Teresina registra 116 novos casos de Covid-19 nesta segunda-feira (20)

Teresina notificou 116 novos casos e cinco mortes por Covid-19 nesta segunda (20). Os dados são do boletim diário lançado pelo Comitê de Operações em Emergências (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), que revela ainda que, desde o início da pandemia, a capital registrou 13.684 casos da doença, 613 mortes e 2.886 pessoas recuperadas.

Dos cinco óbitos, apenas dois ocorreram na segunda-feira (20), e os demais no fim de semana. Quatro dos pacientes eram homens e uma mulher, com idades entre 61 e 98 anos. Além disso, todos tinham comorbidades, como hipertensão arterial, obesidade e doença renal crônica.

Os dados da FMS apontam para uma queda no número de casos de infecção pelo novo coronavírus, após o pico da doença na cidade no mês de junho. Além disso, as medidas restritivas adotadas pela Prefeitura durante este mês têm resultado em um maior isolamento social da população, o que contribui para evitar a disseminação do vírus. No último fim de semana, Teresina registrou as taxas de isolamento mais altas do país – 49% no sábado e 55,5% no domingo – segundo dados da startup Inloco, que monitora a localização de usuários de smartphones quando eles se conectam à internet. Além disso, a circulação de pessoas que utilizam o aplicativo Colab na cidade e apresentam sintomas da Covid-19 caiu de 26% para 17% nas últimas semanas.

A diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba, alerta que, apesar da redução, a população deve ficar atenta para evitar deslocamentos desnecessários devido ao risco de transmissão do vírus. “As pessoas sintomáticas devem ficar em casa e não fazer grandes deslocamentos pela cidade. Como pessoas com sintomas leves e mesmo assintomáticos podem transmitir o novo coronavírus, é essencial continuar a enfatizar a importância do isolamento social. É importante intensificar as medidas individuais de prevenção e controle da transmissão até que seja feito o controle da epidemia”, explica.

Teresina registra mais 12 óbitos e 79 novos casos de Covid-19

Teresina registrou mais 79 novos casos e 12 óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo dados divulgados, neste domingo (19), pelo Comitê de Operações Emergenciais em Saúde Pública (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), a capital contabiliza 13.568 casos confirmados e 607 óbitos pelo novo coronavírus. O número de pessoas recuperadas chegou a 2.824.

Entre os óbitos confirmados, sete eram do sexo masculino e cinco feminino. Apenas dois pacientes não apresentavam comorbidades, os demais tinham doenças cardiovasculares, asma, obesidade e hipertensão. Os pacientes tinham entre 64 e 93 anos. Nenhuma morte aconteceu em hospital da rede pública municipal. Foram quatro óbitos no Prontomed, três no Unimed Teresina, três no Hospital Universitário, um no HTI e um no Hospital São Marcos.

A Prefeitura de Teresina está reforçando a equipe de enfrentamento à Covid-19 com a contratação de profissionais de saúde. Na última semana, 40 profissionais foram convocados para atuar, em caráter temporário, no Hospital de Campanha Pedro Balzi e nos setores dedicados ao tratamento de síndromes gripais dos hospitais do Buenos Aires, Satélite, Parque Piauí e Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

Até o momento, 970 convocações para o Processo Seletivo Emergencial da FMS já foram realizadas, das quais 471 foram contratados.

206 novos casos de Covid-19 são registrados em Teresina

Teresina registrou, nesta segunda-feira (13), 206 novos casos e 15 óbitos por Covid-19. Agora, a capital contabiliza 12.326 pessoas infectadas e 542 mortes pelo novo coronavírus desde o início da pandemia. Os dados são do Painel Epidemiológico, atualizando diariamente pela Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Somente nesta segunda, 10 pacientes morreram em decorrência da doença; os outros cinco casos ocorreram no domingo (12). Dos 15, foram oito mulheres e sete homens, com idades entre 41 e 99 anos. Dentre eles, 11 pessoas tinham comorbidades como hipertensão e outras doenças cardiovasculares, doença renal e câncer. Cinco pacientes residiam na zona Leste, quatro na zona Norte, três na zona Sudeste, dois na zona Sul e um no Centro da cidade.

A gerente de epidemiologia da FMS, Amparo Salmito, lamentou as mortes e fez um alerta às pessoas para que mantenham os cuidados de higiene e de isolamento social. “É muita gente contaminada com o vírus e morrendo nessa caminhada. Queremos preservar vidas e pedimos ao povo de Teresina que siga as recomendações das autoridades em saúde, para que possamos vencer essa batalha”.

