Aluna da rede municipal de Teresina é medalhista de ouro na OPIM

Medalha de ouro: Pétala Karolyne, do 6º ano da Escola Municipal H. Dobal. Foto: Ascom SEMEC

A estudante Pétala Karolyne, do 6º ano da Escola Municipal H. Dobal conquistou a única medalha de ouro na prova de (OPIM) – Olimpíada Piauiense de Matemática para a rede municipal de ensino.

Estudante dedicada aos estudos e sempre atenta às olimpíadas Pétala se destaca buscando inovar atrás de novos conhecimentos dentro dos seus processos de aprendizagem. “O que mais nos deixa radiantes e felizes, além da medalha, é ver o reconhecimento do seu esforço”, declara Maria Jesus Borges, diretora adjunta da unidade.

A professora Maria de Jesus disse que a Secretaria Municipal de Educação (SEMEC), através da escola sempre vem buscando incentivar os alunos e ir um pouco mais além, participando de olímpiadas e aprimorando mais e mais seus conhecimentos. “Temos muitos campeões em nossas unidades e isso nos fortalece no aprendizado”, acrescenta.

Sempre presente e engajada nas atividades extra-curriculares, Pétala Karolyne é aluna do (COE) Programa Cidade Olímpica Educacional e já participava ativamente de Olimpíadas de conhecimento. “O que mais nos surpreendeu foi que a própria Pétala quem fez sua inscrição, sua paixão pelo conhecimento está sempre fazendo-a procurar novos desafios”, ressalta Andréia Ribeiro, mãe da aluna da E. M. H. DOBAL.

A direção da escola aponta como primordial para o sucesso de Pétala nas olimpíadas a união escola e família, “Meu maior orgulho é o esforço dos meus filhos e eu faço questão de tá acompanhando seus estudos e incentivando. Essa medalha é mais que merecida pelo seu esforço diário”, finaliza a mãe da estudante.

Mas, as conquistas de medalhas não param por ai. Nesta olimpíada foram conquistadas, outras medalhas.

Medalha de Prata: Grazielle Cruz Santos Mendes – E.M. Júlio Lopes Lima e Hedys Alves Silva – E.M. Conselheiro Saraiva . Bronze: Wanderson Jardel S. dos Santos – E.M. Prof. Ubiraci Carvalho ; Ismael da Silva Aquino Filho – E.M. Pro. João Porfirio de Lima Cordão e João Guilherme de Sousa Vieira – E.M. Nossa Senhora da Paz.

Sobre a OPIM:

A Olimpíada Piauiense de Matemática (OPiM) é uma competição destinada aos alunos do 6º ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio, de escolas públicas e privadas, do Estado do Piauí. Esse projeto, de grande importância para a Matemática Piauiense, tem apoio da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) e do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA). O projeto de extensão foi criado pela Universidade Federal do Piauí e é realizado por meio do Departamento de Matemática.

CMEI Joel Mendes premia alunos no Projeto Frequência de Ouro

Ascom/Semec

Quem falta menos às aulas ganha medalha no Centro Municipal de Educação Infantil Joel Mendes. A gestão da escola deu início a mais uma edição do Projeto Frequência de Ouro, premiando os alunos de acordo com a frequência escolar.

Além de incentivar a redução do número de faltas, a medalha estimula a participação nas atividades diárias e reconhece o compromisso das famílias com a educação das crianças. O projeto acontece desde 2018.

Este mês, o evento de entrega das medalhas faz uma homenagem às mulheres pelo 8 de março. Pais e professores participaram da primeira premiação do ano.

“As crianças sentem orgulho e até colecionam as medalhas. Faz parte das nossas estratégias de aprendizado, garantindo que estejam na sala para participar de todas as aulas”, afirmou Francisca Santos, diretora do CMEI.

Ascom/Semec

Medalha Conselheiro Saraiva homenageia personalidades e instituições de Teresina

Crédito: Renato Bezerra

Evento já tradicional na programação do aniversário de Teresina, a solenidade de entrega da Medalha Conselheiro Saraiva este ano acontece a partir das 20h, no Theatro 4 de Setembro, nesta sexta-feira (16). A comenda homenageia personalidades e instituições que prestam relevantes serviços à cidade. Nesta edição serão 32 homenageados.

A escolha é feita por um conselho consultivo, que conta com a presença do prefeito Firmino Filho, de representantes da Academia Piauiense de Letras, do Instituto Histórico Geográfico Piauiense e da Associação Comercial Piauiense, além dos secretários municipais de Governo e Educação.

José Vicente Ferreira, mais conhecido como Maestro Zezinho, é um dos homenageados esse ano. Nascido na Paraíba, o maestro tem seu ofício reconhecido em vários trabalhos na cidade. O pianista participou de várias bandas e, ao lado do Maestro Aurélio Melo, participou do Coral da Secretaria de Educação do Estado do Piauí.

Outra homenageada é Maria Eliane dos Santos Araújo. Natural de Regeneração, é filha de pai lavrador e mãe quebradeira de côco. Veio morar em Teresina com 11 anos, no bairro Parque Piauí, e sempre estudou em escolas públicas. Atualmente é especialista em Supervisão Escolar e Processos de Alfabetização e desde 2007 trabalha na Secretaria Municipal de Educação (Semec) como coordenadora interlocutora dos programas Escola Aberta, Mais Educação e Saúde na Escola.

