Ana Paula trata de demandas da SDU-Centro/Norte com o prefeito Doutor Pessoa

A superintendente de Desenvolvimento Urbano Centro Norte (SDU-Centro/Norte), Ana Paula Santana, se reuniu nesta terça-feira, 5, com o prefeito de Teresina, Doutor Pessoa. Na pauta, ela tratou sobre as demandas que a pasta tem para realizar nesse primeiro momento da gestão.

Ana Paula mostrou ao chefe do executivo projetos e obras a realizar no setor e que a SDU-Centro/Norte abrange, bem como as prioridades que o prefeito deseja realizar nos próximos dias.

Segundo ela, o chefe do executivo pretende dar total atenção, nesse primeiro momento, a áreas que atendam aos mais carentes e que está se programando para visitar as obras que estão em andamento. Ana Paula esteve acompanhada do suplente de vereador Daniel Carvalho e assessores da sua pasta.

 

Painéis de energia solar vão reduzir em 25% conta de permissionários do Shopping da Cidade

A instalação do primeiro lote de painéis de captação de energia solar do Shopping da Cidade vai permitir uma redução de 25% no consumo de energia do local. Na manhã desta quarta-feira (30) o prefeito Firmino Filho inaugurou a obra, que vai beneficiar diretamente os permissionários que trabalham no espaço.

“Esse é um projeto pioneiro na cidade, no qual foram usados 375 placas de energia em apenas um dos dois blocos do Shopping. O investimento vai reduzir em até 25% a conta de energia de todos aqueles microempreendedores que trabalham no local e o objetivo é que, com o passar do tempo, esse percentual seja aumentado”, disse o prefeito.

A obra foi iniciada este ano, durante a pandemia, com projeto orçado em mais de R$ 750 mil, recursos próprios do município e de emenda parlamentar do vereador Gustavo Carvalho. A previsão é que o retorno do investimento ocorra em um período de dois anos.

Alexandre Machado, engenheiro da SDU Centro/Norte, órgão responsável pela obra, explica que, com a implantação dos kits fotovoltaicos, os permissionários do Shopping passem a pagar somente a taxa de serviço cobrado pela Equatorial. “Com isso, eles terão uma redução considerável de gastos”, ressaltou.

 

Prefeitura entrega Praça dos Eucaliptos revitalizada para comunidade da zona Norte

Foto: Rômulo Piauilino

O prefeito Firmino Filho entregou para a população do bairro Acarape, zona Norte da capital, mais um espaço de esporte e lazer. A Praça Teotônio Vilela, mais conhecida como Praça dos Eucaliptos, foi totalmente revitalizada e transformada em um Complexo Esportivo pela Prefeitura de Teresina. O investimento total foi de mais de R$ 1 milhão e são oriundos de financiamento com o Banco do Brasil.

“É uma grande satisfação entregarmos hoje mais uma obra que era um compromisso antigo com a comunidade do Acarape. Essa praça já tinha um ótimo espaço, com uma bela vegetação e agora fizemos uma infraestrutura que vai oferecer mais segurança para os usuários. Colocamos brinquedos para as crianças, reformamos a quadra poliesportiva, fizemos pista de skate e trilha para ciclismo e caminhada. O local ficou totalmente transformado, virou um espaço qualificado e seguro para os moradores da comunidade”, enfatizou o prefeito Firmino Filho.

Após a reforma, a praça conta agora com playground, pistas para skate, caminhada e trilha para ciclismo, uma academia popular, bancos e lixeiras novos, iluminação e mesas de jogos. Além disso, a quadra poliesportiva, que já existia, foi revitalizada.

O superintendente da SDU Centro Norte, Carlos Daniel, explicou que, pelo fato da praça estar localizada em um local mais baixo, ela também recebeu um trabalho de drenagem lateral para que a população não tenha problemas no período chuvoso. “Temos certeza que esse espaço de lazer vai proporcionar momentos de integração entre as pessoas que vivem na zona Norte da cidade”, disse.

“Estamos muito felizes com essa nova praça que nosso bairro ganhou hoje. Só temos a agradecer ao nosso prefeito por ter nos dado mais esse espaço. A partir de agora vamos nos unir para cuidar e preservar esse local, que é de todos nós”,  afirmou o morador Clerison Monteiro.

