Em três meses, Guarda Municipal atendeu mais 400 ocorrências em vias públicas e estruturas do município

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Teresina apresentou um balanço das ações preventivas para a preservação do patrimônio público municipal, o que reflete também na sensação de segurança da população. Nos últimos três meses foram contabilizadas 430 ocorrências, entre recuperação de veículos furtados/roubados, apreensão de armas de fogo, conduções de suspeitos, entre outras. No monitoramento da GCM em toda a cidade, as áreas com maior número de ocorrências foram as zonas Sul e o Centro, no turno da manhã.

O coordenador municipal de Segurança Pública Social e Patrimonial, Nixon Frota, destaca que, diariamente, a GCM monitora 1.300 prédios e estruturas municipais, incluindo, por exemplo, escolas, praças, terminais e estações de ônibus.

Sobre as áreas com maiores índices de ocorrências no último trimestre, o comandante da GCM de Teresina, André Viana, justifica que existem diversas variáveis para os altos números nas duas regiões.

“Quanto mais a Guarda Municipal está junto à população, mais atende ocorrência e isso reflete também nesses números. Essas duas áreas com maiores índices têm algumas peculiaridades. No Centro, temos um intenso fluxo de pessoas nas paradas de ônibus e em praças públicas e, com a presença preventiva, a Guarda se depara com um maior número de ocorrências. Já na zona Sul temos um maior número de prédios públicos do município, consequentemente, o efetivo da GCM nessa área é maior. Além disso, temos as estações de ônibus que eram pontos críticos. Esses e outros fatores refletem em um maior número de atendimento nessas duas áreas”, justifica André Viana.

Além do patrulhamento preventivo em viaturas, a Guarda Civil Municipal de Teresina atua em diversas áreas, seja com o motopatrulhamento no Centro da cidade, com postos fixos como nas avenidas Marechal Castelo Branco e Raul Lopes ou dentro de estruturas públicas como o Parque da Cidade e o Complexo Parentão.

Guarda Municipal apresenta plano de proteção contra depredação das estações de ônibus

A Coordenadoria de Segurança Pública Social e Patrimonial apresentou na tarde desta segunda-feira (23) ao prefeito de Teresina Dr. Pessoa, o plano de ação para garantir a preservação das estações de ônibus na capital, que estavam sendo depredadas. A reunião aconteceu no salão nobre e contou com a presença do secretariado.

Foto: Lucas Dias / Semcom

No plano apresentado, a segurança do patrimônio público irá acontecer em duas fases. De acordo com o coordenador municipal de segurança, Coronel Nixon Frota, existem mais de 1.300 pontos públicos em Teresina que precisam de segurança.

“Nós apresentamos o plano com duas fases. Na fase inicial, será uma ação imediata para sanarmos os problemas das paradas que estão sendo destruídas. Nessa fase, vamos comprar as folgas dos guardas municipais e aumentar as rondas com equipes formadas exclusivamente para fazer a segurança das paradas de ônibus. No segundo momento, investiremos em tecnologia, onde será realizado o videomonitoramento em todos o patrimônio público municipal”, Pontuou o coronel Nixon Frota.

Foto: Lucas Dias / Semcom

O prefeito Dr. Pessoa destaca a necessidade de urgência de intervenção na ação de vândalos que estão destruindo às paradas de ônibus.

“Não vamos deixar o patrimônio público ser destruído. O povo paga imposto para manter o patrimônio público e não vamos permitir que vândalos destruam o que é do povo. Nós vamos recuperar e dar segurança ao patrimônio público”, afirmou Dr. Pessoa.

Foto: Lucas Dias / Semcom

O vice-prefeito Robert Rios ressalta que existem mecanismos para identificar quem depreda o patrimônio público e que quem for pego, deve ser punido.

“Nós vamos investigar e chegar aos autores que serão punidos. Nenhum vai ficar sem receber a devida punição”, disse o vice-prefeito.

Foto: Lucas Dias / Semcom

Para o superintendente da Strans, Major Cláudio Pessoa, é de grande importância a união das pastas para solucionar os problemas.

“Nesse momento todos os órgãos e pastas envolvidas devem trabalhar juntos para que esse crimes não aconteçam mais, para que assim possamos destinar as paradas para a sua finalidade, que é oferecer conforto e segurança para os usuários do transporte público”, concluiu.

Teresina recebe 125 novos guardas municipais e 18 viaturas nesta segunda-feira (27)

A Prefeitura de Teresina coloca nas ruas da cidade, a partir desta segunda-feira (27), 125 novos guardas municipais e 18 viaturas. Eles chegam para contribuir com as atividades de proteção ao patrimônio público, assistência à população e fiscalização do cumprimento das medidas de enfrentamento da pandemia do novo Coronavírus.

“Nessa nova fase do processo de reabertura das atividades econômicas, os novos guardas vão reforçar as ações do município relacionadas à pandemia, além de garantir a segurança da população nos espaços públicos da cidade”, ressaltou o prefeito Firmino Filho.

Com esse investimento, a Guarda Civil Municipal (GCM) passa a contar com 392 agentes, 31 viaturas e 04 motocicletas para atender às demandas de segurança em toda a capital. Além dos veículos, a Prefeitura adquiriu armamentos, coletes balísticos e fardamentos para os novos guardas.

“Os guardas municipais são agentes públicos que possuem um respaldo com a sociedade teresinense por conta dos serviços prestados de auxílio à segurança pública nesses últimos anos. Nós reafirmamos esse compromisso com a população através do aumento no efetivo para que as pessoas consigam se sentir seguras e tranquilas nos espaços públicos da capital”, explicou a secretária municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, Janaína Carvalho.

Para o comandante da GCM, coronel Jhon Feitosa, esse reforço ao trabalho que vem sendo desempenhado pela Guarda Municipal é muito importante nesse momento, que mais estabelecimentos estão sendo autorizados a abrir. “Os novos veículos serão utilizados no patrulhamento constante dos espaços públicos municipais e atenderão as ocorrências nessas áreas”, explicou.