SDU Leste alerta população para evitar descarte incorreto de lixo e manter cidade limpa

A cidade de Teresina, como todo o mundo, enfrenta situações difíceis com a pandemia do novo coronavírus. Apesar da necessidade do período da quarentena e do isolamento social para combater uma maior proliferação da Covid-19, a Prefeitura tem garantido os serviços de limpeza da cidade. No entanto, a SDU Leste solicita o apoio da população sobre os cuidados com o acondicionamento correto do lixo.

A cidade de Teresina tem uma cobertura eficiente dos serviços de coleta domiciliar de lixo e, principalmente em casos de pandemia, ter a consciência de descartar o lixo doméstico apenas nos dias e horários determinados em que o caminhão do lixo irá passar é fundamental.

A população precisa estar atenta ainda quanto à forma correta do acondicionamento dos lixos para facilitar o trabalho dos coletores e, consequentemente, contribuir para a limpeza do bairro e da cidade.

Outro fator importante é em relação ao descarte incorreto de lixo em áreas verdes e públicas. “Solicitamos também o apoio da população no sentindo de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas”, afirmou João Pádua, superintendente da SDU Leste, ressaltando que os serviços de limpeza têm sido um ponto importante da gestão municipal.

A SDU Leste possui a Gerência de Serviços Urbanos que, anualmente, programa a limpeza de todos os bairros da região e que é executada diariamente pela equipe dos profissionais de zeladoria.

A equipe de limpeza do órgão municipal destina frentes de trabalho que realizam a manutenção de viveiros, serviços de poda de árvores, capina e também o processo de transplantio em alguns pontos considerados áreas verdes.

Sobre esses serviços, o gerente Renato Lopes explica que a ação é feita por etapas para garantir a manutenção de todos os espaços públicos da região. “Nossa equipe atua de forma programada para cobrir toda a extensão da zona Leste, mas intensificamos os trabalhos no período de chuvas para desobstruir os canais das galerias e boca de lobo. Estamos atuando com ações intensas para proporcionar uma melhor qualidade de vida para os moradores da região”, declarou.

A comunidade pode ajudar com informações ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar ou material sólido pelos números (86) 3215-7875 e 7874 ou pelo aplicativo Colab.

 

SDU Leste promove limpeza de sete bairros nesta quarta-feira (25)

Promover ações de zeladoria nas vias públicas, além da manutenção e zelo nas grandes áreas verdes da cidade, está entre as preocupações centrais da Prefeitura, com o objetivo de proporcionar maior qualidade de vida à população. Pensando nisso, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste está limpando nesta quarta-feira (25) sete bairros da zona Leste de Teresina.

A ação é feita pela equipe de limpeza da Gerência de Serviços Urbanos do órgão e atua de forma programada, a fim de contemplar todos os bairros da região. No momento, os bairros Ininga, Horto, Fátima, Planalto Ininga, Pedra Mole, Santa Isabel e São Cristóvão estão recebendo os serviços de limpeza.

Dentre os serviços executados pela equipe estão capina, limpeza, varrição, cuidados com as plantas, podas de árvores, pintura do meio fio e o transbordo do material recolhido.

As avenidas Raul Lopes, Dom Severino, João XXIII, Pires Gaioso e Presidente Kennedy, além das ruas Antônio Ubiratan de Carvalho, José Sinimbu, José Luiz Cortez e Alaíde Marques, estão sendo contemplados com as ações de zeladoria. As áreas verdes e públicas da Rua Dirce de Oliveira e da Jornalista Dondon recebem serviços de podas e a atuação do trator roçadeira. A alça da Ponte Estaiada também está sendo limpa pela SDU Leste.

O gerente de Serviços Urbanos, Renato Lopes ressalta que os trabalhos são feitos por etapas para garantir a manutenção de todos os espaços públicos da região. “A gerência de limpeza destina também frentes de trabalho para realizarem a manutenção de viveiros, serviços de poda de árvores e também o processo de transplantio em alguns pontos considerados áreas verdes. Estamos atuando com trabalhos intensos para proporcionar uma melhor qualidade de vida para os moradores da região”, declarou.

