Atletas que treinam tênis de mesa no Lagoas do Norte e ganham medalha de bronze em São Luís

Os atletas que treinam tênis de mesa nos equipamentos do Parque Lagoas do Norte participaram de mais um campeonato, desta em vez em São Luís (MA). O grupo representou a Fundação Nossa Senhora da Paz no desafio interestadual de clubes, sediado no centro de treinamento da equipe Independente.

Os atletas Kawane Sales, Emanuel Walbert, Eduardo Cardoso e Lorenzo Santana participaram do torneio e foram premiados com medalhas de bronze nos desafios um a um.

“Foi maravilhoso disputar em um campeonato fora do nosso estado e poder levar o nome do Piauí e do nosso projeto. Foi muito bom poder jogar com pessoas diferentes, praticando um esporte, se divertindo e o mais importante de tudo trazer medalha pra casa. Nos dedicamos muito para sermos merecedores do prêmio e é muito gratificante saber que a gente conseguiu”, afirma Lorenzo Santana.

O tênis de mesa é um esporte incentivado pelo Programa Lagoas do Norte, que instalou equipamentos adequados para o treinamento dos atletas em parques da zona norte. Mas, antes disso, desde a sua primeira etapa, essa modalidade é praticada nas dependências do Parque Lagoas do Norte e por lá já passaram diversos atletas vencedores.

Fotos: Ascom Lagos do Norte

Servidores do Lagoas do Norte passam por treinamento sobre contratos

Os servidores do Programa Lagoas do Norte que exercem a função de administração de contratos participaram de treinamento, nesta sexta-feira (29), sobre diversos aspectos relacionados ao tema. O treinamento foi ministrado pelo especialista Ricardo Teixeira, diretor de Coordenação do Grupo de Trabalho de Licitações e Contratos da Secretaria Municipal de Administração.

Foram abordados aspectos como a regulamentação dos fluxogramas administrativos e listas de verificação (checklists) de adesão a ata de registro de preço, alteração contratual (aditivos e correlatos), contratação direta, reajuste de preços, repactuação e revisão de obras e serviço de engenharia, objetivando facilitar a compreensão do fluxo das atividades, uniformizar documentos mínimos necessários para análise dos processos e a estabelecer padrão de conduta a todos os órgãos e entidades da administração pública municipal.

De acordo com o diretor geral do Lagoas do Norte, Bruno Quaresma, o programa procedia com seus contratos em conformidade com o regramento estabelecido pelo Banco Mundial, entidade financiadora de suas obras e ações. Com o fim do contrato com o banco, agora o Lagoas do Norte passará a trabalhar de acordo com o regramento de licitações em vigência no Brasil.

“Estamos promovendo esse treinamento para que possamos nos adequar aos procedimentos. Temos buscado novas fontes de financiamento e temos obras em andamento em parceria com o governo federal, que são a construção de 1.400 sistemas de esgotamento sanitário em residências dos bairros Matadouro e São Joaquim. Nossa perspectiva é aumentar nossa capacidade de investimento nos próximos meses”, explicou Bruno Quaresma.

Diretoria do Lagoas do Norte se reúne com comunidade da avenida Boa Esperança

Os moradores que formam a comunidade da avenida Boa Esperança receberam, na tarde desta quarta-feira (27), a diretoria do Programa Lagoas do Norte para um bate-papo. a visita foi realizada por orientação do prefeito Doutor Pessoa. Na pauta, os novos rumos do programa e o encaminhamento de demandas dos moradores em relação a outros órgãos do município.

Estiveram presentes o diretor geral do PLN, Bruno Quaresma, e o diretor de Coordenação, Apoena Amorim. Eles explicaram à comunidade que em 15 de abril finalizou o prazo do contrato que a Prefeitura tinha com o Banco Mundial para a realização das obras e ações do Lagoas do Norte. Por conta da extinção desse prazo, também estão finalizadas as ações que vinham sendo desenvolvidas na parceria, como os reassentamentos e projetos sociais.

Porém, os diretores reafirmaram para os moradores a continuidade do programa. “O que finalizou foi o contrato junto ao Banco Mundial. Nós estamos executando ações e obras com outras fontes de recursos, como o governo federal. Com esse financiamento estamos fazendo, por exemplo, instalação de melhorias de esgotamento sanitário em 1.400 casas dos bairros Matadouro e São Joaquim. E estamos em busca de novas fontes de empréstimo para realizar muito ainda pela região norte”, afirma Bruno Quaresma.

