Centro Social Padre Arrupe comemora 55 anos e retorno de atividades presenciais com idosos

A Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), por meio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), comemorou, na manhã desta terça-feira, (19), o retorno das atividades presenciais no Centro Social Padre Arrupe. No total, o centro possui cerca de 20 grupos de idosos e atende 445 idosos de 99 bairros de Teresina.

A comemoração foi marcada também pelo aniversário de 55 anos de fundação do Centro Social Padre Arrupe, com realização de missa, apresentação cultural dos grupos de idosos e corte de bolo.

(Foto: Ascom/Semcaspi)

Segundo o secretário da Semcaspi, Allan Cavalcante, é um momento para comemorar e agradecer pelo trabalho realizado pela equipe do Centro Social Padre Arrupe.

“Estamos comemorando os 55 anos desse relevante serviço para a cidade e principalmente, por estarmos reabrindo as atividades presenciais.  O atendimento aos grupos de idosos estava acontecendo de forma remota, devido a pandemia da Covid-19, agora, com nossos públicos vacinados, podemos voltar com mais segurança e ainda seguindo todos os protocolos de segurança”, esclareceu.

(Foto: Ascom/Semcaspi)

Para o Coordenador Geral do Centro Social Padre Arrupe, Patrício Guilherme, o retorno presencial é um momento de muita alegria não só aos idosos assistidos, mas também para toda a equipe da instituição.

“Retornamos e estamos fazendo agora a anamnese tanto da psicologia como da terapia ocupacional e da saúde, para sabermos como cada um desses idosos estão retornando nesse período. Essa celebração é para comemorar o retorno, ainda que alguns idosos e outros em casa, virtualmente, nós vamos manter esse formato o ano todo e talvez até em 2022”, declarou.

O Centro Social Padre Arrupe oferece diversas atividades, sejam elas lúdicas, de canto, artesanais e físicas localizadas. Vilma Carvalho, uma das assistidas da instituição, conta que sentia falta de participar de grupos de dança e artesanato.

(Foto: Ascom/Semcaspi)

“Estou muito satisfeita com a volta do Padre Arrupe! Muito feliz mesmo! Porque, depois de quase dois anos de pandemia, todo mundo tá ansioso para voltar. Porque isso aqui faz parte da vida da gente, pra mim isso é a minha casa, quando chego aqui fico muito feliz. É como se fossemos irmãos. Quando chegamos aqui é como se fosse outro mundo”, relata.

O Centro Social Padre Arrupe foi criado no dia 19 de Outubro de 1966, com o objetivo de atender pessoas em situação de vulnerabilidade, tanto crianças quanto idosos.

(Foto: Ascom/Semcaspi)

CIDADANIA E REENCONTRO

Para o Padre Anselmo, Coordenador do Núcleo Apostólico Piauí, da companhia de Jesus, o Centro Social Padre Arrupe é um espaço que quer resgatar não só a cidadania, mas também quer ajudá-los a se reencontrar.

“Como o Papa vem insistindo, os idosos são uma preferência para a igreja. Porque nessa sociedade do descarte do consumismo, eles são as pessoas mais vulneráveis e abandonadas, não só pelo poder público, mas também pela família. Por tantas situações e problemas que surgem, muitas vezes, eles são aqueles que garantem o sustento da sua família através da aposentadoria”, pontuou.

(Foto: Ascom/Semcaspi)

Prefeito participa de missa em ação de graças que celebra os 169 de Teresina

Dr. Pessoa reforçou seu compromisso com as principais demandas dos teresinenses Fotos(Rômulo Piauilino / Semcom)

A programação em comemoração aos 169 anos de Teresina começou, na manhã desta segunda-feira (16), com missa em ação de graças na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Amparo, no Centro da cidade. A solenidade contou com a presença do prefeito Dr. Pessoa e outras autoridades, como o governador Wellington Dias e o senador Elmano Férrer.

