CMEI Sagrado Coração de Jesus inaugura sala de leitura para os alunos

Ascom/Semec

A sala de leitura Victor Manoel Soares Teixeira é o mais novo espaço do Centro Municipal de Educação Infantil Sagrado Coração de Jesus, localizado no Povoado Taboca do Pau Ferrado. O nome da sala é uma homenagem das crianças para o aluno Victor, do II Período, querido pelos colegas e considerado um prodígio pelas professoras. Hoje (20), os pais foram prestigiar a inauguração do novo ambiente, todo preparado para potencializar os projetos de leitura da escola.

A sala foi também uma escolha dos pais, que preferiram deixar de lado a ideia de uma formatura tradicional de ABC para ajudar a montar o colorido espaço. A inauguração foi toda ambientada com o tema Girassol, em alusão à fase de transição da turma do II Período, que agora passa ao ensino fundamental.

Segundo a diretora Perpétua Alves, todas as turmas utilizarão a sala de leitura em projetos específicos no próximo ano. “Foi uma construção pedagógica, queríamos concluir esse nosso primeiro ano de escola nova com algo significativo, que seja utilizado em prol do aprendizado das crianças nos anos seguintes”, afirma.

O momento foi também de agradecimentos à dedicação das professoras e envolvimento das famílias. Os alunos seguem para o próximo ano escolar com altas habilidades de leitura e escrita. Foi descerrada, ainda, a primeira placa de formatura do CMEI.

Escola realiza premiação dos melhores alunos leitores

Ascom/SEMEC

Como forma de incentivar o gosto pela leitura nos estudantes, a equipe da Escola Municipal Santa Maria da Codipi, zona Norte de Teresina realizaram a premiação dos leitores do semestre. O objetivo da ação é promover atividades de incentivo à leitura, premiando os três primeiros alunos de cada turma que mais retiraram livros da biblioteca para lerem.

A atividade faz parte do Projeto Leitores do Semestre que é uma ação do Projeto Eu Amo Ler, tendo o acervo da biblioteca da escola como aliada no incentivo pela leitura. O projeto visa criar nos alunos o hábito da leitura por prazer e contribuir na formação dos alunos, para que se tornem leitores competentes.

Luzinete Borges Leal explica que no final de cada semestre é realizada a premiação, com medalha e um livro. “Os leitores premiados terão que indicar um dos livros que leu e entregar na biblioteca por escrito o porquê da indicação”, diz.

A escola atende 293 alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental que participam ativamente da atividade proposta, contando ainda com o apoio dos familiares que estiveram presentes durante a cerimônia de premiação.

E para encerrar as atividades do primeiro semestre, os estudantes também realizaram apresentações teatrais de alguns dos paradidáticos lidos. Os Três Porquinhos e a Galinha Ruiva, são alguns dos livros trabalhados em sala de aula com a turminha do 2° ano da professora Nazaré Borges, que se descaram com as apresentações.

Livros sobre assistência social são tema do Bate-Papo Literário do Salipi nesta segunda (3)

Acontece nesta segunda-feira (3), na 17ª edição do Salão do Livro do Piauí (Salipi), o bate-papo literário que vai abordar os livros “A Política de Assistência Social no Contexto Teresinense: Gestão e Boas Práticas” e “O SUAS no Contexto Piauiense: Contribuições ao Debate”. As duas obras foram organizadas por assistentes sociais que compõem as equipes da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), junto com a Editora Universitária (Edufpi). O evento acontece às 16h no espaço Rosa dos Ventos, da Universidade Federal do Piauí.

Teresa Cristina Moura Costa, gerente de gestão do SUAS em Teresina, e Iracilda Alves Braga, assessora técnica da Semcaspi, organizaram o livro “A Política de Assistência Social no Contexto Teresinense: Gestão e Boas Práticas”. A publicação terá o lançamento oficial na quinta-feira (6), às 19h30 no Salipi.

“A sala de bate-papo literário já é tradicional no Salipi, então convidamos todos os trabalhadores do SUAS e todos os acadêmicos a prestigiarem nossa participação com os dois livros sobre o Sistema. É o Suas no Salipi, em uma evidência muito grande e pela primeira vez. É uma forma de divulgar as obras, mas também de discutir e pautar a política da assistência social”, convoca Iracilda Braga.

