Ponte Estaiada será palco de dois eventos neste domingo (19)

O próximo domingo (19) será diferente na Ponte Estaiada. O local será animado durante quase todo o dia por duas atrações distintas. É o #VemPraPonte e o #Kombinado!?, eventos diferenciados por seu maior contato com público. O objetivo é levar os visitantes que já passam por lá, ou que irão se dirigir para o local motivados pelo evento, para curtir a família e amigos ocupando o Complexo Turístico com muita arte e gastronomia.

O #VemPraPonte, que começa às 10h e vai até às 14h, tem o objetivo de oferecer atrações diferenciadas na manhã de domingo do teresinense. Com DJs, exposição de carros antigos, food truck e outros atrativos, a ideia do evento é manter o local movimentado.

Já o #Kombinado!? é um evento com a alma do rock and roll teresinense. Os Radiofônicos estarão no local com uma Kombi estilizada, levando várias atrações, como Os Radiofônicos, André Reole, Modstock, Ostiga Jr. e Florais da Terra Quente. O evento começa às 17h e vai até às 19h30.

De acordo com o gestor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, os dois eventos, que contam com o apoio da Secretaria, são frutos de uma iniciativa da Prefeitura de Teresina, que vem trabalhando para movimentar e levar mais opções de lazer para o teresinense no mês das férias.

“Recebemos apoio do prefeito Firmino para que nesse mês de férias procurássemos desenvolver opções de lazer com essa pegada mais cultural que Teresina tem a oferecer. Nossa cidade é recheada de boas bandas, boa comida e ótimas idéias. Então juntamos isso tudo para fazer esse domingo diferenciado. O objetivo da Semdec é esse: movimentar nossos atrativos turísticos com o que a nossa gente tem a oferecer”, explicou Venâncio.

The Vejo na Ponte

Com datas confirmadas para os dias 26 de janeiro e 02 e 09 de fevereiro, o Festival The Vejo na Ponte também volta para movimentar o Complexo Turístico Ponte Estaiada, desta vez para unir a alegria das férias com a do carnaval: é o The Vejo na Ponte Edição de Carnaval. As atrações da nova edição serão divulgadas em breve pela Semdec e Fundação Cultural Monsenhor Chaves (FMCMC).

 

Parte da Ponte Wall Ferraz será interditada por 10 dias para obra

As pistas da parte mais nova da Ponte Wall Ferraz serão interditadas pela Prefeitura de Teresina durante 10 dias, iniciando nesta terça-feira (14). A liberação está programada para o dia 24. O objetivo é cumprir etapa importante da construção da Marginal Poti Sul. Todo o trânsito será desviado para as pistas da parte mais antiga da ponte.

“Com essa intervenção será possível manter a largura inicial da Avenida Marginal Poti Sul. Caso contrário, seria preciso estreitar a passagem”, explicou Paulo Lopes, superintendente da SDU Sul. Após a intervenção, a contenção da ponte passará a ser totalmente de concreto, o que representa também um reforço na estrutura.  A ação terá o apoio da Strans no controle do trânsito.

A Prefeitura de Teresina está investindo cerca de R$ 65 milhões na Via Sul. São cerca de 8,5 quilômetros de extensão com três pistas de rolamento de cada lado, um canteiro central de seis metros de largura, passeio à margem do Rio Poti de seis metros e outra de 2,20 metros do lado das residências, toda iluminada e com ciclofaixa.

O trecho que inicia na ligação com a Avenida Marechal Castelo e segue até a Ponte Wall Ferraz já está praticamente pronto e o segundo trecho, que faz ligação com a Ponte Anselmo Dias, já começou a ganhar pavimentação asfáltica. A próxima etapa, da Ponte Anselmo Dias até a Avenida Manoel Ayres Neto, no Vamos Ver o Sol, terá início no próximo mês de fevereiro.

Ponte Estaiada será palco de festa gratuita de reveillon com foco na família

Com o olhar cada vez mais voltado para a solidificação do turismo de eventos em Teresina, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) promoverá no dia 31 de dezembro o “Reveillon da Família”, evento gratuito que vai acontecer a partir das 17h no Complexo Turístico da Ponte Estaiada.

Mais uma vez sede de grande evento na cidade, a Ponte Estaiada, localizada na zona leste de Teresina, será o palco desta celebração que pretende se tornar fixa no calendário do teresinense. Uma mega estrutura será montada no local para receber apresentações musicais consagradas, como as bandas Validuaté e Top Gun e o cantor Vavá Ribeiro, dentre outros.

Com um casting variado e que atende a todos os públicos, o intuito da grande festa é proporcionar uma virada de ano diferente para aqueles que escolhem passar esta data na cidade. Além dos shows musicais em uma bela estrutura de palco, o público poderá contar também com show pirotécnico, praças de alimentação e espaço kids.

