SDU Leste executa limpeza em avenidas, ruas e praças de 11 bairros nesta segunda-feira (29)

Nesta segunda-feira (29), 11 bairros da zona Leste estão recebendo ações de limpeza da Gerência de Serviços da SDU Leste. Ruas, avenidas, praças e canteiros centrais são alvos das ações de zeladoria da Gerência, que trabalha diariamente para manter a cidade limpa.

Os bairros que recebem os serviços de limpeza são Santa Isabel, São João, Ininga, São Cristóvão, Pedra Mole, Jóquei, Fátima, Vila Maria, Taquari, Uruguai e Morada do Sol. Nos locais, os profissionais que compõem a equipe de limpeza estão executando serviços de roço, capina, varrição, transbordo e podas de árvores.

As equipes de capina estão atuando nas avenidas Zequinha Freire, Jânio Quadros, Senador Arêa Leão, Ininga, Gaioso e Almendra, Cajuína e Thomaz Tajra. Já as avenidas João XXIII, Raul Lopes, Universitária e Nossa Senhora de Fátima estão recebendo serviços de varrição. As podas acontecem na Avenida Jânio Quadros e as equipes de áreas verdes estão atuando na Praça da Academia do Taquari.

O gerente de Serviços Urbanos da SDU, Renato Lopes, explica que os serviços são essenciais para contribuir com a manutenção da limpeza das áreas verdes e públicas, ao tempo em que reforçou que os profissionais estão adotando todas as recomendações de saúde. “Sabemos do cenário que estamos enfrentando com a pandemia, mas a limpeza urbana não pode parar. Estamos executando os serviços de maneira segura, respeitando o distanciamento mínimo e utilizando os equipamentos de proteção individual”, destacou.

O superintendente João Pádua parabenizou a atuação da Gerência e frisou a relevância do apoio da população para evitar o descarte incorreto do lixo. “A ideia é que possamos atuar em conjunto para minimizar os transtornos causados aos próprios moradores. Sabemos que agir em conjunto é fundamental e por isso reforçamos o pedido de compreensão para que evitem descartar o lixo em locais inapropriados. Isso facilita a atuação das equipes de limpeza, que neste momento é fundamental”, disse.

 

Mais de 42 toneladas de lixo são recolhidas da Avenida Noé Mendes

Ascom/SDU Sudeste

A Superintendência de Desenvolvimento Urbano – Sudeste realizou, na última quinta-feira (8), um mutirão de limpeza na Avenida Noé Mendes, conhecida como “Avenida das Hortas”, na região do Grande Dirceu. Foram recolhidas mais de 42 toneladas de lixo descartado de forma irregular ao longo da via.

A ação contou com 18 profissionais atuando nos serviços de capina e varrição, além de nove caminhões caçambas para o recolhimento dos entulhos.

Segundo Isaú Pereira, gerente de Serviços Urbanos da SDU Sudeste, a avenida é alvo constante de limpeza. “Esse é um dos pontos da zona Sudeste onde há maior acúmulo e descarte irregular de lixo, por isso é uma área que recebe nossos serviços constantemente. Durante este período de quarentena, percebemos um aumento desse descarte em áreas de transbordo e com o mutirão fizemos a retirada de todo o entulho que havia. Nesse sentido, esperamos que a população se conscientize para a correta destinação do lixo”, ressalta o gerente.

Isaac Meneses, superintendente da SDU Sudeste, informa que os serviços de limpeza urbana estão mantidos durante a pandemia e pede a colaboração da comunidade. “Nós temos muitos colaboradores atuando na linha de frente para garantir a limpeza dos bairros durante a pandemia. Contudo, é muito importante que a população também colabore, fazendo o descarte correto e denunciando pontos de acúmulo de entulho por meio do aplicativo Colab. Devemos lembrar que, além da Covid-19, ainda lutamos todos os anos contra doenças como a dengue e a limpeza é a melhor forma de combate”, alerta o superintendente.