Teresina registra mais oito óbitos e 111 novos casos de Covid-19

Teresina registrou mais 111 novos casos e oito óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas. Segundo dados divulgados, neste sábado (11), pelo Comitê de Operações Emergenciais em Saúde Pública (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), a capital contabiliza 11.997 casos confirmados e 513 óbitos pelo novo coronavírus. O número de pessoas recuperadas chegou a 2.316.

Entre os óbitos confirmados, seis eram do sexo masculino e dois feminino. Todos apresentavam comorbidades como doenças cardiovasculares, asma, Alzheimer e hipertensão. Os pacientes tinham entre 63 e 94 nos. As vítimas residiam nos bairros: Parque Anita Ferraz, Vermelha, Santa Maria da Codipi, Marques, Dirceu II, Promorar, Mafrense e Jóquei.

Em solidariedade às famílias e amigos das vítimas do novo coronavírus na capital, o prefeito Firmino Filho decretou luto oficial de três dias em Teresina depois que a cidade passou da marca de 500 mortes causadas pela Covid-19.

“Meu agradecimento especial a cada um que tem se dedicado ao trabalho de salvar vidas, a cuidar de cada paciente que chega às unidades de saúde. Desde o início da pandemia, nosso trabalho tem sido para fazer o melhor em termos de assistência às pessoas infectadas pelo vírus. Investimos na melhoria e na ampliação da rede de saúde da cidade, mas nada disso será suficiente se não houver o compromisso de todos para preservar vidas, cumprindo todas as medidas para reduzir a circulação do vírus”, destacou o prefeito.

Teresina registra 139 novos casos de Covid-19 neste domingo (05)

Teresina registrou neste domingo (05) 139 casos novos de Covid-19, além de 15 óbitos. Agora, a cidade computa 9881 casos e 452 mortes desde o início da pandemia, além de 1930 pessoas recuperadas. Os dados são do boletim de ontem (05) do Painel Epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde (FMS), que monitora diariamente os casos de infecção pelo novo coronavírus.

Oito óbitos, mais da metade dos registrados, ocorreram no domingo (05). Além deles, quatro ocorreram no sábado (04) e os demais são de dias anteriores. Estes registros acontecem porque os números do boletim estão em constante atualização, como explica a coordenadora da Comissão de Operações em Emergências da FMS, Wesllany Santana. “Temos casos de óbitos em investigação, que estão aguardando o resultado do exame laboratorial para serem confirmados e lançados no sistema ou descartados, e continuar a investigação por outras causas”.

Os dados do boletim mostram ainda que, dos 15 pacientes, sete eram homens e oito eram mulheres, com idades entre 55 e 91 anos. Dentre as vítimas, 11 eram portadores de doenças cardiovasculares, entre elas a hipertensão. Outras comorbidades registradas foram diabetes, câncer, obesidade e doença renal. A FMS computou ainda que cinco pessoas eram da zona Sul, quatro da zona Sudeste, três moravam na zona Leste e duas na zona Norte.

A Prefeitura de Teresina está trabalhando para conter a disseminação do novo coronavírus e assim viabilizar o processo de reabertura gradual do comércio na capital. Para isso, endureceu as medidas de isolamento social durante o fim de semana. Na quinta-feira foi decretado ponto facultativo dos trabalhadores do setor público. Já no final de semana, algumas atividades estiveram com funcionamento restrito, podendo abrir apenas farmácias e drogarias; serviços de saúde; serviços de segurança e vigilância; serviços de delivery exclusivamente para alimentação e situações comprovadas de urgências e emergências.

O resultado já pôde ser visto no índice de isolamento social, que subiu para 53,1% no sábado (04), segundo dados da startup InLoco. O percentual foi superior ao registrado no sábado anterior, quando 50,3% dos teresinenses ficaram em casa.

Teresina registra mais 16 óbitos e 384 novos casos de Covid-19

Teresina registrou 384 novos casos e mais 16 óbitos por Covid-19 em 24 horas. De acordo com os dados divulgados, nesta sexta-feira (03), pelo Comitê de Operações Emergenciais em Saúde Pública (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS), a capital contabiliza 9.568 casos confirmados e 429 óbitos causados pelo novo coronavírus. O numero de recuperados chegou a 1.845.