Manter a limpeza da cidade é responsabilidade de todos e pequenas atitudes podem transformar o convívio em sociedade. Agir em parceria com órgão é um elemento crucial das frentes de trabalho. A SDU Leste também conclama o apoio do cidadão para atuarem em conjunto.

“Diariamente conscientizamos as pessoas para que elas se sintam mobilizadas a participarem conosco das limpezas nos bairros. Juntos, podemos trabalhar com ações mais direcionadas com a finalidade de manter a nossa região mais limpa. Solicitamos também o apoio da população no sentindo de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas. A união nestes ideais é a chave para enfrentarmos essa atual realidade com a pandemia do novo coronavírus”, destacou o superintendente João Pádua.

A Superintendência conta sempre com a colaboração da população no trabalho de conservação desses espaços. Nesse sentindo, a comunidade pode ajudar o órgão com informações ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar ou material sólido pelos números (86) 3215-7875 e 7874 ou pelo aplicativo Colab.

 

Mais de R$ 120 mil serão investidos em pavimentação de rua no bairro Morros

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste) continua dando prioridade aos serviços de pavimentação em paralelepípedo na região, como é o caso da Rua Dina Soares, no bairro Morros, que receberá a execução dos serviços em breve. A ação integra uma das missões do órgão municipal de levar mais dignidade aos moradores da região, por meio de melhorias estruturais e urbanas.

Com um investimento no valor de R$ 124.883,83, a pavimentação será executada graças aos recursos provenientes de Emenda Parlamentar. Os dados foram obtidos através da Gerência de Obras e Serviços (GOS) da SDU Leste.

O superintendente João Pádua afirma que a SDU tem planejado e executado ações na região com o objetivo de melhorar o fluxo de veículos e de pessoas, além de proporcionar uma melhor qualidade de vida aos moradores da região.

“Sabemos da importância que um calçamento representa para uma comunidade. Por isso, vamos continuar trabalhando para concluir as obras oriundas de recursos próprios do município, assim como de emendas parlamentares, investimentos federais e recursos do Orçamento Popular. Nosso maior objetivo é proporcionar melhores condições de mobilidade urbana para a população”, afirmou o gestor.

Para o superintendente executivo da SDU, Ângelo Cavalcante, o órgão procura atuar com frentes de trabalho. “O calçamento é a primeira obra de saneamento, principalmente porque tira a lama, afasta a poeira e melhora muito a qualidade de vida e mobilidade urbana da comunidade. Promover a pavimentação em novas ruas da zona leste, priorizando o aprimoramento da mobilidade urbana da região, é reflexo das nossas missões”, disse.

 

Permissionários do Mercado do Satélite recebem curso sobre manipulação de alimentos

Teve início na tarde da última quarta-feira (11) o curso de manipulação de alimentos para os permissionários que irão gerir os boxes de alimentação do Mercado do Satélite. A ação, uma iniciativa da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste, por meio da Gerência de Serviços Urbanos e em parceria com a Fundação Wall Ferraz (FWF), iniciou ontem e se estende até sábado (14).

Os comerciantes que irão trabalhar nos boxes do mercado público estão aprendendo sobre como resfriar os alimentos, que precisam de baixas temperaturas para a efetiva conservação, e como acondicioná-los de maneira correta.

O manual de boas práticas do curso aplicado também está abordando sobre a importância das infraestruturas e instalações no interior dos boxes, a higiene e a saúde dos permissionários.

Para o gerente de Serviços Urbanos da SDU, Renato Lopes, essa é a oportunidade para que os permissionários conheçam mais sobre as boas práticas relacionadas à manutenção de alimentos. “Poder receber essas informações possibilitará a garantia da higiene dos alimentos e que todos eles sejam próprios para o consumo. Além disso, manipular os alimentos da maneira correta contribuirá para o sucesso das vendas e impulsionará o mercado”, ressaltou.

Recentemente, todos os permissionários do mercado receberam o curso “Gestão de Negócios”, que frisou a importância de gerir bem o negócio, aplicando as diretrizes corretas para atrair os clientes, bem como gerenciar o Mercado como um todo.