A produção do segundo estudo, “O Sistema Único de Assistência Social No Contexto Piauiense: Contribuições ao Debate”, que também conta com a organização de Iracilda, inclui ainda outros nomes do quadro técnico da Semcaspi. As assessoras técnicas Marfisa Mota e Karla Vianna; além da gerente do SUAS, Teresa Moura e a secretária executiva do SUAS, Mauricéia Carneiro, também terão a obra lançada no evento, também na quinta, às 17h30.

No dia 6 de junho haverá o sorteio de um exemplar do livro “A Política de Assistência Social no Contexto Teresinense: Gestão e Boas Práticas”, através da Edufpi.

 

Mostra Literária revela habilidades dos alunos

Ascom Semec

O mundo encantado das histórias infantis está tomando de conta da Escola Municipal Santa Maria da Codipi, localizado na zona Norte de Teresina. A unidade de ensino realiza de 12 a 17 de abril a I Mostra Infantil de Literatura com contação de história, exposição de livros, piquenique literário, guarda chuva literário, cortina literária, varal literário, além de um bate papo descontraído com a autora do livro ‘A Bolinha Mágica’, Edelanni Araújo Silva.

Desde o início do período letivo, as crianças participam de diversas atividades envolvendo a leitura através do projeto ‘Eu amo ler’. Uma parceria com o projeto BiblioSesc, facilitou ainda mais o acesso dos alunos a um acervo de livros onde podem ser encontrados exemplares de gibis, clássicos da literatura, contos de fadas, dentre outros.

Segundo Luzinete Leal, gestora da escola, o objetivo principal da mostra é estimular a leitura, compartilhando as histórias. “A ideia surgiu para levar para o pátio da escola durante o intervalo e no final da aula, as atividades que estão sendo realizadas na sala de aula pelas crianças. Assim cada turma pode compartilhar com os demais estudantes os trabalhos produzidos”, explica.

Luzinete conta ainda que os estudantes estão adquirindo muitas habilidades e que a Mostra é uma forma de exibir essas novidades. “São 293 alunos do 1º ao 5º ano participando da ação. As famílias também acompanham todo o trabalho e participam da leitura com os filhos no final das aulas, aproximando a família da escola”, destaca.

Nesta sexta-feira (12), os estudantes participaram de um bate papo com Edelanni Araújo Silva, aluna da Escola Municipal 15 de Outubro que escreveu seu primeiro livro aos 8 anos de idade. Hoje com 11 anos, conta sua história e relata como é escrever um livro. “Gosto muito de ler. Já são 417 livros lidos. É muito amor pela leitura, e gosto de incentivar outras crianças. Quando estamos lendo, tudo muda”, diz empolgada. Edelanni conta que já está pensando no seu segundo livro. “Logo estarei lançando meu segundo livro. Agora escolhi escrever poesias. Ainda é surpresa, mas em breve estarei mostrando a novidade para todos”, finaliza.

Escola Municipal Minha Casa recebe caminhão da BiblioSesc

A Escola Municipal Minha Casa, situada no bairro Matadouro, deu início a uma parceria com o projeto BiblioSesc, facilitando o acesso dos alunos a um acervo de livros, gibis, clássicos da literatura e conto de fadas, dentre outros.

A diretora Amélia Barros conta que a nova colaboração vem para incentivar a leitura entre as crianças, desenvolvendo mais prazer e alegria em descobrir mundos novos, jamais imaginados. “Já foi feito o cadastro dos alunos e os pais puderam ter contato de perto com esse momento,” comenta.

A escola já desenvolve um projeto de leitura e para a diretora essa parceira é importante, pois torna o momento mais prazeroso, já que as crianças passam a ter mais um local de interação com os livros, orientados por alguém de fora.

“De quinze em quinze dias a BiblioSesc vai estacionar na frente da escola e as crianças vão poder pegar os livros emprestados ou ler dentro do caminhão. A escola está se organizando para fazer esse momento gostoso de leitura,” afirma Amélia.

A BiblioSesc é uma parceria da Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) com o Sesc de Teresina, que visa facilitar o acesso à leitura nas escolas da Rede Municipal. A ação consiste em disponibilizar uma unidade móvel de biblioteca instalada em um caminhão adaptado com estantes, cadeiras e ar-condicionado para receber os alunos e a comunidade.