SDU Leste faz alerta quanto ao acondicionamento correto do lixo para evitar alagamento durante as chuvas


A população teresinense enfrenta momentos difíceis com o período chuvoso. Nas últimas semanas, as águas chegaram com grande intensidade em um curto espaço de tempo, alagando algumas ruas e avenidas, e atingindo casas. Um dos agravantes para realidade é o descarte incorreto de lixo que, com as águas das chuvas, é direcionado para as bocas de lobo, galerias e córregos, o que provoca o entupimento e, consequentemente, alagamentos.

Sobre isso, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste), por meio da Gerência de Serviços Urbanos, alerta a população sobre os cuidados com o acondicionamento do lixo.

Em ações realizadas nos últimos dias, com o monitoramento das galerias e bocas de lobo, o Gerente de Serviços Urbanos, Renato Lopes, relatou que a maioria dos locais estava entupida com lixos que foram descartados de forma irregular. “Percorrendo os pontos mais críticos da zona Leste, percebemos que as galerias e bocas de lobo estavam com as suas passagens bloqueadas pelos lixos. É muito importante o acondicionamento correto para que as águas das chuvas possam escoar livremente e, assim, evitar o alagamento que provoca tanto transtorno à própria população”, alertou.

“Devemos ressaltar que a nossa cidade tem uma cobertura completa dos serviços de coleta domiciliar de forma eficiente. Por outro lado, é extremamente importante pedir o apoio da população no sentindo de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas”, afirmou João Pádua, superintendente da SDU, ressaltando que os serviços de limpeza têm sido um ponto importante da gestão municipal.

A equipe de limpeza do órgão municipal destina ainda frentes de trabalho que realizam a manutenção de viveiros, serviços de poda de árvores, capina e também o processo de transplantio em alguns pontos considerados áreas verdes. A ação é feita por etapas para garantir a manutenção de todos os espaços públicos da região.

Para ajudar no trabalho da SDU, com reclamações, sugestões e informações, a população pode usar os números (86) 98871-7258 / (86) 99957-3709 ou pelo (86) 3221-7050 com a equipe do Lixo Zero. Há ainda o aplicativo Colab, de fácil acesso, que qualquer cidadão pode baixá-lo e interagir com a PMT.

SDU Centro Norte intensifica limpeza em bueiros e galerias da região

Com o objetivo de combater o mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro/Norte está intensificando diariamente a limpeza de bueiros e galerias nos bairros e vilas da zona Norte.

O número de colaboradores nas equipes de limpeza aumentou de 20 para 60, reforçando ainda mais os trabalhos no período chuvoso, o que resultou em uma limpeza mais eficiente na região.

Além dessa limpeza, as equipes continuam fazendo o trabalho de manutenção nas quatro estações de bombeamento que ficam na zona Norte, para assim garantir o melhor escoamento das águas nos bairros Mafrense, Poti, Parque Alvorada, São Joaquim, Nova Brasília, Parque Brasil e Mocambinho.

Na região Norte existem quatro estações de bombeamento: a primeira é a Estação da Boa Esperança, que fica na Lagoa dos Oleiros, próximo ao Encontro dos Rios; a segunda está localizada no Parque Ambiental Matias Matos; a terceira está nas proximidades do Hospital do Mocambinho e a última fica localizada na Avenida Marechal Castelo Branco, nas proximidades da Ponte da Primavera.

“Apesar da pandemia que estamos enfrentado por conta do coronavírus, nossas equipes estão realizando diariamente a limpeza das galerias e bueiros. Especialmente nesse período de isolamento social, em que estamos muito tempo nas nossas casas e, consequentemente produzindo mais lixo,  precisamos contar também com a colaboração das pessoas no sentido de não descartarem lixo em locais inadequados”, alerta Márcio Sampaio, superintendente executivo da SDU Centro Norte.

O gerente de Serviços Urbanos da SDU, José Neto, também pede para que a população faça o acondicionamento correto do lixo e não o descarte em locais inadequados. “Estamos vivendo dias difíceis, mas nossas equipes estão trabalhando para deixar a cidade limpa e evitar que surjam criadouros do Aedes, mas precisamos da colaboração de todos”, enfatiza.

O descarte irregular de lixo é um dos principais agravantes para o entupimento de canaletas, calhas e canais, sendo de extrema importância que a população faça sua parte e colabore com a limpeza da cidade.