Ao destacar a importância da data, o gestor municipal reforçou seu compromisso com as principais demandas dos teresinenses para proporcionar o desenvolvimento da capital piauiense. Em seu discurso, o prefeito enfatizou uma administração pública alinhada com os anseios dos munícipes.

“Queremos deixar uma mensagem de amor, de atividade, de ações, de coerência, de dignidade e, principalmente, de resolutividade dos problemas da nossa capital, alguns que se arrastam há muitos anos. Estamos dando continuidade na administração, junto com o povo. A razão da cidade é o povo”, frisou Dr. Pessoa.

Mensagem ao legislativo

Após a celebração religiosa, o prefeito e sua comitiva se deslocaram para a Câmara Municipal de Teresina (CMT) onde foi realizada uma sessão solene em comemoração ao aniversário da capital, ocasião em que o chefe do executivo municipal listou as ações da atual gestão e metas para os próximos anos.

“Temos quase uma obra por dia nesse começo de governo, mas a intenção é fazer muito mais. Estamos concluindo todas as obras que estavam paradas para iniciar outros grandes empreendimentos, tudo isso com respeito à coisa pública”, declarou Dr. Pessoa aos vereadores e demais autoridades.

Planejada e fundada em 1852, pelo conselheiro José Antônio Saraiva, Teresina passou a ser a capital do Piauí com a transferência da sede do Governo do Estado da cidade de Oeiras para a região conhecida como Chapada do Corisco.

Missa marca início das comemorações pelo aniversário de Teresina

Rômulo Piauilino

Dando início às comemorações do aniversário de 167 anos de Teresina, a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Amparo, padroeira da capital, foi palco da missa em ação de graças celebrada por Dom Jacinto Brito nesta sexta-feira (16). Participaram do evento, o prefeito Firmino Filho, o governador Wellington Dias, vereadores, secretários do município, autoridades, moradores e representantes de instituições.

O prefeito Firmino Filho destacou que a comemoração do aniversário da cidade é um momento de fé, renovação e esperança de um futuro melhor para os teresinenses. “Estamos celebrando hoje a vida que percorremos. A Teresina construída por nós e pelas gerações passadas. Pelos teresinenses e por pessoas que adotaram nossa cidade com o coração. Tudo é fruto dessa história, e é fundamental que possamos olhar para cidade e nos orgulhar do que fizemos, no que iremos continuar investindo para construção daquilo que acreditamos”, disse.

Ainda de acordo com o prefeito, Teresina vem sendo preparada para oferecer melhorias de qualidade de vida para sua população, a exemplo do saneamento básico. “Com algumas mudanças na legislação, que apresenta requerimentos cada vez maiores para os nossos loteamentos, e com novas obras de drenagem, vamos mudar os indicadores do futuro nesta área. Temos vários projetos executivos para construção de galerias, como a galeria da zona Leste, a galeria Portal da Alegria, e iremos, até o final do ano, solicitar a galeria do bairro São Pedro”, acrescentou.

Durante a celebração, Dom Jacinto Brito ressaltou que a missa revela o quanto Teresina é católica. “Estamos todos juntos aqui, desde as maiores autoridades do Estado, pessoas que ocupam cargos importantes na condução da cidade, até a população em geral. Todos juntos ao trono da mãe da graça, para com ela implorar a benção de Deus, a fim de que possamos prosseguir essa caminhada de uma cidade que busca sempre cidadania, dignidade, sob o olhar e proteção da mãe do Amparo”, frisou.

As festividades do aniversário de Teresina devem continuar durante toda esta sexta-feira.  Nesta tarde, a partir das 16h, acontece o corte do bolo na Praça do Poti Velho, e à noite a entrega da Medalha do Mérito Conselheiro Saraiva, que fará a homenagem a pessoas e instituições que têm trabalho reconhecido pela cidade. O evento terá início às 20h, no Theatro 4 de Setembro.