Banco Popular libera R$ 580 mil para motoristas de aplicativo, delivery e mototaxistas

A Semest alcançou um resultado inédito com a aplicação de R$ 3 milhões, através das linhas de crédito do BPT Fotos(Ascom/Semest)

Nesta sexta-feira, 12, a Secretaria Municipal de Economia Solidária de Teresina (Semest) liberou, através do Banco Popular de Teresina (BPT), R$ 580 mil para motoristas de aplicativo, delivery e mototaxistas.

A Semest alcançou um resultado inédito com a aplicação de R$ 3 milhões, através das linhas de crédito do BPT. E promoveu, nesta manhã, a assinatura de 90 contratos de financiamento, no auditório da secretaria.

Para a secretária municipal de Economia Solidária, Gessy Fonseca, os números alcançados são resultado de uma força-tarefa da equipe. “A equipe inteira se mobilizou para que todos os 90 contratos fossem liberados hoje. Mais que números, estamos alcançando pessoas, suas famílias e sonhos. Uma gestão preocupada com o desenvolvimento da cidade”, ressalta a secretária.

Para o entregador de aplicativo e representante da classe, Júlio César, essa ação foi muito importante, principalmente nesse momento de crise e alta dos preços.

“Essa ação e crédito vieram em boa hora. Estávamos com dificuldades para trabalhar por conta da crise, a alta dos preços, principalmente do combustível. Isso vai nos trazer uma renda para podermos investir na manutenção dos nossos equipamentos de trabalho. Nossos parabéns para a secretária Gessy Fonseca e a Prefeitura Municipal”, disse o motorista de aplicativo.

O mototaxista Laurimilson Pereira saiu satisfeito com o processo de financiamento e crédito recebido. “Eu só tenho a agradecer à equipe, foi um processo rápido, assinei e já estou saindo com meu crédito no bolso. Parabenizo a Semest por olhar para nossa classe”, falou o mototaxista.

Strans se reúne com mototaxistas e recebe pauta de reivindicações

O superintendente em exercício de Transportes e Trânsito de Teresina (Strans), Bruno Pessoa, recebeu nesta quinta-feira, 21, uma comissão de representantes dos mototaxistas acompanhados de Ricardo Costa, presidente do Sindicato dos Mototaxistas do Piauí.

O representante da categoria apresentou uma pauta de reivindicações com benefícios para os mototaxistas.

Na pauta, foi discutida a revisão das multas administrativas e a colocação de pontos de mototáxi para os permissionários cadastrados em locais que protejam os profissionais no período mais quente do ano conhecido como B R O BRÓ, que vai dos meses de setembro a dezembro.

Outro ponto de reivindicação diz respeito ao livre trânsito dos mototaxistas na faixa exclusiva para ônibus.

Os representantes da categoria conversaram com o superintendente sobre a possibilidade de ser criado um aplicativo para os mototaxistas com a finalidade de garantir segurança aos passageiros e mototaxistas.

Segundo o presidente do sindicato, atualmente existem 2.315 pessoas cadastradas na categoria de mototaxistas. O representante do sindicato se comprometeu em enviar uma relação com os mototaxistas cadastrados.

O superintendente em exercício da Strans, Bruno Pessoa, recebeu nesta quinta-feira, 21, uma comissão de representantes dos mototaxistas

Prefeitura amplia testagens de Covid-19 para os mototaxistas

A Prefeitura de Teresina está ampliando as testagens de Covid-19 com profissionais do transporte e agora estende a ação para os mototaxistas. Assim como os taxistas, eles podem realizar agendamento pela internet para fazer seu teste em um dos dois pontos instalados pela Fundação Municipal de Saúde (FMS), localizados nos estacionamentos dos shoppings Teresina e Rio Poty.

Os profissionais de mototáxi podem fazer seu agendamento pelo site http://www.testerapido.fms.pmt.pi.gov.br/ . Lá, eles devem clicar em “Agendar meu teste” e seguir as instruções. “O sistema é interligado com a base de dados da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans). A primeira seção é a de Dados Pessoais, que já estará em parte preenchida, bastando o cidadão completar o que estiver faltando e seguir os demais passos”, explica Câncio Júnior, diretor técnico da Empresa Teresinense de Processamento de Dados (Prodater).

O trabalho com os taxistas do município começou na última segunda-feira (01). Segundo dados da FMS, até hoje (03) já foram feitos 568 agendamentos e 356 testagens com motoristas de táxi, dos quais 14 deram positivo para o novo Coronavírus.

