Semec terá plataforma digital para prestação de contas das unidades de ensino

Foto: Ascom Semec

Uma reunião entre a Secretaria Municipal de Educação (SEMEC) e a RGM Tecnologia, nesta quinta-feira (06), discutiu a implantação do Portal de Prestação de Contas do órgão. Participaram o representante da empresa de consultoria e funcionários do setor de Finanças da Secretaria.

O objetivo é acabar com o uso de papel no processo de prestação de contas das 318 unidades de ensino da Rede Municipal de Ensino. A plataforma está em desenvolvimento e deve começar a funcionar no prazo de 90 dias.

“Nesta primeira etapa, toda a rede de ensino vai repassar as informações e relatórios solicitados pela Gerência de Finanças da Semec eletronicamente. Num segundo momento, toda a prestação de contas deve ser realizada exclusivamente por meio da plataforma, com a informatização dos processos e a integração com o e-governo, que contempla todos os órgãos da administração pública”, explica Juliano Dorneles, consultor da RGM.

“A prestação de contas do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e outros recursos recebidos pelas unidades de ensino, assim como toda a movimentação financeira, passarão a ser disponibilizadas exclusivamente na plataforma digital. O prazo estipulado pelo Governo Federal, através do Ministério da Educação, é janeiro de 2022. Portanto, até lá o Portal de Prestação de Contas deve estar em pleno funcionamento”, afirma a secretária executiva de Gestão da Semec, professora Edileusa Sampaio.

Programa Unitodos este ano acontecerá através de plataforma virtual

Desenvolvido pela Prefeitura de Teresina, o programa Universidade ao Alcance de Todos (Unitodos), que prepara alunos da rede pública para o Exame do Ensino Médio (ENEM), acontecerá de forma diferente este ano. Por causa da pandemia da COVID-19, as aulas serão em EaD (Educação a Distância).

Serão oferecidas 3.500 vagas, preferencialmente para alunos oriundos da rede pública de ensino. As aulas têm início no mês de outubro. Ainda não há data para o início das inscrições. “Estamos criando uma plataforma de aprendizagem específica para o Unitodos, que permite acesso tanto pelo computador, como celular, TV e tablete. Todos os professores têm experiências em EaD e os alunos vão continuar recebendo o material didático gratuitamente”, ressaltou o secretário municipal da Juventude, Lucas Fortes.

Segundo ele, dentro da programação virtual, estão previstas aulas de segunda a sexta, duas baterias de simulados e duas revisões gerais. “Além disso, será realizada, virtualmente a Mostra das Profissões, um evento em que os alunos poderão conhecer mais sobre as carreiras que querem seguir. Teremos workshops com profissionais graduados e palestras”, adiantou.

Através do programa, será feito um relatório de acompanhamento dos alunos para avaliar seu desempenho e fazer contato quando for verificado algum problema. Outra vantagem é que as aulas serão gravadas e disponibilizadas para que os estudantes possam assistir quando puderem. Os cinco alunos mais assíduos e com melhor desempenho serão contemplados com notebooks.

“Estamos trabalhando para que o Unitodos possa levar mais oportunidade à juventude de Teresina de ingressar em um curso superior, concorrendo em pé de igualdade com os alunos da rede privada. Trata-se de um programa de sucesso, que tem conseguido resultados muito bons, financiado com recursos do município”, afirma o gestor.

O Unitodos ministra aulas em 14 disciplinas: matemática, inglês, espanhol, filosofia, física, química, história, biologia, gramática, redação, geografia, sociologia, história da arte e literatura.