SAAD Centro conclui reforma do prédio do Museu da Imagem e do Som

A Prefeitura de Teresina, através da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Centro, concluiu as obras de reforma estrutural do prédio que abrigará o Museu da Imagem e do Som (MIS). O anúncio foi feito pelo superintendente Roncalli Filho nesta segunda-feira (17).

Segundo Roncalli Filho, a obra representou pelo menos R$ 8 milhões em investimentos, por meio de recursos do Banco do Brasil, para transformar o antigo prédio Câmara Municipal, que estava abandonado, em um novo ponto turístico e polo para a educação e cultura teresinense.

O projeto concluído pela SAAD Centro conta, além do museu e uma pinacoteca, com salas especiais para a edição de vídeo, gravação de som, triagem, revisão de filmes, digitalização e fotografia.

Na parte de exposições, o local terá também espaços para salas de projeção, atividades culturais, lojas, biblioteca, restaurante, auditório, e cafeteria e salão externo.

RETOMADA E CONCLUSÃO EM 1 ANO

As obras que estavam paradas há uma década, foram concluídas em 1 e 10 meses pelas equipes da SAAD Centro. Conforme relembra Roncalli Filho, todo o processo foi feito em duas etapas.

“A primeira etapa foi a de restauração, modernização e ampliação na parte de infraestrutura do prédio e depois as instalações na fase final, que é a parte de museologia”, pontuou.

Para o superintendente, a obra trata um ambiente novo, contemplando exposições culturais e eventos grandes.

Será mais uma obra entregue para o povo de nossa cidade, por determinação do Dr. Pessoa, reforçando o nosso turismo, o comércio, o embelezamento do Centro e a cultura para os artistas e apreciadores. Recuperamos todo o prédio pensando proporcionar um espaço de educação e lazer para o teresinense”, destacou.

COMISSÃO PARA FISCALIZAÇÃO

Nesta manhã, Roncalli Filho esteve em reunião com uma equipe da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMA) para tratar sobre a composição de uma comissão de fiscalização do MIS e do Parque Floresta Fóssil e o Museu da Imagem e do Som,.

A Comissão será formada pela SEMAN, SAAD Centro, Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (SEMA).

Museu da Imagem e do Som ganha nova fachada e 99% das obras estão concluídas

A reforma do Museu da Imagem e do Som (MIS) entrou em fase final, nesta terça-feira (13). A fachada do prédio, um dos últimos pontos que estavam sendo trabalhados, ficou pronta. Agora, estão sendo finalizados a instalação do carpete do cineclube, e o elevador.

 

O superintendente Roncalli Filho, da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD Centro), contou que 99% da obra já está concluída e destacou a importância do novo espaço para os artistas e a cultura de Teresina.

“Atualmente, toda a parte estrutural do prédio já foi feita e a obra se encontra mais de 99% concluída. Nós, que fazemos a gestão do prefeito Dr. Pessoa, estamos extremamente felizes e ansiosos para entregar essa grande obra que será um espaço para produções audiovisuais, exposição, pinacoteca, auditório e cafeteria. É um novo espaço que vai beneficiar artistas e a nossa cultura de Teresina. Foi pensando na área cultural, e o nosso prefeito teve a brilhante ideia de revitalizar o MIS. Um dos pontos que concluímos também foi a urbanização em torno do museu”, afirmou Roncalli Filho.

A reforma do MIS se trata de um investimento da Prefeitura de Teresina na ordem de R$ 8 milhões para transformar o prédio histórico em um centro cultural para a cidade.

Obras do Museu da Imagem e do Som entram na fase final

O objetivo é deixar a estrutura do MIS pronta para a entrega à população no aniversário de Teresina Foto: Lucas Dias / SEMCOM

O cronograma das obras do Museu da Imagem e do Som (MIS) em Teresina prevê entregas já para este ano. A Prefeitura de Teresina, por meio do superintendente das Ações Administrativas (SAAD) Centro, Roncalli Filho, anunciou que serão concluídas no mês de agosto as ações de reforma do prédio.