 

 

Programa Lagoas do Norte investiu mais de R$ 123 milhões na segunda fase

Trabalhando para implantar sistemas eficientes de drenagem e garantir qualidade de vida para a população de quase 100 mil pessoas, o Programa Lagoas do Norte investiu mais de R$ 123 milhões nos últimos oito anos. Os recursos aplicados pela Prefeitura de Teresina são oriundos de financiamento junto ao Banco Mundial para obras, ações e projetos realizados em uma área formada por 13 bairros da região Norte da cidade.

Na fase atual do programa, o principal foco das intervenções é a construção de sistemas de drenagem para controlar o nível das águas, protegendo os imóveis, principalmente aqueles que ficam mais próximos das lagoas, que são os mais atingidos pelas enchentes.

No total, estão sendo aplicados cerca de R$ 22 milhões em obras nas lagoas do Mazerine, Oleiros, Piçarreira e São Joaquim. Também estão sendo construídos equipamentos como quiosques, academias, quadra, campo de futebol, playgrounds, prédio administrativo, arborização, bancos, lixeiras, pistas para caminhada e ciclofaixas.

“As obras de drenagem e o cuidado com as lagoas já amenizaram muito os impactos das chuvas na região e hoje não se vê mais casas alagadas, cena bem comum antes do programa. É importante falar também dos benefícios das ações na área social. O programa segue atuando e construindo equipamentos para proteger as famílias, garantindo moradia segura e mais qualidade de vida”, ressaltou o prefeito Firmino Filho.

Também nesta segunda fase, o Lagoas do Norte somou diversas outras ações, como a construção do Parque Ambiental Matias Matos, no Mocambinho, a reforma do Parque Ambiental Encontro dos Rios, além da reforma completa da quadra poliesportiva localizada na Avenida Boa Esperança. Também foi feita a reforma da Casa de Punaré, que abriga meninos e adolescentes em situação de vulnerabilidade, construção da Praça dos Orixás em homenagem às religiões de matrizes africanas e o Residencial Parque Brasil, com 1.022 unidades habitacionais destinadas aos beneficiários do programa e famílias em situação de vulnerabilidade social.

Obras de esgotamento sanitário também fazem parte do trabalho, onde foram aplicados mais de R$ 1,6 milhão antes da subconcessão da Agespisa para a empresa Águas de Teresina. No momento, está em execução o Canal do Matadouro, que antes era usado para deposição de lixo e caminho irregular para as águas das chuvas. “Estão sendo aplicados mais de R$ 2,48 milhões no canal, que vai melhorar a drenagem da região e também terá todos os equipamentos para a promoção da saúde e lazer da população”, comenta Márcia.

Outra área de atuação do programa é o desenvolvimento econômico, com a elaboração de um diagnóstico em vários setores de negócios já estabelecidos na cidade. Essa iniciativa foi reconfigurada por conta da pandemia e agora está destinada a fortalecer os negócios que sofreram com a crise econômica.

“Temos um grande potencial para a realização de obras, ações e projetos no Programa Lagoas do Norte. Nos três eixos de atuação, temos conseguido levar melhorias significativas à vida das pessoas. O trabalho continua no mesmo ritmo, investindo também na criação de uma rede de novos procedimentos mais eficientes em várias secretarias municipais”, finalizou Márcia Muniz, diretora geral do programa.

 

Prefeito inaugura obras de educação na zona Norte de Teresina

A zona Norte de Teresina ganhou mais duas obras na área da educação. Na manhã desta quinta-feira (10), o prefeito Firmino Filho entregou à população do bairro Santa Sofia a reforma e ampliação da Escola Municipal Moaci Madeira Campos. Ele também esteve no Residencial Jacinta Andrade, onde a Prefeitura fez a cobertura do pátio e uma nova quadra poliesportiva coberta na Escola Poeta da Costa e Silva. O investimento nas duas obras soma mais de R$ 2 milhões, com recursos do Salário Educação.

Após a reforma, a Escola Moaci Madeira Campos ganhou mais seis salas de aulas climatizadas, cozinha completa e banheiros novos, além de cobertura no espaço entre blocos e pintura em todo o prédio. Na ampliação, foi feito investimento de R$ 1,4 milhão e a escola passa a atender 1.100 alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental.

“A entrega de mais essa escola representa o compromisso que sempre tivemos com a educação de Teresina. Aqui poderemos trabalhar em tempo integral, ampliando a oferta de vagas na zona Norte e oferecendo um ensino de qualidade para essas crianças”, disse Firmino.