Dentre os óbitos confirmados, quatro ocorreram na sexta-feira (03), três do dia 02 de julho, três no dia 1º de julho, dois no dia 30 de junho, um no dia 29 de junho, um no dia 28 de junho e dois no dia 27 de junho. Os pacientes tinham entre 48 e 93 anos, sete mulheres e nove homens. Entre eles, apenas dois não apresentavam comorbidades.

O índice de isolamento social da última sexta-feira (03), em Teresina, ficou entre 43,8% e 51,81%, segundo as duas bases de dados usados pela Prefeitura de Teresina, a startup recifense InLoco e as operadoras de telefonia celular. O percentual ainda está abaixo do que é recomendado pela Organização Mundial da Saúde – OMS, que é de 73%, para evitar a propagação do novo coronavírus. A expectativa é que esse percentual seja ainda maior no final de semana, com as medidas mais rígidas de isolamento social implementadas pela Prefeitura de Teresina desde a última quinta-feira (02) e seguem assim até o próximo domingo (05), restringindo o funcionamento de algumas atividades.

O decreto Nº 19.868, assinado na terça-feira pelo prefeito Firmino Filho, busca conter o avanço da disseminação da Covid-19 e preparar a cidade para o início da reabertura econômica, a partir do dia 6. Durante este sábado e domingo, poderão funcionar apenas farmácias e drogarias; serviços de saúde; serviços de segurança e vigilância; serviços de delivery exclusivamente para alimentação e situações comprovadas de urgências e emergências.

Teresina registra 313 novos casos de COVID-19 em 24 horas

Teresina registrou 313 novos casos e oito óbitos pelo novo coronavírus em 24 horas. Os dados divulgados, nesta quarta-feira (24), pelo Comitê de Operações Emergenciais (COE) da Fundação Municipal de Saúde (FMS) apontam que a capital chegou à marca de 6.618 casos confirmados. Ao todo são 308 óbitos causados pela Covid-19, dos quais 56,82% foram de pessoas do sexo masculino, 43,18% do sexo feminino. O boletim aponta também que 80,19% das pessoas que morreram tinham alguma comorbidade. Ao todo 1.403 pessoas estão recuperadas da COVID-19 na capital.

Teresina tem 24 Unidades Básicas de Saúde exclusivas para atender casos de síndrome gripal. Até o dia 22 de junho, essas unidades realizaram 12.569 testes rápidos para Covid-19 em pessoas que tiveram atendimento médico e apresentavam sintomas gripais. Os resultados deram positivo para 4.194 pessoas, que passaram a ser acompanhadas pelas Equipes de Saúde da Família da sua localidade. Além da testagem nas UBS, as equipes de saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS) já realizaram 5.099 buscas ativas de casos de Covid nos domicílios de contato das pessoas infectadas, sendo que 1.470 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus.

A diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba, ressalta a importância do isolamento social para conter a disseminação do novo coronavírus. “Nós precisamos cumprir as regras da ciência. Você precisa usar máscara, lavar sempre as mãos e precisa ficar em casa. Não fazer festa, não fazer reuniões em casa, almoço, jantar, café. Precisamos evitar mortes dos nossos amores, dos nossos parentes. O vírus é democrático, ele não olha o contracheque nem o grau de instrução”, enfatiza ela.

A UBS exclusivas para atendimento de síndromes gripais leves funcionam de 7h às 19h e tem profissionais treinados para esses tipos de atendimentos. Essas unidades utilizam o “Fast-track”, protocolo do Ministério da Saúde para agilizar os atendimentos. Até o dia 22 de junho as UBS Fast-track realizaram 22.693 atendimentos de sintomas gripais, sendo 12.630 pessoas do sexo feminino e 10.063 pessoas do sexo masculino. Na zona Norte foram 7.729 atendimentos, na zona Sul foram 5.113, na zona Sudeste foram 5.974 e na zona Leste foram 3.887 pessoas atendidas.

O serviço Alô Saúde já realizou 48.046 atendimentos à população que apresentava sintomas leves da Covid-19 ou outros problemas básicos de saúde. O serviço está disponível através do telefone 0800 291 0084 e funciona de segunda-feira a sexta-feira, nos horários de 8h às 20h.

O avanço da Covid-19 em Teresina é uma realidade e os teresinenses estão cientes disso. Dados da pesquisa realizada pelo Instituto de Opinião Pública – Amostragem, no período de 16 a 19 de junho na capital, mostram que 67,93% dos entrevistados conhecem alguém que já pegou a doença.