A população pode denunciar o descarte irregular de lixo por meio do aplicativo Colab, que fornece aos teresinenses a possibilidade de acrescentar imagens e local da infração.

 SDU Leste alerta população para evitar descarte incorreto de lixo e manter cidade limpa

A cidade de Teresina, como todo o mundo, enfrenta situações difíceis com a pandemia do novo coronavírus. Apesar da necessidade do período da quarentena e do isolamento social para combater uma maior proliferação da Covid-19, a Prefeitura tem garantido os serviços de limpeza da cidade. No entanto, a SDU Leste solicita o apoio da população sobre os cuidados com o acondicionamento correto do lixo.

A cidade de Teresina tem uma cobertura eficiente dos serviços de coleta domiciliar de lixo e, principalmente em casos de pandemia, ter a consciência de descartar o lixo doméstico apenas nos dias e horários determinados em que o caminhão do lixo irá passar é fundamental.

A população precisa estar atenta ainda quanto à forma correta do acondicionamento dos lixos para facilitar o trabalho dos coletores e, consequentemente, contribuir para a limpeza do bairro e da cidade.

Outro fator importante é em relação ao descarte incorreto de lixo em áreas verdes e públicas. “Solicitamos também o apoio da população no sentindo de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas”, afirmou João Pádua, superintendente da SDU Leste, ressaltando que os serviços de limpeza têm sido um ponto importante da gestão municipal.

A SDU Leste possui a Gerência de Serviços Urbanos que, anualmente, programa a limpeza de todos os bairros da região e que é executada diariamente pela equipe dos profissionais de zeladoria.

A equipe de limpeza do órgão municipal destina frentes de trabalho que realizam a manutenção de viveiros, serviços de poda de árvores, capina e também o processo de transplantio em alguns pontos considerados áreas verdes.

Sobre esses serviços, o gerente Renato Lopes explica que a ação é feita por etapas para garantir a manutenção de todos os espaços públicos da região. “Nossa equipe atua de forma programada para cobrir toda a extensão da zona Leste, mas intensificamos os trabalhos no período de chuvas para desobstruir os canais das galerias e boca de lobo. Estamos atuando com ações intensas para proporcionar uma melhor qualidade de vida para os moradores da região”, declarou.

A comunidade pode ajudar com informações ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar ou material sólido pelos números (86) 3215-7875 e 7874 ou pelo aplicativo Colab.

 

SDU Leste promove limpeza de sete bairros nesta quarta-feira (25)

Promover ações de zeladoria nas vias públicas, além da manutenção e zelo nas grandes áreas verdes da cidade, está entre as preocupações centrais da Prefeitura, com o objetivo de proporcionar maior qualidade de vida à população. Pensando nisso, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste está limpando nesta quarta-feira (25) sete bairros da zona Leste de Teresina.

A ação é feita pela equipe de limpeza da Gerência de Serviços Urbanos do órgão e atua de forma programada, a fim de contemplar todos os bairros da região. No momento, os bairros Ininga, Horto, Fátima, Planalto Ininga, Pedra Mole, Santa Isabel e São Cristóvão estão recebendo os serviços de limpeza.

Dentre os serviços executados pela equipe estão capina, limpeza, varrição, cuidados com as plantas, podas de árvores, pintura do meio fio e o transbordo do material recolhido.

As avenidas Raul Lopes, Dom Severino, João XXIII, Pires Gaioso e Presidente Kennedy, além das ruas Antônio Ubiratan de Carvalho, José Sinimbu, José Luiz Cortez e Alaíde Marques, estão sendo contemplados com as ações de zeladoria. As áreas verdes e públicas da Rua Dirce de Oliveira e da Jornalista Dondon recebem serviços de podas e a atuação do trator roçadeira. A alça da Ponte Estaiada também está sendo limpa pela SDU Leste.