Segundo Kledson Batista, o objetivo da testagem é garantir a segurança de profissionais e passageiros. “Do mesmo modo que estamos fazendo com os taxistas, pretendemos identificar pessoas positivas assintomáticas entre os mototaxistas, evitando assim que eles possam transmitir a COVID-19 durante suas corridas de trabalho”, comenta Kledson Batista, diretor de Atenção Básica da FMS.

Para mais informações e dúvidas sobre o agendamento para o teste da Covid-19, os mototaxistas podem entrar em contato com a gerência de Licenciamento e Concessão da Strans por meio do número (86) 99439 5826, que recebe ligações e também mensagens pelo aplicativo whatsapp.

 

PMT disponibiliza testagem para a Covid-19 para taxistas em dois pontos da cidade

Ascom/FMS

A Prefeitura de Teresina iniciou hoje (01) a testagem de cerca de 2 mil taxistas cadastrados pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans). A ação, feita mediante agendamento pela Fundação Municipal de Saúde (FMS), está sendo realizada em dois locais: nos estacionamentos do Teresina Shopping e do Shopping Rio Poty.

Como informa Kledson Batista, diretor de Atenção Básica da FMS, a ação obedece ao decreto que visa identificar precocemente a incidência de casos do novo Coronavírus nos trabalhadores. “Com a testagem, poderemos identificar entre todos os taxistas que estão circulando os positivos assintomáticos, que poderiam transmitir durante suas corridas de trabalho”, disse o diretor, acrescentando que em breve a ação será estendida ao mototaxistas e motoristas de aplicativo.

O agendamento pode ser feito pelo site http://www.testerapido.fms.pmt.pi.gov.br/. A enfermeira Linay Cardoso está na equipe do shopping Rio Poty e deu detalhes sobre a organização do serviço: “Recebemos os taxistas nos horários pré-estabelecidos, de três em três, para evitar aglomerações. Eles realizam a testagem e, em até 48 horas, o resultado ficará disponível no site”, informa. “Se for positivo, ele será acompanhado pela equipe da FMS e pode procurar a UBS mais próxima para receber seu atestado; se for negativo, o site vai disponibilizar o laudo de que ele não tem a Covid-19”, esclarece a enfermeira.

Um dos taxistas que fez a testagem hoje (01) foi Antônio de Pádua Moura, que já estava na expectativa da iniciativa. “Na minha família não tem casos, mas quinta passada um amigo meu faleceu de Covid-19, a esposa dele está internada com Covid e os filhos estão assintomáticos. Por isso, eu me sinto inseguro, ainda mais porque nas corridas entramos em contato com muita gente”, lamentou o motorista.

De acordo com o prefeito Firmino Filho, a medida faz parte da estratégia do município para monitorar o comportamento do vírus na cidade, dando mais segurança tanto aos trabalhadores quanto à população usuária dos serviços.

“Nossa meta é ampliar a testagem em Teresina para monitorar o avanço da Covid-19 e adotar as medidas necessárias de monitoramento. A Prefeitura já está testando todos os seus servidores, já temos o decreto determinando que o setor privado também faça testagem nos seus colaboradores e vamos fazer o possível para testar também os profissionais autônomos e informais. Estamos iniciando agora com os taxistas porque é uma categoria que circula muito pela cidade”, comentou o prefeito.

Strans simplifica processos referentes às permissões de taxi e mototaxis

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsitos (Strans) está reformulando os processos de alteração de veículo e transferência de permissão referente aos taxis e mototaxistas. A partir desta quarta-feira (25) os permissionários poderão dar entrada nos novos processos. O serviço será menos burocrático e mais rápido.

De acordo com o diretor de transportes públicos, Adriano Barreto Alves, o processo de transferência das permissões poderá ser realizado dando entrada em um único processo, que será mais simples e com a exigência de menos documentos.

“Antes, os profissionais que queriam fazer transferência da permissão davam entrada em três processos e para cada um eram exigidos vários documentos. Agora, será um único processo que deverá ser iniciado e finalizado em um prazo de 60 dias. Caso esse prazo não seja respeitado, o processo será cancelado e arquivado”, explicou o diretor.

No processo de alteração de veículos, os mototaxistas precisavam reunir vários documentos e se deslocarem até a Strans e Detran algumas vezes. “Agora, os profissionais não precisam fazer tantos deslocamentos. O processo será mais ágil e fácil para os permissionários fazerem as alterações necessárias”, complementou Adriano Barreto.

Strans agiliza processo de renovação da permissão para mototaxistas

Ascom Strans

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) reduziu a quantidade de documentos exigidos para a renovação de permissão para mototaxistas e também o prazo de entrega da nova permissão, que antes era de 20 dias e este ano é de apenas cinco dias. Dos 2.315 mototaxistas que precisam fazer a renovação, apenas 252 já procuraram a Strans para se regularizar.