A sondagem revelou, inclusive, o grau de proximidade com a pessoa que já pegou a Covid-19. Mais de 40% dos entrevistados têm amigos que já foram infectados, 26,63% afirmaram ter vizinho que já foi acometido pela doença, 21,55% disseram ter parente distante infectado com o novo Coronavírus, 7,26% tiveram parente próximo, morando na mesma casa, com a Covid-19 e 3,87% afirmaram ter só conhecidos.

Teresina alcança a marca de 300 mortes por COVID-19

Desde o início da pandemia de Covid-19, 300 pessoas morreram em função da doença em Teresina. É o que indica o boletim de terça-feira (23) do Painel Epidemiológico da Fundação Municipal de Saúde (FMS). Somente nas últimas 24 horas, foram seis novos óbitos e 240 novos casos da doença. Agora, o município contabiliza 6.305 casos de infecção pelo novo coronavírus, com 1.357 pessoas recuperadas.

Entre os óbitos, estão um homem diabético e hipertenso de 52 anos, morador do bairro Satélite; um homem de 67 anos, do bairro Itararé, portador de doença cardíaca e neurológica crônica; um homem de 32 anos sem comorbidades, residente no Santa Maria; um homem diabético e hipertenso, de 46 anos, também do Santa Maria, uma mulher cardíaca de 76 anos, moradora do bairro Santa Rosa; e um homem portador de doença hepática, de 56 anos, morador do bairro São Pedro.

A gerente de epidemiologia da FMS, Amparo Salmito, lamentou as mortes e fez um alerta às pessoas para que mantenham os cuidados de higiene e de isolamento social. “É muita gente contaminada com o vírus e morrendo nessa caminhada. Queremos preservar vidas e pedimos ao povo de Teresina que siga as recomendações das autoridades em saúde, para que possamos vencer essa batalha”.

O avanço da Covid-19 em Teresina é uma realidade e os teresinenses estão cientes disso. Dados da pesquisa realizada pelo Instituto de Opinião Pública – Amostragem, no período de 16 a 19 de junho na capital, mostram que 67,93% dos entrevistados conhecem alguém que já pegou a doença.

A sondagem revelou, inclusive, o grau de proximidade com a pessoa que já pegou a Covid-19. Mais de 40% dos entrevistados têm amigos que já foram infectados, 26,63% afirmaram ter vizinho que já foi acometido pela doença, 21,55% disseram ter parente distante infectado com o novo Coronavírus, 7,26% tiveram parente próximo, morando na mesma casa, com a Covid-19 e 3,87% afirmaram ter só conhecidos.

Teresina registra 204 novos casos de COVID-19 em 24 horas

Teresina registrou 204 novos casos de COVID-19 e 10 óbitos em 24 horas. Estes são os números mais recentes do Painel Epidemiológico, divulgado na noite de segunda-feira (15), pela Fundação Municipal de Saúde (FMS). Agora, Teresina soma 4.624 casos da doença, além de 217 mortes pelo novo coronavírus.

Dentre os 10 óbitos, sete aconteceram no domingo (14) e três na segunda-feira (15). A vítima mais jovem tinha 47 anos, enquanto a idade das demais variou entre 66 e 91 anos. Apenas duas pessoas não apresentavam comorbidades; as outras oito eram portadoras de hipertensão, uma delas era tabagista e uma era obesa. Três vítimas residiam na zona Norte, três na zona Sul, três na zona Sudeste e uma na zona Leste.

O aumento no número de casos tem levado a um aumento também no número de internações, muitas delas em estado grave, o que tem sobrecarregado as UTIs do sistema municipal. Diante disso, a Prefeitura de Teresina tem trabalhado para ampliar a rede de atendimento para a população. “Desde ontem (15), passamos a disponibilizar mais 10 leitos de UTI no Hospital São Marcos para atender pacientes do SUS que estejam com quadro grave da Covid-19”, informa o presidente da FMS Manoel Moura.

Na rede do município, o trabalho da FMS é para ampliar os leitos de UTI do HUT, mas como não foram preenchidas todas as vagas abertas através das convocações, foi feito um novo chamamento, em caráter de urgência. O hospital precisa de médicos com experiência em terapia intensiva.

Apesar de todos os esforços da Prefeitura, os casos da doença seguirão subindo se a população não fizer sua parte em seguir as medidas de isolamento social. É o que alerta o médico infectologista da FMS, Walfrido Salmito. “Por isso, pedimos que todos usem máscara, lavem as mãos com frequência, mantenham o distanciamento de 2 metros das pessoas e só saiam de casa se for necessário”, finaliza.