De acordo com o prefeito Firmino Filho, o teresinense ganha mais um importante evento para aproveitar com conforto e segurança. “Teresina ganha uma festa de reveillon para a família. A chegada do ano renova nossas esperanças no ano que virá, então é importante que a gente possa entrar 2020 curtindo em família e em segurança, e é exatamente por isso que esta mega estrutura ficará à disposição para que as famílias venham e aproveitem esta data com muita alegria”, disse.

Para o gestor da Semdec, Venâncio Cardoso, Teresina ter uma festa de reveillon que atenda a todos os públicos e que sane a falta de programação nesta data é mais uma oportunidade para desenvolver o turismo e movimentar a economia da cidade.

“Cada vez mais o teresinense tem passado a virada do ano na cidade, então nosso objetivo com esse evento é preencher a lacuna aberta pela pouca opção de programação cultural nesta data e aproveitar a oportunidade para movimentar economicamente Teresina, uma vez que a população aderindo ao evento, a probabilidade é que com o passar dos anos essa festa torne-se mais conhecida e com isso atraia mais turistas, principalmente aqueles das cidades e estados vizinhos”, analisa.

Segundo o presidente da Fundação Monsenhor Chaves, Luís Carlos, o evento chega como uma opção a mais para o teresinense confraternizar na passagem do ano. “A cidade de Teresina, aos poucos, vem sedimentando boas práticas para que as pessoas tenham mais incentivo para passar datas importantes do calendário na capital”, explica.

O Reveillon da Família é um evento realizado pela Prefeitura de Teresina, por meio de uma parceria da Semdec com a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom) e a Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC). Com segurança reforçada e assistência médica, nove atrações estarão compondo o casting, que vai das 17h às 02h30.

 

Confira abaixo programação:

 

17h – Bolim & Bolão

18h – Orquestra Sanfônica

18h30 – Vavá Ribeiro

19h30 – Top Gun

21h – Grupo Piauí Samba

22h – Banda Validuaté

23h30 – Bill Coimbra

00h – Show Pirotécnico

01h30 – João Veloso

 

Ponte Estaiada ganha iluminação laranja em alusão a campanha de humanização do parto

Conhecida pelo teresinense como Ponte Estaiada, a Ponte João Isidoro França recebe iluminação laranja de 7 a 10 de novembro em alusão a campanha de Humanização do Parto, realizada pelo Conselho Regional de Enfermagem do Piauí (Coren-PI).

A iluminação laranja tem o intuito de chamar a atenção da população, principalmente as mulheres, sobre a realidade, importância e o direito ao parto normal humanizado. Além disso, o cartão postal simboliza o apoio à 7ª edição da Marcha pela Humanização do Parto, que acontece neste sábado (9).

“É sempre satisfatório apoiar campanhas sociais e de saúde por meio deste símbolo teresinense. Recebemos as solicitações de organizadores de diversas campanhas e a Prefeitura busca atender as demandas de maneira a colaborar na visibilidade de temas tão importantes para os teresinenses”, destaca o coordenador de iluminação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), Davimar Holanda.

 

Obras da nova ponte sobre o Rio Poti começam em dez dias

Foto: Rômulo Piauilino

A Prefeitura de Teresina deve iniciar nos próximos dez dias as obras da ponte sobre o Rio Poti, um dos novos investimentos em mobilidade urbana da cidade. A Ordem de Serviço para o início dos trabalhos foi assinada na manhã desta terça-feira, pelo prefeito Firmino Filho, com a presença de gestores do município, lideranças comunitárias de diversas regiões da cidade, e representantes da TCE Engenharia Ltda., empresa que executará a obra.

A nova ponte ligará o bairro Água Mineral, na altura do balão da Coca-Cola, à Universidade Federal do Piauí (UFPI), próximo ao setor de esportes. Serão 240 metros de comprimento, vias para ciclistas e pedestres, além de quatro faixas de rolamento. Serão aplicados mais de R$ 31 milhões na obra, com recursos oriundos do FGTS.

Na solenidade, Firmino pontuou que investir em grandes obras é pensar em uma Teresina do futuro. “A construção da ponte faz parte do conjunto de obras que a cidade está recebendo. A população teresinense cresce a cada dia que passa e a cidade precisa crescer junto. Esse grande investimento vai desafogar o trânsito entre as regiões Norte e Leste, além de beneficiar estudantes e trabalhadores que fazem esse percurso diariamente. Nosso objetivo é melhorar a mobilidade urbana no município”, destacou.

A obra, que será coordenada e fiscalizada pela Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro Norte, terá prazo de execução de até 14 meses com a assinatura da Ordem de Serviço.