O gerente de Serviços Urbanos, Renato Lopes ressalta que os trabalhos são feitos por etapas para garantir a manutenção de todos os espaços públicos da região. “A gerência de limpeza destina também frentes de trabalho para realizarem a manutenção de viveiros, serviços de poda de árvores e também o processo de transplantio em alguns pontos considerados áreas verdes. Estamos atuando com trabalhos intensos para proporcionar uma melhor qualidade de vida para os moradores da região”, declarou.

Manter a limpeza da cidade é responsabilidade de todos e pequenas atitudes podem transformar o convívio em sociedade. Agir em parceria com órgão é um elemento crucial das frentes de trabalho. A SDU Leste também conclama o apoio do cidadão para atuarem em conjunto.

“Diariamente conscientizamos as pessoas para que elas se sintam mobilizadas a participarem conosco das limpezas nos bairros. Juntos, podemos trabalhar com ações mais direcionadas com a finalidade de manter a nossa região mais limpa. Solicitamos também o apoio da população no sentindo de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas. A união nestes ideais é a chave para enfrentarmos essa atual realidade com a pandemia do novo coronavírus”, destacou o superintendente João Pádua.

A Superintendência conta sempre com a colaboração da população no trabalho de conservação desses espaços. Nesse sentindo, a comunidade pode ajudar o órgão com informações ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar ou material sólido pelos números (86) 3215-7875 e 7874 ou pelo aplicativo Colab.

 

SDU Leste conscientiza população para evitar descarte incorreto de lixo em locais impróprios

Atualmente, a cidade de Teresina está passando pelo período chuvoso e a população enfrenta transtornos com os alagamentos de avenidas e ruas, muitas vezes decorrência do descarte incorreto do lixo, que obstrui as passagens das galerias e bueiros. Para minimizar os problemas, a Prefeitura, por meio da SDU Leste, tem incentivado os moradores a terem cuidados com o acondicionamento do lixo.

A colaboração da população é fator importante para evitar o acúmulo ou descarte irregular de lixo em áreas de proteção ambiental e locais inapropriados. Agir em parceria com o órgão é um elemento crucial das frentes de trabalho.

“Além de executarmos a limpeza em vários pontos da região, também temos a preocupação de conscientizar as pessoas para que elas se sintam mobilizadas a participarem conosco das limpezas nos bairros. Juntos, podemos trabalhar com ações mais direcionadas com a finalidade de manter a nossa região mais limpa. Solicitamos também o apoio da população no sentindo de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas”, destacou o superintendente João Pádua.

João Pádua ressalta ainda que os serviços de limpeza do órgão municipal têm sido um ponto importante da gestão. “Atualmente, a cidade de Teresina tem uma cobertura dos serviços de coleta domiciliar de forma eficiente. Ainda assim, solicitamos também o apoio da população no sentindo de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas”, disse.

A equipe de limpeza destina frentes de trabalho que realizam a manutenção de viveiros, serviços de poda de árvores, capina e também o processo de transplantio em alguns pontos considerados áreas verdes.

Sobre os serviços desempenhados pela Gerência de Serviços de Urbanos, o gerente Renato Lopes explica que a ação é feita por etapas para garantir a manutenção de todos os espaços públicos da região. “Nossa equipe atua de forma programada para cobrir toda a extensão da zona Leste, mas intensificamos os trabalhos no período de chuvas para desobstruir os canais das galerias e boca de lobo. Estamos atuando com ações intensas para proporcionar uma melhor qualidade de vida para os moradores da região”, declarou.

Ação preventiva

A região conta ainda com um trabalho concentrado com serviços que visam garantir o perfeito escoamento das águas pluviais e impedir que o material sólido retido durante as chuvas cause maiores transtornos como, por exemplo, a limpeza das galerias dos bairros São Cristóvão (Maloca), Recanto das Palmeiras e São João, onde estão localizadas as partes consideradas mais baixas da região.

Monitoramento

Além desses trabalhos, equipes da Gerência de Obras, em parceria com a Gerência de Limpeza, fazem um monitoramento eficiente, percorrendo pontos na cidade e tomando todas as providências necessárias. “Quando a chuva acaba, geralmente uma equipe da limpeza ou um técnico da Gerência de Obras percorre os pontos que tiveram alagamentos ou, por exemplo, uma árvore que caiu e prejudica o trânsito no local. Nosso principal objetivo é diminuir os transtornos”, contou o superintende executivo e engenheiro Ângelo Cavalcante.

