Isolamento social foi de 36,1% em Teresina na última segunda (28)

O índice de isolamento social de Teresina na última segunda-feira (28) foi de 36,1%, segundo dados da startup Inloco, que monitora diariamente os números em cidades de todo o Brasil. No ranking das capitais, a cidade ocupou a 14ª posição. O Piauí, com taxa de 36,82%, ficou em sexto lugar entre os estados.

Em comparação com a segunda-feira da semana anterior (21), que apresentou índice de 36,5%, a variação foi de apenas 0,4% para menos. A média do isolamento dos últimos sete dias (de 22 a 28 de setembro) na capital tem variado entre 37% e 38%, apresentando pouca variação.

Quando analisado por bairros da cidade os que apresentaram os melhores índices de isolamento foram Cabral (50%), Frei Serafim (45%), Santo Antônio (43,50%), Uruguai (42,75%) e Santa Cruz (42,50%). Em contrapartida, Cristo Rei (26,30%), São Sebastião (27%), Pedra Miúda (28,40%), Recanto das Palmeiras (28,58%) e Vale do Gavião (28,95%) registraram os piores índices.

Covid-19 em Teresina

O Boletim do Centro de Operações em Emergência (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina registrou na última segunda-feira (28) mais 155 casos de Covid-19, além de duas mortes em decorrência da doença. Agora, a capital contabiliza 31.719 casos, 1.005 óbitos e 13.991 pessoas recuperadas desde o início da pandemia, em março deste ano.

Isolamento social em Teresina foi de 45,3% no último domingo (27)

O índice de isolamento social em Teresina voltou a subir no último domingo, 27 de setembro, registrando a marca de 45,3%, o que deixou a cidade em nono lugar no ranking das capitais do país. O Piauí, com índice de 43,78%, ocupou a 12ª colocação entre os estados.

A startup Inloco monitora diariamente os números, analisando também os bairros da cidade. De acordo com ela, os melhores índices do último domingo foram observados nos bairros Cabral (60%), Monte Verde (53,60%), Bom Princípio (53,23%), São João (53,20%) e Pedra Miúda (52,60%).

Em contrapartida, os bairros Samapi (36,20%), Parque São João (36,70%), Real Copagre (37,70%), Comprida (38,25%) e Nova Brasília (38,30%) apresentaram as taxas mais baixas de isolamento na cidade.

Covid-19 em Teresina

O Boletim do Centro de Operações em Emergência (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina registrou no último domingo (27) mais 69 casos de Covid-19, além de duas mortes em decorrência da doença. Atualmente, a capital contabiliza 31.564 casos, 1.003 óbitos e 13.984 pessoas recuperadas desde o início da pandemia, em março deste ano.

Isolamento social foi de 36,2% na última quarta-feira (23)

Teresina apresentou índice de isolamento social de 36,2% na última quarta-feira (23), o que a deixou no oitavo lugar no ranking das capitais do país. Em comparação com a quarta-feira da semana anterior, que registrou taxa de 37,4%, houve queda de 1,2% no isolamento da cidade. O Piauí apresentou taxa de 36,8%, ficando na quinta posição entre os estados.

Diariamente a startup Inloco computa os dados por meio do georreferenciamento de smartphones, analisando também os bairros da cidade. Na última quarta os que apresentaram os melhores índices de isolamento foram Cabral (59,30%), Beira Rio (47,73%), São João (47,60%), Ininga (47,08%) e Mafrense (42,80%).

Na outra ponta da tabela, com as piores taxas, estão Vale do Gavião (26%), Pedra Mole (28,10%), Bom Princípio (28,33%), Parque São João (28,80%) e Jóquei (29,40%).

Covid-19 em Teresina

O Boletim do Centro de Operações em Emergência (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina registrou na última quarta-feira (23) mais 357 casos de Covid-19, além de três mortes em decorrência da doença.

Atualmente, a capital contabiliza 30.795 casos, 992 óbitos e 13.096 pessoas recuperadas desde o início da pandemia, em março deste ano.

Isolamento social foi de 36,4% na última terça-feira (22)

Teresina registrou índice de isolamento social de 36,4% na última terça-feira (22), o que a deixou no 7º lugar no ranking das capitais do país. Em comparação com a terça-feira da semana anterior (15), que teve índice de 37,9%, houve queda de 1,5% no isolamento. O Piauí, com taxa de 37%, ocupou a 4ª posição entre os estados.

De acordo com a startup Inloco, que monitora diariamente os números, os bairros que apresentaram as melhores taxas na última terça foram Monte Verde (51,30%), Cabral (50%), Santo Antônio (47%), Portal da Alegria (45,75%) e Mafrense (43,80%).

