Procon THE e MPPI/Procon Estadual realizam fiscalização em agências bancárias e lotéricas

Ascom/Semdec

O Procon Teresina iniciou, na manhã desta sexta-feira (8), a fiscalização de agências bancárias e lotéricas em várias zonas da capital. A ação em conjunto com o MPPI/Procon Estadual vai avaliar diversos fatores, entre eles: atendimento ao público, distanciamento mínimo, fluxo de pessoas, uso de máscaras e álcool em gel e avisos de orientação.

A fiscalização, que acontece durante todo o dia de hoje e finaliza na segunda-feira (11), é fruto de uma notificação recomendatória conjunta do Procon Estadual e a 31ª e 32ª Promotorias de Justiça de Defesa do Consumidor. A notificação tem a finalidade de garantir e adotar medidas preventivas à propagação da COVID-19. De acordo com a Coordenadora Geral do Procon Teresina, Nara Cronemberger, a ação de fiscalização quer identificar, se agências bancárias, lotéricas entre outros, estão obedecendo regras já preestabelecidas para a segurança do usuário do serviço.

“Nós temos observado em várias reportagens na televisão, que a procura, principalmente por agências da Caixa, tem levado um bom número de pessoas a se aglomerarem. Tendo em vista que estamos vivendo uma pandemia, o compromisso dessa fiscalização é identificar irregularidades e autuar, caso seja necessário. Nesse primeiro dia, nós pudemos constatar algumas pequenas irregularidades, inclusive aplicamos uma advertência em uma agência bancária. Em outra situação, a aglomeração de pessoas foi a principal questão verificada na visita, mas percebemos que a gerência do local estava com o auxílio da Guarda Municipal para organizar o ambiente”, explica.

O Chefe de Fiscalização do Procon Estadual, José Arimateia Area Leão, destaca que os bancos terão 48h para se adequarem às recomendações de higiene e controle de pessoas em seus estabelecimentos. “Nesta ação vamos procurar verificar principalmente a questão do distanciamento, se os bancos estão cumprindo a questão da higienização, disponibilizando álcool gel para cliente, atendendo adequadamente quem é prioridade e especiais. Tudo isso em três zonas da capital: zona leste, sul e centro. Queremos constatar se há irregularidades. Se constatado, faz-se uma advertência e damos um prazo de 48h para os bancos cumprirem a obrigação”.

Os agentes dos Procons Teresina e Estadual visitaram as Agências do Banco do Brasil do bairro Marquês e zona Leste; da Caixa Econômica Federal da Avenida Areolino de Abreu, Centro e zona Leste; dos Banco Itaú e Bradesco, ambas localizadas na Av. João XXIII.

SDUs fazem o acompanhamento de filas em agências lotéricas da cidade

Dando continuidade às ações de combate ao novo coronavírus, os profissionais das Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDUs) estão organizando as filas de pessoas nas agências lotéricas de Teresina. A medida segue a recomendação do decreto da Prefeitura de manter o distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas e filas nos bancos, lotéricas e instituições financeiras a fim de evitar aglomerações.

Nas zonas norte e centro, foram colocadas equipes de reforço em 25 pontos onde podem surgir aglomerações, sendo 19 casas lotéricas e seis correspondentes bancários, nos turnos manhã e tarde. Segundo a gerente de obras da SDU Centro Norte, Patrícia Santos, é feito um monitoramento diário desses pontos e caso seja identificado um local com maior fluxo, a equipe reforça o trabalho educativo.

Patrícia explica ainda que nos locais de menor movimento há uma pessoa para orientar, e nos dez pontos com maior fluxo foram colocadas duas pessoas para realizar esse trabalho, todas devidamente identificadas. “Além dessas equipes, estamos com carro de som nos bairros orientando as pessoas a se posicionarem da maneira correta nas filas. Disponibilizamos ainda o áudio para que as casas lotéricas e correspondentes bancários coloquem no sistema interno de som desses locais”, diz.

Já na zona leste, segundo o gerente de Controle e Fiscalização da SDU Leste, Lupércio Medeiros, as orientações estão acontecendo nas agências de maiores fluxos da região. “Atuamos nas casas lotéricas das Avenidas Dom Severino, Presidente Kennedy, além dos bairros São João e Vila Maria. A fila da casa lotérica do Shopping Riverside também terá as orientações dos nossos agentes”, explica.

Na zona sul, o trabalho de organização das filas foi iniciado pela agência localizada na Avenida Airton Senna, no bairro Porto Alegre, e em outros pontos considerados grandes polos de atendimento, que são o Saci, Parque Piauí, Promorar e Bela Vista. O superintendente da SDU Sul, Paulo Roberto, afirma que a ação será ampliada para todas as 16 lotéricas da zona sul e seus correspondentes bancários.

Na zona sudeste, a SDU da região convocou terceirizados que estavam trabalhando em sistema home office para atuar na organização das filas. Cerca de 20 colaboradores fazem a demarcação das posições nas loterias e correspondentes bancários da zona sudeste, respeitando o distanciamento mínimo de dois metros e orientando para o uso de máscaras. As equipes estão devidamente uniformizadas com coletes reflexivos e equipadas com máscaras e álcool em gel.