Carlos Daniel, superintendente da SDU Centro Norte, acredita que já foi dada a largada para a construção da nova ponte. “A partir de agora vamos trabalhar para que os serviços sejam cumpridos e realizados dentro do prazo. Entregaremos um grande e importante feito para a melhoria da mobilidade urbana de Teresina”, enfatiza Daniel.

Adriana Sousa, moradora e líder comunitária do bairro Risoleta Neves, acredita que a nova construção valorizará a região e beneficiará estudantes e trabalhadores. “Nós do bairro Risoleta Neves estamos muito satisfeitos com esse investimento na nossa região. Com a nova ponte, o percurso entre as duas zonas vai diminuir e estaremos mais próximos da universidade e de outros pontos importantes da capital”, relata Adriana.

Nova ponte sobre o rio Poti trará mais desenvolvimento para a zona Norte

A construção da ponte sobre o rio Poti beneficiará a zona Norte com a redução de congestionamentos, valorização da região e seus imóveis, oportunidades para negócios e novas linhas de ônibus. Ligando o bairro Água Mineral, na altura do balão da Coca-Cola, à Universidade Federal do Piauí (UFPI), próximo ao setor de esportes, a obra terá 240 metros de comprimento, vias para ciclistas e pedestres, além de quatro faixas de rolamento. (mais…)

Alça da Ponte Estaiada será interditada para show neste sábado (21)

Neste sábado (21) a alça da Ponte Estaiada que dá acesso à zona norte será interditada das 17h às 23h por conta da realização do show da banda Desejo de Menina. Os agentes de trânsito da Strans estarão no local orientando os condutores e monitorando o fluxo de veículos.

O gerente de operação e fiscalização da Strans, Denis Lima, afirma que a interdição é necessária para dar segurança à população que participará do evento.

“Vamos ficar acompanhando o movimento e, se for necessário, faremos uma operação maior. Pedimos que as pessoas procurem rotas alternativas se forem acessar a zona norte, assim evitamos transtornos”, explica o agente.

 

Liberdade Religiosa é tema de união no Cultura Negra Estaiada na Ponte

Renato Bezerra

Em um mundo repleto de lutas e conquistas, ideias e expressões, quando se trata de cultura negra existem as palavras resistência e liberdade. Em Teresina, no último sábado (24), mais de 50 terreiros do Piauí e Maranhão estiveram reunidos no Parque Potycabana para a sétima edição do Cultura Negra Estaiada na Ponte.

Com o tema liberdade religiosa, a principal causa do evento foi mostrar para a sociedade uma manifestação de pensamento, compreendendo liberdades de crença, de culto e de expressão. Essa mesma liberdade que encanta a vendedora trans Sayara Rodrigues, frequentadora da umbanda desde o começo do ano.

Levada pela dor e pela luta contra as drogas, Sayara, através de um amigo, descobriu na umbanda um porto seguro, onde ela pode ser quem quiser, livre de preconceitos e julgamentos. “Desde os 11 anos me transformei em trans e passei por muitas coisas na vida, como o julgamento errado e o preconceito, e aí acabei nas drogas. Foi por conta da dor que conheci a cultura negra e foi libertando a dor dentro de mim que consegui sair das drogas e comecei a viver com Cristo. Dentro da minha religião não há julgamentos, só tem amor e gratidão aos santos”, afirma a vendedora.

Seguindo os moldes de edições anteriores, 11 grupos afros fizeram a abertura do evento, que seguiu em direção a Ponte Estaiada na Caminhada do Axé. A ideia era fortalecer as ações de monitoramento e controle social de políticas públicas na saúde e educação, entre outros aspectos.

Com objetivo de promover a igualdade e inclusão social dos povos de matriz africanas, o Cultura Negra é um espaço para mostrar uma das grandes expressões do país e revelar a capacidade de produção desses grupos.

Há 26 anos buscando palavras de apoio, a enfermeira Dilza Soares, atual Yakekere (mãe pequena Candomblé) encontrou no Candomblé a leveza para dias melhores. “Minha filha há 26 anos me aproximou dessa cultura tão rica e poderosa. Foi com ela que comecei a frequentar e conhecer novas crenças”, disse.

Segundo a Yakekere, o Candomblé é um lugar de encontro com Deus, onde a pessoa consegue estar em contato com todas as energias: mar, terra, ar e mar. “A união de religiões de matriz africanas mostra o respeito às religiões. Nossa cultura é estar conectado a todas as energias de maneira livre, respeitosa e com muito amor”, afirma Dilza.

Em Teresina são mais de 700 terreiros, entre candomblé e umbanda. A reunião dos terreiros tem como missão promover a igualdade e inclusão social dos povos de matriz africanas.

O sétimo Cultura Negra Estaiada na Ponte foi uma realização da Prefeitura de Teresina, através da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC)  e o Centro Nacional de Africanidade e Resistencia Afro Brasileira (CENARAB).