Na outra ponta da tabela estão os bairros Aeroporto (24,60%), Jacinta Andrade (27,10%), Parque São João (30,20%), Bom Princípio (30,30%) e Flor do Campo (30,77%) com os piores índices de isolamento.

Covid-19 em Teresina

O Boletim do Centro de Operações em Emergência (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina registrou na última terça-feira (22) mais 252 casos de Covid-19, além de duas mortes em decorrência da doença.  Atualmente, a capital contabiliza 30.438 casos, 989 óbitos e 13.089 pessoas recuperadas desde o início da pandemia, em março deste ano.

Índice de isolamento social na segunda-feira (21) foi de 36,5%

Teresina voltou a cair no ranking de isolamento das capitais do país na última segunda-feira (21), ocupando a 11ª posição com índice de isolamento de 36,5%. Quando comparado com a segunda-feira da semana anterior (14), a variação foi de apenas 0,3%. O Piauí, com índice de 37%, ficou na 8ª posição entre os estados.

A startup Inloco, que monitora diariamente os índices através do georreferenciamento de smartphones em cidades de todo o país, também aponta que os bairros que apresentaram melhores taxas na segunda foram Aeroporto (60,40%), Ininga (54%), Centro (52,58%), Angélica (52,40%) e Novo Uruguai (52,25%). Já os bairros Novo Horizonte (36%), São Sebastião (38,95%), Nova Brasília (39,10%), Cidade Jardim (39,70%) e Extrema (39,90%) apresentaram os piores índices de isolamento na cidade.

A Prefeitura de Teresina iniciou no último final de semana a flexibilização das medidas restritivas para as atividades econômicas e sociais aos domingos, que já estava acontecendo aos sábados e agora se estende por todo o final de semana.

“Nesse momento, mais que nunca, pedimos que a população seja ainda mais cuidadosa, respeitando os protocolos de prevenção da disseminação do novo coronavírus. As pessoas estão circulando mais na cidade, portanto é necessário que os cuidados sejam redobrados. Não podemos retroceder”, lembra o prefeito Firmino Filho.

Índice de isolamento foi de 37,4% na última quarta-feira (16)

Teresina registrou índice de isolamento social de 37,4% na última quarta-feira, 16 de setembro, o que a colocou no 5º lugar no ranking das capitais do país. É o que apontam os dados colhidos pela startup Inloco, que monitora diariamente os índices em todo o Brasil. Em comparação com a quarta-feira da semana anterior (09), que apresentou taxa de 36,6%, a variação foi de apenas 0,8%.

 

A startup também faz o monitoramento nos bairros da cidade, registrando que ontem os melhores índices foram observados no Parque Jacinta (55,00%), São João (46,90%), Novo Uruguai (45,85%), Monte Verde (45,00%) e Santo Antônio (44,80%).

 

Em contrapartida, Real Copagre (27,40%), Jóquei (30,15%), Cidade Jardim (30,40%), Saci (31,40%) e Frei Serafim (31,50%) apresentaram as piores taxas.

 

Covid-19 em Teresina

O Boletim do Centro de Operações em Emergência (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina registrou na última quarta-feira (16) mais 565 casos de Covid-19, além de três mortes em decorrência da doença. Agora, a capital contabiliza 29.200 casos, 972 óbitos e 12.998 pessoas recuperadas desde o início da pandemia, em março deste ano.

Isolamento social de Teresina ficou em 37,9% na última terça-feira (15)

O índice de isolamento social em Teresina na última terça-feira (15) foi de 37,9%, segundo dados da startup Inloco, que realiza diariamente o georreferenciamento de smartphones em cidades de todo o país. Em comparação com a terça da semana anterior (08), que registrou taxa de 35%, houve aumento de 2,9%. Com o percentual, a cidade ocupou a 4ª posição entre as capitais do Brasil. O Piauí, com 38,19%, ocupou a 3ª posição entre os estados.

Quando analisado por bairros da cidade, os que apresentaram as melhores taxas foram Alegre (44,85%), Promorar (44,70%), São Pedro, (43,65%), Distrito Industrial (42,75%) e Santo Antônio (42,10%). Em contrapartida, os bairros Pedra Miúda (28,13%), Parque Brasil (30,40%), Santa Rosa (32,20%), Parque São João (32,40%) e Mafuá (32,50%), registraram as piores taxas.

“Neste momento de retorno das atividades econômicas na cidade e naturalmente maior circulação de pessoas é importante não relaxarmos nos cuidados básicos que adotamos no início da pandemia e que não devem ser esquecidos, como o uso da máscara, a higienização das mãos e, se puder, que as pessoas tentem manter o distanciamento social. Estamos com decréscimo quanto ao número de casos e óbitos ocasionados pela Covid-19 em Teresina, mas não podemos baixar a guarda”, lembra o prefeito Firmino Filho.