A Superintendência conta sempre com a colaboração da população no trabalho de conservação desses espaços. Nesse sentindo, a comunidade pode ajudar o órgão com informações ou denúncias sobre descarte incorreto de lixo domiciliar ou material sólido pelos números (86) 3215-7875 e 7874 ou pelo aplicativo Colab.

 

 

SDU Centro Norte coletou mais de 4 mil toneladas de lixo em janeiro

Ascom/SDU Centro Norte

O descarte irregular de lixo em ruas e avenidas da cidade é um dos fatores responsáveis pela obstrução da passagem de águas naturais e entupimento de galerias e bueiros. Somente no mês de janeiro, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano – SDU Centro/Norte recolheu mais de quatro mil toneladas de lixo na região, sendo 2.165,12 coletados manualmente e 2.035,30 toneladas recolhidas de forma mecanizada.

O gerente de Serviços Urbanos da SDU Centro Norte, José Neto, enfatiza que o trabalho de coleta e limpeza faz parte do trabalho diário da gerência, mas é preciso que a população evite depositar lixo de maneira irregular, especialmente em período chuvoso, para evitar transtornos. “Trabalhamos todos os dias para coletar lixo e assim proporcionar uma melhor qualidade de vida para os moradores da região”, enfatiza o gerente.

Dentre os serviços desempenhados pelos integrantes da equipe da SDU Centro Norte, estão os serviços de poda de árvores, capina, varrição e limpeza. A ação é promovida periodicamente pela equipe de limpeza da Gerência de Serviços de Serviços Urbanos (GSU) da Superintendência, composta por equipes de profissionais que se dividem de acordo com as demandas que surgem na comunidade.

A população precisa colaborar para evitar o acúmulo ou descarte irregular. A participação da comunidade é fator importante para evitar o acúmulo ou descarte irregular de lixo em áreas de proteção ambiental. O cidadão também pode ajudar e informar casos de depósito irregular através do aplicativo Colab ou entrando em contato com o Programa Lixo Zero pelos números 3226-2028 ou 99806-6171.

Terminal do Parque Piauí recebe ação de incentivo à coleta seletiva

Ascom/Semduh

O embarque da manhã de hoje foi rumo a uma Teresina mais limpa e consciente ambientalmente. O Terminal da Integração do Parque Piauí foi o ponto escolhido para a ação “Ambiental nos Terminais”, que tem o objetivo de incentivar a prática da coleta seletiva pela população, garantindo uma destinação correta para materiais de plástico, papel, vidro e metal.

Durante os horários de maior movimentação, de 7h às 9h, e de 11 às 13h,  quem passou pelo terminal foi recebido pelo Pevinho, o mascote da educação ambiental, e sua turma, com orientações sobre como separar os resíduos recicláveis em casa e destinar a um dos 21 Postos de Entrega Voluntária (PEVs) disponíveis na capital.

“Nossas equipes estão diariamente em campo conversando com a população com o intuito de incentivarmos que cada munícipe faça sua parte por uma Teresina mais limpa e sustentável. Orientamos que em casa, os moradores separem os resíduos recicláveis dos orgânicos, o que é de papel, metal, vidro e plástico. Ele leva para um dos PEVs e a Prefeitura garante a destinação e transporte ideal desse material para associação de catadores de lixo, que vende esses resíduos. E o que for orgânico ou não reaproveitável, é só colocar na porta da residência para a coleta domiciliar, no dia e horário da coleta”, explica a coordenadora de limpeza pública da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), Lílian Guimarães.

Para o morador do Angelim, Joaquim Pereira, que passou pelo terminal durante a ação, a iniciativa foi bem aceita e bastante engrandecedora. “Todo dia aprendemos um pouco mais. Agora já sei que em vez de colocar tudo junto para o caminhão de lixo pegar, posso ajudar o meio ambiente levando em um PEV”, comentou.

Para mais informações sobre a coleta seletiva e localização dos PEVs acesse: https://semduh.teresina.pi.gov.br/celimp/