De acordo com Kátia Dantas, secretária municipal de educação, a estrutura das escolas sempre fez parte da qualidade do ensino. “É uma alegria finalizar nossa gestão entregando essas obras para a cidade. A educação de Teresina está em primeiro lugar entre as capitais do Brasil. Por isso é importante ampliar a quantidade de vagas, para que cada vez mais crianças tenham acesso à educação de excelência. Antes da reforma essa escola atendia a 700 crianças, agora vai passar a atender 1.100. Com isso todos ganham: a comunidade e, principalmente, os alunos”, afirmou.

No Residencial Jacinta Andrade, a Escola Poeta da Costa e Silva passa a contar agora com um pátio coberto e uma nova quadra poliesportiva também coberta. O investimento total na obra foi de R$ 607.862,37, também com recursos do Salário Educação.

“A quadra poliesportiva favorece a prática de atividades diversas, sendo mais um espaço de socialização, incentivo ao esporte e manifestações culturais. Aqui serão beneficiados mais de 800 alunos do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental”, destacou José Manoel, diretor da escola Poeta da Costa e Silva.

SDU Centro/Norte revitaliza canteiro da Avenida Frei Serafim

A SDU Centro/Norte iniciou o trabalho de revitalização do canteiro central da Avenida Frei Serafim. O objetivo é melhorar o paisagismo e o mobiliário urbano no local. A ação foi iniciada com o reconhecimento da situação atual do canteiro, análise da infraestrutura existente e da arborização ao longo da via.

“Estamos analisando a situação da infraestrutura de água, mobiliário urbano e iluminação no local. Somente após essa avaliação iniciaremos a recuperação do que for necessário”, explicou a gerente de Obras da SDU, Patrícia Santos.

A gerente afirma também que foram identificadas as espécies de plantas e a situação ambiental das áreas verdes existentes ao longo do canteiro. “Nossa ideia é fazer um trabalho de paisagismo no canteiro preservando as espécies já existentes e introduzir outras plantas que sejam adequadas ao nosso clima”, disse.

Além da preservação das áreas verdes, está sendo feita a recuperação de todo o mobiliário urbano, que estava precisando de manutenção. “Esse é um passeio no qual as pessoas costumam sentar para contemplar a cidade, por isso é importante que o mobiliário urbano seja conservado, mas precisamos contar com a parceria de todos no sentido de preservar esses espaços”, enfatizou a gerente.

 

Vilas da zona Norte recebem obras de melhoria

As vias das vilas Nova Aroeira, Padre Humberto e Dilma Rousseff, localizadas na zona Norte da capital, estão recebendo serviços de terraplanagem. O objetivo da ação é recuperar as ruas que foram danificadas pelas chuvas e melhorar o acesso de veículos e pessoas às comunidades. O serviço está sendo feito com recursos próprios do município, orçado no valor de R$ 597.000,00.

“Essas vias ainda não têm pavimentação, por isso fazemos esse tipo de trabalho, que melhoram o acesso da população às comunidades. Existe previsão para pavimentar o local, mas até que essas obras iniciem faremos esse trabalho paliativo, assim estamos melhorando a qualidade de vida das pessoas”, afirma a gerente de obras da SDU Centro/Norte, Patrícia Santos.

A gerente também explica que, inicialmente, o serviço será feito nas vias que têm maior movimento, tanto de pessoas quanto de veículos. “Estamos atendendo a uma solicitação da própria comunidade, então começamos pela Vila Nova Aroeira e, em seguida, iremos para as vilas Padre Humberto e Dilma Rousseff”, complementa.

O presidente da Associação de Moradores do Residencial Prado Júnior, Gilvan Santos Pereira, considera esse tipo de serviço essencial para o acesso às comunidades. “Estamos satisfeitos com esse trabalho, pois são obras que melhoram a vida das famílias que moram aqui. Essa é uma medida necessária até que seja feita a pavimentação nas ruas”, enfatiza.

Santa Maria da Codipi vai ganhar campo de futebol

Com o objetivo de criar mais áreas de esporte e lazer para as comunidades, a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro/Norte está construindo um campo de futebol com alambrado na Rua 3, próximo à Escola Marista, na Santa Maria da Codipi. O investimento é de R$ 161.917,01, com recursos próprios do município, contemplando a construção de mureta, alambrado em volta de toda a extensão do campo, arquibancadas e rampas de acessibilidade.  A previsão de conclusão é de 180 dias.