Foto: Divulgação (Lagoas do Norte)

Grupo encena espetáculo Paixão de Cristo no Parque Lagoas do Norte

O grupo Atos de Teatro se apresenta, nesta quarta-feira (6), às 19 horas, no Parque Lagoas do Norte, abrindo mais uma temporada de apresentações gratuitas da Paixão de Cristo.

Desta vez, o grupo se apresenta em três pontos de Teresina com elenco reduzido de 70 atores e figurantes por causa das medidas restritivas de combate à pandemia de COVID-19.

Na sexta-feira (7), às 19 horas, o grupo também se apresenta na praça da Telemar, no bairro Mocambinho. E no domingo (10), o grupo encerra suas apresentações na capital, na Nova Ceasa, às 18h.

Nascido na zona Sul de Teresina, no bairro Lourival Parente, a companhia Atos de Teatro já encena a paixão de Cristo há seis anos. De acordo com o grupo, o crescimento do espetáculo trouxe a necessidade de expansão das apresentações para outros bairros de Teresina. Cerca de 80 pessoas compõem a companhia, entre atrizes, atores, auxiliares, produtores e diretores.

Segundo a companhia, o espetáculo deste ano foi adaptado ao momento, devido à pandemia e fatores econômicos. O espetáculo será sintetizado a partir do Julgamento de Jesus e focará nos momentos fortes pelo qual Jesus passou.

Com direção de Marina Marques e produção de Dilcon Carvalho e Adhriana Smith, o espetáculo da Paixão de Cristo também conta com o apoio da Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC).

Programa Lagoas do Norte e Banco Mundial realizam missão híbrida

As equipes do Programa Lagoas do Norte e do Banco Mundial realizaram, durante esta semana, a missão de finalização do contrato de empréstimo desta segunda fase. Em reuniões e visitas de campo, os técnicos puderam aprofundar os entendimentos sobre cada obra e ação que está em andamento. As reuniões ocorreram de forma híbrida, com parte da equipe da instituição financeira em Teresina e os demais no exterior.

A agenda da missão teve reuniões sobre os avanços no setor social, especialmente em relação a finalização dos planos de reassentamento; sobre as obras e os projetos que estão sendo realizados em parceria com outras secretarias, como o “Se Liga na Ideia”, em conjunto com a Secretaria Municipal da Juventude (SEMJUV) e o diagnóstico do mercado de trabalho de Teresina, em conjunto com a Fundação Wall Ferraz (FWF).

“Tivemos uma missão muito proveitosa e a análise do banco em relação às nossas ações foi positiva. Nossa equipe foi elogiada nos seus esforços e estamos mais afinados do que nunca para a continuidade dos nossos propósitos”, avalia Bruno Quaresma, diretor geral do PLN.

O secretário municipal de Planejamento e Coordenação, João Henrique Sousa, afirma que a parceria permitiu o atendimento a necessidades importantes da população. “A parceria que o município teve com o Banco Mundial foi extremamente agradável, muito exitosa. Isso resultou no desenvolvimento do Programa Lagoas do Norte e de importantíssimas ações na região Norte da cidade, beneficiando a população e trazendo mais infraestrutura para a área. Esta parceria se encerra nos próximos dias e temos muita gratidão por esse trabalho, por toda a dedicação da equipe e confiantes que estas obras não irão parar, esta é uma decisão do prefeito Dr. Pessoa e há um interesse enorme em prospectar novos investimentos para continuarmos avançando”, diz Joao Henrique Sousa.

O acordo de empréstimo entre a Prefeitura de Teresina e o Banco Mundial se encerra neste mês de abril. Porém, isso não significa o fim do programa. Ao contrário, o Lagoas do Norte vem estabelecendo conversas e contatos com várias instituições com o objetivo de buscar novas fontes de financiamento de projetos.

Parque Lagoas do Norte recebe 250 novas mudas de plantas nativas e frutíferas

Aproveitando o período chuvoso, os técnicos do Programa Lagoas do Norte realizaram nesta semana o plantio de 250 mudas frutíferas e nativas ao longo de todo o Parque Lagoas do Norte. Segundo a bióloga Zelinda Oliveira, esse é o período ideal para plantar.

“Todo ano nesse período nós fazemos o plantio de mudas no parque em substituição àquelas que morreram e também para aumentar a área arborizada. Aproveitamos as chuvas porque assim as mudas têm mais nutrientes e água em abundância”, explica.

As mudas foram fornecidas pelo Viveiro de Mudas da Prefeitura localizado na zona norte da cidade. Entre as 250 mudas estão frutíferas, como manga, caju, tamarindo, jambo e jenipapo; e as nativas, como ingá, ingarana, ipês roxo, rosa e amarelo, flamboyanzinho, oiti e caneleiro.

