desta quarta-feira (11) é das 18h às 19h, no Terminal Livramento, com apresentação do Quinteto Maestro Duda. No mesmo horário, no Terminal Bela Vista, se apresenta o grupo Tremembones.

Já na quinta-feira (12) no Terminal Livramento, das 18h às 19h, se apresenta o Quarteto OST. No Terminal Bela Vista o concerto de natal é com o Quinteto Mestre Duda e no Terminal Parque Piauí a apresentação é da Orquestra Sanfônica.

Clique aqui para ver a programação completa

 

Gincana promove interação dos pais no CMEI Tia Myriam III

Ascom/Semec

Uma brincadeira promovida pelo Centro Municipal de Educação Infantil Tia Myriam III, na zona Norte de Teresina, está aproximando as famílias da escola. A escola organizou uma gincana pedagógica com os pais dos alunos envolvendo diversas temáticas. A atividade também contou com a animação do grupo Recrear.

A animada disputa reuniu dezenas de mães, pais e responsáveis na realização de provas que envolviam conhecimentos sobre assuntos estudados pelas crianças durante as aulas.

A ação foi pensada para integrar pais e filhos e lembrar que a escola pública é parte da comunidade, sendo construída coletivamente. O momento também serviu para realizar a comemoração da vida e de estar presente.

“Neste mês de outubro, mês das crianças, organizamos atividades que aproximassem professores, alunos e familiares. A ideia foi realizar uma semana diferente em comemoração à vida, no qual o tema era menos presente e mais presença. Então organizamos atividades contando com a presença dos pais em todos os dias. Essa nossa parceria é muito forte, e a gincana foi um momento de descontração e reforço dos laços. Eles se empenharam, participaram e se divertiram muito”, contou a diretora Amanda Santiago Ribeiro.