Banco Popular já atendeu este mês mais de 200 empreendimentos

O Banco Popular de Teresina (BP), órgão ligado à Secretaria Municipal de Economia Solidária (Semest), após as novas medidas adotadas para apoiar os empreendedores que tiveram seus negócios afetados pelo novo Coronavírus, já atendeu, do dia 13 até esta terça-feira (19), 226 empreendimentos e liberou o valor de R$ 756.200,00.

Neste período, o Banco aumentou o prazo de carência para pagamento da primeira parcela dos financiamentos de microcrédito, que passou de 45 para 120 dias. O número de parcelas em que se pode dividir o empréstimo também foi ampliado, agora são 12 meses ao invés de 10.

“A pandemia e o isolamento social afetaram o lucro de nossos microempresários, que agora terão dificuldade de pagar as parcelas dos seus empréstimos. Então, estamos oferecendo mais flexibilidade acerca dos pagamentos dos contratos”, afirma Michel Sena, gerente do BP.

Os microempreendedores com contrato ativo no Banco que estejam adimplentes até o mês de fevereiro de 2020 também terão a opção de remanejar as parcelas de março, abril e maio para o final do contrato, sem nenhuma alteração no valor.

O Banco oferece ainda mais uma opção de pagamento dos contratos ativos. O microempreendedor pode pegar o saldo devedor e refinanciar o valor, sendo que esse novo financiamento contará com 60 dias de carência para começar a pagar e poderá ser dividido em até 12 vezes.

Os empreendedores interessados em solicitar o empréstimo devem entrar efetuar o cadastro pelo site http://meubancopopular.org/.  Para mais informações, podem ligar para o telefone 99480-0501.

Trânsito na Ponte Wall Ferraz será totalmente liberado neste sábado (1º)

Ascom/Sdu Sul

A partir de meio dia deste sábado (1°) as máquinas que estão trabalhando na Ponte Wall Ferraz vão deixar o local e o trânsito será totalmente liberado. O superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes, informou que um novo desvio no trânsito deve acontecer a partir do dia 10 de fevereiro, quando as máquinas precisarão voltar ao local para concluir o trabalho.

“Tivemos que fazer uma readequação na forma como estava sendo trabalhada por conta das chuvas intensas dos últimos dias. O terreno que estávamos encontrando não tinha a consistência esperada, e para dar as condições corretas, precisamos colocar uma argamassa. E essa argamassa precisa de um tempo para ganhar a firmeza necessária. Por isso, faremos um intervalo de uma semana”, explicou Paulo Lopes.

Essa escavação serve para a implantação de estacas que são necessárias para a construção de um muro de proteção na parte de baixo da ponte mais antiga. Toda essa ação faz parte do projeto de construção da Marginal Poti Sul, avenida que vai ligar a Marechal Castelo Branco a vários bairros da zona Sul da capital, e ainda as zonas Leste e Sudeste, através das alças de acesso nas pontes Wall Ferraz e Anselmo Dias.

Ao todo, a Via Sul terá cerca de 20 quilômetros de extensão com três pistas de rolamento de cada lado, um canteiro central de seis metros de largura, calçada do lado da floresta fóssil também de seis metros e outra de três metros do lado das residências, toda iluminada e com ciclovia.

Ainda segundo Paulo Lopes, o serviço que será realizado a partir de 10 fevereiro deve ser mais rápido, portanto, o desvio ficará por menos tempo.

União vai atualizar repasses da Assistência Social para Teresina

Teresina deve receber mais de R$ 4 milhões para serem destinados à Assistência Social no município. O recurso é oriundo de repasses do Governo Federal, que estão em atraso, mas que devem ser liberados em breve. O assunto foi discutido nesta quarta-feira (16) em reunião que aconteceu em Brasília, entre o prefeito Firmino Filho e o secretário especial do Desenvolvimento Social, Lelo Coimbra.

Durante a reunião, o secretário Lelo Coimbra reafirmou o compromisso do Governo Federal em regularizar os repasses. “Esses recursos vão fazer muita diferença no nosso trabalho na área da Assistência Social em Teresina. Esta é uma área, como tantas outras, que merece todo o nosso cuidado e atenção”, disse o prefeito Firmino Filho.

Para o secretário municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, Samuel Silveira, colocando em dia a sua obrigação no cofinanciamento da Assistência Social, o Governo Federal vai permitir o fortalecimento da atuação da Semcaspi. “Regularizar esse débito é sinalizar positivamente para a Assistência Social e fazer com que mais pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade possam ser acolhidas e melhor tratadas”, destacou.

Em Brasília, o prefeito também participou da solenidade em homenagem ao Dia do Piauí, na Câmara dos Deputados. A sessão solene aconteceu no Plenário Ulysses Guimarães em alusão aos 197 anos da adesão do Estado à Independência do Brasil.