O Mercado foi construído para receber 27 bancas para venda de carnes, peixes e frangos; hortifruti; lanchonetes; artesanatos; confecções; consertos; temperos e frios.

 

SDU Leste investirá mais de R$ 300 mil em pavimentação de ruas do bairro Samapi

A execução dos serviços de pavimentação em paralelepípedo em ruas da zona Leste da cidade tem melhorado ainda mais a mobilidade urbana e proporcionado uma melhor qualidade de vida aos moradores que transitam por elas. Para contribuir com essas ações, a Prefeitura de Teresina, por meio da Gerência de Obras e Serviços, pavimentará trechos de quatro ruas no bairro Samapi.

A ação tem o objetivo de aprimorar o plano estrutural da região e, consequentemente, a vida dos moradores que tanto anseiam por pavimentação.

De acordo com as informações da Gerência de Obras, o investimento para as pavimentações em paralelepípedo são provenientes do Orçamento Popular e corresponde ao valor de R$ 332.646, 32. Os trechos das ruas que receberão os serviços do órgão municipal estão localizadas nas ruas Santo Expedito, Travessa São José, 05 e 06.

O superintendente da SDU Leste, João Pádua, avalia a importância desse tipo de obra para a comunidade. “Sabemos que o calçamento é primordial e provoca mudanças positivas, pois é a primeira obra de saneamento, principalmente porque tira a lama, afasta a poeira e melhora muito a qualidade de vida e mobilidade urbana da comunidade. Logo, vamos continuar trabalhando para concluir as obras oriundas de recursos próprios do município, de emendas parlamentares, investimentos federais e recursos do orçamento popular”, afirma.

“Estamos felizes com a quantidade de obras de calçamento que estão sendo executadas e entregues em toda a zona Leste. Queremos concluir as demais vias que seguem dentro da nossa programação para beneficiar a vida da população e facilitar o tráfego de veículos pelas ruas”, enfatizou o superintendente executivo e engenheiro Ângelo Cavalcante.

 

Permissionários recebem curso de Gestão de Negócios no Mercado do Satélite

Na tarde da última segunda-feira (10) a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste), em parceria com a Fundação Wall Ferraz, promoveu um curso de Gestão de Negócios para os 18 permissionários do Mercado Público do Satélite. A qualificação terá continuidade na tarde desta terça-feira (11), também na sede do Mercado.

O curso foi conduzido pelo palestrante José de Ribamar Sousa, que frisou a importância de gerir bem o negócio, aplicando as diretrizes corretas para atrair os clientes, bem como gerenciar o Mercado como um todo. Dinâmicas de grupos e atividades práticas também integrarão a programação do evento nesta terça.

De acordo com o gerente de Serviços Urbanos da SDU Leste, Renato Lopes, a iniciativa do órgão municipal tem o objetivo de dar as diretrizes necessárias para que os trabalhadores tenham a oportunidade de gerenciar seus boxes de forma eficiente. “Estamos muitos felizes em, juntamente com a Fundação Wall Ferraz, proporcionar esse momento de educação e aprimoramento de negócios para os permissionários. Tenho certeza que o curso levará mais segurança para empreender de forma efetiva”, destacou.

Durante o curso, os permissionários aprenderam a entender o próprio negócio, gerir o Box e aprender a ter lucros. Segundo a permissionária Maria Ivonete de Sousa “o curso foi muito produtivo. Trabalho no ramo de roupas e mercadorias em geral há 25 anos. Esse é o sustento da minha família e, com a chegada do Mercado, tudo ficará mais fácil. Estamos esperando por esse espaço público e foi muito bom aprender mais sobre como vender da forma correta”, declarou.

O Mercado foi construído para receber 27 bancas para venda de carnes, peixes e frangos; hortifruti; lanchonetes; artesanatos; confecções; consertos; temperos e frios, dentre outros itens.

Após o curso de gestão, os permissionários serão contemplados ainda com o curso de manipulação de alimentos. Neste curso, apenas os permissionários que comercializarem alimentos, receberão os conhecimentos necessários sobre manipulação (acondicionamento e resfriamento) de alimentos.