Segundo Roncalli Filho, o objetivo é deixar a estrutura do MIS pronta para a entrega à população no aniversário de Teresina, em 16 de agosto de 2022. O superintendente acrescentou que toda a parte estrutural já foi feita. A reforma do prédio está na chamada “fase de acabamentos”.

Roncalli Filho ainda complementou a informação explicando que o prédio recebeu um novo sistema de combate a incêndios.

“Como é uma obra de grande porte e muito importante para a nossa cidade, existem algumas partes da estrutura que estamos acertando os detalhes finais para chancelar a conclusão da obra. São ações como o acabamento dos forros, instalações de escada metálica, instalação de ar-condicionado, pintura e balanços da fachada”, explicou Roncalli Filho, que também é engenheiro.

PINACOTECA E EXPOSIÇÕES

As obras do MIS também vão contemplar a instalação de uma nova pinacoteca, ou seja, um espaço para exposição de acervo de pinturas. Ainda após a conclusão dos serviços, a estrutura do prédio passará a contar com salas especiais para a edição de vídeo, gravação de som, triagem, revisão de filmes, digitalização e fotografia.

O local também terá espaços para exposições, com salas de projeção, atividades culturais e lojas, além de uma biblioteca, restaurante, auditório, e cafeteria e salão externo.

PRÉDIO HISTÓRICO

O prédio que abrigará o MIS já foi a sede da Câmara Municipal de Teresina. A Prefeitura de Teresina está investindo pelo menos R$ 8 milhões, com recursos do Banco do Brasil, para transformar o prédio histórico em um centro cultural para a cidade.

Para Roncalli Filho, a obra trará um ambiente novo, contemplando exposições culturais e grande eventos.

“Nosso objetivo é que essa seja uma obra para a modernização e de inovação na parte cultural de Teresina, uma importante contribuição da gestão do prefeito Dr. Pessoa para os artistas e também para que as pessoas tenham um local para ver as exposições, estudar e ter uma programação de lazer com a família e amigos”, destacou o gestor.

Museu da Imagem e do Som trará espaços públicos para produções e exposições audiovisuais em Teresina

Os serviços de reforma e ampliação para abrigar a estrutura do Museu da Imagem e do Som (MIS) e uma pinacoteca no Centro de Teresina, seguem avançando e estão em fase de colocação de forros.

A revitalização do local, que já chegou a funcionar como sede da Câmara Municipal, está sendo realizada pela Prefeitura de Teresina, através da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Centro.

Segundo o superintendente Roncalli Filho, a entrega da obra pronta para a população ocorrerá ainda neste ano. Ele acrescenta que são pelo menos R$ 8 milhões em investimentos, por meio de recursos do Banco do Brasil, para transformar o prédio que estava abandonado em um novo ponto turístico e pólo para a educação e cultura teresinense.

Isso porque, conforme explica Roncalli Filho, após a conclusão dos serviços, a estrutura do prédio passará a contar com salas especiais para a edição de vídeo, gravação de som, triagem, revisão de filmes, digitalização e fotografia.

Incremento na estrutura

Para além das produções, o local também terá espaços para exposições, com salas de projeção, locais para exposição e atividades culturais e lojas.

O novo prédio contará também com uma biblioteca, restaurante, auditório, e cafeteria e salão externo.

Obras em andamento

O superintendente relata que as obras de reforma ocorrem em duas etapas, sendo a primeira de restauração, modernização e ampliação na parte de infraestrutura e depois as instalações na fase final, que será a de museologia.

Para Roncalli Filho, obra trata um ambiente novo, contemplando exposições culturais e eventos grandes. “Nosso objetivo é que essa seja uma obra para a modernização e de inovação na parte cultural do estado do Piauí, uma importante contribuição da gestão do prefeito Dr. Pessoa para os artistas e também para que as pessoas tenham um local para ver as exposições, estudar e ter uma programação de lazer com a família e amigos”, destacou.