Monitoramento da água

Dentro do Programa Lagoas do Norte, o setor ambiental atua tanto nos cuidados com a fauna e flora presentes nos espaços que o programa constrói quanto na verificação da qualidade da água.

De forma constante, a equipe faz a coleta de amostras de água nas lagoas e nos rios Parnaíba e Poti para que se possa ter o monitoramento da qualidade.

“O objetivo é monitorar a qualidade da água desses mananciais durante o período chuvoso e de estiagem no que se refere à eficiência da implantação e funcionamento da rede de esgotamento sanitário na região das lagoas. O monitoramento serve e continuará servindo de parâmetro durante a implantação da rede de saneamento na região”, afirma Zelinda Oliveira.

Foto: Divulgação (Lagoas do Norte)

Lagoas do Norte promove oficina de capacitação aos moradores do residencial Parque Brasil

O Programa Lagoas do Norte segue desenvolvendo uma série de ações sociais junto aos moradores do residencial Parque Brasil, construído para receber a população atendida pelo programa e pela política habitacional da Prefeitura de Teresina. Neste fim de semana, os moradores participaram de uma oficina de capacitação de lideranças comunitárias.

A atividade foi elaborada para subsidiar os síndicos e moradores que desejam contribuir para a melhoria do convívio social.

A ministrante Gizelle Bueno, especialista em condomínio e síndica profissional, tratou de assuntos relacionados à gestão eficiente em momentos de crise; direitos e deveres da profissão; e alinhamento de ações a curto, médio e longo prazo.

Os participantes discutiram diversas questões acerca da correta formação de condomínio e tiraram suas dúvidas sobre o processo de formalização e gestão condominial.

Esta ação está inserida no Projeto de Trabalho Social, que vem sendo desenvolvido com os moradores desde o início da ocupação do conjunto habitacional pelo PLN. Além das orientações e auxílio na condução desse processo de formalização dos condomínios, estão sendo prestados atendimentos sociais, encaminhamentos de demandas, ações ambientais e de preservação do patrimônio, rodas de conversa e ações sociais junto às crianças.

“Estamos acompanhando de perto a formação da comunidade e auxiliando para que eles possam desenvolver uma vizinhança harmônica. Nosso trabalho vem sendo diário junto aos moradores e assim permanecerá”, afirma Apoena Amorim, diretor de Coordenação do Lagoas do Norte.

Lagoas do Norte elabora Plano de Emergência para conter desastres naturais

Os desastres naturais que vem acontecendo no Brasil atingem um número cada vez maior de pessoas. Em Teresina, o desenvolvimento das obras e ações do Programa Lagoas do Norte minimizaram sobremaneira o número de famílias que a chuva costumava deixar desabrigadas nas décadas de 80 e 90. Porém, toda a região norte conta com a proteção de estruturas de engenharia e, aliado a elas, um planejamento de ações coordenadas para situações de emergência, como um período intenso de chuvas com transbordamento dos rios Poti e Parnaíba, por exemplo.

Por isso, o Lagoas do Norte está estruturando, com a ajuda de especialistas em desastres naturais, o Plano de Ação de Emergências. Esse plano prevê a coordenação de atuação de órgãos do município e do Estado para a adoção de medidas, evacuação de áreas atingidas, instrumentos de apoio, segurança e posterior retorno da população.

“Estamos elaborando esse planejamento que tem como objetivo salvaguardar vidas em períodos que requerem maior cuidado e atenção. Nessa região temos o problema recorrente provocado pelas inundações dos rios e das lagoas. O plano visa exatamente organizar essas ações e colaborar com as famílias para que elas possam ter seus direitos garantidos. Estamos fazendo expedições nos rios e nos bairros para verificar a ocupação das margens e avaliar como o município pode agir nos casos de emergências”, diz Leonardo Madeira, assessor técnico.

Para a elaboração desse plano, o Lagoas do Norte contratou especialistas nas áreas de hidrologia, engenharia de segurança, ciência social e geógrafo. Esses especialistas já estão trabalhando. A equipe participa de reuniões com os técnicos do programa e visitam a região, tanto por terra como em expedição nos rios.

Um dos especialistas é Wagner Nascimento, engenheiro de minas, geotécnico e ex-diretor da Agência Nacional de Mineração. Ele acompanhou o desastre em Brumadinho (MG) no momento do rompimento da barragem. “Esse plano a gente nunca quer usar, mas precisamos estar preparados para casos de emergências. Aqui evidenciamos uma situação iminente em que a chuva pode impactar os rios e estamos identificando quais os procedimentos necessários para salvaguardar a vida das pessoas em casos extremos”, explica Wagner Nascimento.