 

SDU Leste dá início à revitalização da Praça da Ponte Estaiada

As praças e as demais áreas verdes e públicas são espaços que contribuem para uma melhor qualidade de vida dos moradores, que utilizam os locais para lazer e para a prática de atividades físicas. Pensando nisso, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste) está providenciando a revitalização da Praça da Ponte Estaiada, por meio da ação da Gerência de Obras e Serviços.

No local, o órgão municipal está executando serviços de passeio, assentamento de meio-fio, além das estruturas de concreto armado e bancos. Também está sendo feita a limpeza mecanizada da camada vegetal para promover uma maior e melhor arborização do espaço.

Após a revitalização do espaço, a Praça homenageará o poeta teresinense Himdemburgo Dobal Teixeira, mais conhecido como H. Dobal, falecido em 22 de maio de 2008, com 80 anos.

Os serviços estão sendo possíveis graças aos recursos próprios da Prefeitura, por meio das chamadas zonais, que é programada pela Gerência de Obras da SDU Leste. No local estão sendo investidos R$ 32.881,14.

Para o superintendente João Pádua, a ação é resultado da preocupação e do zelo da Prefeitura com os moradores que tanto utilizam esses espaços para o lazer e atividade física com o foco na saúde do corpo e metal. “Espaços públicos, como as praças, por exemplo, são ambientes que permitem uma recreação às famílias e amigos em vários momentos do dia. Por isso, destinamos recursos para possibilitar o aprimoramento desses locais e proporcionar uma melhor qualidade de vida às pessoas que vão usufruir da Praça”, ressaltou.

 

Dez bairros recebem serviços de limpeza nesta segunda-feira (10)

Dando início à semana, a Gerência de Serviços Urbanos da SDU Leste está promovendo a limpeza em des bairros da região. São eles: Fátima, Morada do Sol, Vila do Avião, Piçarreira, Noivos, Recanto das Palmeiras, São Cristóvão, Santa Isabel, Ininga e São João.

Nos locais, avenidas e ruas recebem serviços de zeladoria, dentre eles a manutenção de viveiros, serviços de poda de árvores, capina, varrição, aguação de plantas, processo de transplantio em pontos considerados áreas verdes, pintura do meio fio e o transbordo do material recolhido (máquina que trabalha na retirada de entulhos acumulados em ruas e avenidas).

Recebem os serviços a Avenida Fernando Pires Leal, Universitária, João XXIII, Nossa Senhora de Fátima, Raul Lopes, Jóquei Clube e as ruas Manoel Castelo Branco, Raimundo Portela, Senador Cândido Ferraz, Anfrísio Lobão, Pedro Conde, Vitorino Correia e João Martins do Rêgo.

Avaliando positivamente a ação, o gerente de Serviços Urbanos da SDU, Renato Lopes, explica que os trabalhos de zeladoria ocorrem diariamente. “A Gerência de Limpeza destina frentes de trabalho para realizarem a manutenção de viveiros, serviços de poda de árvores e também o processo de transplantio em alguns pontos considerados áreas verdes. Estamos atuando com trabalhos intensos para proporcionar uma melhor qualidade de vida para os moradores da região”, declarou o gestor.

Além do trabalho de limpeza, a Prefeitura de Teresina também executa ações de conscientização junto à população para evitar que os moradores descartem os lixos incorretamente.

O superintendente da SDU, João Pádua, frisa a importância da ajuda da população. “Atualmente, a cidade de Teresina tem uma cobertura dos serviços de coleta domiciliar de forma eficiente. Ainda assim, solicitamos também o apoio da população no sentindo de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas”, ressalta.

A comunidade pode ajudar com informações ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar ou material sólido pelos números (86) 3215-7875 e 3215-7874 ou pelo aplicativo Colab.