A gerente de Licenciamento e Concessão da Strans, Cintia Machado, informa sobre esse processo. “Estamos fazendo a vistoria com mais agilidade e os mototaxistas que já vieram à sede da Strans estão recebendo o documento no prazo de cinco dias úteis, mas nos anos anteriores o documento era entregue no prazo de 20 dias. Então este ano está tudo mais ágil”, explica.

Ela informa ainda que os documentos exigidos são a permissão do ano anterior, o documento do veículo, a CNH do condutor, o certificado do curso de transporte de passageiro mototáxi e a certidão negativa de débito da PMT. “Aperfeiçoamos o processo tanto em relação à documentação exigida, que diminuiu, no prazo da entrega do documento da renovação e assim o processo está menos burocrático”, enfatiza.

Os mototaxistas têm até o dia 15 de agosto para fazerem a renovação, mas é importante que os profissionais compareçam o quanto antes à Strans. “Estamos alertando a todos para que venham o mais rápido possível, pois assim eles poderão trabalhar com mais tranquilidade com a permissão renovada”, acrescenta a gerente.

A outra novidade é que os mototaxistas que precisarem pagar algum tipo de multa administrativa por desrespeito ao Código Disciplinar no Regulamento do Mototaxi, recebem o boleto e podem pagar em qualquer correspondente bancário do Banco do Brasil. “Estamos emitindo os boletos com os valores da multas administrativas, com isso ganhamos mais agilidade no serviço e segurança para os permissionários”, afirma Cintia.

A presidente do Sindicato dos Mototaxistas do Estado do Piauí (Simest), Danúbia Araújo Ribeiro, considera que a redução da quantidade de documentos para renovação da permissão foi muito boa para todos. “Estamos conseguindo renovar nossa permissão de maneira mais rápida. Demorei uns vinte minutos para fazer todo o processo na Strans e com isso a gente perde menos tempo de serviço. Além disso, estamos recebendo o documento em apenas cinco dias, o que é maravilhoso, pois antes a gente esperava até trinta dias e ficava trabalhando muito tempo sem o documento, mas agora é tudo mais rápido”, analisa.

Mototaxista desde 2003 no sistema de mototaxi de Teresina, Adonias Gomes da Silva ficou surpreso com a agilidade da vistoria na moto e da renovação da permissão. “Aprovo essa forma mais fácil e rapidamente vou voltar para o trabalho. Além disso, vou receber a permissão em cinco dias, o que antes demorava até quase trinta dias. Melhorou bastante, só podemos agradecer”, fala.

 

Strans inicia nesta segunda (17) a renovação de permissão dos mototaxis

A Strans inicia nesta segunda (17) a vistoria dos veículos e a renovação das permissões dos mototaxistas. A renovação da permissão será feita somente na sede do órgão até o dia 15 de agosto. Serão analisadas as condições de funcionamento e de segurança do veículo, além dos acessórios.

De acordo com a gerente de Licenciamento e Concessão da Strans, Cíntia Machado, a renovação da permissão será feita somente na sede do órgão. “De acordo com o decreto número 18.684, de junho de 2019, a permissão passará a ter validade de dois anos, entretanto será feita todos os anos a vistoria do veículo”, explicou.

A gerente reforça ainda que os documentos exigidos são a permissão original, o documento do veículo, CNH do permissionário, certidão negativa do município, curso de transporte de passageiro mototaxista e a ficha de vistoria que será realizada na Strans. “O mototaxista deve apresentar a carteira de habilitação que permite o transporte de passageiros de forma remunerada. Alertamos ainda que os permissionários devem apresentar também a documentação do segundo operador do veículo”, explicou.

Durante a vistoria serão analisadas as condições de funcionamento e de segurança do veículo, além dos acessórios. “Vamos vistoriar as condições gerais das motos e a validade dos capacetes, que é de apenas três anos. Os mototaxistas que não renovarem a permissão correm o risco de perder a autorização para trabalhar”, pontuou Cíntia.

Além da data da validade da permissão, o decreto faz também uma redução nos valores das multas administrativas, que estão dispostas no Código Disciplinar do regulamento dos serviços de mototáxi do município de Teresina. “Levando em conta a crise financeira que o país está passando e também as dificuldades que os mototaxistas têm em se regularizar, a Prefeitura fez uma redução nos valores das multas. Com isso a expectativa é que a categoria faça a renovação da permissão no prazo previsto”, finalizou a gestora.