Foto: Divulgação (Lagoas do Norte)

Prefeitura faz a premiação dos Jovens selecionados no “Se Liga na Ideia”

A Prefeitura de Teresina reuniu na manhã de hoje (22) jovens e moradores da região norte de Teresina, no centro administrativo do Lagoas do Norte, para a Premiação dos 20 jovens selecionados no concurso “Se Liga na Ideia”. O projeto está sendo desenvolvido pela Secretaria Municipal da Juventude, em parceria com o Lagoas do Norte e executado pelo Instituto Avante de Juventude.

O concurso que selecionou propostas nas áreas do empreendedorismo, cultura e arte, esporte e inovação tecnológica, selecionou 20 jovens na faixa etária de 18 a 29 anos nos 13 bairros que o Lagoas do Norte tem atuação.

De acordo com a Secretária Municipal da Juventude, Eliana Lago, o projeto é de suma importância para o desenvolvimento e participação dos jovens na administração da Cidade.

“Nesta etapa, o Se “Liga na Ideia” está contemplando os moradores do Lagoas do Norte, mas vamos trabalhar para nas próximas etapas outras regiões da cidade sejam beneficiadas, pois acredito que ninguém melhor do que o jovem para pensar em projetos para o jovem. É trabalhando e se desenvolvendo que o jovem ira perceber que ele pode chegar onde quiser, basta acreditar”, enfatizou a gestora.

Um dos alunos selecionados, Gabriel Sousa, também ressaltou a importância da participação do jovem para o desenvolvimento do protagonismo e autoestima juvenil. “Pensei em desenvolver no meu projeto o gosto pela leitura e a cultura do nosso estado, através da literatura, desenvolvimento da escrita e poema para ajudar os nossos jovens e adultos a enfrentar a ansiedade”.

Os 20 jovens selecionados no “Se liga na ideia” também receberão um valor de R$ 10 mil reais para implementação da ideia na sua região.

“O Lagoas do Norte sempre trabalhou para incentivar o empreendedorismo e a inovação entre os jovens. Esse dia de premiação do Se Liga na Ideia é uma prova disso. Temos a convicção de que, quando o poder público proporciona as ferramentas, os jovens se dedicam e mudam a realidade de suas comunidades através do seu talento e esforço”, afirma Bruno Quaresma, diretor-geral do Programa Lagoas do Norte.

Dr. Pessoa reúne equipe técnica e garante continuidade das obras do programa Lagoas do Norte

Prefeito e equipe definem quais serão os novos investimentos do Lagoas do Norte Fotos: Rômulo Piauilino / SEMCOM

 

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, se reuniu, nesta sexta-feira (21), com o secretário municipal de Planejamento (Semplan), João Henrique, e toda a equipe técnica envolvida na execução do programa Lagoas do Norte, ocasião em que assegurou a continuidade das atuais obras e de todas as ações previstas pelo programa que não foram realizadas nas antigas gestões.

“Não iremos deixar parar, vamos resolver e fazer o que não fizeram em aproximadamente 11 anos. Como está dentro do meu plano de governo cuidar de pessoas, principalmente as mais vulneráveis, iremos ter a responsabilidade de dar continuidade a essas obras, com recursos da prefeitura ou através de empréstimos”, afirmou Dr. Pessoa.

Os empreendimentos do Lagoas do Norte são financiados com recursos obtidos junto ao Banco Mundial, no entanto, o contrato se encerra no próximo mês de abril sem possibilidade de nova prorrogação devido ao atraso do cronograma de obras previsto pelo programa. Mesmo assim, a prefeitura irá concluir, tanto a atual etapa como outras em planejamento.

A estimativa é que o canal do bairro Matadouro, que inclui ações de infraestrutura, drenagem e melhoria habitacional na região, seja concluído ainda no primeiro semestre deste ano. Orçada em cerca de R$ 3,7 milhões, a obra seria paralisada com o término do contrato com o Banco Mundial, mas o prefeito garantiu o empenho de recursos para sua conclusão.

Além desta, Dr Pessoa e sua equipe definiram ao menos outras cinco obras prioritárias para o Lagoas do Norte, que devem ser anunciadas assim que os técnicos da Semplan concluírem a elaboração dos projetos. “Tivemos uma discussão muito ampla e positiva em relação ao programa que, em resumo, vai continuar. O prefeito sinalizou para onde os recursos devem ser direcionados e analisou a possibilidade de novas obras”, finalizou João Henrique.