 

Galeria da zona Leste tem 1,5km construídos e já mostra resultados

Com aproximadamente 1,5 quilômetros de extensão construídos, a galeria da zona Leste já está drenando as águas das chuvas que percorrem trechos das ruas Eustáquio Portela, Elvídio Ferraz, João XXIII, Alzira Pedrosa, Professor César Araújo e, posteriormente, o canal aberto que segue até a Avenida Raul Lopes e desemboca no Rio Poty. A medida visa garantir o perfeito escoamento das águas pluviais para evitar maiores transtornos com alagamentos.

Com investimento superior a R$ 49,4 milhões, a galeria é uma obra complexa e que terá 7km de extensão. Os recursos são oriundos da Caixa Econômica Federal, com contrapartida da Prefeitura de Teresina.

Ao longo dos trechos mencionados acima, a equipe de profissionais e engenheiros executaram escavações e a colocação de aduelas (estruturas pré-moldadas que constituem a estrutura final da galeria), garantindo o escoamento das águas das chuvas.

De acordo com o superintendente da SDU Leste, João Pádua, a construção da galeria já está garantindo o escoamento das águas pluviais nos trechos onde a galeria já foi construída. “Seguimos, de forma célere e efetiva, o cronograma de atividades dos serviços que foram executados na galeria. Nossa expectativa é de que no próximo período chuvoso a galeria esteja funcionamento em sua plenitude, permitindo a drenagem das águas nos principais pontos de alagamento da zona Leste”, explanou.

“A obra já passou de 1,5 quilômetros de extensão e com as chuvas que atingem a capital atualmente os serviços tiveram seu ritmo desacelerado, mas serão retomados normalmente após o período chuvoso. O resultado da construção da galeria trará inúmeros benefícios, mudando a vida de muitas pessoas que moram na região”, disse o superintendente executivo, Eng º Ângelo Cavalcante.

Inscrições para barracas no Corso 2020 começam na próxima segunda (03)

O Carnaval 2020 está se aproximando e com ele o evento mais esperado dos teresinenses: o tradicional Corso do Zé Pereira. A festa acontece no dia 15 de fevereiro, na Avenida Raul Lopes, zona Leste de capital. Como parte do evento, os ambulantes e vendedores que comercializarão no local poderão se inscrever para cadastramento das barracas na sede da SDU Leste, entre os dias 03 e 07 de fevereiro, das 8h às 13h30. O processo de cadastramento será realizado pelos profissionais da Gerência de Controle e Fiscalização (GCF) do órgão.

Lupércio Medeiros, gerente de controle e fiscalização da SDU, explica os requisitos necessários para a efetivação do cadastro. “Os interessados deverão comparecer ao local, munidos de documento original com foto (RG), CPF e comprovante de residência. Não será necessário o pagamento de nenhuma taxa. A Prefeitura tem apenas o intuito de regularizar as barracas para que as mesmas fiquem em lugares apropriados, sem prejudicar o meio ambiente e proporcionar espaços mais amplos para a passagem das pessoas”, explicou o gerente.

Após realizarem o cadastramento, os interessados poderão montar suas barracas a partir do dia 13 de fevereiro. Os espaços serão demarcados pelos fiscais da GCF e os barraqueiros já sairão com os números correspondentes no ato da inscrição.

O chefe de divisão da Gerência, Alberto Pádua, informa que as barracas deverão atender aos mesmos critérios estabelecidos todos os anos, correspondendo às dimensões de 3mx2m. Não será permitida a comercialização de bebidas em embalagens de vidro e a Prefeitura não disponibilizará pontos de energia, além disso, cada barraqueiro será responsável pela limpeza de sua área ocupada.

Alberto Pádua alerta ainda para a importância das condições de higiene e manuseio do alimento que será comercializado no local. “É importante que os ambulantes atendam os foliões de maneira higiênica e cordial”, disse.

A Prefeitura de Teresina também tem se mostrado preocupada com o meio ambiente durante o evento. “A Raul Lopes possui hoje um dos maiores parques ambientais da cidade, que é o Parque Raul Lopes, ao lado do Rio Poty. Por isso é proibido o uso pelos ambulantes nessa área, considerada de preservação ambiental, exceto pelos foliões”, explicou o superintendente da SDU Leste, João Pádua. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (86) 3215-7874.