A gerente de obras da SDU Centro/Norte, Patrícia Santos, explica que o campo era uma reivindicação antiga dos moradores. “Os moradores jogavam bola no terreno sem a mínima condição para a prática de esportes. Com essa obra a comunidade vai ganhar um campo com alambrado e arquibancadas”, disse.

Patrícia também afirma que, além de atender às necessidades dos moradores da região, a construção do campo é importante para os bairros vizinhos. “Essa é uma demanda, principalmente, da comunidade jovem. Estamos satisfeitos em iniciar mais uma obra na área do esporte e lazer. Acreditamos que será um espaço que integrará a comunidade da Grande Santa Maria e bairros próximos de um modo geral”, disse.

 

SDU Centro/Norte faz podas de árvores nas Avenidas Maranhão e Miguel Rosa

A Gerência de Serviços Urbanos da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro Norte está realizando a poda de árvores nas Avenidas Maranhão e Miguel Rosa. O serviço vai acontecer ao longo dessa semana e tem o objetivo de prevenir possíveis problemas em decorrência dos ventos comuns nesta época do ano.

O gerente de Serviços Urbanos da SDU, José Neto, explica que quando a poda é em via pública a Prefeitura providencia a licença ambiental, mas em caso de área particular a pessoa deve ir à Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam). “Caso a árvore que necessite ser podada esteja próxima à rede elétrica, a Superintendência faz um ofício para que a Equatorial  Energia faça o serviço, mas as demais podas são feitas pelo pessoal da SDU”, explicou.

As equipes trabalham diariamente fazendo podas em árvores em toda a zona norte afim de evitar transtornos para a população. “Nosso pessoal é treinado para fazer esse tipo de poda em espaços públicos, tanto as podas baixas como as podas altas, mas para fazer as podas altas contamos com auxílio do caminhão munck, pois é preciso um alcance maior”, disse José Neto.

Para ajudar no trabalho da SDU, com reclamações, sugestões e informações, a população pode usar o número (86) 3215- 7451 ou o aplicativo Colab. O horário de funcionamento do órgão é de 7h30 às 13h30, de segunda a sexta-feira.

Outros serviços

Mais pontos da região estão recebendo nesta quarta-feira (12) serviços de capina e limpeza: Centro, Mocambinho, Parque Brasil, São Francisco, Santa Sofia, Primavera, Loteamento Mocambinho, Santa Maria da Codipi, Matadouro e Buenos Aires. Está sendo feito ainda a limpeza nas seguintes praças: Rio Branco, João Luís Ferreira, Bandeira, Pedro II, Saraiva, Liceu e ainda o canteiro central da Avenida Frei Serafim.

SDU Centro/Norte finaliza revitalização da Praça dos Eucaliptos

A requalificação e reforma da Praça Teotônio Vilela, mais conhecida como Praça dos Eucaliptos, localizada no bairro Acarape, está sendo finalizada. O local, que será transformado em um complexo esportivo, deverá ser entregue para a comunidade até o final deste mês. O investimento na obra, de responsabilidade da SDU Centro/Norte, é de mais de R$ 1 milhão, com recursos oriundos de financiamento do Banco do Brasil.

O espaço contará com playground, pistas para skate, caminhada e ciclismo, implantação de uma academia popular, novos bancos, lixeiras, iluminação e mesas de jogos. Além disso, a quadra poliesportiva, já existente, será revitalizada.

“Além da revitalização da praça, a quadra ganhou novo piso e foi substituído o antigo alambrado, que estava totalmente enferrujado. No momento, estamos fazendo algumas correções e iniciando a parte de arborização na praça, que está se transformando em um complexo esportivo”, informa Patrícia Santos, gerente de obras da SDU Centro/Norte.

Patrícia explica também que foi feito um trabalho para melhorar a drenagem no local. “Sabemos que a praça está localizada em um local baixo e por onde desce muita água que segue para o canal da Vila Padre Eduardo, por isso realizamos uma drenagem lateral para que a população não tenha mais esse problema no período chuvoso”, disse.

O estudante Clerrison Monteiro, de 18 anos, afirma que está esperando a conclusão da obra da praça, pois gosta muito de esportes e o local é ideal para a prática de atividades físicas. “Já usávamos esse espaço, mas com a conclusão vai ficar muito melhor. Espero em breve poder praticar esportes aqui”, disse.