SEMAM orienta que população utilize plataformas digitais para solicitar e acompanhar demandas

As plataformas digitais têm sido aliadas para estreitar o contato da população com a Prefeitura de Teresina durante esse delicado período de enfrentamento ao avanço do novo Coronavírus (COVID-19), em que a regra é favorecer o recolhimento domiciliar e manter somente os serviços indispensáveis. Por isso, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMAM), para continuar oferecendo seu trabalho com segurança, orienta que o público busque os sistemas eletrônicos, a exemplo do Teresinense Digital, Piauí Digital, Construa Fácil, SLIC Teresina e Colab, para solicitar e acompanhar o andamento das suas demandas.

Além disso, aqueles que possuem processo administrativo físico em tramitação no órgão devem buscar mais informações por meio dos seguintes e-mails e telefones: gmacentral@gmail.com / (86) 9.9803-9203; monitoramentosemam2017@gmail.com (86) 9.9529-3566; licenciamentosaude@gmail.com (86) 9.8847-0155; obras.semam@gmail.com e mineracao.semam@gmail.com.

Para quem deseja fazer consultas de viabilidade ambiental, pedidos de fiscalização e solicitar autorizações para poda ou supressão vegetal, podem fazê-los por meio do Teresinense Digital, acessando o seguinte link: https://pmt.pi.gov.br/teresinensedigital/. No caso das emissões de Licença Prévia ou de Instalação, os interessados devem buscar pelo sistema Construa Fácil (http://construafacil.semf.teresina.pi.gov.br/).

Já os processos de emissão da primeira Licença de Operação devem ser feitos pelo Piauí Digital (http://www.piauidigital.pi.gov.br/). Para as emissões de renovação de Licença de Operação, a ferramenta disponível é o sistema SLIC Teresina (http://slic.semf.teresina.pi.gov.br/).

Outro recurso digital é o aplicativo Colab, que permite à população comunicar diretamente aos órgãos públicos os problemas do seu bairro, contribuindo para uma gestão mais participativa no município de Teresina. Após baixar o app gratuitamente nas lojas virtuais da Google (Play Store) e da Apple (App Store), o usuário precisa fazer um cadastro simples, e, em seguida, inserir imagem, localização e descrição da sua demanda.

De acordo com o secretário executivo da SEMAM, Claudinei Feitosa, o atendimento presencial na sede da pasta acontecerá somente em situação excepcional, nas terças e quintas-feiras, das 9 às 11 horas.

Correntistas do Banco do Brasil podem pagar IPTU 2019 nas plataformas digitais

Os contribuintes da Prefeitura Municipal de Teresina, que são correntistas do Banco do Brasil, agora podem utilizar as plataformas digitais da instituição financeira para realizar o pagamento do IPTU 2019. A facilidade está disponível tanto para pessoa física quanto jurídica por meio do aplicativo de celular, internet banking e terminais de autoatendimento. Conforme a Secretaria Municipal de Finanças (Semf), a ação irá envolver cerca de 35 mil contribuintes.

A lista com os débitos detalhados vinculados ao CPF do contribuinte já está disponível nos canais de atendimento do Banco do Brasil desde esta segunda-feira (22). Basta o cliente acessar, confirmar as informações e realizar o pagamento. O contribuinte também receberá notificações no aplicativo BB, na sua caixa postal, no computador e no autoatendimento sobre os débitos do IPTU 2019.

Este mês, estará disponível o pagamento da 1ª parcela do imposto, que venceu dia 29 de março. O pagamento por meio dos canais do Banco do Brasil vem com a atualização de juros e multas, e com vencimento para o dia 30 de abril – data em que também vence a 2ª parcela do IPTU, que estará disponível para pagamento pelos mesmos canais somente até o vencimento. A Semf informa que a ação será repetida mensalmente em relação às parcelas de IPTU 2019 em aberto.

Após o dia 30 de abril, o boleto para pagamento das parcelas em atraso ficará disponível nas Centrais de Atendimento ao Público – CAP Centro e Leste, bem como através do Portal do Contribuinte – www.portal.teresina.pi.gov.br. Estes dois canais para recalcular os débitos de IPTU em atraso ficam mantidos, a qualquer tempo, para todos os contribuintes, inclusive para os correntistas do Banco do Brasil.

O secretário municipal de Finanças, Francisco Canindé, ressalta que o objetivo desta parceria com o Banco do Brasil é oferecer maior comodidade ao contribuinte. “Esta é mais uma ferramenta que a Prefeitura de Teresina disponibiliza para os seus contribuintes de forma a incentivar e desburocratizar o pagamento de débitos em atraso, sem precisar que o contribuinte se desloque até uma das Centrais de Atendimento”, completa.

A ação beneficiará os contribuintes que possuem cadastro completo e atualizado junto à Prefeitura de Teresina, de modo a viabilizar a identificação da condição de correntista do Banco do Brasil. Assim, mais uma vez ressalta-se a importância de manter o cadastro atualizado para viabilizar estas ações de desburocratização e governo eletrônico.

Procedimento

Quando acessar a plataforma digital do Banco do Brasil, o contribuinte deve observar as seguintes orientações:

1 – No Celular: PAGAMENTOS > SEM CÓDIGOS DE BARRAS > LISTA DE DÉBITOS;

2 – Internet Pessoa Física: PAGAMENTOS > LISTA DE DÉBITOS > Consulta/Pagamento;

3 – Nos Terminais de Autoatendimento: PAGAMENTOS > LISTA DE DÉBITOS > Consulta/Pagamento;

4 – Gerenciador Financeiro para Pessoa Jurídica: PAGAMENTOS > SEM CÓDIGOS DE BARRAS > LISTA DE DEBITOS > Consulta/Pagamento.

Em todas as opções descritas acima, uma lista com os lançamentos de IPTU/2019 será apresentada, e no detalhe de cada uma delas são informados os dados individualizados como: endereço, inscrição municipal, data de vencimento e valor a pagar.