Com a disponibilização do auxílio emergencial, as agências lotéricas tiveram aumento no fluxo de pessoas nas últimas semanas, causando aglomerações. Tal cenário pode contribuir, consideravelmente, para o aumento da proliferação do novo coronavírus. Para reverter essa situação e amenizar os riscos de contaminação, o prefeito Firmino Filho havia se reunido, na última quinta-feira (30), com os representantes das quatro SDUs, solicitando o acompanhamento por parte dos agentes de fiscalização para manter a organização e o distanciamento entre as pessoas.

Prefeitura realizou 1.405 sanitizações em três semanas de ação

A Prefeitura de Teresina inicia nesta segunda-feira (20) a quarta semana de ações de sanitização em áreas externas de espaços públicos, evitando que se tornem foco de disseminação do novo coronavírus. Ao todo, 1.405 ações de higienização foram executadas nas três primeiras semanas, durante a atuação de agentes que percorrem a cidade com bombas costais, caminhões pipas e carros fumaceiros pulverizando soluções de água com hipoclorito de sódio em locais estratégicos da cidade.

Do total de 1.405 ações, 699 foram realizadas nas duas primeiras semanas e 703 na terceira. Dessa forma, 472 ações foram realizadas em Unidades de Saúde, 155 em lotéricas e bancos, 140 em grandes supermercados, 61 em terminais de ônibus, 313 em avenidas e praças e 37 em mercados municipais. Além desses pontos, cemitérios, delegacias, algumas instituições públicas, aeroporto, rodoviária, calçadões do centro, Polo de Saúde, shoppings e outros espaços públicos que seguem em funcionamento durante a quarentena receberam a visita dos agentes da Prefeitura.

De acordo com o secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antonio Ayres, as ações são realizadas pela própria Prefeitura em uma parceria da Semduh com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), de segunda a sábado, nos turnos manhã e tarde.

“Temos pontos pré-estabelecidos para serem percorridos três vezes por semana e, de acordo com as necessidades e comportamento da população, outros pontos vão sendo acrescentados em nossa programação. Como foi o caso das lotéricas e agências bancárias, que continuam sendo foco de aglomeração de pessoas, e imediatamente foram incluídas em nossas atividades. Estamos atuando para evitar a contaminação pela COVID-19, mas seguimos pedindo para a população o mais importante: permaneçam em casa e respeitem as orientações de distanciamento social”, conclui o gestor.

PMT realiza sanitização em lotéricas e agências bancárias

Ascom/Semduh

A Prefeitura de Teresina está sanitizando a área externa de lotéricas e bancos como medida de prevenção de contágio novo coronavírus. A atuação nesses pontos foi motivada pelas constantes aglomerações de pessoas durante a espera por atendimento. A ação é uma parceria da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) e Fundação Municipal de Saúde (FMS) e acontece em vários pontos da cidade de segunda a sábado, turnos manhã e tarde.

Para Marco Antônio Ayres, Secretário da Semduh, a sanitização é apenas uma das estratégias para reduzir as chances de contaminação por COVID-19, e reforça que o mais importante é seguir com o isolamento social e, no caso das lotéricas e agências bancárias, a população deve respeitar a orientação de manter uma distância mínima de um metro entre as pessoas.

“A prefeitura está tomando todas as medidas necessárias para reduzir a disseminação do novo coronavírus na capital. Já realizamos 954 ações de sanitização, e agora incluímos as lotéricas e bancos em nossa programação por conta das constantes aglomerações de pessoas nesses locais. Além disso, está sendo feita uma sinalização especial para demarcar espaços nas calçadas desses locais. Contamos com a colaboração da população no cumprimento das orientações passadas pelo município”, comenta o gestor.

O secretário ainda explica que as ações de sanitização acontecem por meio da pulverização de uma solução de água com hipoclorito de sódio utilizando bombas costais, caminhões pipas e carros fumaceiros.

SDU Leste auxiliará nas demarcações de lotéricas e agências bancárias da região

Nesta terça-feira (14) os fiscais da Gerência de Controle e Fiscalização da SDU Leste farão o acompanhamento das demarcações das calçadas de casas lotéricas, agências bancárias e correspondentes bancários. A ação, que será realizada pelos profissionais do Consórcio Teresina Ambiental (CTA), acontecerá em todas as zonas da capital e tem o objetivo de evitar a aglomeração de pessoas nos locais mencionadas acima.

Conduzindo a equipe de fiscais da SDU Leste, o chefe da divisão, Alberto Pádua, ressaltou a importância da medida para garantir a segurança de todos e destacou como o trabalho acontecerá. “Vamos colocar em prática as recomendações do decreto municipal e dos órgãos de saúde. As demarcações terão a distância de dois metros entre cada uma delas e apenas na parte externa de cada local. A organização do fluxo interno de pessoas será de responsabilidade de cada agência bancária”, explicou.