Obras do Museu da Imagem e do Som chegam à fase de finalização

O superintendente das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Centro, Roncalli Filho, anunciou, nesta quarta-feira (12), que as obras do Museu da Imagem e do Som (MIS) chegaram à fase de finalização, tendo a previsão para a conclusão em março deste ano.

Segundo Roncalli Filho, os agentes da SAAD Centro finalizaram a construção da parte estrutural do CineClube. O novo local possui uma arquibancada e espaço para apresentações e exibições.

O superintendente ainda explicou que a próxima etapa será o acabamento da sala, em seguida da cozinha e, por fim, também será feita a instalação de painéis de vidro na estrutura do prédio.

“Semanalmente estamos aqui no MIS realizando vistorias para que o mais rápido possível ele possa ser entregue para população de Teresina e o meu objetivo é que isso seja feito até o mês de março. Tenho certeza que nossa cidade tem muito a ganhar com mais essa obra da Prefeitura de Teresina”, frisou Roncalli Filho.

Obras do Museu da Imagem e do Som serão concluídas em janeiro de 2022

A conclusão das obras do Museu da Imagem e do Som (MIS) serão entregues em janeiro de 2022. A previsão é do gestor da Superintendência das Ações Administrativas Descentralizadas (SAAD) Centro, Roncalli Filho.

Segundo Roncalli Filho, depois de revitalizado o local será um novo ponto turístico e pólo para a educação teresinense.

“O nosso objetivo é executar essa obra de forma que possa ser consagrado como um ponto turístico, onde as pessoas vão poder visitar para ver as exposições, estudar e ter uma programação de lazer com a família e amigos. Com certeza é uma obra importante e que vai marcar o nosso Centro de Teresina”, frisou o superintendente.

O gestor ressaltou que ao final do processo, serão pelo menos R$ 6 milhões em investimentos com restauração, modernização e ampliação na parte de infraestrutura e mais R$ 3 milhões para instalações na fase final, que será a de museologia.

Além desse espaço para exposições, o novo prédio contará com uma cafeteria, restaurante, auditório, elevadores e salas de estudos públicas.

 

 

Semdec transfere escultura de anjo para Museu da Imagem e do Som de Teresina

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) vai transferir a escultura do anjo, que homenagearia Torquato Neto e seria instalada na nova praça da Ponte Estaiada, para o Museu da Imagem e do Som de Teresina (MIS), que deve ser inaugurado no fim deste ano. A decisão veio após o MIS escolher homenagear a obra de Torquato Neto em sua abertura. A nova praça da Ponte Estaiada homenageará o poeta H. Dobal.

A nova escultura a ser instalada na praça será sobre um pescador paciente, em homenagem à poesia “Martim Pescador” de H. Dobal. Na poesia, o poeta fala sobre o pescador João Gomes e sua “paciência infinita dos dias de pesca”. A peça ficará localizada no espaço da alça direita da ponte e terá três metros de largura por dois e meio de altura.

Assim como o ‘Anjo Torto’ de Torquato Neto, o ‘Pescador Paciente’ também é assinado pelo artista Braga Tepi e chegará no mês de março, em comemoração aos 10 anos de inauguração da Ponte Estaiada João Isidoro França. O novo local passará a ser chamado de Praça H. Dobal.

De acordo com o secretário da Semdec, Venâncio Cardoso, mesmo com a doação da escultura ao MIS, a praça da ponte continuará com a ideia de homenagear artistas teresinenses. “Aquele espaço sempre foi pensado para ser um ponto de cultura. Com a doação da escultura do anjo, pensamos em homenagear outro grande artista local, e o escolhido foi o poeta, cronista e professor H. Dobal, que tem uma vasta obra para ser apreciada. A Semdec vem trabalhando para dinamizar a frequência da população à Ponte Estaiada. A ideia é que tornemos o local um ponto para inspirar e ser palco da nossa poesia, com exposições de arte e realização de saraus. Além disso, é claro, a chegada da escultura vai celebrar os 10 anos da ponte”, explica.

