FMS zera fila de espera para realização de radiografias odontológicas

A Fundação Municipal de Saúde (FMS), através da Gerência de Saúde Bucal, aumentou o número de profissionais de radiologia odontológica na rede e com isso conseguiu extinguir a fila de espera para realização de radiografias periapicais. Em 2018, eram três profissionais, e agora são oito atuando nos Hospitais Satélite, Primavera, Mariano Castelo Branco e Parque Piauí.

Segundo o Gestor Saúde, sistema de regulação e marcação de consultas e exames, em novembro de 2018 existiam 2.500 demandas para realização de radiografia periapical. “Agora no começo de maio de 2019 tínhamos apenas 166 demandas na fila de espera e hoje não temos mais, o paciente marca o exame de radiografia de um dia para o outro, pois estamos ofertando 160 radiografias periapicais por dia na rede ambulatorial”, explica Ana Clarissa Bohn, chefe do Núcleo de Atenção Hospitalar e CEO da Gerência de Saúde Bucal da FMS.

Teresina possui 244 Equipes de Saúde Bucal atuando nas diversas unidades de saúde do município e a cobertura populacional de saúde bucal na Atenção Básica de é de 98,73%, a Fundação Municipal de Saúde reorganizou o serviço radiográfico odontológico da capital com o objetivo de otimizar o trabalho e reduzir a demanda reprimida. “Estamos trabalhando e aprimorando os serviços oferecidos pela FMS porque nosso objetivo é oferecer saúde mais ágil e de melhor qualidade para os teresinenses”, disse Charles Silveira, presidente da FMS.

A FMS desenvolve diversas ações de saúde bucal no âmbito de procedimentos preventivos e os principais resultados alcançados em 2018 foram: 7.365 atendimentos em radiologia odontológica; 71.161 primeiras consultas odontológicas programadas; 43.769 tratamentos odontológicos concluídos; 3.124 próteses dentárias entregues; 683 atendimentos odontológicos a pessoas com deficiência e 17.894 atendimentos de urgência odontológica em atenção especializada. Para realizar as ações das políticas da Saúde Bucal nos Centros de Especialidades Odontológicas (CEO) houve a qualificação de profissionais, com ênfase no acolhimento ao paciente.