Covid-19 em Teresina

O Boletim do Centro de Operações em Emergência (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina registrou na última terça-feira (15) mais 308 casos de Covid-19, além de duas mortes em decorrência da doença. Agora, a capital contabiliza 28.635 casos e 969 óbitos desde o início da pandemia, em março deste ano.

 

Teresina volta a subir no ranking de isolamento das capitais com índice de 37,1% na quinta

Teresina voltou a subir no ranking das capitais do país na última quinta-feira (10) quando registrou índice de isolamento de 37,1%, ocupando a 4ª posição entre as capitais. Em comparação com a quinta da semana anterior (03), que apresentou taxa de 37,2%, quase não houve diferença. O Piauí, com índice de 38%, ficou em terceiro lugar entre os estados.

Os dados são monitorados diariamente pela startup Inloco, através do georreferenciamento de smartphones em cidades de todo o território nacional, pela localização dos usuários quando se conectam à internet pelo celular.

Quando analisados por bairros, os que apresentaram melhores índices foram Parque Jacinta (61,90%), Ininga (46,10%), Centro (43,30%), Matinha (42,40%) e Promorar (42,20%). Já o Acarape (31,00%), Mafuá (31,10%), Angélica (31,80%), Mafrense (32,80%) e Aeroporto (32,80%) apresentaram as piores taxas de isolamento.

Covid-19 em Teresina

Teresina registrou na última quinta-feira (10) 321 novos casos de Covid-19. Além disso, foram contabilizados seis novos óbitos em decorrência do novo coronavírus. Os dados são do painel epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde (FMS), que registra até o momento 27.925 casos e 955 mortes.

Teresina registra isolamento social de 35% na última terça-feira (08)

O índice de isolamento social de Teresina na última terça-feira (08) foi de 35%. É o que revelam os dados colhidos pela startup Inloco, que realiza diariamente o georreferenciamento de smartphones em cidades de todo o território nacional, monitorando a localização dos usuários quando se conectam à internet pelo celular.

Em comparação com a terça-feira da semana anterior (01), que registrou índice de 37%, houve queda de 2% no isolamento social. No ranking das capitais do Brasil, Teresina ocupou o 17º lugar. O Piauí, com 36,29%, ocupou o 5º lugar entre os estados.

As melhores taxas de isolamento foram registradas nos bairros Angélica (55,00%), Frei Serafim (46,40%), Cabral (44,70%), Brasilar (43,35%) e Matinha (40,90%). Em contrapartida, os bairros Jacinta Andrade (27,00%), Jóquei (28,50%), São Sebastião (29,25%), Portal da Alegria (29,40%) e Morada do Sol (29,80%) apresentaram os piores índices.

Covid-19 em Teresina

O Centro de Operações em Emergências (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) registrou um óbito decorrente de complicações da Covid-19 em Teresina nesta terça-feira (08). Houve ainda 291 novos casos confirmados da doença. No total, a capital registra atualmente 943 mortes, 27.199 pessoas infectadas pelo novo coronavírus e 12.524 curadas.

Isolamento social de Teresina foi de 37,5% na última quarta (02)

O índice de isolamento social da última quarta-feira (02) foi de 37,5%, o que deixou Teresina na segunda posição do ranking das capitais do país, atrás apenas de Rio Branco, capital do Acre. Quando comparado com o mesmo dia da semana anterior (26 de agosto), que registrou 38,4%, houve queda de 0,9%. O Piauí também ocupou o segundo lugar o ranking dos estados com 37,69%.

Quando analisado por bairros, as melhores taxas foram observadas no São João (49,40%), Santa Rosa (48,10%), Parque São João (47,35%), Santo Antônio (45,45%) e Distrito Industrial (44,50%). Já os bairros Aeroporto (27,80%), Mafrense (28,40%), Embrapa (30,40%), Parque Sul (32,50%) e Jacinta Andrade (32,90%) registraram os piores índices de isolamento.

Diariamente a startup Inloco computa os dados através do georreferenciamento de smartphones em cidades de todo o país, monitorando a localização dos usuários quando se conectam à internet pelo celular.

Covid-19 em Teresina

A capital notificou 240 novos casos e três mortes por Covid-19 na quarta-feira (02). É o que revela o Painel de Dados Covid-19, atualizado diariamente pelo Centro de Operações em Emergências (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS). A capital contabiliza agora 25.784 casos e 919 óbitos em decorrência da doença.