“Em virtude do atual cenário enfrentado por todos nós, medidas relevantes e restritivas foram adotadas para assegurar que as pessoas fiquem em casa. Por outro lado, temos a consciência de que algumas prestações de serviços são essenciais. É aqui que nós atuamos para evitar que os cidadãos se aglomerem ainda mais, evitando a proliferação da Covid-19. Parabenizo o trabalho que vem sendo desempenhado pela equipe da Gerência de Fiscalização”, frisou o superintendente da SDU Leste, João Pádua.

Paralelo a isso, a fiscalização da SDU Leste também tem atuado no sentido de orientar os proprietários de estabelecimentos, além de percorrer a região, juntamente com a Guarda Civil Municipal, para ver quem está descumprindo as orientações do decreto.

De acordo com os dados apresentados pela Gerência, 61 estabelecimentos foram fechados pelo descumprimento do decreto. Dentre os estabelecimentos fechados estão depósito de bebidas, salões de beleza, lojas para materiais de construção, lojas de ração, metalúrgicas, autopeças, vidraçaria e postos de combustíveis, que descumpriam o horário determinado no decreto.

 

SDU fiscaliza lojas e lotéricas no Centro e zona norte

Ascom/Sdu Centro Norte

As equipes da Gerência de Controle e Fiscalização (GCF) da Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Centro Norte estão realizando, todos os dias, a fiscalização dos comércios no Centro e na zona Norte da cidade. Os estabelecimentos que não estiverem respeitando o Decreto nº 19.548 de 29 de março de 2020, que prevê apenas o funcionamento dos serviços essenciais, estão sendo multados e interditados.

De acordo com o gerente de Controle e Fiscalização da SDU Centro Norte, Enéas Costa, desde o início desse trabalho já foram aplicadas oito multas e um estabelecimento comercial foi interditado. “O valor da multa para o caso de desrespeito ao decreto pode variar de R$ 1.000 a R$ 3.000 reais, o que representa uma quantia considerável para o comerciante”, diz.

Costa enfatiza que o trabalho de fiscalização está sendo realizado em parceria coma Guarda Municipal (GCM) e com a Polícia Militar (PM). “Essa parceria ter nos ajudado bastante. De maneira geral, os comerciantes estão respeitando o decreto. Aqueles que ainda estão resistentes, nós conversamos e explicamos a importância do fechamento da loja, e eles terminam concordando”, complementa.

O gerente reforça que os comerciantes dos bairros apresentam maior resistência em obedecer ao decreto, mas entendem que é uma medida necessária. “Estamos fazendo esse trabalho para proteger as pessoas. Não temos a intenção de prejudicar ninguém, mas o momento é muito delicado e o fechamento dos estabelecimentos é uma maneira de evitar aglomerações”, acrescenta.

Além da fiscalização dos estabelecimentos comerciais, os fiscais estão verificando a organização nas filas em bancos e casa lotéricas com o objetivo de reduzir os riscos de contaminação pelo coronavírus. “Verificamos também o respeito a distância entre uma marcação e outra, que é de dois metros, de acordo com as recomendações dos órgãos da saúde. Algumas pessoas não estão respeitando, mas explicamos e, na medida do possível corrigimos”, ressalta.

Costa reforça a importância da população ficar em casa. “É importante manter o isolamento social, pois assim estamos evitando a contaminação. As pessoas devem sair de casa somente em situações de extrema necessidade”, complementa.

Guarda Municipal fiscaliza filas em agências bancárias e lotéricas

A Guarda Municipal vai intensificar nos próximos dias a fiscalização em agências bancárias, lotéricas e pontes, além dos espaços públicos como parques e avenidas de grande movimentação para prática esportiva. Segundo o secretário Samuel Silveira, da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), esses locais ainda registram grande aglomeração de pessoas todos os dias.

“Estamos buscando a conscientização das pessoas para que permaneçam em isolamento, cumprindo o decreto do prefeito Firmino Filho contra o coronavírus. O índice de isolamento ainda precisa ser aumentado na cidade. Sabemos que no início de mês as pessoas precisam muitas vezes ir ao banco ou à lotérica para receber pagamentos. Mas, as gerências desses estabelecimentos devem seguir regras e orientar a permanência da população nas suas dependências”, explica o secretário.

Diariamente, a Guarda Municipal fará a fiscalização nesses locais. Nas agências bancárias e lotéricas, é necessário que as pessoas mantenham distância de ao menos dois metros umas das outras. As filas devem ser orientadas. Também deve haver medidas de proteção para quem está trabalhando.

Nas avenidas Raul Lopes, Marechal Castelo Branco, Freitas Neto, entre outras, as praças e parques onde ainda há concentração de pessoas fazendo caminhada e corrida, a Guarda Municipal está percorrendo essas vias e conversando com as pessoas para que permaneçam em casa.

A população pode e deve cooperar denunciando o descumprimento dessas medidas. O cidadão pode denunciar estabelecimentos que estejam funcionando irregularmente através dos números 153, (86) 3215-9317 ou falar diretamente com o WhatsApp da Guarda Municipal, por meio do número (86) 99438-0254. Além disso, o cidadão pode também acessar o Colab para denunciar.