A obra é uma iniciativa da Semdec, sendo executada pela Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Leste, que já está realizando a estruturação para receber a obra de arte. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) ficará responsável pela iluminação do local.

H. Dobal

Hindemburgo Dobal Teixeira (H. Dobal) nasceu em Teresina. Poeta, cronista e professor, formou-se em Direito em 1952, pela Faculdade de Direito do Piauí. Foi um dos fundadores do Movimento Meridiano. Funcionário público concursado, aposentou-se como auditor fiscal do Tesouro Nacional. Trabalhou no Rio de Janeiro e em Brasília e passou por períodos de formação em Londres e Berlim. Deixou uma vasta obra publicada. H.Dobal morreu em maio de 2008, em Teresina, aos 81 anos.

Teresina vai ganhar dois museus em 2020

Fotos: Rômulo Piauilino

O prefeito Firmino Filho recebeu, nesta quarta-feira (20), o curador e criador de museus Marcello Dantas, para discutir ideias para o Museu da Floresta Fóssil e para o Museu da Imagem e do Som, que devem ser construídos e inaugurados em Teresina, até o final da atual gestão, em dezembro de 2020.

Dentre as ideias apresentadas e aprovadas pelo prefeito, está a inserção da vida e obra do poeta piauiense Torquato Neto, que deve compor um dos espaços do Museu da Imagem e do Som, que será construído no Centro de Teresina.

“Acho brilhante a ideia de relacionar o nosso Museu da Imagem e do Som com a obra de Torquato Neto, que marcou a música popular e a cultura brasileira. Foi uma manhã de muita alegria ver estas ideias, que em breve se transformarão em realidade para a nossa população e funcionarão como atração turística e como forma de marcar a nossa identidade”, disse Firmino Filho.

Marcello Dantas afirma que a ideia é criar dois museus originais, que sejam capazes de criar vínculos afetivos da população com os espaços. “Estamos começando a mapear o material para que a gente consiga criar um museu original, tanto na parte histórica, com personagens muito fortes e interessantes, quanto na parte arqueológica e geológica, que é lidar com o território e a memória mais ampla de um tempo de milhões de anos e de um tempo presente. Vamos tentar criar alguma coisa que a gente se orgulhe de fazer e algo muito peculiar e singular”, afirmou.

Museu da Imagem e do Som (MIS) e Pinacoteca de Teresina têm licitação concluída

As obras do Museu da Imagem e do Som (MIS) e Pinacoteca de Teresina estão prestes a ser retomadas. A Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema) já concluiu o processo licitatório, que agora está em fase de homologação na Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro Norte (SDU Centro/Norte).

A empresa vencedora da licitação, na modalidade concorrência, foi a AM Construções, que terá o prazo de 12 meses para executar a obra a partir da assinatura da ordem de serviço. O investimento total será de R$ 5.175,572,31, oriundos de financiamento com o Banco do Brasil.

O superintendente executivo da SDU Centro/Norte, Márcio Sampaio, explica que, no momento, a fase é de contratação da empresa vencedora. “Após realizarmos toda a parte de conferência de planilhas e propostas, procederemos com a emissão da ordem de serviço. Esperamos até o meio do mês de outubro concluir essa fase de contratação para dar início a essa obra de grande valor cultural para a cidade de Teresina”, pontua Márcio.

Museu da Imagem e do Som e Pinacoteca de Teresina

O MIS e Pinacoteca de Teresina terá cinco pavimentos com loja, café, cineclube, auditório, estúdio de som, laboratório de cinema, ilha de edição, midiateca, videoteca, núcleo de digitalização, restauração e catalogação, laboratório de fotografia e espaço destinado a eventos. O prédio também será utilizado para produção e comercialização de obras de artistas locais.