“O objetivo dessa homenagem é agradecer a essas pessoas e instituições que se destacam na prestação de serviços em nossa cidade. É uma forma de homenagear a população como um todo, por isso escolhemos pessoas que simbolizam o povo de Teresina através da sua liderança, através da sua dedicação à nossa cidade”, comenta o prefeito Firmino Filho.

Este ano a instituição agraciada com a medalha será a Fundação Maria Carvalho Santos, entidade que desenvolve projetos auxiliando mulheres com diagnóstico de câncer. De forma assistencial, educativa e cultural a Fundação distribui gratuitamente, desde 1998, materiais de prevenção e controle do câncer de mama em Teresina.

A Medalha do Mérito Conselheiro José Antônio Saraiva foi instituída pelo Decreto nº 684, de 16 de agosto de 1985. Pelo Decreto, as personalidades e instituições agraciadas são subdivididas em graus. São eles: Grau Grande Oficial – Ouro, Grau Oficial – Prata, Grau Cavalheiro – Bronze

Confira abaixo lista de agraciados:

GRAU OFICIAL – PRATA

ADERSON ANTONIO BRITO NOGUEIRA

CELINA MARIA FREITAS DE SOUSA MOURA

CELSO BARROS COELHO NETO

LINDOMAR CASTILHO MELO

 

GRAU CAVALEIRO – BRONZE

ABIEL DE SOUSA BOMFIM

ADÃO RODRIGUES DOS SANTOS

ANA MARIA ARAÚJO RIOS

BENEDITO MACHADO DE ARAÚJO FILHO

CARLOS EVANDRO MARTINS EULÁLIO

CID MENDES DE REZENDE FILHO

EDUARDO ALEXANDRE DA SILVA

ERISVALDO MARQUES DOS REIS

FRANCISCO CHAGAS DO NASCIMENTO JÚNIOR

GERMANA MONTEIRO DE MORAES

GIULIANO MARTINS RAMOS

GONÇALO TEIXEIRA LIMA

JOÃO ALVES DO NASCIMENTO

JOSÉ GOMES DE OLIVEIRA

JOSÉ OSMANDO DE ARAÚJO

JOSÉ VICENTE FERREIRA

LAVÍNIA COELHO BRANDÃO COSTA

LUCIANO KLAUSS ALVES DE SOUSA GUIMARÃES

LUIZ CÍCERO DO BOMFIM

MARCOS ARCOVERDE FORTES

MARIA ELIANE DOS SANTOS ARAÚJO

MARIA JÚLIA DE MEDEIROS OLIVEIRA

NESTOR HENRIQUE MESQUITA

PEDRO VILARINHO CASTELO BRANCO

RAIMUNDO ANDRADE DOS SANTOS JÚNIOR

SANDRA MARIA BARBOSA MAGALHÃES

SEBASTIÃO FELIX DE OLIVEIRA JUCÁ

 

INSTITUIÇÃO

FUNDAÇÃO MARIA CARVALHO SANTOS

Aluno de escola municipal é o único ouro de Teresina na olimpíada de matemática

Ascom/ SEMEC

Yuri Gomes, aluno da Escola Municipal Nossa Senhora da Paz, foi à Salvador (BA) esta semana para receber a medalha de ouro que conquistou na última edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Ele foi o único medalhista de ouro de Teresina, a ganhar reconhecimento nacional pelo feito.

Hoje, posicionado entre os melhores do país, o garoto de 15 anos que estuda na mesma escola desde a educação infantil, sonha em ingressar no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) ou no Instituto Militar de Engenharia (IME). Para isso, trilha um caminho de muito estudo e esforço, colecionando medalhas.

O professor Luís Carlos tem apoiado Yuri no aprendizado da matemática. Além de estimular a participação dos alunos nas competições, Luís Carlos montou um projeto para prepará-los com aulas aos sábados. “Temos alunos do 6º ao 9º ano em aulas extras, resultando em um melhor desempenho na disciplina. No ano passado também tivemos uma medalha de prata, quatro bronzes e 17 menções honrosas na OBMEP, motivo de orgulho para a escola”, disse o professor.

Luís Carlos conta também que Yuri nem sempre esteve entre os melhores, sua conquista veio da persistência. “Ele começou em 2016 com baixo nível, foi aprimorando o conhecimento, cumprindo uma rotina de estudos e assim começou a colher os frutos, com medalhas em olimpíadas nacionais de astronomia, física e matemática”, declarou.

O garoto, que vem sendo exemplo para os colegas, acredita que a dedicação diária leva ao sucesso. “Essa medalha, assim como as outras, é resultado de bastante esforço. Agradeço muito a Escola Municipal Nossa Senhora da Paz, que me abriu portas, pois foi onde fui incentivado a crescer”, afirmou Yuri.

Orgulhosa, a mãe Leandra Gomes acredita em novas conquistas para o filho. “Ele teve uma boa base na escola e agora vem tendo várias oportunidades para alcançar seus sonhos. Estamos bastante felizes com os ganhos do Yuri, que está construindo seu futuro de uma forma incrível”, finalizou.

Teresina duas vezes no pódio

Outro estudante teresinense embarcou para Salvador (BA) com o objetivo de receber sua medalha de ouro conquistada em 2017 na Olimpíada. Tony Richard é aluno de escola particular da capital, mas já passou pela unidade de ensino que prepara campeões. O menino foi estimulado pelo professor Luís Carlos na E.M. Nossa Senhora da Paz em anos anteriores e fez questão de agradecer a seu antigo professor durante a solenidade de premiação.